Curas e milagres de jesus



Baixar 201.68 Kb.
Página1/3
Encontro16.03.2018
Tamanho201.68 Kb.
  1   2   3

ESTUDO 7

© Instituto André Luiz - Site Espírita André Luiz



http://www.institutoandreluiz.org/
Textos compilados dos Evangelhos de Mateus, Marcos, Lucas e João

Total 25 páginas


CURAS E MILAGRES DE JESUS

51. JESUS PREGA POR TODA A GALILÉIA E CURA MUITOS ENFERMOS



(Mateus 4, vs. 23-25)

Percorria Jesus toda a Galiléia...

E ensinava nas sinagogas, pregando o evangelho do reino e curando toda sorte de doenças e enfermidades entre o povo.

E a sua fama correu por toda a Síria; trouxeram-lhe então todos os doentes, acometidos de várias enfermidades e tormentos: endemoninhados, lunáticos e paralíticos...

E ele os curou.

E da Galiléia, Decápolis, Jerusalém, Judéia e dalém do Jordão, numerosas multidões o seguiam...


Para entender o tema, estude:

*O LIVRO DOS ESPÍRITOS (Allan Kardec)

Cap. II: INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA DOUTRINA ESPÍRITA

(Princípio Vital)

Cap. IV, PRINCÍPIO VITAL, pergs. 60 até 67

*A GÊNESE (Allan Kardec)

Cap. XIV, OS FLUIDOS- ELEMENTOS FLUÍDICOS

*EVOLUÇÃO EM DOIS MUNDOS (André Luiz)

Primeira Parte, Cap. I: FLUÍDO CÓSMICO

52. A CURA DE UM LEPROSO



(Marcos 1, vs. 40-45)

Pregando pela Galiléia, aproximou-se dele um leproso, rogando-lhe de joelhos:

- Se você quiser, pode purificar-me!

Jesus, profundamente compadecido, estendeu a mão, tocou-o, e lhe disse:

- Eu o quero... Fique limpo!

No mesmo instante lhe desapareceu a lepra, e ele ficou limpo e curado. Fazendo então veemente advertência, Jesus logo o despediu, lhe dizendo:

- Olhe, não diga nada a ninguém; mas vá mostrar-se ao sacerdote e ofereça pela sua purificação o que Moisés determinou, para servir de testemunho ao povo!

Mas, tendo saído, entrou ele a propalar muitas coisas e a divulgar a notícia de sua cura, ao ponto de não mais poder Jesus entrar publicamente em qualquer cidade, permanecendo fora, em lugares ermos.

E de toda parte vinham ter com ele...
Para entender o tema, estude:

*A GÊNESE (Allan Kardec)

Cap. XV, Nos. 16 e 17: OS DEZ LEPROSOS
*Compare a narrativa grafada por LUCAS com a narrativa de MARCOS.

Cite as diferenças e esclareça, como puder, o porquê delas.



Depois leia:

*A CAMINHO DA LUZ (Emmanuel)

Cap. XIV, Pág. 124: A REDAÇÃO DOS TEXTOS DEFINITIVOS

53. A CURA DE UM PARALÍTICO EM CAFARNAUM



(Marcos 2, vs. 1-12)

Dias depois, entrou Jesus de novo em Cafarnaum, e logo correu a notícia de que ele estava em casa. Então, muitos afluíram para ali, tantos que nem mesmo junto à porta eles achavam lugar!...

E Jesus anunciava-lhes a palavra do reino.

Alguns foram ter com ele, conduzindo um paralítico e levado por quatro homens. E, não podendo aproximar-se dele, por causa da multidão, descobriram o telhado no ponto correspondente ao em que Jesus estava e, fazendo uma abertura, baixaram o leito em que jazia o doente...

Vendo-lhes a fé, Jesus disse ao paralítico:

- Filho, os seus pecados estão perdoados!

Mas alguns dos escribas estavam assentados ali e argumentavam em seus corações:

- “Por que fala ele deste modo? Isto é blasfêmia!... Quem pode perdoar pecados, senão um só, que é Deus?”

E Jesus, percebendo logo por seu espírito que eles assim arrazoavam, lhes disse:

- Por que argumentam sobre estas coisas em seus corações? O que é mais fácil dizer ao paralítico: “Estão perdoados os teus pecados!” ou então dizer: “Levante-se, tome o seu leito e ande?” Ora, para que saibam que o Filho do homem tem sobre a terra autoridade para perdoar pecados, digo ao paralítico: Eu lhe mando: levante-se, tome o seu leito e vai para a sua casa!...

Então o doente se levantou e, no mesmo instante, tomando o leito, retirou-se à vista do povo, a ponto de se admirarem todos e darem glória a Deus, dizendo:

- Jamais vimos coisa assim!...


Para entender o tema, leia também neste capítulo:

*A CURA DE UM PARALÍTICO (74)
E estude:

*A GÊNESE (Allan Kardec)

Cap. XV, Nos. 14 e 15: PARALÍTICO
P: Quando o corpo sofre paralisia total ou parcial, o espírito paralisa-se

igualmente? Para entender o tema, estude:

*A GÊNESE (Allan Kardec)

Cap. XIV: FORMAÇÃO E PROPRIEDADES DO PERISPÍRITO

*EVOLUÇÃO EM DOIS MUNDOS (André Luiz)

Cap. II: CORPO ESPIRITUAL

*O LIVRO DOS ESPÍRITOS (Allan Kardec)

Livro II, Cap. VI: ENSAIO TEÓRICO SOBRE A SENSAÇÃO NOS ESPÍRITOS
54. A CURA DO CRIADO DO CENTURIÃO

(Mateus 8, vs. 5-13)

Tendo Jesus entrado em Cafarnaum, apresentou-se-lhe um centurião, implorando:

- Senhor, o meu criado jaz em casa, de cama, paralítico, sofrendo horrivelmente!...

Jesus lhe disse:

- Eu irei curá-lo...

Mas o centurião respondeu:

- Senhor, não sou digno de que entre em minha casa; mas apenas mande, com uma palavra, e o meu rapaz será curado! Pois também eu sou homem sujeito à autoridade, tenho soldados às minhas ordens, e digo à este: vai! e ele vai; e a outro vem! e ele vem; e ao meu servo: faça isto! e ele faz...

Ouvindo isto, admirou-se Jesus, e disse aos que o seguiam:

- Em verdade lhes afirmo que nem mesmo em Israel achei fé como esta! Digo-lhes que muitos virão do Oriente e do Ocidente e tomarão lugares à mesa com Abraão, Isaque e Jacó no reino dos céus; ao passo que os filhos do reino serão lançados para fora, nas trevas; ali haverá choro e ranger de dentes!...

Então disse Jesus ao centurião:

- Vá, e seja feito conforme a sua fé!

E naquela mesma hora o servo foi curado...


Para entender o tema, estude:

*O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO (Allan Kardec)

Cap.XIX, no. 12: A FÉ DIVINA E A FÉ HUMANA

*O CONSOLADOR (Emmanuel)

3a. Parte, Cap. IV, Pergs. 352 até 361: FÉ
55. A CURA DA SOGRA DE PEDRO

(Mateus 8, vs. 14-15)

Tendo Jesus chegado à casa de Pedro, viu a sogra deste acamada e ardendo em febre.

Mas Jesus tomou-a pela mão, e a febre a deixou. Então ela se levantou e passou a servi-lo...
56. MUITAS OUTRAS CURAS

(Mateus 8, vs. 16-17)

Chegada a tarde, trouxeram-lhe muitos endemoninhados; e ele, meramente com a palavra, expeliu os espíritos e curou todos os que estavam doentes; para que se cumprisse o que foi dito por intermédio do profeta Isaías:



Ele mesmo tomou as nossas enfermidades e carregou com as nossas doenças. (Is. 53, v.4)
Leia também os números 65, 66 e 70, e depois estude:

*A GÊNESE (Allan Kardec)

Cap. XIV, de 31 à 34: CURAS

Cap. XV, de 26 à 28: NUMEROSAS CURAS OPERADAS POR JESUS
57. A CURA DO ENDEMONINHADO GERASENO

(Lucas 8, vs. 26-39)

Então rumaram para a terra dos gerasenos, fronteira da Galiléia e à esquerda do rio Jordão...

Logo ao desembarcar, veio da cidade ao seu encontro um homem possesso de demônios que, havia muito, não se vestia, nem habitava em casa alguma, mas que vivia, porém, nos sepulcros... E embora procurassem conservá-lo preso com cadeias e grilhões, tudo ele despedaçava e era impelido pelo demônio para o deserto.

E quando viu a Jesus, prostrou-se diante dele, exclamando, porque Jesus ordenara ao espírito imundo que saísse do homem, pois muitas vezes se apoderara dele:

- Que tenho eu com você, Jesus, Filho do Deus Altíssimo? Rogo-lhe que não me atormente!

- Qual é o seu nome? - perguntou-lhe Jesus.

Respondeu ele:

- Legião, porque somos muitos!...

E rogavam-lhe que não os mandasse sair para o abismo...

Ora, andava ali, pastando no monte, uma grande manada de porcos; e eles pediram que lhes permitisse entrar naqueles porcos.

E Jesus o permitiu...

Tendo os demônios saído do homem, entraram eles nos porcos e a manada precipitou-se despenhadeiro abaixo, para dentro do lago, onde se afogou. E os porqueiros, vendo o que acontecera, fugiram assustados, indo anunciar o fato pela cidade e pelos campos!...

Então saiu o povo para ver o que se passara, e foram ter com Jesus. De fato acharam o homem de quem saíram os demônios, vestido e em perfeito juízo, assentado aos pés de Jesus; e ficaram dominados de terror...

Algumas pessoas que tinham presenciado os fatos, contaram-lhes também como fora salvo o endemoninhado; e todo o povo da circunvizinhança dos gerasenos rogou-lhe que se retirasse deles, pois estavam possuídos de grande medo.

E Jesus, tomando de novo o barco, voltou.

O homem de quem tinham saído os demônios, implorou-lhe que o deixasse estar com ele; Jesus, porém, o despediu, dizendo:

- Volte para casa e conte aos seus tudo o que Deus fez por você!

Então foi ele anunciando pela cidade todas as coisas que Jesus lhe tinha feito...


Para entender o tema, estude:

*A GÊNESE (Allan Kardec)

Cap. XV: POSSESSOS

*O LIVRO DOS ESPÍRITOS (Allan Kardec)

Livro II, Cap. IX, Pergs. 473 à 480: POSSESSOS

*O CÉU E O INFERNO (Allan Kardec)

Primeira Parte, Cap. IX, Questão 20 até 23:

OS DEMÔNIOS SEGUNDO O ESPIRITISMO

Segunda Parte, Cap. IV:

ESPÍRITOS SOFREDORES - O CASTIGO (Mensagem de GEORGES)
58. O PEDIDO DE JAIRO

(Marcos 5, vs. 21-24)

Tendo Jesus voltado no barco para o outro lado, afluiu-lhe grande multidão.

Ele estava junto ao mar quando lhe chegou um dos principais da sinagoga, chamado Jairo, e que, vendo-o, prostrou-se a seus pés e tristemente lhe suplicou:

- Minha filhinha está à morte; venha e imponha as mãos sobre ela, para que seja salva e possa viver!...

E Jesus foi com ele.

Leia este ítem com o de número 60.
59. A CURA DE UMA MULHER ENFERMA

(Marcos 5, vs. 24-34)

Grande multidão o seguia então, comprimindo-o...

Aconteceu que certa mulher, que, havia doze anos vinha sofrendo de uma hemorragia, e muito já padecera na mão de vários médicos, tendo despendido tudo quanto possuía e sem contudo nada aproveitar, entes pelo contrário, indo a pior; e tendo ouvido a fama de Jesus, veio por trás dele, por entre a multidão, e tocou-lhe as vestes.

Porque dizia:

- Se eu apenas lhe tocar as vestes, ficarei curada!

E logo se lhe estancou a hemorragia, e ela sentiu no corpo estar curada do seu flagelo... E Jesus, reconhecendo imediatamente que dele saíra poder, virando-se no meio da multidão, perguntou:

- Quem me tocou nas vestes?

Responderam-lhe seus discípulos:

- O Mestre vê que a multidão o aperta, e pergunta ainda: quem me tocou?...

Ele, porém, olhava ao redor para ver aquela que fizera isto. Então a mulher, atemorizada e tremendo, consciente do que nela se operara, veio e prostrou-se diante dele, declarando-lhe toda a verdade. E Jesus lhe disse:

- Filha, a sua fé a salvou... Vá em paz e fique livre de seu mal!...
Para entender o tema, estude:

*A GÊNESE (Allan Kardec)

Cap. XV, número 10 e 11: CURAS - PERDA DE SANGUE
P: A nossa mente também adoece? Pode ela interferir sobre a saúde física?

Para entender, estude:

*PLENITUDE (Joanna de Ângelis)

Cap. VII: CAMINHOS PARA A SAÚDE

Cap. IX: PROCESSO DE AUTOCURA

Cap. XI: TERAPIAS ALTERNATIVAS

*O SER CONSCIENTE (Joanna de Ângelis)

Cap. 6, Pág. 95: ENFERMIDADE E CURA
*Convidar um MÉDICO ALOPATA e um HOMEOPATA, para explanações.

60. A RESSURREIÇÃO DA FILHA DE JAIRO



(Marcos 5, vs. 35-43)

Falava Jesus ainda, quando chegaram alguns da casa de Jairo, o chefe da sinagoga, e a ele disseram:

- Sua filha já morreu; por que ainda incomoda o Mestre?

Mas Jesus, sem acudir a tais palavras, disse ao chefe da sinagoga:

- Não tenha medo... Acredite somente!...

Contudo, não permitiu que alguém o acompanhasse, senão Pedro e os irmãos Tiago e João...

Chegando à casa de Jairo, viu Jesus o alvoroço; viu os que choravam e os que pranteavam muito.

E ao entrar, lhes disse:

- Por que estão em alvoroço? e por que choram?... A criança não está morta, mas apenas dorme!

Riram-se dele... Tendo Jesus, porém, mandado sair a todos, tomou o pai e a mãe da criança e os que vieram com ele, e entrou onde ela estava.

Segurando-a pela mão disse:

- Talita cumi!...

Que quer dizer:

- Menina, eu ordeno, levante-se!...

Imediatamente a criança se levantou e pôs-se a andar, pois tinha doze anos... Ficaram todos sobremaneira admirados, mas Jesus ordenou-lhes expressamente que ninguém soubesse do fato!...

E então mandou que dessem de comer à menina.


Rememore em MINISTÉRIO DE LUZ:

*A RESSURREIÇÃO DE LÁZARO (20)

61. A CURA DE DOIS CEGOS



(Mateus 9, vs. 27-31)

Partindo Jesus dali, seguiram-no dois cegos, clamando:

- Tenha compaixão de nós, filho de Davi!

Tendo ele entrado em casa, aproximaram-se os cegos, e Jesus lhes perguntou:

- Crêem vocês que eu possa fazer isso?

- Sim, Senhor, nós cremos! - responderam-lhe.

Então Jesus lhes tocou os olhos, dizendo:

- Que se faça conforme sua fé!...

E abriram-se-lhes os olhos. Jesus, porém, os advertiu severamente, dizendo:

- Acautelem-se de que ninguém o saiba!

Saindo eles, porém, divulgaram-lhe a fama por toda aquela terra...
Veja ítem 71.
62. A CURA DE UM MUDO ENDEMONINHADO

(A blasfêmia dos fariseus)

(Mateus 9, vs. 32-34)

Ao retiram-se eles, foi-lhe trazido um mudo endemoninhado...

E, expelindo o demônio, o mudo conseguiu falar; e as multidões se admiravam, dizendo:

- Jamais se viu tal coisa em Israel!

Mas os fariseus murmuravam:

- É pelo maioral dos demônios que ele expele os demônios!


63. JESUS DE DEFENDE

(Lucas 11, vs. 17-23)

E, sabendo Jesus o que se lhes passava pelo espírito, disse-lhes:

- Todo reino dividido contra si mesmo ficará deserto e cairá casa sobre casa!... Se também Satanás estiver dividido contra si mesmo, como subsistirá seu reino? Isto porque vocês dizem que eu expulso os demônios por Belzebu!... E se eu expulso os demônios por Belzebu, por quem os expulsam seus filhos? Por isso eles mesmos serão os seus juizes!...

Se, porém, eu expulso os demônios pelo dedo de Deus, certamente é chegado o reino de Deus sobre vocês! Quando o valente, bem armado, guarda a sua própria casa, ficam em segurança todos os seus bens... Sobrevindo, porém, um mais valente que ele, vence-o, tira-lhe a armadura em que se confiava e lhe divide os despojos!...

Quem não é por mim, é contra mim; e quem comigo não ajunta, espalha!...
Para entender o tema, leia conjuntamente os números 62 e 63, e estude:

*A GÊNESE (Allan Kardec)

Cap. XIV, Questão 16 à 21: QUALIDADE DOS FLUIDOS

*O LIVRO DOS ESPÍRITOS (Allan Kardec)

Livro II, Cap. IX, pergs. 549 e 550: DOS PACTOS

Pergs. 551 à 556: PODER OCULTO, TALISMÃS. FEITICEIROS.

Perg. 557: BENÇÃOS E MALDIÇÕES

*O CONSOLADOR (Emmanuel)

3a. Parte, Cap. V, Perg. 396: MOVIMENTAÇÃO DE FLUIDOS MALÉFICOS
64. JESUS ANDA POR SOBRE O MAR

(Marcos 6, vs. 45-52)

Logo a seguir, compeliu Jesus os seus discípulos a embarcar e passar adiante para o outro lado, à Betsaida, enquanto ele despedia a multidão.

E, tendo-os despedido, subiu ao monte para orar...

Ao cair da tarde estava o barco no meio do mar, e Jesus sozinho em terra. E vendo-os em dificuldade, a remar, porque o vento lhes era contrário, por volta da quarta vigília da noite, veio ter com eles andando por sobre o mar.

E queria tomar-lhes a dianteira!...

Eles, porém, vendo-o andar sobre o mar, pensaram tratar-se de um fantasma e começaram a gritar; pois todos ficaram aterrados à vista dele!

Mas logo Jesus lhes falou, dizendo:

- Tenham melhor ânimo, sou eu!... Não temam!..

E subiu para o barco para estar com eles, e o vento cessou. Ficaram eles entre si atônitos, porque, pouco antes, não haviam compreendido o milagre dos pães; antes, os seus corações pareciam endurecidos...
Releia o ítem 18 de MINISTÉRIO DE LUZ.
65. JESUS EM GENESARÉ

(Marcos 6, vs. 53-56)

Estando já na outra banda, chegaram à terra em Genesaré, onde aportaram. E saindo eles do barco, logo o povo reconheceu Jesus, e, percorrendo toda aquela região, traziam em leitos os enfermos e os levavam para onde ouviam dizer que ele estava...

Onde quer que Jesus entrasse, nas aldeias, nas cidades ou nos campos, colocavam os enfermos nas praças, rogando-lhe que os deixasse tocar ao menos na orla de suas vestes; e quantos a tocavam saíam curados...
66. A MULHER SIRO-FENÍCIA

(Marcos 7, vs. 24-30)

Levantando-se, partiu Jesus dali para as terras de Tiro e Sidom... Tendo entrado numa casa, queria que ninguém o soubesse, no entanto, não pode ocultar-se, porque uma mulher, cuja filhinha estava possessa de um espírito imundo, tendo ouvido a respeito dele, veio e se prostrou aos pés de Jesus.

Esta mulher era grega, de origem siro-fenícia, e rogava que ele expelisse de sua filha o demônio.

Mas Jesus lhe disse:

- Deixe que primeiro se fartem os filhos, porque não é bom tomar o pão dos filhos e lançá-lo aos cachorrinhos!

Ela, porém, lhe respondeu:

- Sim, Senhor... Mas os cachorrinhos, debaixo da mesa, comem das migalhas das crianças!...

Jesus então lhe disse:

- Por causa destas palavras você pode ir; o demônio já saiu de sua filha!...

Voltando ela para casa, achou a menina atirada sobre a cama, pois o espírito imundo a havia deixado.


Rememore ítem 57.
67. A CURA DE UM SURDO E GAGO

(Marcos 7, vs. 31-37)

De novo se retirou Jesus das terras de Tiro, e foi por Sidom até ao mar da Galiléia, através do território de Decápolis.

Então lhe trouxeram um surdo e gago, e lhe suplicaram que impusesse a mão sobre ele...

E Jesus, tirando-o da multidão, a parte, pôs-lhe os dedos nos ouvidos e lhe tocou a língua com saliva; depois, erguendo os olhos para o céu, suspirou e disse:

- Etafá! (Abre-te)

E abriram-se-lhe os ouvidos e logo se lhe soltou o empecilho da língua, começando ele a falar desembaraçadamente...

Mas Jesus ordenou, a ele e os que com ele estavam, que a ninguém o dissessem; contudo, quanto mais recomendava, tanto mais eles o divulgavam.

E maravilhavam-se, sobremaneira, dizendo:

- Tudo ele tem feito esplendidamente bem!... Não somente faz ouvir os surdos, como falar os mudos!...
Veja ítem 71.
68. A SEGUNDA MULTIPLICAÇÃO DOS PÃES

(Marcos 8, vs. 1-10)

Naqueles dias, quando outra vez se reuniu grande multidão, e não tendo eles o que comer, chamou Jesus os discípulos e lhes disse:

- Tenho compaixão desta gente, porque há três dias que permanecem comigo e não tem eles o que comer!... Se eu os despedir para suas casas em jejum, desfalecerão pelo caminho; e alguns deles vieram de longe...

Mas os seus discípulos lhe responderam:

- E como poderá alguém fartá-los de pão neste deserto?...

- Quantos pães vocês tem? - perguntou-lhes Jesus.

- Sete. - responderam eles.

Então Jesus ordenou ao povo que se assentasse no chão... E tomando os sete pães, partiu-os, após ter dado graças, e os deu a seus discípulos para que estes os distribuíssem, repartindo entre o povo.

Tinham também alguns peixinhos; e, abençoando-os, mandou que estes fossem igualmente distribuídos...

E comeram todos e se fartaram; e dos pedaços restantes recolheram sete cestos. Eram cerca de quatro mil pessoas, e então Jesus os despediu.

Logo a seguir, tendo embarcado juntamente com os seus discípulos, partiu ele para as regiões de Dalmanuta...
Releia em MINISTÉRIO DE LUZ o ítem 15, e rememore a Multiplicação.
69. OS FARISEUS PEDEM UM SINAL DO CÉU

(Marcos 8, vs. 11-13)
Este tema será estudado em PARÁBOLAS, ítem 82.
70. JESUS VOLTA PARA O MAR DA GALILÉIA

E CURA MUITOS ENFERMOS

(Mateus 15, vs. 29-31)

Partindo Jesus dali, foi para junto do mar da Galiléia; e, subindo ao monte, assentou-se ali.

E vieram a ele muitas multidões trazendo consigo coxos, aleijados, cegos, mudos e outros muitos, e os largavam junto aos pés de Jesus.

E ele os curou...

De modo que o povo se maravilhou ao ver que os mudos falavam, os aleijados recobravam a saúde, os coxos andavam e os cegos viam!

Então glorificavam ao Deus de Israel!...


71. A CURA DE UM CEGO EM BETSAIDA

(Marcos 8, vs. 22-26)

E então chegaram a Betsaida; e lhe trouxeram um cego, rogando-lhe que o tocasse...

Jesus, tomando o cego pela mão, levou-o para fora da aldeia e, aplicando-lhe saliva aos olhos e impondo-lhe as mãos, lhe perguntou, afinal:

- Vê alguma coisa?

Este, recobrando a visão, respondeu:

- Vejo homens como se árvores fossem; árvores que andam...

Então novamente Jesus lhe pôs as mãos nos olhos, e ele, passando a ver claramente, ficou restabelecido.

Agora a tudo distinguia de modo perfeito.

E Jesus então o mandou para casa, antes recomendando:

- Não entre na aldeia!...


Leia também os ítens 61 e 67, neste capítulo, e depois estude:

*A GÊNESE (Allan Kardec)

Cap. XV, ítens 12 e 13: CEGO DE BETSAIDA

Cap. XV, ítens 24 e 25: CEGO DE NASCENÇA

*O CÉU E O INFERNO (Allan Kardec)

Cap. VIII, EXPIAÇÕES TERRENAS, pág. 351 À 353: FRANCISCA VERNHES e pág. 355 à 358: JOSÉ MAITRE (cegos).

*O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO (Allan Kardec)

Cap. VIII: BEM AVENTURADOS AQUELES QUE TEM PURO O CORAÇÃO, ítem 11: ESCÂNDALOS, e ítens 20 e 21: BEM AVENTURADOS AQUELES QUE TEM OS OLHOS FECHADOS.
72. A CURA DE UM JOVEM POSSESSO

(Marcos 9, vs. 14-29)

Aproximando-se Jesus da multidão, acompanhado de Pedro, João e Tiago (após a transfiguração), viu ele que os escribas discutiam com os demais discípulos.

E logo toda a multidão, ao ver Jesus e tomada de surpresa, correu para ele, saudando-o!...

Então Jesus interpelou os escribas:

- O que é que discutiam com eles?

E um , dentre a multidão, respondeu:

- Mestre... trouxe-lhe meu filho, que está possesso de um espírito mudo. Este, onde quer que o apanhe, o lança por terra e ele espuma, rilha os dentes e vai definhando!... Roguei aos seus discípulos que o expelissem, e eles não puderam fazê-lo!

Então Jesus lhes disse:

- Ó geração incrédula!... Até quando estarei com vocês? Até quando os sofrerei? Tragam-no!

E trouxeram-lhe o jovem. Quando ele viu a Jesus, o espírito imediatamente o agitou com violência, e, caindo ele por terra, revolvia-o, espumando.

Jesus perguntou ao pai do menino:

- Há quanto tempo isto lhe sucede?

- Desde a infância! - respondeu o pai - E muitas vezes o tem lançado no fogo e na água, para matá-lo... Mas, Senhor, se você pode alguma coisa, tenha compaixão de nós e nos ajude!...

Ao que lhe respondeu então Jesus:

- “Se pode alguma coisa”, me diz você!... Mas eu lhe digo que tudo é possível àquele que crê!

E imediatamente o pai do menino exclamou:

- Eu creio!... Ajude-me, no entanto, na minha falta de fé!

Vendo Jesus que a multidão concorria, repreendeu o espírito imundo, assim dizendo:

- Espírito mudo e surdo, eu lhe ordeno: Saia deste jovem e nunca mais torne à ele!...

E o espírito, clamando e agitando-se muito, saiu, deixando-o como se estivesse morto, ao ponto de muitos dizerem:

- Morreu.

Mas Jesus, tomando-o pela mão, o ergueu, e ele se levantou...

Quando entrou em casa, os seus discípulos lhe perguntaram em particular:

- Mestre, por que não pudemos nós expulsá-lo?...

E Jesus respondeu:

- Esta casta de espíritos não sai senão por meio de oração e jejum!


Para entender o tema, estude:

*O LIVRO DOS MÉDIUNS (Allan Kardec)

Cap. XXIII: DA OBSESSÃO

*EVOLUÇÃO EM DOIS MUNDOS (André Luiz)

Cap. XIV: SIMBIOSE ESPIRITUAL

Cap. XV: VAMPIRISMO ESPIRITUAL

*PLENITUDE (Joanna de Ângelis)

Cap.XIII: SOFRIMENTO NO ALÉM-TÚMULO

*MECANISMOS DA MEDIUNIDADE (André Luiz)

Cap. XXIV: OBSESSÃO

*PLENITUDE (Joanna de Ângelis)

Cap. X: TERAPIA DESOBSESSIVA

*O SER CONSCIENTE (Joanna de Ângelis)

Cap. 8, Pág. 117: LIBERTAÇÃO DOS CONTEÚDOS NEGATIVOS

73. A CURA DO FILHO DE UM OFICIAL DO REI




Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal