Amonio método Colorimétrico Quantitativo



Baixar 34.49 Kb.
Encontro24.12.2017
Tamanho34.49 Kb.

AQAssay

Reagentes para análise de água



AMONIO

Método Colorimétrico Quantitativo

6T Lab www.gtlab.com.ar. -TRINDER COLOR

USO DO PRODUTO

Kit de reagentes para a determinação de amônio em água.



PRINCIPIO DO TESTE

Os íons amônio reagem com salicilato de sódio e hipoclorito de sódio sob meio alcalino resultando um composto de indofenol de cor verde esmeralda, cuja cor é proporcional à concentração de amônio na amostra. A cor é lida em um fotocolorímetro a 600 nm.



REAGENTES FORNECIDOS
Composição

Reagente 1: salicilato de sódio 10 g/l. Pronto para usar.

Reagente 2: hipoclorito de sódio 0.5%. Pronto para usar.

Padrão: solução de sulfato de amônio equivalente a 100 mg/l amônio. Concentrado (100x).
Sinais de instabilidade ou deterioração dos Reativos:

A presença de turbidez, precipitados ou descoloração dos reagentes indica deterioração. Não utilizar em tais condições.

Reagentes podem ter uma cor amarelada, o que é normal.
Conservação e estabilidade dos reagentes

Conservar à temperatura do quarto entre 15-30oC.

Todos os reativos são estáveis até a data de vencimento marcada no rótulo.
Cuidados e precauções

Os reagentes são somente para uso de laboratório.

O Reagente 2 é corrosivo. Leia a informação nos rótulos.
Evite o contacto dos reagentes com a pele e a mucose.

Os reagentes devem ser manuseados e eliminados de acordo com as boas práticas de laboratório (Good Laboratory Practices = GLP) e regulamentos ambientais locais.




MATERIAIS NECESSÁRIOS, MAIS NÃO FORNECIDOS

  • Material volumétrico de acordo com os volumes indicados em PROCEDIMENTO DO ENSAIO.

  • Banho de água para 37ºC

  • Espectrofotômetro ou fotocolorímetro.

  • Água deionizada ou destilada.



COLETA E OBTENÇÃO DA AMOSTRA

Amostra: água

Amostra deve ser recolhida em recipiente limpo e seco, preferentemente de polietileno, e sem uso prévio (veia NOTA 1).



Condição de conservação da amostra:

Conserve a amostra refrigerada à 2-8ºC. O teste deve ser realizado dentro das 24 horas de obtida a amostra.

O teste deve ser feita o mais depressa possível. Se isso não for possível, a amostra deve ser acidificada.

Substâncias Interferentes:

Sulfuretos interferem com a reação e devem ser eliminados. A alcalinidade superior a 500 mg/l afeta resultados.



REAGENTES DE TRABALHO

Padrão de Trabalho

Preparação

Dilua o padrão fornecido 1/100 com água destilada, de acordo com a quantidade necessária.



Composição do Padrão de Trabalho

Solução de sulfato de amônio equivalente a 1 mg/l íons amônio.



Conservação e estabilidade do Padrão de Trabalho

Use dentro do dia de preparado. Conserve-lo refrigerado (2-8ºC).



Sinais de instabilidade ou deterioração:

A presença de turbidez ou precipitados indica deterioração do reagente. Não utilizar em tais condições.



PROCEDIMENTO DO ENSAIO

Marque 3 cubetas como B (branco), P (Padrão) e A (Amostra) e agregue:







B

P

A

Agua destilada/deionizada

5 ml

---

---

Padrão

---

5 ml

---

Amostra

---

---

5 ml

Reagente 1

0.5 ml

0.5 ml

0.5 ml

Misture. Incube 5 minutes a

37ºC

Reagente 2

0.5 ml

0.5 ml

0.5 ml

Misture. Incube 15 minutes a 37ºC.

Leia em 600 nm (560-610 nm) zerando com a Branco.

Cor e estável 60 minutos.




CALCULOS
Absorbância da Amostra

------------------------ x 1 mg/l = mg/l íons amônio

Absorbância do Padrão


Absorbância da Amostra

------------------------ x 0.78 mg/l = mg/l nitrogênio Absorbância do Padrão amoniacal

LIMITAÇÕES

Por favor, consulte Substâncias Interferentes, acima.



DESEMPEÑHO DO TESTE

Linearidade: 5 mg/l. Amostras com concentração superior devem ser diluídos a 1/10 com água destilada e ensaiada novamente. Multiplique os resultados pelo fator de diluição.

Limite de detecção: 0.05 mg/l em 600 nm.

VALORES DE REFERÊNCIA

Por favor, consulte os regulamentos locais sobre a água a ser testada.



Água potável: <0.2 mg/l (Código Alimentario Argentino, 1994)

Água para proteção da vida aquática: <0.025 mg/l amônio no ionizado (EIFAC/FAO, 1994)

Água doce para proteção da vida aquática: <1.37 mg/l amônio (Canadian Water Quality Guidelines, 1987)

Água salada para proteção da vida aquática: <0.4 mg/l amônio (CONOMA)


NOTAS:

  1. Evite as contaminações com as substâncias interferentes (veia AMOSTRA).

  2. A concentração do amônio dependo do pH.



APRESENTAÇÃO

Código 903025: 25 testes

Código 903050: 50 testes

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS


  1. Guidance for the Quality of Drinking Water; W.H.O., Geneva, 1999.

  2. Krom Michael D.: Spectrophotometric Determination of Ammonia: A Study of a Modified Berthelot Reduction Using Salicylate and Dichloroisocyanurate. The Analyst. 1980.

  3. CONAMA (Consejo Nacional de Medio Ambiente). Normas Secundarias de Calidad Ambiental para Aguas Continentales Superficiales y Marinas. 2002.



INFORMAÇÃO PARA OS CLIENTES

Garantia

GT Laboratório S.R.L. fabrica e comercializa reagentes para diagnostico in vitro sob Boas Práticas de Manufatura (Good Manufacturing Practices = GMP) certificadas de acordo com O.M.S./W.H.O. Technical Report Series 908/2003, C.E.E. Res. 91/536 e A.N.M.A.T. Disp. Nº 3623/1997, ISO 9001:2000 e ISO 13485:2003. Os termos e as condições da qualidade são absolutos dentro das responsabilidades que correspondem a GT Laboratório S.R.L.



Fabricado pela GT Laboratorio S.R.L.

Necochea 3274- Rosario- Argentina

Uso profissional exclusivo.

Instalações registradas e autorizadas pela ANMAT Disp. Nº 5645/07.

Diretor técnico: Daniel Echave, Bioquímico

Informação de contacto:

E-mail: infoprofesional@gtlab.com.ar



Web site: www.gtlab.com.ar

Código de revisão: Nov07



©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal