Cancioneiro Escoteiro



Baixar 137.52 Kb.
Encontro06.08.2018
Tamanho137.52 Kb.

Cancioneiro 17° Grupo Escoteiro Duque de Caxias

1. Canção da Promessa


2. Espírito de B.P.
3. Brilha a Fogueira
4. Canção da Despedida
5. Acampei lá na Montanha
6. Avançam as Patrulhas
7. Quando se Quer o Frio Esquentar
8. Bravo
9. Todos Juntos

10. A Paz


11. Sou Escoteira de Coração
12. Fala Bunticabum
13. Guliali
14. Canção da Escoteira
15. Terra de Tupã
16. Tchê Tchê Colê
17. Hino Alerta
18. Acampamento Espacial
19. Hum Hum
20. Andar de Trem
21. La Bella Polenta

22. 1822


23. Hino Ação
24. Brilha a Fogueira (cover)
25. A viagem
26. Um Sênior no Inferno
27. Canção Sênior
28. Senioria no Inferno
29. Eufronga
30. Passo Firme

31. Roubou Pão


32. Amigos para Sempre
33. Hino do G. E. Tabapuan
34. Eu Lavo Essa Janela
35. Talharine
36. Periquito
37. Quebra Coco
38. Hino Ativa

39. Senioria


40. Primeira Estrela
41. Eu Sou um Lobinho
42. A Lei do Lobinho
43. Passinho
44. Mundo Encantado
45. Bagueera Pantera
46. Flyn Flay
47. Bom Dia Amigo
48. O Jogo Vai Começar

49. Matilha Formidável


50. Jungle
51. Mané Pipoca
52. Marcas do que se Foi
53. Animais da Jungle
54. Música de Natal
55. La Máquina Del Capo
56. La Carga Del Ginete
57. The Best
58. Sereno
59. Árvore da Montanha
60. Zun-gali-gali
61. Oração de São Francisco de Assis

1 Canção da Promessa


Prometo neste dia, cumprir a lei

Eu sou seu escoteiro, Senhor e Rei

*Eu te amarei para sempre, cada vez mais.

Senhor minha promessa, protegerás. (refrão)

Da fé eu sinto orgulho, quero viver

Tal como ensinaste, até morrer

*(refrão)

Com a alma apaixonada, seguí-la-ei,

A minha pátria amada, fiel serei.

*(refrão)

Promessa que um dia, fiz junto a ti

Para toda a minha vida, a prometi

*(refrão)

2 Espírito de B.P.


De B.P. trago o espírito, sempre na mente, sempre na mente, sempre na mente

De B.P. trago o espírito, sempre na mente, sempre na mente estará.

De B.P. trago o espírito, no coração, no coração, no coração

De B.P. trago o espírito, no coração, no coração estará

De B.P. trago o espírito, junto de mim, junto de mim, junto de mim

De B.P. trago o espírito, junto de mim, junto de mim estará

De B.P. trago o espírito, sempre na mente, no coração, junto de mim

De B.P. trago o espírito, sempre na mente, no coração estará.


3 Brilha a Fogueira


Brilha a fogueira ao pé do acampamento,

para alegria não há melhor momento,

velhos amigos não perdem a ocasião,

de reunidos cantarem esta canção:

Hei, Sto-do-la, Sto-do-la, Sto-do-la pum-pa,

Sto-do-la pum-pa, Sto-do-la pum-pa-pum-pa-pum (2X)

No acampamento o que faz um escoteiro?

Muito trabalho durante o dia inteiro,

mas quando a noite já traz a escuridão,

acenda o fogo e cante esta canção:

Hei, Sto-do-la, Sto-do-la, Sto-do-la pum-pa,

Sto-do-la pum-pa, Sto-do-la pum-pa-pum-pa-pum (2X)



4 Canção da Despedida


Por que perder as esperanças de nos tornar a ver?

Por que perder as esperanças, se há tanto querer?

Não é mais que um até logo, não é mais que um breve adeus.

Bem cedo junto ao fogo, tornaremos a nos ver.

Com nossas mãos entrelaçadas, ao redor do calor,

formemos esta noite, mais um círculo de amor.

Não é mais que um até logo, não é mais que um breve adeus.

Bem cedo junto ao fogo, tornaremos a nos ver.

Pois o Senhor que nos protege, e nos vai abençoar,

um dia certamente, vai de novo nos juntar

Não é mais que um até logo, não é mais que um breve adeus.

Bem cedo junto ao fogo, tornaremos a nos ver.


5 Acampei lá na Montanha


Acampei lá na montanha (huhú),

de manhã fiz meu café (huhú),

arrumei minha mochila e toquei para frente a pé (huhú).

Como é bom viver, acampando assim,

ver o sol no horizonte nascer,

vale a pena ter um grande ideal,

e por ele lutar e viver.

6 Avançam as Patrulhas


Avançam as patrulhas, ao longe, ao longe

Avançam as patrulhas, cantando com fervor, ao longe

- Juntos estaremos na montanha altiva, juntos escalaremos o seu pico azul, somente os falcões a nossa frente, vôos majestosos sob o céu de anil.

Se avista o acampamento, ao longe ao longe

Se avista o acampamento, na fumaça dos fogões, ao longe

- Juntos estaremos na montanha altiva, juntos escalaremos o seu pico azul, somente os falcões a nossa frente, vôos majestosos sob o céu de anil.

Avistam-se as barracas, ao longe, ao longe

Avistam-se as barracas, douradas pelo sol, ao longe

- Juntos estaremos na montanha altiva, juntos escalaremos o seu pico azul, somente os falcões a nossa frente, vôos majestosos sob o céu de anil.

Avançam as patrulhas, ao longe, ao longe

Avançam as patrulhas, cantando com fervor, ao longe

- Juntos estaremos na montanha altiva, juntos escalaremos o seu pico azul, somente os falcões a nossa frente, vôos majestosos sob o céu de anil.


7 Quando se Quer o Frio Esquentar


Quando se quer o frio esquentar, põe-se os cavalos todos a trotar.

Cavalos trotando, uma pata

Quando se quer o frio esquentar, põe-se os cavalos todos a trotar.

Cavalos trotando, uma pata, duas patas, (três patas, quatro patas, a cabeça etc...)


8 Bravo


Bravo! Bravo! Bravo! Bravíssimo!

Bravo! Bravo! Bravo! Bravíssimo!

Bravo! Bravíssimo! Bravo! Bravíssimo!

Bravo! Bravo! Bravo! Bravíssimo!


9 Todos Juntos


Todos juntos estamos reunidos outra vez.

Todos juntos estamos reunidos outra vez.

Ninguém sabe quando todos juntos estaremos.

Todos juntos estamos reunidos outra vez.


10 A Paz


Fico pensando, em mais um dia que vai,

Nós reunidos, buscando um pouco de paz

A espera é longa, mas vale a pena esperar

A paz se esconde, mas haveremos de achar.


11 Sou Escoteira de Coração


Sou escoteira de coração,

Acamparei com emoção!

Eu subo o morro, eu desço o morro,

Depois eu paro, se não eu morro!

Lá na barraca, a cama é dura,

Mas não faz mal, a gente atura!

Se a água é fria, é um desgosto,

Não tomo banho, só lavo o rosto!

Quando a tarde, não lavo o pé,

Ninguém agüenta o meu chulé!

No acampamento, de dia eu canso,

Trabalho e jogo, a noite eu canto!

Sou escoteira, ele é escoteiro,

Nos casaremos em fevereiro!

E nossos filhos, já nascerão

Escoteiros de coração!

E nossos netos, já nascerão

Enjoados dessa canção!


12 Fala Bumticabum


Fala bumticabum (2x),

fala bumticauaca ticauaca ticabum (2x),

hei hei (2x),

ou yes (2x),

mais uma vez (2x),

bem rápido (grosso, fino, alto, baixo, etc...)


13 Guliali


Gosto das flores, até do malmequer,

Gosto dos montes, e de um vale qualquer,

Gosto dos ventos, que cantam para mim,

Guliali, guliali, guliali, bomborombombom (2x)

Gosto dos bichos, do besouro ao elefante,

Gosto das árvores, de copa exuberante

Gosto das aves, que cantam para mim,

Guliali, guliali, guliali, bomborombombom (2x)

Gosto das coisas, que Deus criou na terra

Que as conserve sempre em paz, sem guerra

Para que cantem essa canção para mim

Guliali, guliali, guliali, bomborombombom (2x)


14 Canção da Escoteira


Eu sou uma escoteira, de muito valor,

Batom na mochila, miolo de robô.

Eu sou escoteira, acredite e verá

Acendo a fogueira, só com meu olhar.

Eu sou uma escoteira muito delicada,

Mal vejo uma abelha, chamo a rapaziada.

Eu sou uma escoteira, todo mundo diz,

De todas as flores, prefiro a flor-de-lis.

Esta musiquinha, é só para brincar,

E como ensinou B.P., eu boto para quebrar.


15 Terra de Tupã


CORO: Foi Tupã

SOLO: Sou Tabajara, sou Tabajara lá na terra de Tupã, tem periquito, arara, maracanã, todas as aves do céu, quem nos deu, foi Tupã...

CORO: Solta o pão

SOLO: Vou dar na cara, vou dar na cara se você não solta o pão, tem marmelada, goiabada e requeijão. O que é que eu vou fazer com isso se você não solta o pão...


16 Tchê Tchê Colê


Tchê tchê colê (2x)

tchê tchê coliza (2x)

ô lisa lisa mana (2x)

oman tchê tchê (2x)


17 Hino Alerta


Rataplan do arrebol, escoteiros vede a luz,

Rataplan, olhai o sol do Brasil que vos conduz!

Alerta aos escoteiros do Brasil, alerta. Erguei para o ideal dos corações em flor.

A mocidade ao sol, a pátria já desperta, a pátria consagrai o vosso eterno amor.

E por entre os densos bosques e vergéis floridos, ecoem nossas vozes de alegria intensa.

E pelos campos a fora, em cânticos sentidos, ressoe o hino ovante a nossa pátria imensa.

Alerta, Alerta, SEMPRE ALERTA, um dois, um dois

Rataplan do arrebol, escoteiros vede a luz,

Rataplan, olhai o sol do Brasil que vos conduz!

Unindo a passo firme a trilha do dever, fazendo um Brasil feliz por nosso escopo e norte.

Façamos o futuro em flores antever, a nova geração jovial, confiante e forte.

E se algum dia acaso a pátria estremecida, de súbito bradar, alerta aos escoteiros.

Alerta respondendo, a pátria é nossa vida, e as almas entregar iremos prazenteiros.

Alerta, Alerta, SEMPRE ALERTA, um dois, um dois

Rataplan do arrebol, escoteiros vede a luz,

Rataplan, olhai o sol do Brasil que vos conduz!


18 Acampamento Espacial


Bip-bip como é que é, não tem foguete eu vou a pé (2x)

Acampamento do futuro, vai ser tudo diferente,

Apertamos um botão e o robô faz tudo para gente

Imagine só o plano do chefe do Tabapuan,

Acampamento em Saturno com a cota de um milhão.

Bip-bip como é que é, não tem foguete eu vou a pé (2x)

Alimento é instantâneo, cozinhar é do passado,

A bandeira é posta em órbita e a barraca já vem armada

Enfermeiros como os de hoje, não são como os de antes

Dentro das barracas, tem instrumentos de transplantes.

Bip-bip como é que é, não tem foguete eu vou a pé (2x)

Seria muito bacana, intercâmbio com Urano,

Escoteiros de Saturno, de Marte e de Vulcano.

Seria interessante, e cheio de alegria,

Terminado o acampamento, para a Terra eu voltaria

Bip-bip como é que é, não tem foguete eu vou a pé (2x)


19 Hum Hum


Hum, hum... quero ficar aqui

Hum, hum... mais um pouquinho só

Hum, hum... mais um pouquinho com você, hum, hum...

Hum, hum... a noite vem eu sei

Hum, hum... não posso crer que vou

Hum, hum... para bem longe de você, hum, hum...

Hum, hum... por isso eu canto assim

Hum, hum... para alegrar a Deus

Hum, hum... para essa amizade não ter fim, hum, hum...

Hum, hum... a nossa amizade

Hum, hum... conosco se formou

Hum, hum... e para sempre há de ficar, hum, hum...


20 Andar de Trem


Andar de trem (2x)

é bem melhor (2x),

é só puxar o cordão (2x)

que você para o trem (2x),

e o inspetor (2x)

se aborrecerá (2x)

e mandará (2x)

você para fora do trem (2x)


21 La Bella Polenta


Quando se planta la bella polenta, la bella polenta se planta cosí, se planta cosí

ô ô ô, la bella polenta cosí, tcha tcha bum (3x) bum bum bum.

Quando se cresce la bella polenta, la bella polenta se cresce cosí, se planta cosí, se cresce cosí

ô ô ô, la bella polenta cosí, tcha tcha bum (3x) bum bum bum.

Quando se flore la bella polenta, la bella polenta se flore cosí, se planta cosí, se cresce cosí, se flore cosí

ô ô ô, la bella polenta cosí, tcha tcha bum (3x) bum bum bum.

(se talha cosí, se moe cosí, se coze cosí, se manja cosí, se gusta cosí, se **** cosí)

22 1822


1822, foi agosto, setembro, um pouco depois

Cavalgava D. Pedro I às margens do rio Ipiranga,

Atrás José Bonifácio, chupando caroço de manga (slurp, slurp, slurp)

Quando estava na Itália só comia macarrone,

Agora no Brasil é carne seca com fejone,

Booing boing boing (2x)

Mio filho Nicolino se casou com uma mulata, depois de nove meses uma filha chocolata

Booing boing boing (2x)


23 Hino Ação


Ao nosso grupo escoteiro

Damos nosso coração

Nós somos tropa sênior

Nosso nome é Ação

Acampamentos, caminhadas

Sem ter medo de morrer

Cumpriremos as jornadas

Este é nosso dever

FORÇA, CORAGEM, DETERMINAÇÃO

PROEZA, DESTREZA, CUMPRIR UMA MISSÃO

NA VIDA, NA MORTE, EM OUTRA ENCARNAÇÃO

TROPA SÊNIOR AÇÃO

Por nosso objetivo

Do mundo bem melhor

Recebemos incentivo

Dessa Força Maior

Pessoas de valor

Que trabalham sem cansar

Trabalham com Amor

Até depois do sol baixar

FORÇA, CORAGEM, DETERMINAÇÃO

PROEZA, DESTREZA, CUMPRIR UMA MISSÃO

NA VIDA, NA MORTE, EM OUTRA ENCARNAÇÃO

TROPA SÊNIOR AÇÃO


24 Brilha a fogueira Cover (incêndio de conselho)*


Brilha a fogueira ao pé do escoteiro

Para asfixia não há melhor momento

Velhos amigos tostando o orelhão

“Pega o cobertor e taca ele no chão”

Hei, ...

Durante o incêndio o que faz um escoteiro

Fogo no mato durante um dia inteiro

Mas vem o vento forte e fica preta a situação

“Molha o cobertor e taca ele no chão”

Hei,...


Fogo apagado tudo resolvido

Sobra um escoteiro com o peito dolorido

Todos no hospital, resolve a situação

“Deita na cama e faz inalação”

Hei,...

No Tabapuan tudo é harmonia



Depois do incêndio sobra alegria

Turma animada e aquela inspiração

E reunidos “fizemo” esta canção

Hei,...


*Nota: esta música foi criada durante um Ponta de Flecha em 24 de junho de 2000 aonde os escoteiros João Paulo, Guilherme X., Guilherme F., Gustavo, Renato, Liana, Wanessa, Roberta e os Chefes Maurício e Fabiana, tiveram que lidar com um incêndio de um pasto próximo ao acampamento em Araçoiaba da Serra, SP. O fogo foi vencido mas o Renato teve fortes dores no peito devido a fumaça inalada. Ele, o escoteiro Gustavo e os demais foram submetidos a uma seção de inalação em um pronto socorro local e logo ao chegarem de volta ao acampamento, fizeram esta música. (AUTORIA: Fabiana, Guilherme F., Gustavo, Maurício e Renato).

25 A viagem


Eu vim de longe pra encontrar o meu caminho,

Tinha um sorriso e o sorriso ainda valia,

Achei difícil a viagem até aqui,

Mas eu cheguei, mas eu cheguei...

Eu vim depressa eu não vim de caminhão,

Eu vim a jato neste asfalto nesse chão,

Achei difícil a viagem até aqui,

Mas eu cheguei, mas eu cheguei...

Eu vim por causa daquilo que não se vê,

Vim nu, descalço, sem dinheiro e o pior,

Achei difícil a viagem até aqui,

Mas eu cheguei, mas eu cheguei....

Eu tive ajuda de quem você não acredita,

Tive a esperança de chegar até aqui,

Vim caminhando e aqui estou, me decidi,

Eu vou ficar, eu vou ficar...


26 Um Sênior no inferno


Tropa Sênior foi pro inferno

atentar o satanás

missão louca como essa

só um Sênior é capaz

o capeta muito louco

saiu correndo em desespero

"fecha as portas do inferno,

que aí vem a tropa Sênior"

se eu morrer e não for pro céu

eu desço ao inferno de rapel

e se no inferno eu me der mal

eu volto ao mundo de comando crau

do diabo como a carne

jogando os ossos para trás

e o cão arrependido

"Tropa Sênior nunca mais"

a fogueira do inferno

nós viemos apagar

e o capeta injuriado

começou a reclamar

“não apague o fogaréu"

foi pedido por favor

"no inferno não faz frio

nós não temos cobertor"

esta estória muito louca

é só mais uma provação

pra que um dia você seja

um Sênior da Tropa Ação.


27 Senioria no Inferno


Tropa Sênior foi pro inferno, atentar o satanás

Fez contato com o cão cérbero e deixou o demo pra trás

Aventura que nem essa só a Sênior é que faz

Ainda pergunta pro capeta se acabou ou se tem mais.


28 Canção Sênior


Temos, 15, 16 ou 17 anos

O futuro é nosso vamos prosseguir

Vemos longe a brilhar nossa estrela D’alva

Quando se é jovem não se pode desistir

Marchar avante e sempre avante

Por sobre a terra, pelos mares e pelo ar

Continuando se os outros param

Sorrindo sempre se há vontade de chorar

Não sentir fome, não sentir sede

Ter persistência, paciência e resistir

Ser mais que humano,

Querer por dez

E conquistar a nossa meta no porvir

Temos, 15, 16 ou 17 anos

O futuro é nosso vamos prosseguir

Vemos longe a brilhar nossa estrela D’alva

Quando se é jovem não se pode desistir

A humanidade busca a verdade

Pela ciência, pelo estudo e o saber

E a mocidade, é como a flecha

Que vai do arco até o alvo sem temer

A fé nos guia, coragem temos

Temos amor pra dar aos outros e ajudar

E o que é mais fraco, mas nosso irmão

E todos juntos o Sucesso conquistar

Temos, 15, 16 ou 17 anos

O futuro é nosso vamos prosseguir

Vemos longe a brilhar nossa estrela D’alva

Quando se é jovem não se pode desistir

29 Eufronga


Eufrídia, eufrídia, é uma barbuleta azul, ela é azul e voa assim,

com suas anteninhas piscando, piscando para mim.

Mas eu amo, e gosto dele assim

de asas abertas, de asas fechadas, pisando para mim (2x)

Eufronga, eufronga, é uma barbuleta monga, ela é monga e voa assim,

com suas anteninhas e piscando para mim

Mas eu amo e gosto dela assim

De asas abertas, de asas fechadas, piscando para mim (2x)

Tibium, tibum, chalaia, laia, laia (2x)

Peixe quer mar, ave quer voar, eu quero amar todo o amor que tem em mim

Alo, alo Paiol, gosto de você, ele, moreno e espetacular, tem olhos verdes

da cor do mar, mas eu amo, e gosto dele assim:

Assado, fritinho, enrolado, todinho para mim! (2x)

30 Passo Firme


Passo firme, o mateiro, de mochila a caminhar

Como todo escoteiro, tem vontade de acampar.

Nestas matas e no céu azul, nesse Rio Grande do Sul

Vão unir o escotismo e saudar, Sempre Alerta ao chegar (2x)

Nessas matas, nesses campos, nessa América em paz

Se encontram plantando Jamboree pan-americano aqui (2x)


31 Roubou Pão


_________, roubou pão na casa do João (2x)

- Quem eu?

- Você!

- Eu não!



- Então quem foi?

- ___________...

__________, roubou pan na casa de Juan. (2x)

- Quem jo?

- Si, tu!

- Jo no!


- Então quem foi?

- ___________...


32 Amigos para Sempre


Eu não tenho nada para dizer,

Você parece em um momento até

Saber o quanto eu estou sofrendo,

Vem! Veja através dos olhos meus

a emoção que sinto de estar aqui,

sentir seu coração me amando.

Amigos para sempre é o que nós devemos ser, na primavera ou em qualquer outra das estações, nas horas tristes nos momentos de prazer.

Amigos para sempre!

Você pode estar longe, muito longe sim,

mas por te amar sinto você perto de mim

e meu coração contente

não nos perderemos, não te esquecerei,

você é minha vida, tudo que sonhei

e eu quis para mim um dia.

Amigos para sempre é o que nós devemos ser, na primavera ou em qualquer outra das estações, nas horas tristes nos momentos de prazer.

Amigos para sempre!


33 Hino do Grupo Escoteiro Tabapuan


Acampar uma noite junto ao rio, montar barracas,

Fazer fogueira para combater o frio

Tabapuan é “legal pacas”.

Nesse céu azul, nada a temer, vamos acampar

Pois Nosso Senhor, enquanto eu viver, está a me guardar.

Acampar em bosques e vales, montes floridos

Conhecer novos outros lugares, nos horizontes perdidos

Nesse céu azul, nada a temer, vamos acampar

Pois Nosso Senhor, enquanto eu viver, está a me guardar.

34 Eu Lavo Essa Janela


Eu lavo essa janela, mais um, mais um

Eu lavo essa janela, mais um, mais um, mais um

Para dentro e para fora, mais um, mais um

Para dentro e para fora, mais um, mais um, mais um

Eu escolho o meu parzinho, mais um, mais um

Eu escolho o meu parzinho, mais um, mais um, mais um

Eu danço bonitinho, mais um, mais um

Eu danço bonitinho, mais um, mais um, mais um

Eu o deixo na roda, mais um, mais um

Eu o deixo na roda, mais um, mais um, mais um.


35 Talharine


Io soi iup talharine

Iup talharine

Que se move para lá

Que se move para cá

Todo emperochado, com um pouco de azeite, com um pouco de salsa

Por que não moves tu, que sabes bien bailar.


36 Periquito


Periquito, Periquito

Parece seu papa (2x)

Para riba,

para bajo,

para frente

e para trás (2x)


37 Quebra Coco


Quebra coco, quebra coco, na ladeira do pinhal, escoteiro quebra coco e depois vai trabalhar.

Lá em cima daquele morro passa boi passa boiada, e lá eu vi o(a)___ com a calça arrebentada.

Quebra coco, quebra coco, na ladeira do pinhal, escoteiro quebra coco e depois vai trabalhar.

Lá em cima daquele morro passa um leiteiro, quando vê o(a)_______, vai direto pro banheiro.

Quebra coco, quebra coco, na ladeira do pinhal, escoteiro quebra coco e depois vai trabalhar.

Lá em cima daquele morro mora um relojoeiro, quando vê o(a)____, faz relógio sem ponteiro.

Quebra coco, quebra coco, na ladeira do pinhal, escoteiro quebra coco e depois vai trabalhar.

Lá em cima daquele morro mora um arquiteto, quando vê o(a)_____, bagunça todo o projeto.

Quebra coco, quebra coco, na ladeira do pinhal, escoteiro quebra coco e depois vai trabalhar.

Eu subi o Pão de Açúcar amarrado num barbante, arrisquei a minha vida mas salvei a bandeirante.

Quebra coco, quebra coco, na ladeira do pinhal, escoteiro quebra coco e depois vai trabalhar.

Quem salvou a bandeirante acha que é muito galante, pois eu só queria ver se arrebentasse o barbante.


38 Hino Ativa


A tropa sênior ataca, massacra

Impõe o seu valor,

Não tem medo da morte, essa seção só faz horror,

Nós somos tropa sênior,

Nosso lema é vibração,

Estamos sempre juntos pra cumpri qualquer missão,

É sênior,

Brasil,


Acima de tudo,

Abaixo de nada,

Ativa, unida e destemida

A nossa preferência será sempre

A tropa sênior, hei, é que é bacana

Ser sênior, hei, é que é legal.


39 JamPan 2001


À luz da fogueira

No céu brilha uma estrela

Clareia o meu coração

A paz é bandeira

A natureza inteira

Festeja na mesma canção

Um só pensamento,

O grande momento

A fraternidade acampada em nós.

Servir, Sempre Alerta

Um ideal que se renova e desperta

Nas águas brancas da Foz.

Jamboree, Jamboree,

A América se abraça

É Jamboree (2x)

Começando com alegria

Um novo tempo, um novo milênio

Jamboree, Jamboree, Jamboree.


40 Senioria


SOLO: Senioria, senioria

CORO: Vai levando, vai levando

SOLO: Vai levando, vai levando

CORO: Senioria, senioria

SOLO: Se não é a maior

CORO: Tem que ser a melhor

SOLO: Cada sênior daqui vale por dez

CORO: Vale por dez!

SOLO: Senioria, senioria

CORO: Vai levando, vai levando

SOLO: Vai levando, vai levando

CORO: Senioria, senioria

SOLO: Se não é a maior

CORO: Tem que ser a melhor

SOLO: Cada sênior daqui vale por cem

CORO: Vale por cem!

SOLO: Senioria, senioria

CORO: Vai levando, vai levando

SOLO: Vai levando, vai levando

CORO: Senioria, senioria

SOLO: Se não é a maior

CORO: Tem que ser a melhor

SOLO: Cada sênior daqui vale por mil

CORO: Vale por mil!


41 Primeira Estrela


Nossa alcatéia, nas noites de lua,

Vai a floresta para caçar

Mas não é caça de carne crua

Caçamos provas para avançar

Só tem estrela quem é muito esperto

E sempre quer o melhor fazer

Quem é lobinho tem olhos abertos

Só é lobinho quem sabe ver

Cada lobinho procura honrar sua alcatéia

Fazendo força para alcançar mais uma estrela

Devagarinho, prova por prova

A gente sobe para alcançar

Mais uma estrela a brilhar.

42 Eu Sou um Lobinho


Eu sou um lobinho, sempre a cantar

De uniforme e bonezinho, sempre a brincar

Escoteiro não descansa, dorme no chão

Mas eu que sou lobinho, levo um vidão

Tralalá lalalalá, Tralalá lalalalá

43 A Lei do Lobinho


O lobinho pensa sempre

Sempre primeiro nos outros

Abre os olhos e os ouvidos

Para tudo aprender

O lobo anda sempre limpo

Sempre alegre e satisfeito

O lobo diz a verdade

Isto é felicidade.


44 Passinho


Um passinho cá, um passinho lá

Gosto de andar e passear

Tra-la-lá

Calcanhar e ponta; 1,2,3

Até logo, olá muito prazer

45 Mundo Encantado


Para ser lobinho é preciso ver

Esse céu na imensidão, é fazer das tristezas

Estrelas a mais, e do pranto uma canção.

Há um mundo bem melhor

Todo feito para você, é um mundo pequenino

Que B.P. fez


46 Bagueera Pantera


Ela é Bagueera

A pantera negra

Ela é Bagueera

Que ensinou Mowgli a caçar

Seus olhos verdes

Enxergam no escuro

E ela é negra

Como a noite sem luar

Foi ela quem

Na Roca do Conselho

Com a voz macia

Deu um salto e foi falar

Direito para ficar aqui

Eu não tenho

Mas dou um touro

Para o garoto aqui ficar.


47 Flyn Flay


Flyn

Flyn-Flay

Flyn-Flay-Flu

Vista


Cumbarale, cumbarale, cumbarale vista

No, no, no, no, no hay vista

Mini, mini uaua mini uaua

Mini sala mini desca mini uaua

Xi bliblenoquendoquembobo

Xi quendoquemboboxi.


48 Bom Dia Amigo


Bom dia amigo, bom dia irmão

um sorriso, e cante esta canção

As flores do campo, as nuvens do céu

As águas do rio e eu num barco de papel

Bom dia amigo, bom dia irmão

Dê um sorriso, e cante esta canção

Mas venha comigo, estenda a mão

Enfrente a maré cantando esse refrão

Bom dia amigo, bom dia irmão

Dê um sorriso, e cante esta canção


49 O Jogo Vai Começar


(música: Escravos de Jó)

O nosso Akelá

As ordens já vai dar

Lobos, lobos, lobos

Venham todos formar

Matilhas por matilhas

Nós já vamos arrumar

Matilhas por matilhas

Para o jogo começar

50 Matilha Formidável


Nossa matilha é formidável

O nosso primo é o maior

É a melhor entre as melhores

Matilha _______ é a melhor


51 Jungle


(música: se essa rua fosse minha)

Na alcatéia, na alcatéia tem um lobo

Que se chama, que se chama Akelá

Ele é velho mas é muito inteligente

E está sempre pronto a nos guiar

Na alcatéia, na alcatéia tem uma cobra

Tem um urso e também uma pantera

E com eles aprendemos a ser vivos

E com eles o amor sempre impera.

52 Mané Pipoca


M A MA

N E NÉ MANÉ

P I PI

P O PO MANÉPIPO



C A CA MANÉPIPOCA

C A CA


P O PÓ CAPÓ

P I PI


N E NE CAPOPINÉ

M A MA CAPOPINÉMA


53 Marcas do Que se Foi


Este ano

Quero paz no meu coração

Quem quiser ter um amigo

Que me dê a mão

O tempo passa

E com ele caminhamos

Todos juntos sem parar

Nossos passos pelo chão

Vão ficar

Marcas do que se foi

Sonhos que vamos ter

Como todo dia nasce

Novo em cada amanhecer.

54 Animais da Jungle


Rudyard Kipling, muito obrigado

Por nos mostrar este Jungle encantado

O Povo Livre, organizado

Os banderlogs correndo assustados.

A Bagheera, pantera negra

Muito ágil, ensinava a caçar

E Rasha, a mãe loba

Preocupada, ensinava a amar.

Oh Mowgli, pequena rã

Que com Baloo aprendeu a obedecer

Todas as leis você cumpria

E com os lobos você quis crescer.

Akelá, experimente,

Era astuto e também inteligente

Chill, o milhano,

Sobrevoava e a selva observava.

Shere-khan, tigre maldoso,

Kaá, a serpente inteligente,

Até Hathi, o elefante,

Acham bonito o Farão cantante.


55 Música de Natal


Quero ver você não chorar

Não olhar para trás

Nem se arrepender do que faz

Quero ver o amor nascer

Mas se a dor vier

Você resistir e sorrir

Se você pode ser assim

Tão enorme assim, eu vou crer

Que o amor existe,

Que ninguém é triste,

Que no mundo há sempre amor

Bom Natal, um Feliz Natal

Muito amor e paz pra você...

Pra você...!


56 La Máquina Del Capo


La máquina del capo al buco de la guna

La máquina del capo al buco de la guna

Riparemo-la com chevegum

La (vrum) del capo al buco de la guna

La (vrum) del capo al buco de la guna

Riparemo-la com chevegum

La (vrum) del (-) al buco de la guna

La (vrum) del (-) al buco de la guna

Riparemo-la com chevegum

La (vrum) del (-) al (psst) de la guna

La (vrum) del (-) al (psst) de la guna

Riparemo-la com chevegum

La (vrum) del (-) al (psst) de la (-)

La (vrum) del (-) al (psst) de la (-)

Riparemo-la com chevegum

La (vrum) del (-) al (psst) de la (-)

La (vrum) del (-) al (psst) de la (-)

Riparemo-la com (nhé-nhé-nhé).


57 La Carga Del Ginete


Por la bataja del calientamento

Ponem-se todos a carga del ginete

Ginetes, a la carga, una pata

Por la bataja del calientamento

Ponem-se todos a carga del ginete

Ginetes, a la carga, una pata, dos patas

Por la bataja del calientamento

Ponem-se todos a carga del ginete

Ginetes, a la carga, una pata, dos patas, tres patas...

(quatro patas, la cabeça, el cuerpo)


58 The best


Nossa patrulha é formidável, nosso monitor é o maior

É a melhor entre as melhores, patrulha.... é a melhor.


59 Sereno


No mar estava sereno, sereno estava no mar (2x) (com a, e, i, o, u)

Vamos ver lá luna, lá luna, lá luna, ú-ú (2x)

Vamos ver lá luna, lá luna...

Vamos ver lá luna, lá luna, lá luna.


60 Árvore da Montanha


A árvore da montanha olê-ia-ô, a árvore da montanha olê-ia-ô

Nessa árvore tinha um galho, ai que galho, belo galho, ai-ai-ai que amor de galho

O galho da árvore e a árvore da montanha olê-ia-ô, a árvore da montanha olê-ia-ô

Nesse galho tinha um broto, ai que broto, belo broto, ai-ai-ai que amor de broto

O broto do galho, o galho da árvore e a árvore da montanha olê-ia-ô, a árvore da montanha olê-ia-ô

(folha, ninho, ovo, pássaro, pena, índio, arco, flecha, alvo, árvore)


61Zun-gali-gali


Zun-gali-gali zun-gali gali (2x)

Zun, zun...

Para ser feliz, é preciso amar

E ver cada dia a estrela brilhar

É deixar que o mundo invada seu ser

Se você quiser dar mais amor

É colher no jardim uma pequena flor

Basta apenas sorrir para um outro alguém

E fará um grande bem

Oração do Amor de São Francisco de Assis

Senhor,

Fazei-me instrumento de Vossa Paz.

Onde houver ódio, que eu leve o Amor.

Onde houver ofensa, que eu leve o Perdão.

Onde houver discórdia, que eu leve a União.

Onde houver dúvida, que eu leve a Fé.

Onde houver erro, que eu leve a Verdade.

Onde houver desespero, que eu leve a Esperança.

Onde houver tristeza, que eu leve a Alegria.

Onde houver trevas, que eu leve a Luz.

Ó, Mestre,

Fazei com que eu procure mais

Consolar, que ser consolado.

Compreender, que ser compreendido.

Amar, que ser amado.

Pois é dando que se recebe.

É Perdoando, que se é perdoado.

E é morrendo que se vive para a Vida Eterna.



Amém.






Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal