Determinação de concentração de proteína pelo método do biureto



Baixar 27.6 Kb.
Encontro22.01.2018
Tamanho27.6 Kb.

Determinação de concentração de proteína pelo método do Biureto
Material
- Solução padrão de proteína: Albumina, Sigma-Aldrich (2,0 mg/mL de tampão)

- Solução de proteína de concentração desconhecida, para análise

- Solução de aminoácido (0,1 M)

- 8 tubos de ensaio

- 2 pipetas Pauteur descartáveis

- 2 cubetas de plástico (1 cm de caminho ótico)


Procedimentos e Resultados
1) Numere os tubos de 1 a 8.
2) De acordo com as tabelas abaixo, pipetar:

(A) Solução padrão de proteína ou proteína para análise*

(B) Tampão

(C) Biureto

*No tubo 8, será adicionada uma solução de aminoácido.


Tubo

Solução Padrão

(μL)


Tampão (μL)

Biureto

(μL)


Abs

[Proteína] (mg/mL)

1

0

2000

1000







2

200

1800

1000







3

400

1600

1000







4

700

1300

1000







5

1000

1000

1000










Tubo

Proteína para análise (μL)

Tampão (μL)

Biureto

(μL)


Abs

[Proteína] (mg/mL)

6







1000







7







1000







8







1000







5) Deixe a reação ocorrer por, pelo menos, 10 minutos (a solução final é estável por cerca de 3 horas).


6) Leia a absorbância das amostras em 540 nm. Anote os resultados na tabela acima.
7) Faça um gráfico da Abs540 em função da concentração de Albumina (curva padrão, obtida com as amostras 2 a 5).
8) Determine a concentração das amostras de concentração desconhecida pela curva padrão.
*Lembre-se de sempre anotar todos os resultados obtidos e todas as suas observações.
Responda:

1) Ocorreu reação entre o reagente de biureto e todas as amostras em análise?


2) Em caso afirmativo e em caso negativo, descreva o que foi observado.

Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal