ApresentaçÃo de monografia



Baixar 16.11 Kb.
Encontro23.12.2017
Tamanho16.11 Kb.

APRESENTAÇÃO DE TRABALHO DE FINAL DE CURSO

A apresentação do trabalho de final de curso em banca examinadora é a última etapa do curso de graduação, em que o aluno mostrará capacidade de aliar teoria à prática. Por isso, é importante preparação para esse momento.

O aluno pode convidar colegas, amigos, familiares e dirigentes da empresa em que fez estágio para assistir a apresentação.

Deverá está consciente de que, se o professor orientador o indicou para defesa em banca, o trabalho reúne méritos para aprovação. Deverá está sereno quanto aos critérios de avaliação, pois a banca examinará o trabalho e a apresentação com imparcialidade.

Há regras gerais para apresentação de monografias em banca, mas características de cada aluno e circunstâncias devem ser consideradas, o que impede o estabelecimento de regras muito rígidas para tal etapa.

No entanto, há um conjunto de procedimentos que podem ser observados pelo aluno.

Antes de iniciar a apresentação, verifique se o projetor (ou outro equipamento, conforme o caso) está com foco e distância adequados para propiciar uma boa imagem do que for apresentado.
1 Apresentação

Inicie seu trabalho pelo cumprimento aos presentes.

Observe que as pessoas gostam de ser chamadas pelo nome e de ser olhadas quando a elas nos dirigimos. Em vez de dizer "bom dia ou boa noite professor", olhando para onde ele não está, que tal dizer "bom dia professor José Raimundo, boa tarde professora Célia", olhando para cada um deles?

Se a plateia não for numerosa, o aluno pode cumprimentar as pessoas chamando-as pelo nome, agradecendo-lhes a presença.

Possivelmente, com esse começo simpático da jornada, o aluno terá reduzido eventual e inoportuno nervosismo.

Em seguida diga seu nome e o título do seu trabalho.


2 Roteiro de apresentação

Por mais tranquilo e preparado que o aluno esteja, deve evitar improvisações e confiança excessiva na memória.

Por isso, elabore e siga um roteiro de apresentação. O roteiro deve conter apenas os títulos do que será abordado.

Faça um esforço e evite ler a íntegra do roteiro.

O aluno deve saber os títulos e a sequência das transparências. Para isso, pode fazer um ou dois ensaios, com ou sem plateia.

Se possível, na troca de uma transparência para outra, leia de forma discreta o conteúdo antes de pô-la no retroprojetor ou de passar o próximo slide.

Fique de costas para o quadro ou tela e de frente para a plateia. Se estiver inseguro, não tente ser herói, olhe de forma breve para a transparência.

Um roteiro adequado pode conter as seguintes transparências:

a) Tema e área funcional;

b) organização - nome, natureza, missão e âmbito de atuação;

c) situação-problema (como o aluno descobriu a situação-problema?), objetivos geral e específicos;

d) relevância do trabalho;

e) referencial teórico (grafe na transparência três a quatro autores principais que embasam o referencial). Não se esqueça de dizer que outros autores foram consultados;

f) metodologia: Cite de forma breve a metodologia empregada;

g) desenvolvimento: conterá dados e informações coletadas relevantes à interpretação. Nessa etapa o aluno pode olhar para os dados e em seguida para a banca.

h) Conclusões e recomendações: cite a conclusão e as principais recomendações.


3 Qualidade das transparências.

As transparências são guias para apresentação. Servem também para melhorar a comunicação do aluno com os presentes, por isso devem ter boa qualidade.

Use tamanhos 16 para os tópicos principais e 14 para outras informações, de preferência em negrito.

A quantidade de transparência pode variar de acordo com o tempo de apresentação. O ideal varia de 8 a 14 transparências.


Se for possível fazer transparências coloridas, reserve cores fortes (vermelho e azul, por exemplo) para os dados e informações mais relevantes à conclusão e recomendações do trabalho.

4 Controle do tempo

Antes da apresentação, faça ensaios para certificar-se, entre outros aspectos, de que a apresentação será feita no tempo previsto.

Peça ao professor orientador para lhe informar quando faltarem cinco minutos para término do tempo de apresentação.
5 Conclusão

Após a conclusão, o aluno deve informar aos presentes que a apresentação está concluída, agradecer a oportunidade de apresentar o trabalho e que está à disposição da banca examinadora para perguntas e observações.


6 Perguntas da banca

Os professores podem fazer perguntas, observações ou recomendações.

Diante de perguntas, seja objetivo nas respostas, conserve a serenidade e a cortesia.

Não tente responder perguntas para as quais não tem certeza da correção da resposta, ou seja, evite respostas evasivas, evite tentar "acertar" respostas.

É preferível o aluno dizer que não tem informações suficientes para responder a pergunta, ou que a pesquisa não alcançou o objeto da pergunta, a tentar mostrar conhecimento que não tem.

Responda somente o que foi perguntado pela banca.

Recomendações e observações diferem de perguntas. O aluno deve evitar discutir com os componentes da banca. É aconselhável aceitar as recomendações e observações como colaborações que servirão de subsídios ao prosseguimento dos estudos.
6.1 O aluno não deve mudar sua forma de ser e de falar durante a apresentação. Deve ser o mais autêntico possível, sem tentar mostrar erudição.

Deve empregar linguagem simples, mas sem gírias.


7 Controle da Ansiedade

É normal o aluno ficar ansioso antes da apresentação. Mas isso não significa que, necessariamente, durante a apresentação o aluno ficará nervoso.

Por isso, não se preocupe com eventual ansiedade. É normal ficou ansioso.

É comum o aluno sentir-se inseguro, pensar que ficará muito nervoso, que a memória falhará, que a voz sumirá, que as mãos gelarão, que a banca fará perguntas muito difíceis e, ao final, surpresa: a apresentação foi nota dez, ou nove, ou oito, mas uma boa apresentação!

Antes da apresentação, se estiver ansioso, tome um pouco de água.

Se o aluno não estiver indo bem na apresentação, pode pedir ao professor orientador uma breve pausa para retomar o trabalho da parte em que entender que merece ser citada novamente.

Procure falar pausadamente, sem pressa.

Na troca de transparências, recupere a calma, respire de forma mais profunda e pausada.



Tenha confiança!

Se você chegou ao final do curso e elaborou a monografia, tem méritos!

Boa apresentação.



©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal