Diretoria de ensino



Baixar 451.81 Kb.
Página1/7
Encontro13.04.2018
Tamanho451.81 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7







D
IRETORIA DE ENSINO

APRESENTAÇÃO


As ações propostas e desenvolvidas durante o ano de 2000 visavam responder às necessidades e expectativas da comunidade interna do CEFET-GO, bem como, da comunidade externa quanto à expansão e melhoria da qualidade do ensino ministrado.
Assim, cada vez mais, amplia-se as responsabilidades e as atividades da Diretoria de Ensino no que concerne a sua atuação no processo de acumulação de conhecimentos e de renovação de métodos de ensino, buscando todavia, inseri-la num contexto maior das transformações que estão ocorrendo no mundo e na nossa sociedade.
Nesse sentido, é fundamental uma constante e estreita interação das atividades desenvolvidas pela Diretoria de Ensino com as várias Diretorias e Gerências da Instituição em todos os seus aspectos.
Planejar, administrar a sede, oferecer cursos, estabelecer contato com a comunidade externa, construir para melhorar e adequar o espaço físico da Escola, são atividades relacionadas ao ensino-aprendizagem.
E, embora sabendo que as atividades de ensino envolvem a Instituição como um todo, relataremos, resumidamente, o trabalho desenvolvido pela DE no ano de 2000.

  • atendimento da comunidade interna (pessoal discente, docente e técnico-administrativo);

  • atendimento da comunidade externa (pais de alunos, autoridades e visitantes);

  • expedição de correspondências e documentos em geral;

  • acompanhamento, junto às Gerências e Coordenações, da execução do PGG/2000;

  • acompanhamento e colaboração no desenvolvimento das atividades das Gerências de Ensino, das Coordenações Técnico-Pedagógica, de Registros Escolares e de Assistência ao Estudante, da Biblioteca, bem como, das Coordenações de Cursos e Áreas;

  • estruturação da Comissão de Seleção/2000, participação em algumas reuniões e colaboração nos processos seletivos realizados no ano;

  • análise e parecer em processos administrativos e pedagógicos;

  • apreciação, estudo e/ou elaboração de documentos que visem alterações didático-pedagógicas ou administrativas;

  • participação nas reuniões do Grupo de Direção, do Conselho Superior, Conselho Técnico-Pedagógico, das Gerências de Áreas e Caixa Escolar.

É impossível conceber o processo ensino-aprendizagem dentro de uma ótica estática. E, exatamente por isso, grande parte do trabalho realizado pela Diretoria de Ensino pode ser chamado de eventual ou não rotineiro, como:



  • organização e participação nas reuniões de Pais de alunos do 1º Ano;

  • participação nos Conselhos de Análises dos 1ºs anos;

  • organização de reuniões com os Professores, Gerentes e Coordenadores;

  • participação em reuniões da CPPD;

  • participação em reuniões com o Grêmio Estudantil;

  • apoio às atividades artístico-culturais desenvolvidas pelos diversos segmentos da Escola;

  • acompanhamento do processo de inscrição do vestibular da UNB: Programa de Avaliação Seriada (PAS);

  • definição de necessidades de contratações de professores substitutos ou definitivos e colaboração para a realização dos processos seletivos com vistas à manutenção das atividades de ensino.


GERÊNCIA EDUCACIONAL DE APOIO AO ENSINO
A Gerência Educacional de Apoio ao Ensino (GEAE) tem sob a sua responsabilidade as seguintes Coordenações:


  • Coordenação Técnico-Pedagógica

  • Coordenação de Registros Escolares

  • Coordenação de Assistência ao Estudante e Servidores

  • Coordenação de Turnos

  • Coordenação da Biblioteca

  • Coordenação de Ambiente e Equipamentos de Uso Comum e Recursos Didáticos.

A atuação da Gerência junto aos Setores a ela subordinadas foi no sentido de manter o funcionamento das atividades rotineiras, não tendo sido desenvolvido nenhum projeto especial, dadas as circunstâncias do período por que passou a Instituição neste período. Neste sentido, a Gerência participou de Reuniões, fez gestão junto a servidores, e implementou orientações oriundas da Diretoria.


A principal atividade da Gerência consistiu na promoção da Reforma da Educação Profissional e do Ensino Médio, incluindo a Reestruturação dos Currículos dos Cursos Técnicos e do Ensino Médio por Competências e Módulos, bem como a sua operacionalização.
Neste sentido, o Gerente participou dos seguintes eventos promovidos pelo MEC/SEMTEC:

  • Seminário sobre o Ensino Médio, em São Paulo, Seminário Nacional da Educação Profissional, em Brasília; Seminário Internacional de Educação Profissional, também em Brasília;

  • VIII Oficina Pedagógica de Ensaios Curriculares, na cidade de Cuiabá-MT;

  • treinamento para inserção dos Currículos no Sistema Integrado de Educação Profissional e Cadastro Nacional de Cursos Técnicos, em setembro/2000, no CEFET-SP, ficando o treinando responsável pelo Cadastro da sua Unidade Escolar, inserção dos Currículos no Sistema e Suporte a outras Unidades Escolares do Estado;

  • e de reuniões Técnicas do Conselho Nacional de Educação, em Brasília.

Entre as atividades de atualização, o Gerente participou dos seguintes eventos:



  • PENSAR XXI - Congresso e Feira de Educação, realizado em Goiânia.

  • Seminário Goiano de Educação Profissional promovido pela Secretaria Estadual da Educação, realizado em novembro na cidade Goiânia-GO .

  • Jornada de Educação à Distância, promovido pela UFG.

  • Curso de Especialização em Educação a Distância, oferecido pela UnB.

Quanto às atribuições pertinentes à Gerência foram desenvolvidas e realizadas várias ações competentes a mesma e em destaque a redistribuição do espaço físico da Diretoria de Ensino, incluindo os terminais de computadores para o atendimento da Coordenação de Turnos e para suporte às atividades do Professor (principalmente quanto ao lançamento de notas), são urgentes e melhorariam sensivelmente o atendimento dispensado a Professores e Alunos, além de diminuir significativamente o tempo dispendido na impressão de material de suporte às atividades da DE e da Coordenação de Turnos.


Automatizando-se estas informações, Diretor de Ensino, Gerente e Coordenador de Turno poderiam dedicar seu tempo a um atendimento de melhor qualidade a Professores e Alunos, voltando suas atenções para aspectos didático-pedagógicos, para atividades de planejamento e de antecipação a problemas que poderiam ser, perfeitamente, evitados.
Corrigindo-se, a excessiva instabilidade dos horários dos professores e a tradicional, porém, injustificada cultura do “atraso no cumprimento de prazos e da não observância de obrigações rotineiras” por parte do Corpo Docente, o trabalho de operacionalização do processo ensino-aprendizagem, executado pelo Setor poderia dar um salto de qualidade.
Sem os dois fatores acima citados - condições tecnológicas e compromisso institucional – a qualidade dos serviços prestados é imediatamente posta em xeque perante alunos, professores, pais e sociedade em geral, denegrindo, em última instância a própria imagem da Instituição.

COORDENAÇÃO TÉCNICO-PEDAGÓGICA

A Coordenação Técnico Pedagógica, cuja função principal é mediar as relações entre alunos e professores, objetivando facilitar a aprendizagem e colaborar com os professores, orientando-os sobre metodologia de planejamento, aula e avaliação, composta por 06 (seis) pedagogos, apresenta o resumo do plano de trabalho e das atividades realizadas ao longo do ano 2000, meios utilizados para consecução dos objetivos propostos por esta Coordenação. Nosso objetivo geral é oferecer um serviço de qualidade para a comunidade interna e externa e um trabalho preventivo, evitando os desvios no decorrer do processo educativo.


Dentre as nossas atividades desenvolvidas durante o ano de 2000 podemos destacar:

  • a promoção e acompanhamento de reuniões com os pais de alunos, Coordenadores de Curso e com os representantes de turma para tratar de assuntos relativos a elaboração curricular do Ensino Médio e outros; com os alunos para explicar o Sistema de Avaliação do CEFET-GO;

  • Planejamos e organizamos os trabalhos para realização das provas de suficiência, para alunos de todos os turnos - 1os 2os e 3os anos e pós-médio, onde foram inscritos 196 (cento e noventa e seis) alunos e 38 (trinta e oito) foram aprovados e dispensados da disciplina;

  • fizemos estudos do documento sobre a reforma do Ensino, enviado pelo MEC e recebemos os Programas de Disciplinas para serem inseridos no Sistema da GTI;

  • estudamos, planejamos, elaboramos e entregamos a Proposta Pedagógica do Ensino Médio para o MEC;

  • coordenamos e participamos, com o apoio dos Coordenadores das Áreas, da elaboração da proposta da Organização Didática para o Ensino Médio e para a Educação Técnica e Tecnológica, considerando os PCNs e LDB;

  • avaliamos o curso de Mineração, solicitada pelo Coordenador do curso, com alunos do referido curso;

  • planejamos, coordenamos e avaliamos: o Curso de Verão realizado em janeiro/2000, para alunos reprovados em matemática e física; os Pré-Conselhos; e os Conselhos de Análise realizados no CEFET-GO;

  • fizemos o levantamento de Opção dos alunos matriculados na segunda série do Ensino Técnico e Médio;

  • participamos em comissões como: bancas examinadoras, seminários de Avaliação de Estágios, Encontro de Egressos e organização e realização da Semana Pedagógica;

  • realizamos trabalhos de orientação e integração com várias turmas, somando um número de 320 (trezentos e vinte) alunos. Selecionamos o texto: O Patinho que não Aprendeu a Voar de Rubem Alves, o vídeo a Visão do Futuro e Como Estudar (texto/orientação).

A COTEPE no ano de 2000 encaminhou vários processos com pareceres desta Coordenação sobre diversos assuntos como: reposição de provas; transferência de turno; trancamento de matrícula; dispensa de disciplina; justificativa de faltas; reabertura de matrícula; pedido de não jubilamento; revisão de provas, notas e trabalhos; solicitação de vaga no CEFET-GO; para cursar dependência; transferências de outras Instituições; efetuação de matrícula atrasada; licença maternidade; intercâmbio cultural; e Outros.


Capacitação de recursos humanos
Dando ênfase a capacitação de recursos humanos a equipe da COTEPE procurou no ano de 2000 participar de vários cursos e palestras que trouxessem inovações para a área e consequentemente ao CEFET-GO.
Prestação de serviços a comunidade
Nas nossas atividades em 2000, no horário matutino e vespertino nos meses de março e abril recepcionamos, acompanhamos e orientamos 04 (quatro) escolas que visitaram o CEFET-GO. A Escola Ismael Silva de Jesus, Colégio Estadual Pré Vestibular de Goiânia, Colégio Porto Seguro e Colégio Claretiano totalizando 315 (trezentos e quinze) alunos visitantes.
Atendemos os alunos, os pais, os professores e as pessoas a comunidade para tratar de diversos assuntos, dar informações, apresentação da equipe da COTEPE, entrega do calendário escolar e outros.
Portanto, participamos do Pensar XXI; IV Encontro de Psicopedagogia; VIII Congresso Internacional de Educação; VII Educar São; Fórum de Educação Profissional Goiânia; I Encontro Inclusão e Permanência dos Portadores de Necessidades Especiais em Cuiabá; Reunião Pública do Conselho Nacional de Educação Sobre Ensino Médio – Brasília; O Empreendedor e o Mercado – SEBRAE/GO; Formação Empreendedora na Rd. Profissional; Palestra: A Educação p/ a Criatividade Globalizaçã o x Educação x Empregabilidade; Curso: Prevenção ao uso de drogas; e Seminário Mulheres e Negócios 2000, em Goiânia.
Vale ressaltar que dentre as nossas metas, constantes de nosso plano de trabalho, não alcançamos a de ampliação do espaço físico da Coordenação e também a realização do curso de “Como trabalhar em Equipe”.
COORDENAÇÃO DE ASSISTÊNCIA AO ESTUDANTE
A CAE desenvolveu suas atividades através dos Setores de Saúde (atendimentos odontológico, médico e de enfermagem) e Serviço Social e Psicologia, abrangendo uma clientela de alunos e servidores da Instituição.
No atendimento Odontológico foram realizadas as seguintes atividades:

  • atendemos 1.626 (um mil, seiscentos e vinte e seis) consultas odontológicas;

  • realizamos 625 (seiscentos e vinte e cinco) tarefas dentre tratamento preventivo e curativo, perícias, higiene bucal e raio X, e 5.147 (cinco mil, cento e quarenta e sete) procedimentos executados dentre eles podemos citar: obturações, restaurações, extrações e outros;

  • e foram feitas 346 (trezentos e quarenta e seis) inscrições para tratamento Odontológico e destas, triou-se 234 (duzentos e trinta e quatro) pacientes e atendemos 177 (cento e setenta e sete) emergências/consulta.

No atendimento Médico e de Enfermagem foram realizadas as seguintes atividades:



  • o atendimento médico procedeu 4.494 (quatro mil, quatrocentos e noventa e quatro) tarefas das quais foram atendidas em seu gabinete 324 (trezentos e vinte e quatro) exames médico, 2.293 (dois mil, duzentos e noventa e três) alunos, 1.354 servidores e 523 outros pacientes;

  • realizamos 2.788 (dois mil, setecentos e oitenta e oito) consultas, sendo 1.870 (hum mil, oitocentos e setenta) alunos, 1.018 (um mil e dezoito);

  • e realizamos 3.038 (três mil e trinta e oito) procedimentos sendo 130 (cento e trinta) curativos, 249 (duzentos e quarenta e nove) sinais vitais, e outros (pequenas cirurgias, imobilizações...) no total de 355 (trezentos e cinqüenta e cinco).

No Serviço Social e de Psicologia desenvolveram-se as seguintes atividades:



  • entrevistamos 340 (trezentos e quarenta) alunos que se inscreveram para bolsa de trabalho, e, destes, 221 (duzentos e vinte e um) foram encaminhados aos setores que os solicitaram;

  • atendemos uma clientela de 7.402 (sete mil quatrocentos e duas) pessoas da comunidade cefetegeana;

  • 2.704 (dois mil setecentos e quatro) com serviços gerais do setor;

  • e fizemos 420 (quatrocentos e vinte) visitas, sendo 350 (trezentos e cinqüenta) domiciliares, 50 (cinqüenta) hospitalares, 20 (vinte) em instituições.

Participamos de várias reuniões, dentre elas podemos citar: com os bolsistas, com outras Instituições, com outros Setores da Escola, com a Diretoria Executiva e com o Conselho Administrativo da Caixa Escolar; e com a Comissão de Formatura.


Demos apoio à Semana do Calouro/2000, à Comissão – Sindicância (Processo de aluno) CAE, CoTePe, DE, Professores e Coordenação. E, em parceria com a Secretaria de Saúde organizamos a Campanha de Vacinação contra a febre amarela, tétano, difteria e Confraternização de Bolsistas.
Capacitação de recursos humanos
Participamos de vários cursos, Seminários, Congressos e outros conforme relação abaixo:

  • Curso de Orientação Vocacional e Profissional com a participação das Psicólogas;

  • Semana do Assistente Social com a participação das Assistentes Sociais;

  • Congresso Internacional de Odontologia de Goiás com a participação dos Cirurgiães Dentistas;

  • XXVI Jornada Goiana de Ginecologia e Obstetrícia com a participação da Médica


Assistência ao educando
No atendimento da Caixa Escolar tivemos 43 (quarenta e três) alunos beneficiados com empréstimo; 30 (trinta) alunos beneficiados com doações; 265 (duzentos e sessenta e cinco) alunos beneficiados com isenções de taxas e 07 (sete) alunos em outras atividades.

No Serviço Social fizemos várias reuniões com os bolsistas e servidores da obra para acompanhamento e orientações referente a problemas de saúde e acidente de trabalho, organizamos e executamos a Confraternização de Bolsistas no mês de dezembro de 2000; e, finalmente, fizemos vários encaminhamentos de benefício do INSS.



COORDENAÇÃO DA BIBLIOTECA
Relatamos a seguir as principais atividades desenvolvidas pela Biblioteca em 2000, além de levantar alguns questionamentos e registrar algumas metas e objetivos.
Conforme está demonstrado pelos quadros de freqüência e empréstimos realizados neste ano, o aluno se utiliza da Biblioteca como apoio para seus estudos e pesquisas. A presença do aluno na Biblioteca é constante, seja para estudo, pesquisa ou empréstimo, além de assistir filmes de cunho cultural e de lazer.
A Biblioteca também dá suporte aos docentes para elaboração de aulas, indicação de trabalhos de grupo, dentre outras.
A Biblioteca atualmente funciona de 2ª à 6ª feira de 7 às 22 horas (quinze horas ininterruptamente) e aos sábados de 13 às 18 horas (cinco horas). De julho a dezembro o funcionamento aos sábados foi de 7h às 18h.
A Biblioteca atualmente conta com um quadro de pessoal bastante reduzido sob a coordenação de Idacy da Silva Vitória e Ailton de Souza Vasconcellos, face as frentes de atendimento e serviços internos, que são de fundamental importância ao bom andamento dos serviços contando com 11 (onze) técnico-administrativos e 03 (três) docentes e 16 (dezesseis) alunos bolsistas, sendo que, 03 (três) deles atendem nos 05 (cinco) terminais destinados a pesquisa na Internet.
Os usuários da Biblioteca são assim classificados como alunos do CEFET/GO; servidores do CEFET/GO; visitantes (ex-alunos, alunos de outras escolas, candidatos de concursos, vestibulandos, alunos das universidades etc.); e funcionários terceirizados.
Foram desenvolvidas outras atividades, como: restauração, limpeza e aspiração de livros e revistas; triagem, substituição, separação e embalagem de vários livros baixados do acervo e ofertados como doação a outras instituições; e várias rotinas administrativas.
Prestação de serviços a comunidade
Inicialmente, salientamos que os números dos atendimentos, a seguir apresentados, são de forma aproximada, tendo em vista que em todas as frentes de atendimento da biblioteca ocorreram fatores que interferiram na coleta para apuração destes números o mais próximo do exato, como, por exemplo, a falta de servidores para atendimento em algumas salas, ficando sem anotações dos dados que servem para a estatística e algumas salas que não puderam ser abertas em alguns horários, por não poderem ficar sem controle e não tendo servidores disponíveis. Entretanto, estes números são sempre inferiores aos que realmente ocorrem quando a coleta é completa, principalmente com relação às médias diárias que levam em conta o total de dias de atendimento durante o ano pelo total de atendidos, não demonstrando o volume de atendimento nos dias de pico, volume este que quase sempre triplicaria a média diária.
Foram atendidos aproximadamente 439.000 (quatrocentos e trinta e nove mil) usuários durante o ano de 2000, considerando todas as frentes, perfazendo uma média diária em torno de 2.200 ( dois mil e duzentos) usuários.
Na Sala de estudo em grupo foram atendidos aproximadamente 130.000 (cento e trinta mil) usuários, com uma média diária de 710 ( setecentos e dez) pessoas.

Na Sala de estudo individual foram atendidos aproximadamente 18.300 ( dezoito mil e trezentos) usuários, com uma média diária de 100 (cem) pessoas, o que confirma a solicitação desta Coordenação no que concerne à refrigeração/condicionamento da sala, em caráter de urgência, levando-se em consideração ainda que aquela sala tem o menor número de horas de atendimento, devido à falta de servidores. Uma das sugestões dos alunos é a ampliação do horário de atendimento nessa sala, visto que a mesma esteve fechada para atendimento, no turno noturno, durante quase todo o ano.

Na Sala de leitura foram atendidos aproximadamente 38.000 (trinta e oito mil) usuários, com média diária de 450 (quatrocentos e cinqüenta) pessoas, considerando que é uma sala com apenas 21 (vinte e um) assentos, o que mostra o interesse dos usuários pelos periódicos (revistas e jornais) lá existentes e um alto índice de aproveitamento para os reduzidos 32 m² de sala.


Na Sala de vídeo foram atendidos aproximadamente 3.000 (três mil) usuários, com uma média diária de 40 (quarenta) pessoas.
Na Consulta local foram atendidos vários visitantes, servidores e seus filhos, além de nossos alunos, cujo total gira em torno de 275.000 (duzentos e setenta e cinco) usuários, com média diária de 1.340 (um mil, trezentos e quarenta) pessoas.
Na Consulta a Internet, mais um serviço oferecido pela nossa Biblioteca com cinco terminais que funcionam sob a orientação de bolsistas previamente treinados para este serviço, foram atendidos 11.500 (onze mil e quinhentos) usuários. O período de consulta por pessoa é de 01 (uma) hora, perfazendo um total de 14 (quatorze) horas diárias, de segunda a sexta, acrescidas de 05 (cinco) horas aos sábados.
O número de atendimentos teve uma leve redução tendo em vista que alguns terminais foram retirados para manutenção em determinados períodos e não foram substituídos enquanto eram consertados.
No Empréstimo domiciliar, mais um serviço oferecido, considerado à parte por significar o de maior fluxo e exigência, envolvendo o maior número de pessoas onde foram emprestados aproximadamente 203.000 (duzentos e três mil) livros através do sistema SICOB, com leitura ótica de código de barra, monitorado pelo computador e 1.900 (um mil e novecentos) na pasta de registro manual, para sala de aula, num total de 204.900 (duzentos e quatro mil e novecentos ), com média de 1.150 (um mil, cento e cinqüenta) empréstimos/dia.
A disseminação seletiva de informação, durante todo o ano, foram realizadas várias exposições, todas visando a divulgação do nosso acervo bibliográfico, além de buscar a constante disseminação e democratização das informações.
Nas datas comemorativas foram expostos painéis com recortes de notícias e informações alusivas a cada data.
E finalmente, distribuímos a Revista Tecnia para mais de 250 (duzentos e cinqüenta) endereços, que envolveu emissão de etiquetas, envelopamento e colagem das etiquetas.
Acervo bibliográfico
No nosso acervo bibliográfico contamos hoje com mais de 23.000 (vinte e três mil) exemplares de Livros, sendo alguns exemplares incorporados ao acervo da instituição através de doações como dos 70 (setenta) exemplares que recebemos da Caixa Escolar.
Nossa coleção de periódicos conta com mais de 170 (cento e setenta) títulos, sendo que alguns são provenientes de assinaturas e outros recebidos por doações, perfazendo um total aproximado de 4.600 (quatro mil e seiscentos) exemplares.
A coleção de fitas de vídeos conta atualmente com 115 (cento e quinze) títulos.
Nossa Hemeroteca (coleção de artigos) conta atualmente com mais de 180 (cento e oitenta) assuntos catalogados. Os mesmos são retirados dos jornais assinados, depois de passarem pela sala de leitura.
Contamos também com Coleções especiais que se referem a documentos não convencionais, de recebimento irregular e sem processamento técnico. Fazem parte deste acervo: folhetos, obras em braille, diários oficiais e da justiça e documentos do CEFET/GO.
Processamento técnico
Na Seleção e aquisição foram selecionados, triados, indexados e formado o processo de compra para atender as exigências e verbas do PROEP, os quais ainda se encontram em andamento.
No Processamento de livros foram catalogados, classificados, cadastrados e tombados mais de 70 (setenta) exemplares de livros recebidos por doações.
Promoção de eventos de extensão
Participamos efetivamente desde as reuniões preliminares com os demais órgãos e instituições participantes até sua efetiva realização de 23 a 29 de outubro de 2000, no Flamboyant Shopping Center da Semana Nacional do Livro e da Biblioteca.
E finalmente, destacamos a importância da Biblioteca enquanto divulgadora de informações gerais, bem como seu papel dentro do processo ensino - aprendizagem no CEFET/GO mudando sua imagem de mera "locadora" de livros.
Os dados apresentados dos benefícios que este setor presta não só à comunidade interna bem como a comunidade externa são de extrema importância. Por isso, ressaltamos as dificuldades encontradas no que se refere a recursos humanos (falta de Bibliotecários e auxiliares de Biblioteca), prejudicando assim, as atividades fundamentais para a ampliação e manutenção dos serviços ora oferecidos.
COORDENAÇÃO DE AMBIENTE E EQUIPAMENTOS DE USO COMUM
A Coordenação de Ambiente e Equipamentos de Uso Comum funciona nos turnos matutino, vespertino e noturno e tem por finalidade atender aos alunos e professores, quanto a utilização dos materiais disponíveis., assim como à comunidade interna e externa no que se refere a utilização dos ambientes de uso comum.

No ano de 2000 executamos, através da Coordenação de Recursos Didáticos e da Gráfica, as seguintes atividades:



  • atendemos a comunidade quanto a utilização dos equipamentos: Notbook, vídeo cassete, retroprojetor, telão, episcópio e projetor de slides;

  • agendamos 115 (cento e quinze) eventos sendo 95(noventa e cinco) realizados no Auditório e 20(vinte) no Mini-Auditório, tanto para a comunidade interna como externa, na realização de palestras, concertos, recitais, teatro, aulas e outros;

  • produzimos 2.995.540(dois milhões, novecentos e noventa e cinco mil e quinhentas e quarenta) impressões de material de expediente para diversos setores da administração e do corpo docente da instituição;

  • atendemos vários setores administrativos e de ensino nas tarefas de cópias (xerox), intercalação, blocagem e acabamento, totalizando 1.798.032 (um milhão setecentos e noventa e oito mil e trinta e duas) cópias;


  • Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal