Dhv fbo designação



Baixar 28.28 Kb.
Encontro27.04.2018
Tamanho28.28 Kb.

DHV FBO




Designação
CARACTERÍSTICAS DOS MATERIAIS EM REVESTIMENTOS BETUMINOSOS


ESPECIFICAÇÃO

TÉCNICA
ET ECC 121



CONSTRUÇÃO CIVIL

Versão: _01.2003



I   Sub Bases em Saibro

1. CARACTERÍSTICAS DOS MATERIAIS


Os materiais a aplicar devem ser constituídos por saibros de boa qualidade, isentos de matéria orgâ­nica ou quaisquer outras substâncias que prejudiquem a homogeneidade devendo obedecer às se­guintes características mínimas:

· Limite de liquidez máximo 25

· Índice de plasticidade máximo 6

· Equivalente em areia mínimo 25 ou CBR mínimo a 95% de compactação 30

· Percentagem máxima passada no peneiro nº 200 12

II   Bases em "Tout Venant"

1. CARACTERÍSTICAS DOS MATERIAIS

1.1. CARACTERÍSTICAS GERAIS


Distinguem se dois tipos de materiais:

a) Naturais, solos constituídos por seixo, areia natural e par­tículas finais passando no penei­ro nº 200 ASTM.

Estes materiais não devem conter matérias orgânicas em per­centagem superior a 2% nem torrões argilosos;

b) Artificiais, constituídos por produtos de britadeira: brita, areias e finos.

A brita será dura, inalterável aos agentes atmosféricos, de arestas vivas e faces de fractura recente e isenta de materiais estranhos; será rejeitada a brita em que se note indícios de alte­ração ou desagregação, pela acção alternada de molha­gem e secagem ou gelo e degelo.

Será igualmente rejeitada a brita que apresente mais de 15% de elementos achatados ou alongados (relação entre a maior e a menor dimensão igual ou superior a 2).


1.2. GRANULOMETRIA


Tanto quanto possível a granulometria deve corresponder a um dos sub tipos A, B, C, D, E ou F, indicados no Quadro I da Especificação do LNEC E 242 (Solos e Agregados).

Os afastamentos que se verifiquem serão corrigidos de acordo com as indicações da Fiscalização.

A maior dimensão dos elementos grossos não poderá exceder 2/3 da espessura de cada uma das ca­madas depois de compactadas.

1.3. ENSAIO DE DESGASTE


Os elementos grossos, no ensaio de desgaste de Los Angeles, não poderão ter um desgaste supe­rior a 50% ao fim de 500 rotações, ou, no caso de materiais lacteríticos, superior a 65%.

1.4. LIMITES DE CONSISTÊNCIA


A fracção que passe no peneiro nº 40 ASTM deverá apresentar, os seguintes valores:

· Limite de liquidez £ 25

· Índice de plasticidade £ 6

No caso de materiais lacteríticos poderão adoptar se os seguin­tes valores desde que a expansibilida­de não exceda 10%:

· Limite de liquidez £ 40

· Índice de plasticidade £ 15


1.5. EQUIVALENTE DE AREIA


Salvo indicação em contrário do Projecto ou das Condições Técnicas Especiais o equivalente de areia será:

· Tráfego pesado > 50

· Tráfego médio e ligeiro > 30

1.6. TEOR DE HUMIDADE


Salvo indicação em contrário, o teor de água dos materiais du­rante o espalhamento e compactação deverá ser sensivelmente igual ao valor óptimo referido ao ensaio de compactação pesada.
III   Camada de Desgaste em Betão Betuminso

1. CARACTERÍSTICAS DOS MATERIAIS

1.1. CARACTERÍSTICAS GERAIS


As partículas dos agregados devem ser limpas, rijas e duráveis, com boa adesividade aos aglutinan­tes, sem excesso de elementos lamela­res ou alongados, isentos de elementos brandos ou desagrega­dos, de ar­gila ou de qualquer outra substância prejudicial.

1.2. GRANULOMETRIA


Deverá obedecer ainda às seguintes prescrições:

· Granulometria: Deverá ser do tipo 0/14 mm e obedecer ao espe­cificado no Quadro se­guin­te:



PENEIRO ASTM

PERCENTAGEM ACUMULADA DE MATERIAL QUE PASSA

16,0     mm (3/4" )

100

12,5     mm (1/2" )

80 - 95

9,5     mm (3/8" )

70 - 90

4,75   mm (nº 4)

50 - 70

2,00   mm (nº 10)

32 - 46

0,425 mm (nº 40)

16 - 27

0,180 mm (nº 80)

9 - 18

0,075 mm (nº 200)

6 - 10

· Percentagem de desgaste na máquina de Los Angeles < 25

· Percentagem de material britado > 40

· Equivalente de areia da mistura de agregados sem a adição de filer > 60%

· Coeficiente de polimento acelerado > 0,45


1.3. VALORES LIMITES


O betão betuminoso deverá obedecer aos seguintes valores limi­tes:

· Força de rotura Marshall (kg) > 500

· Porosidade 3 6

· Grau de saturação em betume (%) 75 85



· Deformação (mm) < 3,5

1.4. REGA DE COLAGEM


Devem aplicar se emulsões catiónicas rápidas.

/4


Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal