Capítulo I – Da Finalidade



Baixar 50.09 Kb.
Encontro10.01.2018
Tamanho50.09 Kb.



V Festival Junino

Tema: “A Copa do Mundo no Arraiá do CPI”


07 de junho de 2014 (Sábado) – Atlantic City (Espaço 3)




R E G U L A M E N T O
CAPÍTULO I – DA FINALIDADE
Art. 01 – A 5ª Edição do Festival Junino CPI tem por finalidade valorizar, difundir e incentivar uma das maiores manifestações populares da cultura brasileira, que são os festejos juninos. Nesta edição serão apresentadas as diversas manifestações de danças representativas dos times que disputarão a Copa do Mundo de Futebol.
CAPÍTULO II – DOS PARTICIPANTES
Art. 02 – O prazo estabelecido para as inscrições dos participantes no Festival Junino será até dia 7 a 13 de maio de 2014, na Coordenação da Escola.

Parágrafo único – Não serão aceitas inscrições com informações incompletas ou fora do prazo estabelecido. A quadrilha ou dança poderá se apresentar até com 4 (quatro) pares a menos do total de inscritos, desde que não comprometa a quantidade mínima de participantes: 24 (vinte e quatro ) pares para as quadrilhas e 10 componentes para as danças. O não-cumprimento a este item acarretará na perda de 02 (dois) pontos do somatório total das notas.

Art. 03 – Só poderão participar do Festival Junino, na modalidade competição, alunos regularmente matriculados no Colégio CPI, ano letivo 2014.

Art. 04. As danças populares poderão ser compostas por alunos do mesmo ano e mesmo turno desde que sejam 6º e 7º , 8º e 9º ano, 1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Médio.

Art. 05 – A ficha de inscrição deverá constar o tema a ser defendido, nome da quadrilha ou dança, o nome dos participantes, a série e a turma.

Parágrafo único – Cada quadrilha escolherá o nome, baseado no tema “Copa do Mundo”.

Art. 06 - Cada quadrilha junina/dança terá direito a 3 (três) pessoas para apoio, fora o número dos 48 componentes(mínimo) e 10 (dez) respectivamente.

Art. 07 – Os temas das danças a serem apresentadas pelo Ensino Fundamental II, foram definidos e sorteados pela coordenação do evento. O tema da quadrilha será referente à Copa do Mundo de futebol.

Parágrafo único: O Grupo que não apresentar a identificação como “Equipe de Apoio” e/ou “Apoio” nas pessoas de apoio, perderá 02 (dois) pontos/pessoa.

Art. 08 - Todos os personagens que entrarem junto com a quadrilha junina/dança contam como componente, se ultrapassar o número máximo permitido, perderá dois pontos do somatório total.

Parágrafo único – O diálogo do casamento deverá ser gravado e no momento da apresentação ser encenado pelo pelos participantes, tempo máximo de três minutos.

Art. 09 - O espaço para a quadrilha/ dança se apresentar será o Espaço 3 do Atlantic City Club (23 x 14).

Art. 10 - Só terá acesso ao local de apresentação (salão, a quadrilha junina/dança, o padrinho, o coreógrafo/assistente e a equipe de apoio).

Art. 11 - Cada quadrilha/dança terá direito a um padrinho/madrinha, na área de apresentação, caso seja necessário.

Art. 12 – É de responsabilidade das quadrilhas/dança a utilização de música ao vivo ou mecânica, ficando a coordenação do evento responsável pelo equipamento sonoro para o ensaio geral e apresentação do evento.

Parágrafo único – É necessário que as quadrilhas/danças que utilizarem som mecânico (CD ou pendrive), e as que forem utilizar música ao vivo, compareçam ao local do concurso para testar o seu equipamento no ensaio geral. O não- comparecimento implica isenção da organização do festival com qualquer problema que venha a ocorrer na hora da apresentação.
CAPÍTITULO III – DAS DANÇAS
Art. 13 – As danças populares concorrerão ao prêmio de melhor dança, conforme o que se segue:

  • Nível 1 – 6º e 7º Ano

  • Nível 2 – 8º e 9º Ano


CAPÍTULO IV – DOS GRUPOS
Art. 14 – Devido à quantidade de quadrilhas inscritas a Coordenação resolveu dividi-las, através de sorteio, em dois grupos, a saber:

  • GRUPO A

  • GRUPO B


Parágrafo Único - As quadrilhas concorrerão ao prêmio de 1º ou 2º lugar, em seu próprio grupo.
CAPÍTULO V – DOS ENSAIOS
Art. 15 – Os ensaios acontecerão nas quadras de esportes do Colégio CPI 3 e 4, no pátio 1 da Unidade 3, no pátio da Unidade 4, conforme calendário fixado nas salas pela coordenação do evento.

Parágrafo único – Será permitida a presença de outros alunos durante o ensaio, desde que não atrapalhem o ensaio. O horário deverá ser rigorosamente cumprido. Não será permitida a presença de pessoas estranhas durante os ensaios.

Art. 16 – Cada grupo terá o seu coreógrafo que deverá estar presente nos ensaios e no dia da apresentação.

Parágrafo único – As despesas com coreógrafos serão de responsabilidade do Colégio CPI.
CAPÍTULO VIDOS FIGURINOS
Art. 17 – As despesas com figurinos, adereços e outros serão de responsabilidade das equipes, como a locação, a criação e a confecção dos mesmos.
CAPÍTULO VII – DAS APRESENTAÇÕES

         



Art. 18 - As quadrilhas/danças deverão estar no local da concentração (Atlantic City Club), com todos os componentes devidamente caracterizados, uma hora antes (18 horas) do início do Festival (19 horas), ficando as mesmas, que não cumprirem com o horário estabelecido, penalizadas com a perda de 02 (dois) pontos do somatório geral dos jurados.

Art. 19 - A ordem de apresentação do Festival Junino 2014 – 5ª edição será definida pela coordenação do evento e divulgada no ensaio geral que será realizado dia 7, às 8h horas no Atlantic City, na presença dos padrinhos/madrinhas e/ou representantes dos alunos.
Parágrafo único: A primeira modalidade a se apresentar será dança popular (pela ordem: Nível 1 (6º e 7º), Nível 2 ( 8º e 9º) e Nível 3 (1ª, 2ª e 3ª séries). A segunda será quadrilha junina; começando pelo Grupo A e, em seguida, as quadrilhas do Grupo B. O festival terá início às 19h quando os componentes da modalidade danças estiverem posicionados. A modalidade Quadrilha Junina deverá estar posicionada às 20h30min.
CAPÍTULO VIII – TEMPO DE APRESENTAÇÃO
Art. 20 - Cada quadrilha terá 18(dezoito) minutos de apresentação, incluindo o casamento. A dança popular terá 5 a 6 (cinco a seis) minutos de apresentação. Ambas terão 02 (dois) minutos para retirada do cenário (caso tenha). Se as mesmas ultrapassarem o tempo determinado para retirada do seu material, perderá 02 (dois) pontos do somatório total.

Art. 21 - De uma Quadrilha/dança para outra, haverá um intervalo de 03 (três) minutos, ficando o presidente da mesa autorizado para dar início à apresentação, o que poderá ocorrer antes do tempo previsto.
Parágrafo único: Ao ser anunciada pelo locutor do Evento, a quadrilha/dança terá 01 (um) minuto para iniciar a sua apresentação. Se a mesma ultrapassar o tempo determinado, perderá 02 (dois) pontos do somatório total.
Art. 22 - A quadrilha/dança que não entrar no seu horário marcado, perderá 05 (cinco) pontos do somatório total e a que exceder o tempo determinado perderá 05 (cinco) pontos por cada minuto ultrapassado.

Art. 23 - A quadrilha/dança será informada através do Presidente da mesa por placas indicativas de acordo com as cores:

  1. Verde – Início da apresentação;

  2. Amarelo – Preparar para a saída (restam cinco minutos);

  3. Vermelho - Tempo de apresentação esgotado (perda de pontos de acordo com o regulamento)


CAPÍTULO IX – DA COMISSÃO JULGADORA
Art. 24 - A Comissão Julgadora será composta por 05 a 6 (cinco a seis) jurados, devidamente qualificados, em que cada jurado julgará todos os itens.
Parágrafo único: O corpo de jurados será formado por pessoas idôneas e com vastos conhecimentos culturais.


Art. 25 - Fica a Comissão Organizadora do Festival responsável pela indicação de um representante para presidir à mesa e outro para secretariar.

Art. 26 - A composição da Comissão Julgadora deverá permanecer inalterada. Caso um dos membros desta Comissão venha a se ausentar do processo de julgamento, automaticamente as notas do mesmo serão eliminadas pelo Presidente da mesa. Não acarretando, deste modo, nenhum prejuízo para os grupos, devendo o mesmo informar a modificação às quadrilhas/danças participantes.


CAPÍTULO X – DO JULGAMENTO


Art. 27 - Os jurados atribuirão notas numa escala de 1 (um) a 10 (dez), sendo admitido notas fracionadas, ou seja, 5.4, 7.8, 8.9, etc.,

Art. 28 – As planilhas de votação serão confeccionadas em 01 (uma) via. Após a apresentação de cada quadrilha ou grupo de dança, serão assinadas pelo Presidente da Comissão Julgadora e entregue à equipe de computação de votos.

Art. 29 – A Comissão Julgadora deverá analisar os seguintes itens:

  1. Figurino, cabelo e maquiagem

  2. Animação

  3. Coreografia

  4. Marcador (quadrilha)

  5. Repertório Musical


Art. 30 – Quesito Individual

  1. Rainha caipira (quadrilha)


Art. 31 – O quesito Rainha Caipira será julgado separadamente em relação à quadrilha junina. E os itens a serem julgados serão animação e figurino.
Art. 32 – Para efeito de julgamento, os itens julgados para quadrilha e dança serão assim especificados:


  1. Figurino: deve estar adequado à festa junina e de acordo com o estilo, enredo e criação da quadrilha/dança. Deve-se levar em consideração a originalidade e a criatividade dos materiais utilizados na confecção do vestuário, deve-se também perceber e valorizar a harmonia das cores e o conjunto destas, sempre atentando para a temática abordada pela quadrilha/dança se for o caso, e respeitando a diversidade regional.

  2. Animação e harmonia: Demonstração de um estado de alegria. A alegria espontânea da quadrilha/dança, vivacidade, entusiasmo. Deve-se perceber a exaltação prazerosa, o entusiasmo que se desenvolve durante a apresentação através do repertório, da simpatia dos brincantes, etc. Atenção para não confundir animação com algazarra.

  3. Coreografia, conjunto e evolução : Dança coletiva dos pares da quadrilha/dança. Deverá obedecer ao comando do marcador que indicará os passos a serem executados. Serão consideradas as diversidades das coreografias, graça e leveza das damas, elegância e desenvoltura dos cavalheiros. Atentar para que as inovações não descaracterizem a originalidade da quadrilha/dança. As quadrilhas deverão também apresentar passos tradicionais juninos. Em harmonia, entende-se pela organização, evolução dos passos, conjunto e desenvolvimento do tema proposto.

  4. Marcador(quadrilha) : Será julgado pela capacidade de dirigir e conduzir o grupo (por Gestos ou Voz) para a execução dos movimentos coreográficos, com segurança e precisão.

  5. Repertório Musical: A música poderá ser gravada ou ao vivo. As músicas utilizadas deverão ser do ciclo junino(quadrilha), ou de acordo com o seu tema proposto. A diversidade dos ritmos e a seleção musical ficará condicionada à apresentação do espetáculo da quadrilha/dança.

  6. Adereço: lenços,anéis, pulseiras, brincos, colares, cintos, chapéus,adornos de cabeça.

  7. Enredo: é o esqueleto da narrativa, aquilo que dá sustentação à história, ou seja, é o desenrolar dos acontecimentos.


Parágrafo único: O CASAL DE NOIVOS E A RAINHA CAIPIRA SÃO COMPONENTES INDISPENSÁVEIS NA QUADRILHA, os demais personagens, tais como casal tema, rei, lampiao e Maria bonita não entrarão como quesito de julgamento na quadrilha.
Art. 33 – Em caso de empate entre 02 (duas) ou mais quadrilhas/danças, o critério de desempate no resultado geral será a maior nota obtida obedecendo ao critério de coreografia, conjunto e evolução.
Parágrafo único: Caso persista o empate, a vencedora será a que obteve a maior nota incluindo o quesito Animação e harmonia somados ao quesito coreografia, conjunto e evolução.

Art. 34 - Em hipótese alguma, os jurados poderão deixar de atribuir notas na planilha de votação. Caso isso ocorra, será aplicada a nota máxima atribuída por um dos jurados no quesito em questão.

Art. 35 - As planilhas de votação não poderão conter rasuras, correções ou emendas. Caso isso ocorra, também será aplicada nota máxima atribuída por um dos jurados no quesito em questão.
CAPÍTULO XI – DA PREMIAÇÃO
Art. 36 – O Festival Junino CPI 2014 - 5ª edição fará a seguinte premiação aos grupos participantes:
A) Melhor quadrilha e melhor dança - troféu com o selo CPI 2014

B) Será somado à média do segundo bimestre/2014, em todas as disciplinas, conforme o que se segue:



  1. 1° Lugar – 2,0 pontos

  2. 2° Lugar – 1,75

  3. As demais – 1,5 ponto de participação.


Parágrafo único – Caso o aluno tenha obtido nota máxima na média bimestral, os pontos adquiridos através da classificação no festival junino não poderão incidir em outras avaliações, inclusive provas de 2ª chamada, conforme normativo discente 2014.
Art. 37 - Será premiada com a faixa Rainha Caipira CPI 2014 a rainha que obtiver a maior pontuação em sua quadrilha.

Art. 38 – A divulgação do resultado deverá ocorrer aproximadamente 20 minutos após a apresentação da última quadrilha participante do Festival.
CAPÍTULO XII – DA COMISSÃO DISCIPLINAR
Art. 39 – A Comissão Disciplinar será composta pelos seguintes membros:

  1. 3 (três) Diretores: Edson Barros, Morgana Sales e Virgínia Viana;

  2. 2 (dois) Coordenadores Pedagógicos: Cristiane Sampaio e Luciano Magalhães;

  3. Coordenador do Evento: Jofran.



Parágrafo Único: Comprovada pela Comissão Disciplinar o envolvimento de qualquer membro da quadrilha/dança em ações que venham desabonar a imagem do Colégio CPI, profissionais envolvidos, brincantes e convidados, serão descontados imediatamente 100 (cem pontos) da soma geral e os envolvidos retirados do local do evento e entregue aos responsáveis.
Art. 40 – Os padrinhos/madrinhas serão os responsáveis pela disciplina de todos os componentes de seu grupo.

Art. 41 – Os participantes (quadrilhas/dança, equipe de apoio, padrinho/madrinha, torcida organizada) que causarem atos de indisciplina, divulgação de vídeos de ensaios na rede, comportamento inadequado, utilização de entorpecentes, evidente estado de embriaguez, atitude antissocial dentro da área do evento, implicará pena disciplinar a ser avaliada pela Comissão Disciplinar. Sujeitando ao infrator as seguintes penalidades:


  1. Advertência verbal;

  2. Retirada imediata das dependências do clube;

  3. Desclassificação da quadrilha/dança;

  4. Suspensão;

  5. Desligamento da escola.


CAPÍTULO XIII – DISPOSIÇÕES GERAIS
Art. 42 – Ficará a cargo dos grupos ou responsáveis pelos participantes providenciar o deslocamento dos mesmos até o local do evento e o retorno às suas casas.

Art. 43 – O Colégio CPI arcará com as despesas de segurança, som e banda, coreógrafos, jurados, alimentação da equipe de apoio da escola, locação, decoração e iluminação do espaço onde acontecerá o evento.

Art. 44 - O acesso ao clube se dará da seguinte forma: o aluno do Ensino Fundamental (6° ao 9º ano) que participar da dança receberá 3(três) cortesias, uma para o participante e duas para os acompanhantes. O Aluno do Ensino Médio receberá 2(duas) cortesias: uma para o participante e outra para o acompanhante. Estas cortesias serão entregues pelos organizadores mediante relação nominal dos participantes. Caso o participante perca a sua cortesia, não poderá receber outra.

Art. 45 – É proibida a utilização de quaisquer animais vivos, uso de garrafas de vidro, objetos cortantes (facas, facões, estilete, etc.) bem como a utilização de fogos de artifícios explosivos e/ou similares dentro do clube. Só será permitido o uso de traques de massa, também conhecido como chumbinho e estalinho fora da arena de apresentação. A quadrilha junina/dança que desrespeitar este artigo perderá 10 (dez) pontos da somatória geral dos jurados.

Art. 46 – Será penalizada com a perda de 02 (dois) pontos a quadrilha/dança que apresentar qualquer tipo de propaganda política, relacionada ao nome de partidos, candidatos ou instituições, mediante apresentação escrita, falada ou em imagem.

Parágrafo Único: Será permitido apenas mencionar quem está apoiando no caso de Órgãos Públicos, Ongs, Empresas particulares que tenha contribuído para a participação da quadrilha/dança no evento promovido pelo Colégio CPI.

Art. 47 – Não serão permitidos textos, falas, gestos obscenos durante a apresentação da quadrilha/dança.

Parágrafo único – O grupo que infringir perderá 10 pontos no somatório geral.

Art. 48 – O promotor do evento não se responsabilizará por danos, furtos, roubos, antes, durante e após a realização do Festival.

Art. 49 – A organização do Festival Junino CPI 2014 – 5ª edição disponibilizará serviço de atendimento médico de emergência em ambulância devidamente equipada no sentido de prestar atendimento a quaisquer ocorrências que venham a colocar em risco a integridade física dos participantes das quadrilhas/danças.

Art. 50 – O Regulamento do Festival Junino CPI 2014 – 5ª edição estará disponível na página do Colégio CPI na Internet (www.colegiocpi.com.br).

Art. 51 – Os casos omissos ou não previstos neste Regulamento, serão resolvidos pela Coordenação do Festival no que concerne à inscrição e à realização do evento e pelo júri no que se refere ao julgamento ou apresentação dos grupos.

Este Regulamento entra em vigor nesta data:


Teresina, 15 de maio de 2014.

A DIREÇÃO.



Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal