Aprender com o movimento: a psicomotricidade na educaçÃo infantil



Baixar 6.88 Kb.
Encontro31.01.2018
Tamanho6.88 Kb.

APRENDER COM O MOVIMENTO: A PSICOMOTRICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Rosélia Prussiano Corrêa


Universidade Luterana do Brasil – Campus Cachoeira do Sul



RESUMO: Este trabalho resulta de uma pesquisa tendo como tema Aprender com o movimento: A psicomotricidade na Educação Infantil. Esta abordagem justifica-se pela aplicação do trabalho psicomotor na Educação Infantil pelos professores e não por profissionais especializados tendo em vista o desconhecimento de muitos destes sobre a importância da prática psicomotora para o desenvolvimento integral da criança. O estudo objetivou de modo geral analisar a importância do desenvolvimento psicomotor na Educação Infantil e suas conseqüências nos anos iniciais. O estudo desenvolveu-se através de uma pesquisa bibliográfica, envolvendo-se através da definição da temática, elaboração de um roteiro e um ensaio. Segundo a pesquisa realizada a Psicomotricidade permite à criança expressar suas dificuldades relacionais e ajudá-la a superá-las. . Está relacionada ao processo de maturação, onde o corpo é a origem das aquisições cognitivas, afetivas e orgânicas. É sustentada por três conhecimentos básicos: o movimento, o intelecto e o afeto. A prática da Psicomotricidade na Educação Infantil proporciona à criança a possibilidade de experimentar seu corpo, vivenciar ludicamente suas emoções e desenvolver-se psicomotoramente de maneira equilibrada. Não tem objetivos pedagógicos diretos, mas sim uma influência clara sobre as dificuldades de adaptação escolar, na medida em que estão diretamente relacionadas com os fatos psicoafetivos relacionais. A psicomotricidade ultrapassa os problemas motores. Pesquisa as ligações em relação à lateralidade, à estrutura espacial e orientação temporal, além de detectar as dificuldades escolares das crianças. Torna-se consciente as relações existentes entre o gesto e a afetividade, que vem de encontro ao desenvolvimento geral da criança de Educação Infantil, previne e prepara para os estudos nos anos iniciais. Partimos da teoria que afirma serem os primeiros anos de vida fundamentais para a evolução da criança como pessoa autônoma, criativa e socializada, é a etapa básica para o posterior equilíbrio da personalidade e para o desenvolvimento da inteligência. A Educação Infantil deverá ser a etapa propícia para implementar uma tarefa educativa-preventiva, com vistas ao desenvolvimento global da criança. A intervenção apropriada do educador pode vir a prevenir dificuldades de comportamento e contribuir com o processo ensino-aprendizagem. Ao vivenciar as diferentes situações a criança se posiciona em relação ao outro, ao objeto e ao mundo que o rodeia, enriquecendo-se paulativamente nessa vivência. Interagindo com o mundo que a cerca a criança desenvolve habilidades e forma conceitos. Quanto mais rico e desafiador for este “mundinho”, mais rápido será o desenvolvimento desta criança. Uma vez habituada a enfrentar desafios e buscar soluções para seus problemas, estará preparada para adquirir novos conhecimentos no Ensino Fundamental . O professor de Educação Infantil deve ser um profundo conhecedor da pedagogia psicomotora, buscando atualização constante e estar ciente da sua responsabilidade. Um professor atualizado é aquele que sujeita-se à mudanças, que não prende-se à teorias como se fossem verdades únicas, mas está sempre questionando-as.

Palavras-chaves: Psicomotricidade – Educação Infantil – desenvolvimento.

Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal