Departamento: Ciências Sociais e Jurídicas curso: Curso de Mestrado e Doutorado em Administração Pública e Governo disciplina: Interpretações do Brasil e o Estado brasileiro Professor: es Luiz Carlos Bresser-Pereira e Ana Cristina Braga Martes



Baixar 50.61 Kb.
Encontro15.04.2018
Tamanho50.61 Kb.



DEPARTAMENTO: Ciências Sociais e Jurídicas
CURSO: Curso de Mestrado e Doutorado em Administração Pública e Governo
DISCIPLINA: Interpretações do Brasil e o Estado brasileiro
Professor:es Luiz Carlos Bresser-Pereira e Ana Cristina Braga Martes
SEMESTRE: 1º./2012
PROGRAMA

OBJETIVOs DA DISCIPLINA

Este curso visa discutir a relação entre sociedade e Estado no Brasil. Na Introdução são discutidos alguns conceitos, e apresentada uma visão geral. Na 1ª Parte, discutiremos as interpretações clássicas do Brasil pré-industrial, ou seja, da Colônia, do Império e da Primeira República. Na 2ª Parte o foco passa para os pactos políticos, ou seja, para as formas pelas quais a sociedade brasileira se organizou politicamente para exercer influência sobre o Estado. Um quadro simples no final do programa resume esses pactos. A todos os pactos se poderia acrescer o adjetivo “nacional”, exceto o pacto Liberal-dependente






Pactos políticos

1930-1959

Desenvolvimentista

1960-1964

Crise econômica e política

1964-1977/84

Burocrático-autoritário

1977/1988

Popular-democrático

1987-1989

(Crise econômica e política)

1990-2005

Liberal-dependente

2006-...

Popular-democrático

Observação.

METODOLOGIA

A aula começará com uma apresentação por um dos professores de 20 minutos. Em seguida, discute-se o texto do dia, que os alunos devem trazer para classe devidamente anotado.

A cada aula, o aluno entregará um paper de aproximadamente três páginas contendo os principais pontos do texto indicado e questões relevantes a serem debatidas em classe.

PROGRAMA

INTRODUÇÃO

Conceitos sociológicos básicos: revolução capitalista, classes sociais, mercantilismo, patrimonalismo, nacionalismo, liberalismo


Bresser-Pereira, Luiz Carlos (2007) “Nacionalismo no centro e na periferia do capitalismo”. Revista Estudos Avançados, 22 (62), janeiro-abril 2008: 171-194. Disponível em www.bresserpereira.org.br

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (2008) Burocracia Pública na Construção do Brasil. Livro em elaboração. Junho 2008. “Introdução” e Cap.1 “Sociedade, burocracia pública e Estado”: 3-28. Disponível em www.bresserpereira.org.br


Conceitos POLÍTICOS básicos: NAÇÃO, sociedade civil, Estado, Estado-nação, democracia, pactos políticos


Bresser-Pereira, Luiz Carlos (2010) “Nação, sociedade civil e a construção política do Estado”, trabalho apresentado ao 7º. Congresso da Associação Brasileira de Ciência Política, Recife, agosto de 2010.

Oszlak, Oscar (1997) La Formación del Estado Argentino, Buenos Aires: Editorial Planeta. Capítulo 1: “Lineamentos conceptuales e históricos”: 15-43.


Leitura Complementar


Bresser-Pereira, Luiz Carlos (2002) “Why did democracy become widespread and consolidated only in the twentieth century?” Trabalho apresentado ao III Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política, Niterói, 29-31 julho 2002. Revisado em setembro de 2007. Disponível em www.bresserpereira.org.br.

Costa, Frederico Lustosa da (2009) “Relações Estado-sociedade no Brasil: representações para uso de reformadores”, Dados Revista Brasileira de Ciências Sociais 52 (1), 2009: 161-200.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (2004 [2009]) Construindo o Estado Republicano. Rio de Janeiro: Editora da Fundação Getúlio Vargas. Tradução de Democracy and Public Management Reform: Building the Republican State (Oxford University Press, 2004)

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (1999) “Sociedade civil: sua democratização para a reforma do estado”. In Luiz Carlos Bresser-Pereira, Jorge Wilheim e Lourdes Sola, orgs. (1999) Sociedade e Estado em Transformação. São Paulo: Editora da UNESP: 67-116.


Visão geral das interpretações e dos pactos políticos


Santos, Wanderley Guilherme dos (1978 [1998]) “A práxis liberal no Brasil”, in W. G. Santos Décadas de Espanto e uma Apologia Democrática, Rio de Janeiro: Rocco: 9-61. Originalmente publicada em W. G. Santos (1978) Ordem Burguesa e Liberalismo Político.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (2003) Desenvolvimento e Crise no Brasil: 1930-2003. Quinta edição. São Paulo: Editora 34. Prefácio à 5ª. edição: 7-23. Disponível em www.bresserpereira.org.br.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (2007) Macroeconomia da Estagnação. São Paulo: Editora 34. Introdução, seção “Ciclos da sociedade e do Estado”: 33-37.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (1982) "Seis interpretações sobre o Brasil". Dados 25(3) 1982: 269-306.


Leitura Complementar


Bourdieu, Pierre (1976 [1983]) “O campo científico”. In Renato Ortiz, org. Pierre Bourdieu - Sociologia. São Paulo: Editora Ática, 1983: 122-155. Publicado originalmente em francês, 1976.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (2004) “Economista ou sociólogo do desenvolvimento” (2004). In Yoshiaki Nakano, José Márcio Rego e Lílian de Toni Furquim, orgs. (2004) Em Busca do Novo: O Brasil e o Desenvolvimento na Obra de Bresser-Pereira. Rio de Janeiro: Editora da Fundação Getúlio Vargas: 509-576

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (2004) Democracy and Public Management Reform: Building the Republican State. Oxford: Oxford University Press. Capítulos: 1, 2 e 3: “Historical forms of state”, “Absolute state and patrimonial administration”, “Liberal state and civil service reform”: 13-40.

Cardoso, Fernando Henrique (1993) “Livros que inventaram o Brasil”. Novos Estudos Cebrap 37: 21-35.

Elias, Norbert (1970) “Processos de formação de Estados e construção de nações”. In Norberto Elias (2006) Escritos e Ensaios 1 – Estado, Processo e Opinião Pública, ensaios organizados por Federifco Neiburg e Leiopoldo Waizbort. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor: 153-165.

Parte 1
INTERPRETAÇÕES CLÁSSICAS DA SOCIEDADE PRÉ-INDUSTRIAL E DO ESTADO BRASILEIRO

Sociedade patriarcal e Estado oligárquico (Gilberto Freyre e Sérgio Buarque de Holanda [1930s])


Freyre, Gilberto (1933) Casa Grande e Senzala. Rio de Janeiro: Editora Record. Primeira edição, 1933. Capítulo 1: "Características Gerais da Colonização …": 4-87.

Buarque de Holanda, Sérgio (1936-67) Raízes do Brasil. Rio de Janeiro: José Olympio Editora, 1987 (1a. edição, 1936; 5a. edição – texto definitivo, 1967) Capítulo 4 (“O semeador e o ladrilhador”): 61-100; e Capítulo 5 ("O Homem Cordial":): 101-112.

Bastos, Elide Rugai (2005) As Criaturas de Prometeu. São Paulo: Editora Global e Fundação Gilberto Freyre. Capítulo 1: “O mito Gilberto Freyre; Autobiografia”: 18-37; Seção do Capítulo 3: “Nacionalismo”: 68-72; Capítulo 4: “Patriarcalismo”: 80-108.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (2008) Burocracia Pública na Construção do Brasil. Junho 2008. Cap. 2 “Sociedade patriarcal e mercantil”: 31-44.


Leituras Complementares


Reis, José Carlos (1999) As Identidades do Brasil 1. Rio de Janeiro: Editora Fundação Getúlio Vargas: Capítulo “O Reelogio da Colonização Portuguesa”: 51-82.

Reis, José Carlos (1999) As Identidades do Brasil 1. Op. Cit. Capítulo “A Superação das Raízes Ibéricas”: 115-143.

Ribeiro, Darcy (1970) As Américas e a Civilização. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira. Capítulo V: “Os brasileiros”: 241-332 (excluir: 287-296).

Sociedade patriarcal-mercantil (Caio Prado Jr.[1930s],


Prado Jr., Caio (1945) História Econômica do Brasil. São Paulo: Brasiliense, 1956. Primeira edição, 1945. Capítulos 1 a 3: 9-28.

Prado Jr., Caio (1933 [1957])) Evolução Política do Brasil e Outros Estudos. São Paulo: Editora Brasiliense, 2o. Edição, 1957. Capítulo 1: “A Colônia”: 7-30.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (1988) "De volta ao capital mercantil. Caio Prado Jr. e a crise da Nova República". In Maria Angela D'Incao, org. História e Ideal: Ensaios sobre Caio Prado Jr.. São Paulo: Editora Brasiliense, 1988: 279-297.

Leitura Complementar


Prado Jr., Caio (1942[1957]) Formação do Brasil Contemporâneo, São Paulo: Editora Brasiliense, quinta edição 1957. Primeira edição, 1942.

D'Incao, Maria Ângela (1989) História e Ideal: Ensaios sobre Caio Prado Jr.. São Paulo, Editora Brasiliense.


Latifúndio auto-suficiente e dualidade (Ignacio Rangel e Celso Furtado [1950S])


Rangel, Ignácio M. (1981) “A história da dualidade brasileira”. Revista de Economia Política, 1(4): 5-34.

Furtado, Celso (1966) Subdesenvolvimento e Estagnação na América Latina. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira. Cap. 3 - “Fatores estruturais internos que impedem o desenvolvimento”: 49-89.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos & José Márcio Rego (1993) "Um mestre da economia brasileira: Ignácio Rangel". Revista de Economia Política 13(2): 98-119.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (2001) “Método e paixão em Celso Furtado”.In Bresser-Pereira e José Márcio Rego, orgs. (2001) A Grande Esperança em Celso Furtado. São Paulo: Editora 34: 19-43 (25pp).


Leitura Complementar


Furtado, Celso (1959) Formação Econômica do Brasil. Rio de Janeiro, Fundo de Cultura.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (2008) Burocracia Pública na Construção do Brasil. Junho 2008. Cap. 3 Início e Seção “Surge a burocracia moderna: 1930-45”): 45-54.

Rangel, Ignácio M. (1953 [1957]) A Dualidade Básica da Economia Brasileira. Rio de Janeiro: ISEB, Instituto Superior de Estudos Brasileiros, 1957. Escrito em 1953.

Sociedade patriarcal e Estado patrimonial (Raymundo Faoro 1950s)


Faoro, Raymundo (1957/75) Os Donos do Poder. Porto Alegre/São Paulo: Editora Globo e Editora da Universidade de São Paulo, 1975. Primeira edição, 1957, segunda edição revista, 1975. Capítulo Final: “A Viagem Redonda: Do Patrimonialismo ao Estamento”: 733-750.

Mello e Souza, Laura (1999) “Os Donos do Poder". In Lourenço Dantas Mota, org. Introdução ao Brasil: um Banquete no Trópico. São Paulo: Editora Senac, 1999: 335-355.


Leituras Complementares


Bosi, Alfredo (2006) “Faoro, leitor de Machado”. In Alfredo Bosi (2006) Brás Cubas em Três Versões. São Paulo: Companhia das Letras: 53-103.

Alencastro, Luiz Felipe (2000) O Trato dos Viventes. São Paulo: Companhia das Letras.

Reis, José Carlos (1999) As Identidades do Brasil 1. Op. Cit. Capítulo “A Reconstrução Crítica do Sonho de Emancipação e Autonomia Nacional”: 173-201.

Construção da nação e Estado autoritário (Oliveira Viana, 1910s e 1920s)


Oliveira Vianna, Francisco J. ([1949] 1987) Instituições Políticas do Brasil. Belo Horizonte: Editora Itatiaia, Editora da Universidade de São Paulo, Universidade Federal Fluminense, 1987. Primeira edição: 1949. Volume 2, Cap.4: “Populações e a Metodologia Sociológica”: 69-94.

Vianna, Luiz Werneck (1991) “Americanistas e iberistas: a polêmica de Oliveira Vianna com Tavares Bastos”, Dados, 34 (2): 145-190..


Leitura Complementar


Almeida, Maria Hermínia Tavares de (1999) “Oliveira Vianna: Instituições Políticas do Brasil”. In Lourenço Dantas Motta, org. (1999): 293-412.

Bonfim, Manoel (1905 [1993]) A América Latina. Rio de Janeiro: Topbooks Editora, 1993 (primeira edição, 1905). Primeira parte: “A Europa e a América Latina”: 37-50; Segunda parte: “Parasitismo e degeneração”: 51-66.

Reis, José Carlos (2006) As Identidades do Brasil 2. Rio de Janeiro: Editora da Fundação Getúlio Vargas. Capítulo “Manoel Bonfim e o sonho da república soberana e democrática”: 183-232.

Oliveira, Franklin de (1993) “Manoel Bonfim, o nascimento de uma nação”. Prefácio de Manoel Bonfim (1905 [1993]) A América Latina. Rio de Janeiro: Topbooks Editora: 21-28.

Pain, Antonio (1987) “Oliveira Vianna e o Pensamento Autoritário no Brasil”. In Oliveira Vianna (1987) Instituições Políticas do Brasil: 165-183.

Brandão, Gildo Marçal (2007) Linhagens do Pensamento Político Brasileiro. São Paulo: Editora Hucitec. Capítulo 2: “O programa de pesquisas conservador” (Oliveira Vianna): 68-102.


Parte 2:
PACTOS POLÍTICOS NO SÉCULO XX

Pacto Desenvolvimentista (Guerreiro Ramos E Hélio Jaguaribe – ISEB [1950s]): 1930-1959


Guerreiro Ramos, Alberto (1955) “A problemática da realidade brasileira”. In Guerreiro Ramos et al. (1956) Introdução aos Problemas Brasileiros. Rio de Janeiro: Instituto Superior de Estudos Brasileiros - ISEB. Aula inicial do curso do ISEB, “Estrutura Atual e Perspectivas da Sociedade Brasileira”, 1955. Republicado in Guerreiro Ramos (1960) O Problema Nacional do Brasil. Rio de Janeiro: Editora Saga: 79-99.

Jaguaribe, Hélio (1962) Desenvolvimento Econômico e Desenvolvimento Político. Rio de Janeiro: Fundo de Cultura. Capítulos 3 e 4 do Livro Segundo (“O Processo de Desenvolvimento” e “As Alternativas do Nosso Tempo”): 143-213.

Weffort, Francisco C. (2006) Formação do Pensamento Político Brasileiro. São Paulo: Editora Ática. Cap.13 “Desenvolvimento e burocracia: Helio Jaguaribe e os primeiros anos do ISEB”.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (2008) Burocracia Pública na Construção do Brasil. Junho 2008. Cap. 3 Seção “Nacional desenvolvimentismo vitorioso: 1945-60”: 54-71.


Leituras Complementares


Jaguaribe, Hélio (1955) “A sucessão presidencial”. Cadernos do Nosso Tempo, n°.4, abril-agosto 1955: 1-23.

Jaguaribe, Hélio (1956) “O problema do desenvolvimento econômico e a burguesia nacional”. São Paulo: FIESP – Fórum Roberto Simonsen, 1956. Conferência pronunciada em 11 de maio de 1956.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (2003) Desenvolvimento e Crise no Brasil: 1930-2003. Quinta edição. São Paulo: Editora 34. Cap.4 “Desenvolvimento político e crise do pacto popular-nacional”: 99-122.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (2004) “O conceito de desenvolvimento do ISEB rediscutido”. Dados – Revista de Ciências Sociais 47 (1), 2004: 49-84.

“Os três momentos de Hélio Jaguaribe” (1999). In Alberto Venâncio Filho, Israel Klabin e Vicente Barreto, orgs. (2000) Estudos em Homenagem a Helio Jaguaribe. São Paulo: Editora Paz e Terra,2000: 237-246.

Pacto Burocrático-autoritário: 1964-1977


Bresser-Pereira, Luiz Carlos (2003) Desenvolvimento e Crise no Brasil: 1930-2003. Quinta edição. São Paulo: Editora 34. Cap.7 “Crescimento econômico e pacto burocrático-autoritário”: 157-166.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (2008) Burocracia Pública na Construção do Brasil. Livro em elaboração. Junho 2008. Disponível em www.bresserpereira.org.br. Cap.4 “Burocracia pública no poder”: 61-70.

Furtado, Celso (1966) Subdesenvolvimento e Estagnação na América Latina. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira. Cap. 1 “Em busca de uma ideologia do desenvolvimento”: 1-18; Cap.2: “Obstáculos externos ao desenvolvimento”: 19-48.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (1973) "O novo modelo brasileiro de desenvolvimento". Dados 11: 122-145.


Leitura complementar

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (1970 [2003]) "Dividir ou multiplicar? A distribuição da renda e a recuperação da economia brasileira". Visão, 21 de novembro, 1970. Republicado em Bresser-Pereira (2003) Desenvolvimento e Crise no Brasil 5ª. edição: 168-178. Disponível em www.bresserpereira.org.br.

Tavares, Maria da Conceição e José Serra (1971 [1972]) “Além da Estagnação”. In Maria da Conceição Tavares (1972) Da Substituição de Importações ao Capitalismo Financeiro. Rio de Janeiro: Zahar. Publicado originalmente em espanhol em 1971.

Furtado, Celso (1972) Análise do ‘Modelo’ Brasileiro. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira. Capítulo 1 com o mesmo título: 7-79.

Furtado, Celso (1992) Brasil: a Construção Interrompida. São Paulo: Editora Paz e Terra. Capítulo 1: “A ordem mundial emergente e o Brasil”: 11-36.

Bacha, Edmar L. (1973) “Sobre a dinâmica de crescimento da economia industrial subdesenvolvida”. Pesquisa e Planejamento Econômico 3(4) dezembro, 1973.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (1975) "A economia do subdesenvolvimento industrializado". Estudos CEBRAP 14: 35-77. Reproduzido em Estado e Subdesenvolvimento Industrializado. São Paulo: Editora Brasiliense,1977.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (1977) Estado e Subdesenvolvimento Industrializado. São Paulo: Editora Brasiliense,1977.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (1978) "Empresas multinacionais e interesses de classe". Encontros com a Civilização Brasileira n.4, outubro 1978. 11-29. Disponível em www.bresserpereira.org.br.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (1977) Estado e Subdesenvolvimento Industrializado. São Paulo: Editora Brasiliense.

Crítica dos dois pactos anteriores: teoria da dependência (Fernando Henrique Cardoso e Ruy Mauro Marini [1960s e 1970s])


Frank, Andre Gunder (1966) “The Development of Underdevelopment”. In Robert I. Rhodes (1970) Imperialism and Underdevelopment: a Reader. New York: Monthly Review Press: 4-17. Paper originalmente publicado em Monthly Review 18(4) 1966.

Cardoso, Fernando Henrique e Enzo Faletto (1969) Dependência e Subdesenvolvimento na América Latina. São Paulo: Difusão Européia do Livro, 1970. Publicado originalmente em espanhol, 1969. Capítulo 6: “Internacionalização do Mercado: O Novo Caráter da Dependência”: 114-138.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (2005) “Do ISEB e da CEPAL à teoria da dependência”. In Caio Navarro de Toledo, 50 Anos do ISEB (2005), Rio de Janeiro: Editora Revan: 201-232.

Leitura complementar

Marini, Ruy Mauro (1973) Dialéctica de la Dependencia. México: Ediciones Era.

Prado Jr., Caio (1966) A Revolução Brasileira. São Paulo: Editora Brasiliense.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (1963) "O empresário industrial e a Revolução Brasileira". Revista de Administração de Empresas 2(8):11-27.

Cardoso, Fernando Henrique (1963) Empresário Industrial e Desenvolvimento Econômico. São Paulo: Difusão Européia do Livro, 1964. São Paulo: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, Tese de Livre-Docência, novembro de 1963. Capítulo V: “Política e ideologia: burguesia industrial” e Conclusão: 159-188

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (1968/2003) Desenvolvimento e Crise no Brasil: 1930-2003. Quinta edição. São Paulo: Editora 34: Cap. 4: “Desenvolvimento político e crise do pacto popular-nacional”.

Pacto Popular-democrático de 1977 e das “Diretas Já”: 1977-1988


Bresser-Pereira, Luiz Carlos (1978) O Colapso de uma Aliança de Classes. São Paulo: Editora Brasiliense. Capítulo 1 “Os pressupostos teóricos” e 14 “A ruptura de uma aliança de classes”: 15-21 e 125-131.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (1983 [2003]) Desenvolvimento e Crise no Brasil: 1930-2003. Quinta edição. São Paulo: Editora 34. Cap.10. “Pacto popular e transição democrática”: 203-224. Originalmente publicado em Development and Crisis in Brasil: 1930-1983, Boulder: Westview Press.


Leitura Complementar


Bresser-Pereira, Luiz Carlos (2007) Burocracia Pública na Construção do Brasil, Junho 2008. Cap. 5 “Transição democrática”: 85-89.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (1983) "Os limites da ‘abertura’ e a sociedade civil”, Revista de Administração de Empresas 23(4) outubro 1983: 5-14.


Pacto Liberal-dependente e consenso de Washington: 1990-2005


Sallum Jr., Brasilio (2000) “O Brasil sob Cardoso: neoliberalismo e desenvolvimento”. Tempo Social, Revista de Sociologia da USP, 11 (2): 23-48.

Vianna, Luiz Werneck (1995) “O coroamento da Era Vargas e o fim da História do Brasil”, Dados 38 (1): 163-172.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (2006) “O novo desenvolvimentismo e a ortodoxia convencional”, São Paulo em Perspectiva 20(3) junho 2006: 5-24.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (1990 [1991]) "A crise da América Latina: Consenso de Washington ou crise fiscal?". Pesquisa e Planejamento Econômico 21(1) abril 1991: 3-23. Aula Magna no XVIII Congresso da ANPEC (Associação Nacional de Pós-Graduação em Economia), Brasília, 4 de dezembro 1990: 3-23.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (2007) Macroeconomia da Estagnação. São Paulo: Editora 34. Cap. 10 “Coalizões políticas”: 255-278.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (2007) Burocracia Pública na Construção do Brasil. Julho 2008. Cap. 7 “Pacto Liberal-Dependente”: 83-94.


Leitura complementar

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (1993 [1996]) “Reformas econômicas e crescimento econômico: eficiência e política na América Latina”. In Bresser-Pereira, Maravall e Przeworski (1996) Reformas Econômicas em Novas Democracias. São Paulo: Editora Nobel: 27-82. Originalmente publicado em inglês, 1993.

Um novo Pacto Popular-democrático a partir de 2006?


Bresser-Pereira, Luiz Carlos e Eli Diniz (2009) “Empresariado industrial, democracia e poder político”, Novos Estudos CEBRAP 84, julho 2009: 83-100.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (2000) “Da política de elites à democracia de sociedade civil”, in João Paulo dos Reis Velloso, org., Brasil 500 anos. Futuro, Presente, Passado. Rio de Janeiro: José Olympio Editora, 2000: 517-538.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (2008) Burocracia Pública na Construção do Brasil. Julho 2008. Cap 9 “Um novo pacto nacional e democrático?” e “Conclusão”: 106-122.

Leitura Complementar


Avritzer, Leonardo (2002) Democracy and the Public Space. Princeton: Princeton University Press.

Santos, Boaventura de Souza and Leonardo Avritzer (2002) “Para ampliar o cânone democrático”. In Santos, Boaventura de Souza, org. (2002) Democratizar a Democracia. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira: 39-82.


A sociedade brasileira e a Reforma Gerencial de 1995


Bresser-Pereira, Luiz Carlos (1996) “Da administração pública burocrática à gerencial”. Revista do Serviço Público 47(1): 7-40.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (2007) Burocracia Pública na Construção do Brasil. Julho 2008. Cap. 8 “Reforma gerencial em um quadro adverso”: 95-105.


Leitura complementar

Ministério da Administração Federal e Reforma do Estado – MARE (1995) Plano Diretor da Reforma do Aparelho do Estado. Brasília: Imprensa Nacional, novembro 1995. Plano aprovado pela Câmara da Reforma do Estado da Presidência da República em setembro de 1995. Disponível em www.bresserpereira.org.br.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (1998) Reforma do Estado para a Cidadania. S.Paulo: Editora 34.

Bresser-Pereira, Luiz Carlos (1997) “Estratégia e estrutura para um novo Estado”. Revista de Economia Política 17(3): 24-38.
Sítios da internet a serem utilizados:

www.bresserpereira.org.br



critérios de AVALIAÇÃO

Trabalho Semestral: 50% - Trabalho sobre o tema do curso.

Participação: 30% - Avaliação do professor.

Prova Final: 20% - Duas perguntas gerais.




Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal