Ciência dos materiais – Laboratório 1 Prof. Barbieri Titulo: Ensaio de dureza do aço sae 1045 e Alumínio 2024-T3 Objetivo



Baixar 23.74 Kb.
Encontro05.01.2018
Tamanho23.74 Kb.


Ciência dos materiais – Laboratório 1

Prof. Barbieri

Titulo: Ensaio de dureza do aço SAE 1045 e Alumínio 2024-T3

Objetivo:


  • Conhecer uma das propriedades mecânicas de um material (dureza).

  • Familiarizar com equipamento de medida de dureza Rockwell.

  • Executar ensaio de dureza na escala Rockwell B e C em alguns materiais.

  • Verificar a correspondência de dureza Rockwell para dureza Brinell e Vickers.


Equipamento utilizado:


  • Durômetro Rockwell - modelo: (Twin type) 963-102R

- fabricante: Mitutoyo -www.mitutoyo.com.br
Corpos de prova utilizados:


  • Material: barra de aço carbono 1045 CP1

  • Material: barra de alumínio 2024 T3 CP2


Procedimento Experimental:


  • Ensaio pelo método Rockwell Normal.




  • Instrução, procedimento e aprendizagem do equipamento realizada durante a explicação do professor exposta na aula.




  • Medir os corpos de provas selecionados nas escalas indicadas pelo professor.




  • Aquisição de dados retirados no equipamento e elaboração do relatório.




  • Fazer um relatório em grupo (até 6 integrantes)


Prática


  • Medir na escala Rockwell C a barra de aço carbono 1045

Medir na escala Rockwell B a barra de aço carbono 1045


  • Medir na escala Rockwell B a barra de alumínio 2024 T3




  • Mediante a Tabela dada, verificar as correspondências da escala Rockwell C da barra de aço carbono 1045 para as durezas:



Preencher a tabela com os dados de dureza medidos no equipamento


material

Corpo de prova

10 medida

20 medida

30 medida

Média

HRC

1045

CP1










*

HRB

1045

CP1













HRB

2024 T3

CP2
















Material

HRC

Vickers

Brinell

Aço 1045

*







* a conversão do tipo de dureza é somente para o valor medio da dureza da barra de aço carbono 1045 na escala Rockwell C
Exercícios:


  1. Vantagens e desvantagens do método de ensaio de dureza Rockwell em relação aos métodos Brinell e Vickers:

  2. Relação entre profundidade e dureza Rockwell normal e superficial.

  3. O resultado do ensaio de dureza Rockwell para uma chapa de aço de 2,0 mm de espessura é de 37 HRC. Este resultado é válido? Justifique.

  4. Responder:

a) Penetrador utilizado:

Rockwell C .......................

Rockwell B .......................

b) Converter:

1kgf = .............N


c) Pré-carga das escalas:(em N e kgf)

Rockwell C .......................

Rockwell B .......................
d) Cargas aplicadas das escalas :(em N e kgf)

Rockwell C .......................

Rockwell B .......................
e) No ensaio de dureza Rockwell, a profundidade da impressão que serve como base da medida da dureza é causada pela: ..........................................(pré-carga, carga maior, pré-carga mais carga maior; carga maior menos pré-carga.
f) Calcule a espessura mínima que deve ter uma chapa que será ensaiada pelo método Rockwell, sabendo que a dureza estimada do material é 45 HRC.

Resposta:...........................

g) Fazer um resumo sobre as durezas Rockwell, Brinell e Vickers ( mínimo 5 linhas)

Relatório: (deve constar no relatório)


Comparação e discussão do valor (médio) da dureza da barra de aço carbono 1045 nas escalas Rockwell C e Rockwell B, e explicar o porquê não se deve usar o aço carbono 1045 na escala B.


Comparação e discussão do valor médio da dureza do aço 1045 e a liga de alumínio 2024 T3 na escala Rockwell B.
Mediante a Tabela dada, verificar as correspondências da escala Rockwell C da barra de aço carbono 1045 para as durezas:


Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal