Centro de Comunicação e Expressão



Baixar 29.91 Kb.
Encontro17.02.2018
Tamanho29.91 Kb.

universidade federal de santa catarina

centro de comunicação e expressão

Curso de cinema




Disciplina:

Gêneros cinematográficos

Código da disciplina:

CMA5109

Carga horária:

60 horas

Ministrante:

Profº Dr. Marcio Markendorf

Semestre:

2010/2



EMENTA DA DISCIPLINA:
Análise das várias definições de gênero e de suas implicações culturais no Brasil e no exterior. Análise panorâmica dos gêneros: gangster, musical, filme histórico, melodrama, filme de guerra, suspense, comédia, film noir.

_______________________________________________________________________
OBJETIVOS DA DISCIPLINA:
Objetivo principal:

Propiciar uma visão teórica dos estudos de gêneros cinematográficos, considerando a história dos gêneros e suas características específicas.


Objetivos específicos:

Sistematizar noções comparativas de gêneros narrativos nos campos da literatura e do cinema;

Analisar produções cinematográficas à luz das prescrições de gênero;

Debater acerca do processo de hibridização dos gêneros;

Analisar as implicações históricas e culturais ligadas à predominância de certos gêneros em dado contexto;

Questionar o estatuto dos gêneros no cinema contemporâneo brasileiro e internacional.



__________________________________________________________________________CONTEÚDO_PROGRAMÁTICO:_11/AGO'>_________________________________________________________________________
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:
11/AGO

Apresentação do plano de ensino da disciplina; introdução às noções de gênero na literatura; processos de hibridização.


18/AGO

Teoria dos gêneros no cinema: definições, derivações, hibridações; a cultura e o imaginário.


25/AGO

Do cinema melodramático mudo ao happy end hollywoodiano; o drama; a comédia.


01/SET

Fantasia | Fantástico | Animação | Musical


08/SET

Ficção científica [sci-fi] | Filmes-catástrofe [disaster movies]


15/SET

Terror | Horror


22/SET

Ação| Thriller| Suspense


29/SET

Prova I
06/OUT

Documentário | Cinebiografia [biopic]
13/OUT

Western | Gangster
20/OUT [SEPEX]
27/OUT

Film noir | Experimental
03/NOV

Aventura | Épicos


10/NOV

Capa e espada | Artes marciais


17/NOV

Entrega dos ensaios | Filme


24/NOV

Entrega das avaliações
01/DEZ

Exame
08/DEZ

Divulgação das notas finais
_________________________________________________________________________
METODOLOGIA:
A metodologia de ensino baseia-se em aulas expositivas dialogadas e análise críticas da filmografia selecionada para debate.

_________________________________________________________________________
AVALIAÇÃO:
A avaliação da disciplina consistirá em uma prova bimestral (peso 5) e na entrega de um ensaio crítico (peso 5). A nota final será a média ponderada de ambas as tarefas avaliativas.

_________________________________________________________________________
HORÁRIO DE ATENDIMENTO EXTRACLASSE:
Atendimentos com agendamento prévio pelo e-mail: marciomarkendorf@uol.com.br

_________________________________________________________________________
BIBLIOGRAFIA:

ARISTÓTELES. Arte Poética. In: A poética clássica. São Paulo: Cultrix, 1995.

BORDWELL, David. O Cinema Clássico hollywoodiano: normas e princípios. In: RAMOS, Fernão Pessoa (org.). Teoria contemporânea do cinema: documentário e narratividade ficcional. São Paulo: Senac, 2005.

BURGOYNE, Robert. A nação do filme: Hollywood examina a história dos Estados Unidos. Brasília: UnB, 2002.

CARROL, Noel. A filosofia do horror ou o paradoxo do coração. Campinas: Papirus, 1999.

CESAR, Ana Cristina. Literatura não é documento. In: ______. Crítica e tradução. São Paulo: Ática, 1999. p. 10 – 113.

COSTA, Antonio. Compreender o cinema. Rio de Janeiro: Globo, 2003.

COSTA, Flávia Cesarino. O primeiro cinema: espetáculo, narração, domesticação. Rio de Janeiro: Azougue, 2008.

LECOUTEUX, Claude. História dos vampiros: autópsia de um mito. São Paulo: UNESP, 2005.

LOVECRAFT, H.P. O horror sobrenatural em literatura. São Paulo: Iluminuras, 2007.

MANGUEL, Alberto. Contos de horror do século XIX. São Paulo: Companhia das Letras, 2005.

MARKENDORF, Marcio; MÜLLER, Fernanda. A República dos homens, o Império das Máquinas. Revista Eletrônica Duplipensar. Disponível em: Acesso em: 1 ago 2010.

______. Apontamentos para um imaginário contemporâneo. Revista Eletrônica Duplipensar. Disponível em: Acesso em: 1 ago 2010.

______. Como um filme: o imaginário das catástrofes. Revista Eletrônica Duplipensar. Disponível em: < http://www.duplipensar.net/artigos/2007s1/ficcoes-da-realidade-como-um-filme-imaginario-das-catastrofes.html> Acesso em: 1 ago 2010.

______. Homem biopolítico, ciência biodegradável. Revista Eletrônica Duplipensar. Disponível em: < http://www.duplipensar.net/artigos/2007s1/ficcoes-da-realidade-homem-biopolitico-ciencia-biodegradavel.html> Acesso em: 1 ago 2010.

______. Os aliens somos nós. Revista Eletrônica Duplipensar. Disponível em: Acesso em: 1 ago 2010.

______. 2012: o fim do mundo, mas não do clichê. Diário Catarinense. Caderno Cultura. Edição online. 28 de novembro de 2009. nº8637. Disponível em: Acesso em: 1 ago 2010.

MATTOS, A.C. Gomes de. Publique-se a lenda: a história do western. Rio de Janeiro: Rocco, 2004.

MIGUEL, Jair Diniz. Aelita(s): ficção científica e cotidiano soviético. In: SILVA, Marcos. Metamorfoses das linguagens: histórias, cinemas, literaturas. São Paulo: LCTE, 2009. p. 09-18.

______. A outra face de Hollywood: filme B. Rio de Janeiro: Rocco, 2003.

MORIN, Edgar. As estrelas: mito e sedução no cinema. Rio de Janeiro: José Olympio, 1989.

______. Cultura de massas no século XX: necrose. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2005.

______. Cultura de massas no século XX: neurose. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2005.

NAZARIO, Luiz. Da natureza dos monstros. São Paulo: Arte & Ciência, 2003.

NOGUEIRA, Luís. Gêneros cinematográficos. Covilhã: Labcom, 2010.

______. Violência e cinema: monstros, soberanos, ícones e medos. Covilhã: Labcom, 2009.

PENAFRIA, Manuela. O paradigma do documentário Antonio Campos, Cineasta. Covilhã: Labcom, 2009.

______; MARTINS, Índia Mara. Estéticas do digital: cinema e tecnologia. Covilhã: Labcom, 2007.

RODRIGUES, Selma Calasans. O fantástico. São Paulo: Ática, 1988.

SILVA, Vítor Manuel de Aguiar e. Gêneros literários. In:______. Teoria da Literatura. Coimbra: Livraria Almedina, 2007. p. 339 – 401.

SONTAG, Susan. A imaginação da catástrofe. In:_____. Contra a interpretação. Porto Alegre: L&PM, 1987. p. 243-262.

STALLONI, Yves. Os gêneros literários. Rio de Janeiro: Difel, 2001.

TODOROV, Tzvetan. Introdução à literatura fantástica. São Paulo: Perspectiva, 2008.

XAVIER, Ismail. O olhar e a cena. São Paulo: Cosac e Naify, 2003.






Campus Universitário – Trindade - Florianópolis

Fone: 3721-9293 FAX: 3721-9817


Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal