Abramo, Pedro (org.). A cidade da informalidade: o desafio das cidades latino-americanas



Baixar 30.55 Kb.
Encontro24.05.2018
Tamanho30.55 Kb.

ABRAMO, Pedro (org.). A cidade da informalidade: o desafio das cidades latino-americanas. Rio de Janeiro: Sette Letras / FAPERJ, 2003.
ABRAMOVAY, M. et al. Gangues, galeras, chegados e rappers: juventude, violência e cidadania nas cidades da periferia de Brasília. Rio de Janeiro: Garamond, 1999.
ABRAMOVAY, R. Paradigmas do capitalismo agrário em questão. Rio de Janeiro: ANPOCS; São Paulo: Hucitec; Campinas: UNICAMP, 1992.
ABRAMOVAY, R.; SILVESTRO, M.; CORTINA, N.; BALDISSERA, T.; FERRARI, D.;TESTA, V. M. Juventude e agricultura familiar: desafios dos novos padrões sucessórios. Brasília: Unesco/Fao/Incra/Epagri, 1998.
ABREU, Regina e CHAGAS, Mário (org.). Memória e patrimônio: ensaios contemporâneos. Rio de Janeiro: DP&A, 2003.
ALFONSIN, Betânia de Moraes. Direito à moradia: instrumentos e experiências de regularização fundiária nas cidades brasileiras. Rio de Janeiro: IPPUR / FASE, 1997.
ALFONSIN, Betânia; FERNANDES, Edésio. Direito à moradia e segurança da posse no Estatuto da Cidade. Belo Horizonte: Forum, 2004.
ALMEIDA. J. NAVARRO, Z. Reconstruindo a agricultura: ideias e ideais na perspectiva do desenvolvimento rural sustentável. 2ª ed. Editora da Universidade/UFRGS, Porto Alegre, 1998.
ALVITO, Marcos e ZALUAR, Alba (org.). Um Século de Favela. Editora FGV, 1999.
ALVITO, Marcos. As cores de Acari: uma favela carioca. Rio de Janeiro: FGV, 2001.
AXELRUD, Isaac. Reforma agrária. São Paulo: Global, 1987.
BAIERL, L. F. Medo social: da violência visível ao invisível da violência. São Paulo: Cortez, 2004.
BERGAMASCO, S. M. P. P.; NORDER, L. A. C. O que são assentamentos rurais. São Paulo: Brasiliense, 1996. (Coleção Primeiros Passos).
BITTENCOURT, G. A.; CASTILHOS, D. S. B.; BIANCHINI, V.; SILVA H. B. C. Principais fatores que afetam o desenvolvimento dos assentamentos de reforma agrária no Brasil. Brasília: Projeto de Cooperação Técnica Incra/FAO, 1999.
BOAS, G. V. e GONÇALVES, M. A. O Brasil na virada do século. Rio de Janeiro: Relume-Dumará, 1995.
BONNAL, Philippe e MALUF, Renato. Agricultura familiar: multifuncionalidade e desenvolvimento territorial do Brasil. Mauad, 2009.
BRANDÃO, Carlos Rodrigues. Pesquisa participante. São Paulo: Brasiliense, 1986.
BRASIL, Ministério das Cidades. Déficit habitacional no Brasil: Municípios selecionados e microregiões geográficas. Brasília, 2004.
BROSE, Markus. Metodologia participativa. Uma introdução a 29 instrumentos. Porto Alegre: Tomo Editorial, 2001.
BROSE, Markus. Participação na Extensão Rural. Tomo Editorial, 2004.
CHECCHETO, F. R. Violência e estilos de masculinidade. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2004.
CHERKEZIAN, Henry. Inventário de projetos para melhoria de assentamentos urbanos informais. Brasilia: IPEA/Banco Mundial/Cities Alliance/UN-Habitat, 2003. Serie de publicações 'Estudos de apoio às políticas urbanas para os grupos de baixa renda'.
COSTA, Valéria Grace. Favelas e assemelhados: o conceito, o estado da arte e novas possibilidades. Rio de Janeiro: IBGE, 2002.
D.INCAO, M. C. M.; CARVALHO, A. V. Reforma agrária: significado e viabilidade. Petrópolis: Vozes, 1982.
DA MATTA, R. A casa e a rua. 11 ed. Rio de Janeiro: Rocco, 2000.
DALLARI, Adilson Abreu & FERRAZ, Sérgio (coord). Estatuto da Cidade: comentários à Lei Federal 10.257/2001. São Paulo: Malheiros, 2002.
DAMÁSIO, Cláudia. Urbanizador Social: da informalidade à parceria. Porto Alegre: Livraria do Arquiteto, 2006.
DELGADO, G. C. Capital financeiro e agricultura no Brasil. São Paulo/Campinas: Ícone/UNICAMP, 1985.
DELUMEAU, J. História do medo no ocidente: 1300-1800. São Paulo: Edusp, 2001.
DEMO, Pedro. Avaliação Qualitativa. Campinas, SP: Autores Associados, 2008.
______. Educar pela pesquisa. Campinas: Editora Autores Associados, 1998.
______. Pesquisa e construção do conhecimento: metodologia científica no caminho de Habermas. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1997.
DENALDI, Rosana. Favela: estratégias de enfrentamento do problema. Brasília: Ministério das Cidades/Secretaria Nacional de Habitação/ Departamento de Urbanização e Assentamentos Precários, 2003.
DIONNE, Hugues. Pesquisa-ação para o desenvolvimento local. Brasília: Liber Livro, 2007.
EHLERS, E. Agricultura sustentável: origens e perspectivas de um novo paradigma. Livros da Terra, São Paulo, 1996.
EL ANDALOUSSI, Khalid. Pesquisas-ações. Ciências, Desenvolvimento, Democracia. São Carlos: EdUFSCar, 2006.
ELIAS, N. A sociedade de corte. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2001.
FALCÃO, Emmanuel. Vivência em Comunidade. João Pessoa: Editora Universitária/UFPB, 2006.
FERNANDES, B. M. MST: formação e territorialização. São Paulo: Hucitec, 1996.
FERNANDES, Edésio (org.). Direito Urbanístico e Política Urbana no Brasil. Belo Horizonte: Del Rey, 2001.
FERREIRA, Marieta de Moraes e ALBERTI, Verena. História oral: desafios para o século XXI. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2000.
FRANÇA, Caio Galvão de e SPAROVEK, Gerd (Coord.). Assentamentos em debate. Brasília, MDA /NEAD, 2005.
FREIRE, Américo. Capítulos da memória do urbanismo carioca. Rio de Janeiro: Editora Folha Seca, 2002.
FREIRE, Paulo. Educação como prática da liberdade. 25.ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2001.
______. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 18.ed. São Paulo: Paz e Terra, 1996.
FRIDMAN, Fania. Donos do Rio em nome do Rei: uma história fundiária da cidade do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1999.
GANDIN, Danilo. A Prática do Planejamento Participativo: na educação e em outras instituições, grupos e movimentos do campo cultural, social, político, religioso e governamental. Petrópolis: Vozes, 1994.
______. Indicadores: sinais da realidade no processo de planejamento. Loyola: São Paulo, 2002.
GARCIA FILHO, D. P. Análise diagnóstico de sistemas agrários: guia metodológico. Brasília: Convênio INCRA/FAO, 1999.
GARCIA Jr., A. Terra de Trabalho, Trabalho Familiar e Pequenos Produtores. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983.
GEERTZ, Clifford. O Saber Local - Novos Ensaios em Antropologia Interpretativa. Petrópolis, Vozes, (1997) - 2001.
GIDDENS, A. Modernidade e identidade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2002.
GOFFMAN, Erving. Estigma: notas sobre a manipulação da identidade deteriorada. Rio de Janeiro: LTC- Grupo Gen, 1982.
GÖRGEN, Sérgio, STEDILE, João Pedro. Assentamentos: a resposta econômica da reforma agrária. Petrópolis: Vozes, 1991.
GRYNSZPAN, Mario & PANDOLFI, Dulce. A Favela Fala: depoimentos ao CPDOC. Editora FGV, 2003.
GUANZIROLI, C.; ROMEIRO, A.; BUAINAIN, A. M.; DI SABBATO, A.; BITTENCOURT, G. Agricultura familiar e reforma agrária no século XXI. Rio de Janeiro: Garamond, 2001.
HARVEY, David. A justiça social e a cidade. São Paulo: Hucitec, 1980.
HISTÓRIA DA VIDA PRIVADA NO BRASIL. São Paulo: Companhia das Letras, 1998, v. 1, 2, 3 4.
HOLANDA, S. B. Raízes do Brasil. 26 ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.
IANNI, O. A luta pela terra. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 1979.
INSTITUTO BRASILEIRO DE ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL, IBAM. Estudo de avaliação da experiência brasileira sobre urbanização de favelas e regularização fundiária: relatório final. Rio de Janeiro, 2002.
INSTITUTO PEREIRA PASSOS. Evolução da população de favelas no Rio de Janeiro: uma reflexão sobre os dados mais recentes. Rio de Janeiro: Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, 2002.
JACOBS, Jane. Morte e vida de grandes cidades. São Paulo: Martins Fontes, 2000.
KAUTSKY, Karl. A questão agrária. São Paulo: Nova Cultural. 1986.
LAGO, L. C. Autogestão habitacional no Brasil: Utopias e contradições. Rio de Janeiro: Letra Capital, 2012.
LARANGEIRA, Adriana. E-Solo: os Caminhos da regularização urbanística e fundiária na cidade do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: UN-HABITAT / Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, 2003.
LEITE, S.; HEREDIA, B.; MEDEIROS, L.; PALMEIRA, M.; CINTRÃO, R. Impacto dos assentamentos: um estudo sobre o meio rural brasileiro. São Paulo: Editora UNESP, 2004.
LINHARES, Maria Yedda L. ; DA SILVA, Francisco Carlos Teixeira. História da agricultura brasileira. Combates e controvérsias. São Paulo: Brasiliense, 1981.
______. Terra Prometida. Uma história da questão agrária no Brasil. Rio de Janeiro: Campus, 1999.
LUCENA, Andréa Freire de (org.). Cooperação e Inclusão Social. Rio de Janeiro: Editora PUC-Rio, 2011.
MACHADO DA SILVA, Luiz Antonio. Vida sob cerco: Violência e rotina nas favelas do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 2008.
MARTINEZ, Paulo. Reforma agrária: Questão de terra ou de gente? São Paulo: Contexto, 1987.
MARTINS, J. S. Os camponeses e a política no Brasil: as lutas sociais no campo e seu lugar no progresso político. 4. ed. Petrópolis: Vozes, 1990.
MEDEIROS, L e LEITE, S. A Formação dos assentamentos rurais no Brasil: Processos Sociais e Políticas Públicas. 1º Edição. Porto Alegre / Rio de Janeiro: Ed Universidade / UFRGS/ CPDA, 1999.
______. Assentamentos rurais: mudança social e dinâmica regional. Rio de Janeiro: Mauad, 2004.
______. A formação dos assentamentos rurais no Brasil. Processos sociais e políticas públicas. Porto Alegre / Rio de Janeiro: Editora da UFRS / CPDA - UFRRJ, 1999.
MEDEIROS, Leonilde et al. Assentamentos rurais: uma visão multidisciplinar. São Paulo: Editora Unesp, 1994.
MEDEIROS, Leonilde Servolo de. Movimentos sociais, disputas políticas e reforma agrária de mercado no Brasil. Rio de janeiro: UFRRJ/CPDA: UNRISD, 2002.
MELLO, Marco Antonio da Silva; MACHADO DA SILVA, Luiz Antonio; FREIRE, Letícia de Luna; SIMÕES, Soraya Silveira. Favelas cariocas: ontem e hoje. Rio de Janeiro: Garamond, 2012.
MELO, Marco Aurélio Bezerra de. Legitimação de posse dos imóveis urbanos e o direito à moradia. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2008.
MONTEIRO, João de Paula. Cooperação: saiba o que é cooperatividade sistêmica. Brasília: AED, 2002. 60 p.
MONTEIRO, João de Paula; MONTEIRO, Claudia. Cooperação passo a passo: como inovar em desenvolvimento aplicando a cooperação. Brasília: AED, 2002. 75 p.
MOURA, M. M. Os deserdados da terra. Rio de Janeiro: Bertrand, 1988.
NEVES, Delma Pessanha. Assentamento rural: reforma agrária em migalhas. Niterói: Eduff, 1997.
OLIVEIRA, Anazir Maria e CARVALHO, Cíntia Paes. Favelas e organizações comunitárias. Petrópolis: Vozes/Centro de Defesa dos Direitos Humanos Bento Rubião, 1993.
PERALVA, A. Violência e democracia. São Paulo: Paz e Terra, 2000.
PONTUAL, Ricardo Duarte. Moradias em assentamentos informais: caracterizar e quantificar o estoque. Brasilia: IPEA/Banco Mundial/Cities Alliance/UN-Habitat, 2003. Serie de publicações 'Estudos de apoio às políticas urbanas para os grupos de baixa renda'.

QUEIROZ, M. I. P. O Campesinato brasileiro: ensaios sobre civilização e grupos rústicos no Brasil. Petrópolis: Vozes, 1976.


REIS, E. P. Processos e escolhas. Rio de Janeiro: Contra Capa, 1998.
RIBEIRO, Luiz Cesar de Queiroz e CARDOSO, Adauto Lucio. Reforma urbana e gestão democrática: promessas e desafios do Estatuto da Cidade. Rio de Janeiro: Revan / FASE, 2003.
RIBEIRO, Luiz Cesar de Queiroz e AZEVEDO, Sérgio de. A crise da moradia nas grandes cidades: da questão da habitação à reforma urbana. Rio de Janeiro, UFRJ, 1996.
RIBEIRO, Luiz Cesar de Queiroz. Dos cortiços aos condomínios fechados: as formas de produção da moradia na cidade do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1997.
RIO DE JANEIRO, Prefeitura da Cidade. Cidade inteira: a política habitacional da cidade do Rio de Janeiro. Secretaria Municipal de Habitação, 1999.
ROMEIRO, Adhemar et al (org.). Reforma agrária: produção, emprego e renda. O relatório da FAO em debate. Petrópolis: Ibase/Fao/Vozes, 1994.
SANTOS, Carlos Nelson Ferreira dos. Movimentos urbanos no Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Zahar, 1981.
SAULE JR., Nelson (coord.). Direito à cidade: trilhas legais para o direito às cidades sustentáveis. São Paulo: POLIS / Max Limonad, 1999.
______. A proteção jurídica da moradia nos assentamentos irregulares. Porto Alegre: Sergio Antonio Fabris, 2004.
SCHNEIDER, S. A pluriatividade na agricultura familiar. Porto Alegre: UFRGS, 2003.
SEN, Amartya. Desenvolvimento como liberdade. São Paulo: Cia. das Letras, 2000.
SILVA, Jailson de Souza; BARBOSA, Jorge Luiz. Favela: alegria e dor na cidade. Rio de Janeiro: Senac Rio / X Brasil, 2005.
SILVA, Maria Lais. Favelas Cariocas: 1930-1964. Editora Contraponto.
SOUZA, M. L. Fobópoles. O medo generalizado e a militarização da questão urbana. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2008.
SPAROVEK, G. A qualidade dos assentamentos da reforma agrária brasileira. São Paulo: Ed. Páginas e Letras, 2003.
STEDILE, João Pedro (Org.). A questão agrária hoje. Porto Alegre: Editora da Universidade UFRGS, 1994.
______. Questão agrária no Brasil. São Paulo: Atual Editora, 1997.
______. A reforma agrária e a luta do MST. Petrópolis: Vozes, 1997.
STEDILE, João Pedro e FERNANDES, Bernardo Mançano. Brava Gente: a trajetória do MST e a luta pela terra no Brasil. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 1999.
VALADÃO, Vanda de Aguiar. Assentamentos e sem-terra: a importância do papel dos mediadores. Vitória: EDUFES, 1999.
VALLADARES, Licia do Prado . A Propósito da Urbanização de Favelas. Espaço & Debates, São Paulo, v. 1, n.2, p. 5-18, 1981.
______ . Políticas Alternativas de Habitação Popular. Espaço & Debates, São Paulo, v. Ano 5, n.16, p. 33-51, 1985.
______. A invenção da favela: do mito de origem à favela.com. Rio de Janeiro: FGV/Da Conde, 2005.
______. Passa-se uma casa. Rio de Janeiro: Zahar, 1980.
VEIGA, José Eli. O que é reforma agrária. São Paulo: Brasiliense, 1981.
WOLF, E. R. Sociedades camponesas. São Paulo: Zahar Editores, 1976.
ZALUAR, Alba. A Máquina e a revolta. As organizações populares e o significado da pobreza. São Paulo, Editora Brasiliense, 2000.
______. Integração perversa: pobreza e tráfico de drogas. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2004.
ZYLBERBERG, Sonia. Morro da Providência: memória da favela. Rio de Janeiro: Editora Secretaria Municipal de Cultura, Turismo e Esportes.

Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal