Dados do evento



Baixar 18.47 Kb.
Encontro14.05.2018
Tamanho18.47 Kb.




Os Travessos na estrada com “Até Ver Você”

O grupo de pagode com mais de 17 anos de carreira mostra ao público

seu recém lançado álbum que esta inteiramente disponível no site oficial
Quem presenciou na década de 90 uma garotada que acabava de sair do grupo Toca do Coelho, criar o grupo de pagode Muleke Travesso, ainda viu o nome ser adaptado para Os Travessos e acompanhou anos depois a mudança do vocalista, talvez não imaginasse que o sucesso seria duradouro até os dias atuais, alcançando o posto de um dos mais respeitados do país, tanto por fãs como pela crítica musical. Mas, esses são Os Travessos, um grupo que não tem medo de mudar para melhorar, sempre que for necessário.

Pois é, com uma experiência que soma mais de 17 anos na estrada, uma vasta discografia que conta com mais de 10 álbuns, conta com praticamente sua formação original, com Edi no baixo, Rodrigão e Chorão na percussão, exceção feita a Filipe Duarte, que assumiu o comando dos vocais e guitarras no ano de 2006, mas já tinha tamanha sintonia com todos, que fez o primeiro show sem teste ou ensaio algum dois dias após a oficialização da entrada.

Bem essa é a breve história do grupo OS TRAVESSOS que está em turnê por todo o país com o recém lançado álbum “Até Ver Você”, que conta com 14 faixas, sendo 6 ineditas e 8 hits com novos arranjos. O atual projeto representa bem a atual fase do grupo não somente pelo fato de ter sido realizado de forma coletiva, desde a escolha do repertorio, arranjos, gravação dos instrumentos e produção, mas também pela qualidade do som, fruto da maturidade e segurança, que somente músicos com tantos anos de estrada alcançam.

Com uma agenda que ultrapassam os 20 shows por mês, a atual turnê permite vários formatos de shows, desde grandes, como em feiras, com um público de 20 mil pessoas, como em bares e pubs, o que permite um contato mais intimista com os fãs. A turnê que teve início no Sul do país, já circulou pelas principais capitais brasileiras e tem resultado em shows memoráveis “Temos um público bem dinâmico, tem os fãs que nos acompanham desde sempre, mas tem também muita gente que vem pelo disco novo”, relata Filipe. “O público já pede pela música nova e isso nos alimenta”, complementa.

O público pode ficar muito mais animado, pois vem novidades boas em breve por aí. “Temos um projeto para gravar um DVD da atual turnê e consagrar a fase atual do grupo”, finaliza.

Bom, é só ficar na torcida por mais uma preciosidade do grupo que sempre busca o melhor para os fãs.


Mais sobre Os Travessos:

A História do grupo de pagode Os Travessos teve início em 1990, quando cinco garotos, da Zona Leste de São Paulo, montaram a Toca do Coelho. Um pouco mais crescidos em 1995, fundaram outro grupo chamado Muleke Travesso.

Em 1996, há uma nova mudança no nome para Os Travessos, finalmente. Neste mesmo período veio a definitiva consagração com o prêmio Crowley Best, pela execução da música Quando A Gente Ama, do CD Nossa Dança. E desde então não o reconhecimento não cessou, a banda conquistou dois discos de platina, 3 discos de ouro, ganhou o prêmio VMB 2000 / MTV, participou do filme Xuxa PopStar, um DVD Ao Vivo gravado em Olimpo/RJ e duas turnês internacionais pelo Estados Unidos e continente africano.

Em 2006 o grupo renovou os ares novamente, depois de fazer parte da banda Br`oz onde conquistou 1 disco de platina, 2 discos de ouro e 1 DVD de ouro, o cantor e compositor Filipe Duarte assumiu os vocais do grupo.

Juntos Filipe, Rodrigao, Edmilson e Chorão, preparam ainda mais novidades para os fãs já acostumados às surpresas e inovações que marcam a carreira de Os Travessos há tantos anos.

Mais sobre cada integrante:
Edi: A bolsa de valores roubou por algum tempo quase levou, Edmilson Salvino, o Edi, baixista do grupo, já que o baixista do Os Travessos trabalhou lá em um período da vida.

Tendo crescido em uma família de músicos se interessou por música desde pequeno, ao acompanhar sua família na igreja, tendo pai, mãe e irmã como músicos do meio gospel.

Aprendeu a tocar violão e baixo sozinho, mas em busca por aprimoramento, realizou o curso teórico da Ordem dos Músicos do Brasil (OMB), se formando em menos de um ano. Antes de ingressar no grupo trocou com um grupo chamado Karisma ÔÔ Bar, localizado no bairro do Bexiga. “Na época era o auge da noite paulistana, era bem legal”, relembra.

Faz uso das redes sociais para manter um relacionamento bem próximo com os fãs.

Considera o primeiro disco de ouro um dos momentos mais marcantes da carreira.

Para agüentar o pique da agenda procura ter pique de atleta, sendo adepto da natação, além de pedalar.

Interesse por área de produção, tendo em 2003, iniciado o projeto C.L. estúdio onde co-produz artistas do mercado independente.
Cada um por Edi:
Drigão: Calmo e sensato nas decisões profissionais e pessoais.

Chorão: Alegre o tempo inteiro, faz todo mundo rir o tempo todo.

Filipe: É a parte criativa do grupo, tanto nas composições, como nos arranjos do show e o mais ansioso de fato.
Filipe: O braziliense Filipe Duarte Machado, também conhecido por Lipe ou Lipão, comanda as guitarras e vocais do grupo. Amante da música desde pequeno só se profissionalizou aos 16 anos e desde então não parou mais, chegou a integrar dois grupos de pagode de Brasília, tendo curiosamente feito a abertura de um show do Os Travessos. Ingressou na faculdade de ropaganda e Marketing, mas trancou para seguir seu sonho, ao se candidatar para um concurso da TV e ingressar para a banda Br`oz, isso lhe rendeu reconhecimento em todo o território nacional, com tal grupo 1 disco de platina, 2 discos de ouro e 1 DVD de ouro.

Ele atribui o sucesso ao longo da carreira a uma qualidade curiosa. “Sempre fui muito observador, então acabei aprendendo sozinho a tocar alguns instrumentos como violão e cavaquinho,percussão“, explica.

Para agüentar a correria dos shows, prefere programas mais tranqüilos com a família nos pouco tempo de folga que possuí.

Possuí musicas gravadas com Perlla, Vanessa Jackson, ExaltaSamba, Belo, além de ser um dos principais compositores do grupo.

Mas, apesar de todo talento sabe que os fãs são a base da carreira de todos artista. “Os fãs são um dos pilares da carreira de todo artista e procuro ter uma relação de muito respeito para com eles. Como forma de gratidão pelo carinho que eles têm comigo”, finaliza.

Cada um por Filipe:

Rodrigão: Um cara do bem, tranquilo e humilde.

Chorão: Uma figura, parceiro e guerreiro.

Edmilson: Um cara focado, talentoso e pé no chão.


Rodrigão: Ademir Rodrigo Luz, popularmente conhecido por Rodrigão, Iniciou a carreira bem cedo, com 10 anos de idade já era integrante do grupo de samba infantil da Zona Leste “Toca do Coelho”, e junto com os demais colegas do conjunto participava de escolas de samba do conhecido “Bloco Maravilha” no qual puxou o samba de enredo durante dois anos.

Um pouco mais tarde em 1990 formou o grupo “Muleke Travesso”, que pertencia ao cast da Sony Music, ao lado de Dado, Micho, Rodriguinho e Vinicius.

Em 1996 formou o grupo “Os Travessos” ao lado de Chorao, Ed, Rodriguinho e Fabinho (in memorian). Estudou teoria musical na ordem dos músicos de 2007 a 2008.
Chorão: Adeilton Alberto Pereira, mas conhecido por Chorão, arranca suspiros por onde passa. Comanda a percussão do grupo Os Travessos desde a formação original que teve origem na década de 90. O que demonstra que começou a carreira bem novinho, já que ele nasceu em 1980.

Como todo bom aquariano é simpático humanitário, honesto, leal, brilhante, independente e intelectual. (Ufa, quantas qualidades!). O público nota bem isso no trabalho que sempre desenvolveu na música, o que hoje lhe rende reconhecimento em todo o território nacional.

Muitos são os motivos para que Os Travessos tenham tanto sucesso, mas Chorão aposta em algumas características bem peculiares. “Somos um grupo muito versátil e gostamos de inovar”, relata.

Daniela Ribeiro – Comunicação & Eventos



imprensa@danielaribeiro.com.br – 11 7745-8212

Acesse: www.danielaribeiro.com.br



Rua Horacio Scrosoppi 187 - Vl. Paulicéia – São Paulo/SP - CEP: 02301-040 – Tel.: (11)2283-5572




Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal