Cartão empresarial tribanco



Baixar 47.7 Kb.
Encontro04.06.2018
Tamanho47.7 Kb.




CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO – CONTA GARANTIDA




CCB Nº       VIA:  Negociável (CREDOR)  Não Negociável (EMITENTE)

I - EMITENTE


Nome/Razão Social

     


CPF /CNPJ

     


Endereço

     


Telefone

     


Cidade

     


UF

  



II – TERCEIROS GARANTIDORES também denominados DEVEDORES/GARANTIDORES SOLIDÁRIOS

1- Nome/Razão Social

     


CPF /CNPJ

     


Endereço

     


Telefone

     


Cidade

     


UF

  


RG

     


Data de Nascimento

     


Estado Civil

     


Nacionalidade

     


2- Nome/Razão Social

     


CPF /CNPJ

     


Endereço

     


Telefone

     


Cidade

     


UF

  


RG

     


Data de Nascimento

     


Estado Civil

     


Nacionalidade

     




III - CONDIÇÕES E CARACTERÍSTICAS DO CRÉDITO

Modalidade: Abertura de Crédito Rotativo em Conta Corrente (Conta Garantida)

Valor (Limite de Crédito):

R$      



Data de Pagamento:

     


Lugar do Pagamento:

Uberlândia-MG



Tarifa de Abertura de Crédito (TAC): R$      

Valor de IOF:

Calculado conforme legislação vigente



Encargos:

 Juros Pré-Fixados  Juros Pós-Fixados

Outras Informações:

     


Taxa Mensal (%):

     


Taxa anual (%):

     


Índice:

     


Percentual:

     


Periodicidade:

     



IV– GARANTIAS:

Houve contratação de garantias? Sim Não

Valor Estimado: R$       ou      % do Lime de Crédito;

O  EMITENTE e/ou os  TERCEIROS GARANTIDORES entregam ao CREDOR em garantia desta CCB:

1) Cessão Fiduciária de Créditos e Direitos Creditórios presentes e futuros abaixo indicados a serem depositados em conta(s) do EMITENTE e/ou dos TERCEIROS GARANTIDORES localizada(s) no Banco Triângulo S.A.:

a)  Recebíveis de Cartões de Crédito, Débito e Vales-benefício das seguintes bandeiras: Visa Mastercard Super Compras Outras:      , correspondente a      ;

b)  Recebíveis decorrentes de aplicações financeiras, descritas em relação anexa, correspondente a      ;

c)  Recebíveis representados por cheques, descritos em relação ou borderô anexo, correspondente      ;

d)  Outros Recebíveis:      , correspondente a      ;

2)  Alienação Fiduciária de bens móveis:      , descritos em Relação Anexa, correspondente a      ;

3)  Hipoteca ou Alienação Fiduciária de bens imóveis:      , constituída em documento apartado;

4) Penhor:  Mercantil  Industrial  Rural: descritos em Relação Anexa, correspondente a      .



V – PROMESSA DE PAGAMENTO

Na data e lugar de pagamento indicados no Quadro III do preâmbulo, nós, EMITENTE e/ou TERCEIROS GARANTIDORES, pagaremos por esta Cédula de Crédito Bancário (“CCB”), ao CREDOR - BANCO TRIÂNGULO S/A, com sede na cidade de Uberlândia, Estado de Minas Gerais, inscrito no CNPJ/MF sob o nº 17.351.180/0001-59, ou à sua ordem, a dívida em dinheiro, líquida, certa e exigível, correspondente ao valor utilizado do crédito concedido, acrescido de todos os encargos financeiros previstos nesta CCB, e subtraídas as amortizações eventualmente realizadas, demonstrada em planilha de cálculo ou em extratos emitidos pelo CREDOR, conforme as cláusulas e condições seguintes:



VI – CLÁUSULAS

1. EMITENTE e TERCEIROS GARANTIDORES declaram que receberam e leram as Condições Gerais das Operações de Crédito Tribanco (as “Condições Gerais”), registradas no Cartório de Registro de Títulos e Documentos da Comarca de Uberlândia-MG, sob o n.º 3180705, em 08/04/2011, e aditadas sob o nº 3180705, em 05/04/2011, cujas disposições se aplicam complementarmente a esta CCB, com as quais concordam incondicionalmente, ratificando-as integralmente neste ato e reconhecendo que cópia das retro mencionadas Condições Gerais está disponível para impressão e consulta no sítio eletrônico www.tribanco.com.br.

2. Os TERCEIROS GARANTIDORES comparecem nesta CCB concordando expressamente com todas as suas cláusulas e condições, declarando-se solidariamente responsáveis com a EMITENTE pela integral e pontual liquidação de todas as suas obrigações, principais e acessórias, decorrentes deste ajuste, nos termos dos artigos 275 e seguintes do Código Civil Brasileiro, sendo EMITENTE e TERCEIROS GARANTIDORES doravante designados simplesmente DEVEDORES, os quais assumem também o encargo de depositários das garantias ofertadas ao CREDOR e indicadas no Quadro IV.

3. O CREDOR abre ao EMITENTE limite de crédito de caráter rotativo, no valor e condições indicados no Quadro III.

4. Os encargos ajustados com os DEVEDORES no Quadro III serão devidos e cobrados de forma capitalizada e incidirão diariamente sobre o saldo devedor da conta corrente, sendo exigíveis no primeiro dia útil do mês subseqüente à ocorrência de saldo devedor, no vencimento e na data de pagamento desta CCB, ocorram estes antecipadamente ou não.

4.1. Os encargos financeiros mencionados nesta CCB poderão ser repactuados a qualquer tempo, mediante comunicação do CREDOR a qualquer dos DEVEDORES, conforme disposto nas Condições Gerais, especialmente em razão de alterações nas condições de mercado. A utilização do Limite de Crédito pelos DEVEDORES, após a comunicação do CREDOR, será entendida como anuência aos novos encargos financeiros repactuados. Fica facultado aos DEVEDORES o direito de recusar as novas condições dos encargos comunicadas pelo CREDOR. A recusa deverá ser manifestada por escrito, conforme orientação do CREDOR, no prazo de 5 (cinco) dias úteis contados do recebimento da comunicação. Na hipótese dos DEVEDORES discordarem da repactuação dos encargos, seja por qualquer outro motivo, o Limite de Crédito poderá, a critério do CREDOR, ser automaticamente suspenso para novos desembolsos, sem prejuízo da faculdade dos DEVEDORES liquidarem o saldo devedor imediatamente ou no vencimento da CCB.

5. Observadas as condições de mercado, a situação patrimonial e financeira dos DEVEDORES e/ou o regular cumprimento das obrigações por este assumidas perante o CREDOR, este poderá, a seu exclusivo critério, suspender a utilização do limite de crédito para novos desembolsos, bem como reduzir o seu valor, mediante comunicação a qualquer dos DEVEDORES.

6. As partes poderão, a qualquer tempo, resilir esta CCB, mediante comunicação de uma parte à outra, com 5 (cinco) dias de antecedência.

6.1. Operada a resilição, o limite de crédito será cancelado, obrigando-se os DEVEDORES a realizar o imediato pagamento das obrigações devidas, assim entendido os valores utilizados, acrescidos dos juros e demais encargos incidentes.

5. Constituem causas de vencimento antecipado da dívida representada por esta CCB, sem prejuízo de outras contempladas na legislação em vigor e/ou em outras disposições aplicáveis, independente de notificação ou interpelação administrativa ou judicial, acarretando a sua imediata exigibilidade pelo CREDOR:



a) o descumprimento culposo ou não, pelos DEVEDORES de qualquer obrigação que lhes caiba, inclusive, mas não se limitando, à hipótese de não pagamento pontual de qualquer montante devido por esta CCB ou de qualquer outra operação creditícia contratada com o CREDOR; ou b) o protesto de títulos cambiários emitidos, endossados, avalizados, aceitos ou de qualquer forma garantidos pelos DEVEDORES; ou c) a verificação, pelo CREDOR, da falsidade ou imprecisão de qualquer documento, informação ou declaração prestada pelos DEVEDORES; ou d) o requerimento de falência, recuperação judicial ou extrajudicial, ou insolvência civil de quaisquer dos DEVEDORES; ou e) a inclusão dos nomes dos DEVEDORES na relação de contas encerradas publicadas pelo Banco Central do Brasil; ou f) os DEVEDORES figurarem como réus em cobrança judicial, sentença condenatória transitada em julgado ou processo de execução por quantia certa; ou g) os DEVEDORES sacarem além do limite de crédito estabelecido na respectiva CCB; ou h) os DEVEDORES figurarem em situação de mora ou inadimplemento junto ao CREDOR ou qualquer outra instituição financeira; i) a insuficiência ou iliquidez das garantias constituídas, bem como a sua não substituição ou reforço pelos DEVEDORES, sempre que solicitado pelo CREDOR; ou j) a alteração ou modificação do objeto social dos DEVEDORES, que implique em mudança da sua principal atividade empresarial; qualquer mudança, transferência ou cessão, direta ou indireta, do controle societário/acionário dos DEVEDORES ou a alienação de seu estabelecimento comercial ou, ainda, a incorporação, fusão ou cisão da empresa, sem a prévia anuência do CREDOR.

8. O atraso dos DEVEDORES no pagamento ou liquidação de qualquer obrigação pecuniária assumida junto o CREDOR, em qualquer data de pagamento ajustada nesta CCB implicará no acréscimo, a partir da data do inadimplemento até o seu efetivo pagamento, de juros remuneratórios na mesma taxa aplicável à Operação de Crédito contratada, incluindo o fator de reajuste se tiver sido contratado pelos DEVEDORES a modalidade de juros pós-fixados, além de juros de mora de 1% (um por cento) ao mês e multa moratória de 2% (dois por cento).
Uberlândia-MG    de       de     .










CREDOR : BANCO TRIANGULO S/A




EMITENTE:      











TERCEIRO GARANTIDOR 1:      

CPF:      






TERCEIRO GARANTIDOR 2:      

CPF:      













TERCEIRO GARANTIDOR 3:      

CPF:      






TERCEIRO GARANTIDOR 4:      

CPF:      






/2
C
RUBRIQUE AQUI 

CB CG VJ 04/2011 (520)



Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal