Canarinhos voando contra a dengue!



Baixar 38.3 Kb.
Encontro15.07.2018
Tamanho38.3 Kb.

CANARINHOS VOANDO CONTRA A DENGUE!

A Dengue é uma doença infecciosa muito séria, que pode até matar. Preocupados com o grande índice de casos de dengue em casa ou na casa dos seus coleguinhas, as crianças do Infantil 3 resolveram passar as dicas de como evitar o monstruoso mosquito, e o nosso grupo não podia perder isso.

Numa roda de conversa, os alunos contaram as suas experiências, o que descobriram, como tratar e como evitar a proliferação do mosquito.



Maria Clara e Gustavo

SÃO JOÃO DE TODO CANTO

Este ano, o Canarinho realizou a festa junina homenageando o compositor Humberto Teixeira, com o tema: “Humberto Teixeira no São João de todo canto.”

As crianças conheceram um pouco sobre a vida do compositor e descobriram que ele foi um grande parceiro do Rei do Baião – Luiz Gonzaga, principalmente com a música “Asa Branca” de 1947.

Empolgados com os ensaios, os alunos puderam cantar, dançar e apresentar uma história fictícia da viagem do “Doutor do Baião” pelo Brasil apresentando para as famílias a cultura popular brasileira.

Natália e Alexandre

CÂNDIDO PORTINARI – 0 GRANDE PINTOR!

Os alunos do 1º ano deram uma aula para o grupo do 4º ano B, contando o que descobriram sobre o famoso pintor Cândido Portinari.

As turmas do 1º ano pesquisaram, retrataram algumas obras do pintor, reproduziram telas, fizeram muitas brincadeiras e relacionaram as obras à questão negra no Brasil.

Descobriram que Cândido nasceu em Brodósqui, interior de São Paulo, em 1903. Seus pais eram italianos e vieram para o Brasil esperando melhorar de vida. O primeiro emprego que conseguiram foi numa lavoura de café. 



Sua infância de menino do interior foi bastante simples, mas feliz e cheia de recordações. Gostava de jogar futebol, nadar nos rios da redondeza, brincar com pião e de pular cela, balanço, enfim, brincava muito nas ruas. Essas lembranças lhe renderam obras maravilhosas sobre as brincadeiras infantis. 

Candinho, como era chamado, era muito curioso, impressionava-se com os retirantes nordestinos, que chegavam a Brodósqui procurando emprego. Eram pessoas famintas e sofridas. Candinho ficava observando essas pessoas por muito tempo. Dessa observação surgiu a série de pinturas “Os retirantes”, em que Portinari expressava a dor e o sofrimento dos retirantes e exagerava ao retratar o sofrimento e a tristeza das pessoas.

Com as informações, os alunos apresentaram na Feira Cultural a vida e a obra desse famoso pintor.

Lívia e Renato

CANARINHO 45 ANOS!



Este ano o Canarinho está comemorando quatro décadas e meia! Sabe quanto é isso? 45 anos ensinando a voar sempre além.

Tudo começou com a tia Célia, em 01 de fevereiro de 1971, num terreno que era da sua família, onde ela morou e passou grande parte da sua vida. Parte dessa casa ainda é preservada, como o espaço em que fica a biblioteca, o salão cinza e a sala de artes.

Você sabe por que a escola recebeu esse nome? Não é porque tem passarinhos no viveiro. É porque a equipe que trabalha aqui acredita que com o conhecimento as crianças que estudam aprendem a alcançar voos parecidos com o dos pássaros.

Atualmente, sua filha Emília, que estudou aqui na infância, faz parte da direção e alguns pais e professores também estudaram aqui e hoje seus filhos fazem parte da instituição.

Maria Eduarda e Lucas Colares

O QUE ESTÁ POR TRÁS DAS REDES SOCIAIS?

Hoje em dia é permitido às crianças terem mais contato com as redes sociais, seja Facebook, Instagram, WhatsApp ou ver vídeos no Youtube. O acesso é bem abrangente e muitos pais não têm o controle do que está acontecendo por trás das telinhas.

Conversando com os grupos de alunos do 4º ano, descobrimos que muitos têm acesso à internet e que alguns pais verificam suas contas regularmente. Também falaram que, muitas vezes, ficam até tarde escondidos dos pais conversando com os amigos e postando fotos. Sendo assim, passamos a analisar como entrar na rede de forma protegida e não prejudicar ninguém e nem a nós mesmos.

  1. Não coloque na internet informações pessoais e nem fotos que comprometam a você.

  2. Se alguém invadir sua conta ou mandar mensagens, comunique imediatamente aos seus pais.

  3. Nunca converse com estranhos pela internet.

  4. Não informe sua senha para colegas ou pessoas desconhecidas.

  5. Sempre que tiver dúvidas, converse com seus pais. Eles saberão ajudá-lo!

Raíssa e Lucca Lima

NA MINHA TERRA TODO MUNDO É DIFERENTE, TODO MUNDO É GENTE”



Com esse tema, o Colégio Canarinho lança mais uma campanha de conscientização e respeito a todas as classes sociais.
Para entendermos melhor o objetivo da Campanha, falamos com a Coordenadora Janira, do 4ª e 5ª anos, e numa descontraída conversa ela nos explicou que o grupo de professores pensou em atividades e ações que seriam realizadas durante o ano letivo, como: realização de entrevistas com pessoas com necessidades especiais, campanhas de doação, reflexão sobre o que é ser diferente em um país tão diferente, conversas em grupo e conscientização do respeito ao outro.
Nosso grupo vem conversando e analisando as diferenças existentes em nossa sociedade. Também conversamos sobre outras culturas em diferentes lugares. A realidade ainda é perversa! É possível observar no nosso cotidiano atitudes preconceituosas nos atos, gestos e falas. Mas é na escola que mora a esperança de, quem sabe um dia, não precisarmos mais falar em preconceito e tratarmos todos como gente!
Orlete e Paulo Bessa

LER! AINDA NÃO INVENTARAM NADA MELHOR!
Estamos inseridos num universo tecnológico imenso e cada vez mais deixamos o livro de lado, ou apenas o utilizamos como cumprimento de tarefas. Mas o ato de ler não é algo do passado! Preocupados com esse hábito, fomos conversar com a professora Júlia, da Biblioteca, para sabermos a importância da leitura para nossas vidas.
Pesquisas do mundo todo mostram que a criança que lê e tem contato com a literatura desde cedo, principalmente se for com o acompanhamento dos pais, é beneficiada em diversos sentidos: ela aprende melhor, pronuncia melhor as palavras e se comunica melhor, de forma geral. "Por meio da leitura, a criança desenvolve a criatividade, a imaginação e adquire cultura, conhecimentos e valores", diz Júlia.
Ler é um hábito poderoso, que nos faz conhecer mundos e ideias, viajar pelo universo da imaginação! Com o livro você vive a personagem, embarca nas mais emocionantes aventuras, enfrenta vilões e se torna reis e rainhas.
Segundo tia Júlia, o livro desenvolve o repertório, liga o senso crítico na tomada, amplia o nosso conhecimento geral, aumenta o vocabulário, estimula a criatividade, emociona e causa impacto, muda sua vida e facilita a escrita.
Então, o que está você esperando? Você pode encontrar boas dicas de livros em nossa biblioteca e embarcar na aventura que só o bom leitor conhece.
Lucas Lima e Sophia Maria

BEYBLADES: A BRINCADEIRA DO MOMENTO

Você já se deparou com alguma criança batalhando no pátio da escola? Ou falando nomes estranhos com uns brinquedos que são arremessados e giram como pião? Pois é, as crianças estão envolvidas com um brinquedo chamado de Beyblade. Mas vocês sabem como ele surgiu? Como esse brinquedo está animando tanto nossos amigos? Vamos conhecer um pouquinho da história dessa brincadeira.
A Beyblade foi um anime inspirado no mangá de mesmo nome, que se tornou uma febre no mundo e revitalizou o interesse das crianças pelos piões. Ela foi inspirada em um pião e veio como uma modernização do antigo brinquedo, sendo piões específicos para batalhas.
A Beyblade é uma luta entre equipes com seus piões. A equipe principal são os Bladebreakers, que é composta por Tyson Granger, Kai Hiwatari, Max Tate, Ray Kon e Kenny/Chief. Eles lutam contra outras equipes para tornarem-se os a campeões mundiais. Cada Beyblade possui uma fera-bit exclusiva, que nada mais é do que a alma do objeto. As fera-bits se enfrentam enquanto as Beyblades giram para decidir os campeões.
E você, já batalhou hoje? Mas cuidado ao arremessar os brinquedos, pois suas pontas de ferro podem machucar!
Carlos Augusto, Davi e João Borges

Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal