A dança dos bichos



Baixar 70.56 Kb.
Encontro20.01.2018
Tamanho70.56 Kb.

Conteúdos: Semelhanças e diferenças entre animais, animais vertebrados e invertebrados, classificação dos animais vertebrados (mamíferos, anfíbios, peixes, répteis e aves)

1) MÚSICA:



A dança dos bichos

(Eliana)


Essa é a dança dos bichos

Palma, pata, pé, pé, pé.

Essa é a dança dos bichos

E aí que bicho você é?

Dança passarinho...

Dança perereca...

Dança peru...

Dança canguru...

Dança bicho grilo, dança jacaré...

Dança urubu, dança chimpanzé...



Essa é a dança dos bichos...

É gato ou cachorro!

Rato ou leão!

Coelho ou tartaruga!

Porquinho ou lobão!

Perua ou barata!

Pavão ou tubarão!

É bicho-da-seda

Ou é bicho-papão!

Cama, cama, camaleão!

Essa é a dança dos bichos...


2) JOGOS:

a) QUAL É O BICHO?

Um aluno senta de costas para o quadro, de frente para a turma. Escreve-se o nome de um animal no quadro. O aluno de costas para o quadro vai fazendo perguntas para a turma sobre o animal. A turma vai respondendo apenas com sim ou não até o aluno descobrir qual é o animal

b) CAIXINHA SURPRESA

Os alunos estarão sentados em círculo. Faça com os alunos fichas com figuras de animais ou nomes de animais e as coloque dentro de uma caixa. Fique de costas para o círculo de alunos e coloque uma música. Enquanto isso, a caixa passa de mão em mão. Quando você abaixar ou desligar o som, quem estiver com a caixa sorteia um animal e: imita-o, imita seu som, diz a que classe pertence, inventa uma frase sobre ele...

c) ENCONTRO DOS ANIMAIS

Os alunos enfileirados receberão o nome de algum animal. Ao sinal do professor, cada aluno se deslocará pelo pátio imitando o animal que o professor disse no ouvido. Os animais iguais terão que se encontrar e formar o grupo de cada animal. Após a professora pede que cada grupo apresente-se. Os demais colegas terão que adivinhar que animal o grupo está imitando.

d) REPRESENTANDO UM ANIMAL

Podem ser animais domésticos ou animais menos conhecidos, que sejam representados a partir da prévia visualização de fotos, filmes, gravuras visitas ao zôo: gato tomando leite, gato perseguindo um rato, cachorro dormindo, brigando, comendo, bebendo, conduzindo um cego, pássaro livre ou na gaiola, animais ferozes na floresta, peixes no rio.

e) MAMÍFERO, AVE OU PEIXE

Alunos em círculo, um líder ao centro. O líder atira uma bola para um colega e dirá um dos três nomes (mamífero, ave ou peixe). O interrogado deverá responder com um nome de animal correspondente. Quem não responder corretamente ou repetir um nome já citado entra no círculo.

f) SENHOR CAÇADOR (trabalho sobre os 5 sentidos)

g) VOZES DOS ANIMAIS

Alunos em círculo; professor batiza os alunos com nomes de animais, por ex: gato, cachorro... Ao sinal dado, na posição de quatro apoios e com os olhos fechados, se desloquem, imitando a voz do animal que representam e que se agrupem de acordo com a sua espécie. Vence o grupo que primeiro conseguir se reunir.

h) PEIXE VOA

Alunos sentados em círculo. Enquanto o professor vai perguntando, os alunos ficam batendo com as palmas das mãos nos joelhos. Exemplos de perguntas: cachorro voa? Macaco voa? Pato voa? Se a resposta for sim, voa, deverão parar de bater as mãos; se não, não voa, devem continuar batendo.

4) DICIONÁRIO DOS BICHOS: monte um livro com seus alunos, dedicando cada duas páginas a um animal. Com essa atividade, as crianças vão desenvolver trabalhos nas disciplinas de português, artes e ciências. Para desenvolver a atividade, você precisará de cópias da "Ficha dos Bichos" ou se preferir, peça para os alunos a copiarem no caderno. Inicie o trabalho, seguindo as orientações abaixo:

- Peça para os alunos citarem os animais que eles mais gostam e anote-os na lousa, formando uma lista grande

- Deixe que eles copiem as palavras e dividam os animais de acordo com a primeira letra, seguindo uma classificação por ordem alfabética

- Incentive-os a selecionar pelo menos um animal por letra.

- Os alunos devem preencher uma ficha por animal, (vejo. gabarito abaixo) e desenhá-lo, ou ilustrá-lo, numa folha branca, utilizando uma técnica a escolha.

- Depois que as fichas estiverem todas preenchidas, monte o livro, iniciando pelo animal de letra A e finalizando com o de letra Z. Está pronto o dicionário.



FICHA DO BICHO: Ajude os alunos a responderem cada questão, orientando-os com as informações abaixo. Você vai encontrar, a seguir, algumas opções e exemplos de respostas.

1.Nome do animal:

2.Vertebrado ou invertebrado: possui coluna vertebral ou não

3.Possui esqueleto dentro ou fora do corpo:

4.Tipo de alimentação: carnívoro, herbívoro ou onívoro

5.Seu corpo é coberto de: penas, carapaça, conchas, pele, pêlo, placas duras, escamas

6. Meio de locomoção: salta, rasteja, anda, nada, voa

7.Número de patas:

8.Onde vive:

9.Vive solitário ou em bando:

10. Grupo de animais: répteis, mamíferos, anfíbios, peixes, aves

11. Curiosidades: dorme de cabeça para baixo como o morcego, bebe 200 litros de água por dia como o elefante, chega a medir 18 metros de comprimento como o tubarão baleia, entre outras opções. (Ensino Fundamental Guia Prático para Professores – Dez/Jan)

5) VISITA AO ZÔO

6) SUPER TRUNFO ou MEGA TRUNFO: jogo de cartas.

7) PERGUNTAS E RESPOSTAS:

Pode-se organizar um show do milhão com perguntas a fim de revisar o conteúdo sobre animais ou um jogo de bingo. Perguntas:



  • Como está dividido o grupo dos vertebrados?

  • Qual é o único mamífero que voa?

  • Dê duas características dos répteis.

  • Dê dois exemplos de anfíbios.

  • O que são animais vertebrados?

  • O que são animais invertebrados?

  • De dois exemplos de répteis.

  • Imite um animal mamífero.

  • Dê um exemplo de mamífero que vive na água.

  • Dê duas características dos peixes.

  • Dê dois exemplos de aves.

  • O que o personagem Pernalonga está sempre comendo?

  • Os dinossauros pertencem a qual das classes de vertebrados?

  • Tarzan foi criado na floresta por macacos, ursos ou lobos?

  • Diga o nome de um personagem de desenho animado que seja um animal.

  • Jacaré, cobra, tartaruga e lagarto são exemplos de que grupo dos vertebrados?

  • Invente uma frase com o nome de um animal invertebrado.

  • Dê duas características das aves.

  • Diga o nome de uma ave de cores múltiplas.

  • Diga o nome de uma cobra.

  • Cante uma música onde apareça um animal.

8) SUGESTÃO DE CDS:

  • A arca de Noé 1 – Vinícius de Moraes

  • A arca de Noé 2 - Vinícius de Moraes

  • Os Saltimbancos (Inspirado nos Músicos de Bremem)

  • A arca dos bichos

  • Pedro e o lobo – Sergei Prokofiev

  • Musicriando – Hélio Barbosa e Nelson G. do Nascimento Filho

  • Recreação, expressão e Dramatização – Tio Lilo e Cia. Firulim

  • O carnaval dos animais – Camille Saint-Saëns

9) SUGESTÃO DE VÍDEOS:

  • Animais em comunidade

  • Classificando os animais

  • Coleção Globo: Mamíferos, anfíbios, répteis, aves, peixes, dinossauros.

  • Em busca do vale encantado

  • Dinossauro (Disney)

  • Procurando Nemo




10) JOGO DE BICHOS(dominó)

O que existe em comum entre o beija-flor e o sapo? O fato de serem vertebrados, é claro. Mas há também muitas diferenças entre eles. É esse o tema deste dominó. A turma vai ficar craque no jogo se relacionar corretamente os animais às características específicas de seu subgrupo - mamífero, ave, réptil, anfíbio e peixe (veja o quadro abaixo). A peça que mostra a figura de um elefante deve ser unida àquela que traz uma informação como: "Mama quando pequeno". Durante cada partida, é trabalhado o conceito de classificação por meio dos critérios de semelhanças e diferenças. A partir da 2ª série, os alunos já estão aptos a classificar os vertebrados, e o dominó pode ajudar a fixar esse conteúdo ou relembrá-lo mais à frente.

O jogo é composto de 25 peças, cada uma com a figura de um bicho e uma informação referente a um dos cinco subgrupos. Para montá-las, liste cinco características de cada subgrupo e cinco animais que pertencem a eles. Organize as peças de forma que cada ave, por exemplo, seja casada com um aspecto referente a um mamífero, um réptil, um peixe, um anfíbio e também uma ave.

COMO FAZER:Com estilete e a ajuda da régua de metal, corte 25 peças de EVA de 5 por 10 centímetros sobre a placa de corte. Recorte a folha laranja em quadrados de 4,5 centímetros de lado contendo as características dos bichos. Se preferir, faça o contorno com lápis e recorte com tesoura. Cole os quadradinhos de papel laranja em um lado das 25 peças de EVA. Comece a fazer a base colorida para o outro lado, onde os bichos serão colados. Recorte mais 25 quadrados de 4,5 centímetros de lado em papel amarelo e cole sobre o EVA.

CARACTERÍSTICAS DOS SUBGRUPOS



AVE

Possui penas.

Possui sacos aéreos.

É heterótrofa.

É homeotérmica.

Bota ovos.



MAMÍFERO

Mama quando pequeno.

É heterótrofo.

É homeotérmico.

A maioria possui pêlos.

Tem coração com quatro cavidades.



RÉPTIL

Se movimenta rastejando.

É pecilotérmico.

É coberto por escamas, carapaças ou placas córneas.

Reproduz-se de forma sexuada interna e bota ovos.

É heterótrofo.



PEIXE

É aquático.

É heterótrofo.

É pecilotérmico.

É coberto por escamas.

Possui nadadeiras.



ANFÍBIO

Sofre metamorfose.

É heterótrofo.

É pecilotérmico.

Tem pele lisa, molhada e viscosa.

Respira pela pele.






11) ÁLBUM DE FIGURINHAS

ALBUM DE


FIGURINHAS

OS BICHOS



NOME:_____________________


PROFESSORA:______________

ESCOLA: __________________

ANO: ______________________


MARQUE O NÚMERO DE FIGURINHAS QUE VOCÊ JÁ COLOU NO ÁLBUM:


1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

32

33

34

35

36












MARQUE O NOME DOS BICHOS QUE VOCÊ JÁ COLOU NO ÁLBUM:



ABELHA

BALEIA

CAVALO

CISNE





















































12) O CARNAVAL DOS ANIMAIS:

Um compositor francês, chamado Saint-Saens, fez uma música que se chama O CARNAVAL DOS ANIMAIS. Através dos sons dos instrumentos, ele tentou imitar a voz e os gestos de alguns animais: o rugido do leão, o andar lento da tartaruga, a altivez e a elegância do cisne etc.

Primeiramente, vamos saber um pouco sobre a vida deste compositor, e depois ouvir com muita aten­ção a música que se chama O CARNAVAL DOS ANI­MAIS.

Saint-Saens nasceu em Paris, em 1835, e fale­ceu em 1921. Foi um dos maiores compositores fran­ceses. Foi tão genial que alguns o comparavam ao grande compositor austríaco, Mozart, o menino pro­dígio de Salzburg.

Saint-Saens, além de compositor, foi também um grande pianista e organista. Compôs inúmeras obras como sinfonias, concertos, poemas sinfônicos e ópe­ras. Depois, iremos conhecer também estas formas de composição musical hoje, ouviremos O CARNA­VAL DOS ANIMAIS que ele compôs para um grupo de amigos, deixando transparecer nesta obra uma das facetas de sua personalidade: a ironia. Em al­guns trechos perceberemos que ele tenta ironizar al­guns compositores de seu tempo.

O CARNAVAL DOS ANIMAIS compõe-se de 14 trechos, cada um deles, representando um animal ou ridicularizando um personagem. Os instrumentos usados nesta obra são: 2 pia­nos, 2 violinos, viola, violoncelo, contrabaixo, flauta, flautim, clarineta, harmônica e xilofone. Vamos ouvir a obra prestando muita atenção na música, nos temas e nos instrumentos.

1 - Marcha dos leões: Este trecho descreve a majestade real do leão. Após uma pequena introdução, surge o tema do rei da selva. Saint-Saens utiliza-se de escalas na região grave do piano (reforçadas pelo violoncelo e o baixo) para representar a ferocidade do leão. Vamos ouvir este trecho imaginando o rugir feroz do rei da selva.

2 - Galinhas e galos: Vamos imaginar galos cantando e galinhas pian­do num terreiro. Observemos também o som de um clarinete, que se impõe no desenrolar da conversa no terreiro ou no galinheiro...

3 - Burros selvagens: Neste trecho, o compositor usa somente o som de dois pianos para sugerir a corrida veloz dos bur­ros selvagens da Ásia Ocidental.

4 – Tartarugas: Neste trecho, Saint-Saens ironiza um composi­tor alemão utilizando-se de um motivo de "Orfeu no Inferno", de Offenbach. O tema, com nova harmo­nia, representa o arrastar uniforme e pesado das tartarugas. Observando o som do violoncelo e do baixo, ima­ginemos a lentidão preguiçosa das tartarugas.

5 – Elefante: Aqui, o compositor Berlioz é atingido pela ironia de Saint-Saens. Ele utilizou alguns compassos do bailado das Sílfides da obra "Danação de Fausto" e imaginou um pesado elefante dançando... Mendelssohn, compositor alemão, também não escapou à zombaria na alusão feita à sua obra "So­nhos de uma noite de verão".

6 – Cangurus: Vocês já viram um canguru saltando? O piano, aqui, sugere os extraordinários saltos desses animais.

7 – Aquário: Este trecho é maravilhoso. Tudo é cristalino como num aquário. Com o som agudo dos violinos e do piano, Saint-Saens tenta descrever o movimento dos peixes, o brilho das escamas e a transparência da água cristalina. Para obter os efeitos, ele se utiliza também de diferentes timbres como o da harmônica construída com lâminas de vidro.

8 - Animais de orelhas compridas: Empregando apenas os violinos, o autor sugere o zurrar, o relinchar de burros.

9 – Cuco: Dois pianos em acordes maciços dão a idéia da espessura do arvoredo. No fundo do bosque ouve-se o canto do Cuco. O compositor obtém esse efeito atra­vés do clarinete.

10 - Viveiro de pássaros: O murmúrio dos instrumentos de corda imita o vôo dos pássaros. A flauta imita o canto dos passarinhos.

11 – Pianistas: Saint-Saens volta a ironizar... Desta vez o alvo são os estudantes de piano que aborrecem os ouvin­tes com os exercícios repetitivos de técnica pianística.

12 – Fósseis: Vocês sabem o que são fósseis? São restos de vegetais ou de animais assimila­dos pelo solo ao longo de milhares de anos. Com este trecho, Saint-Saens quer ironizar tudo aquilo que é desatualizado, retrógrado. Usamos aqui a Dança Macabra, do mesmo au­tor, tocada no xilofone. E também canções popula­res francesas (clarinete) e motivos da ópera, O Bar­beiro de Sevilha, de Rossini. O autor finaliza o trecho voltando ao tema de A Dança Macabra.

13 – Cisne: É o trecho mais belo de toda esta obra e, certamente, o mais conhecido e divulgado. Trata-se de uma inspirada melodia tocada pelo violoncelo. A suave melodia que o violoncelo expressa representa a figura de um cisne que desliza calmo e imperturbável. O ritmo do piano sugere a água lím­pida sobre a qual o cisne desliza, deixando ondas suaves de sua marcha majestosa e tranqüila. Saint-Saens compôs esta obra para um grupo de amigos e deixou um testamento dizendo que autori­zaya executá-la somente após a sua morte. A grande bailarina Pavlova, mesmo depois da proibição, conseguiu autorização do autor para realizar o bailado "A Morte do Cisne", que alcançou êxi­to nos maiores teatros do mundo.

14 – Final: Saint -Saens finaliza sua obra recapitulando os temas usados nos vários trechos, numa autêntica euforia carnavalesca.

ATIVIDADES:

1. Expressar com o corpo, interpretando, repre­sentando cada um dos bichos presentes na música O CARNAVAL DOS ANIMAIS. Imitar como faz o leão, o galo, o burro selvagem, o elefante, a tartaruga etc.

2. Colorir as figuras dos bichos que fazem parte da música.

(colocar várias figuras de animais)

(O mundo Encantado da música. Nilsa Zimmermann. Ed. Paulinas. Vol. II)

12) IMITANDO ANIMAIS: Quando se trabalha com jogos teatrais, o objetivo é ampliar a expressividade gestual dos alunos. É preciso ter em mente que todo trabalho de teatro deve começar com um aquecimento físico a fim de preparar o corpo para que se possa trabalhar sua expressividade.
Para isso, proponha um aquecimento físico com música. Inicialmente, os alunos, orientados pelo professor, deverão se locomover no espaço, explorando-o. A consigna consiste em acompanhar o ritmo da música movimentando o corpo na altura do chão, na altura de quem está andando e no mais alto nível que conseguirem. Com o corpo aquecido, passa-se ao aquecimento do pensamento/imagem, que consiste em um levantamento do conhecimento prévio dos alunos sobre bichos que se locomovem na altura do chão, na altura do andar humano e em alturas maiores. Proponha que eles ocupem um lugar no espaço da sala divididos em três grupos:

 um canto para os animais que se locomovem e produzem movimentos na altura do chão; outro espaço para aqueles que querem trabalhar a expressividade dos animais que se locomovem no nível médio; outro espaço para os que querem trabalhar com alturas maiores.


Os grupos devem realizar ensaios representando o bicho anteriormente imaginado. Depois, os alunos sentam-se no chão de forma que ocupem todo o espaço da sala, e cada um apresenta seu animal e imita sua forma de ser, ressaltando:

 posição do animal parado; forma de locomoção; voz (som que emite); expressão física do animal.


Com a ajuda de todo o grupo, o professor pode propor também algumas situações nas quais os animais podem estar dormindo, comendo, passeando etc. Novas situações de cenas podem ser criadas:

 Uma conversa entre o animal que se locomove no alto e o rastejante.

 Uma confusão criada pelos animais que se locomovem no nível médio.

 Uma coisa engraçada que acontece nos três grupos de animais...


No decorrer da atividade, é interessante a troca de personagens para que os alunos possam vivenciar diversos animais e, conseqüentemente, diferentes maneiras de produzir gestos e sons. No final da atividade, faça uma avaliação a partir das respostas dos alunos sobre o que foi mais difícil fazer, o que foi mais fácil e o que eles gostariam de ter feito e não aconteceu nessa aula, e aproveite esse material para preparar a próxima aula de teatro com o seu grupo.
PARA APROFUNDAR: É interessante olhar livros e revistas com informações sobre animais, conversar sobre seus hábitos, programar visitas ao zoológico, resgatar conhecimentos prévios dos alunos sobre animais, assistir a filmes e vídeos com imagens de animais...

13) VAMOS ADIVINHAR? : você poderá usar quadrinhas, que são pequenas adivinhações. Distribua cartões com figuras de animais. Depois recite a quadrinha e quem está com a figura correspondente ao bicho deve mostra-la. Se as crianças gostarem poderão recitá-las e também inventar novas quadrinhas.



©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal