Dossier de Imprensa programaçÃo set. / Out. / Nov. / Dez. '13



Baixar 402.07 Kb.
Página1/17
Encontro05.12.2017
Tamanho402.07 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   17






Dossier de Imprensa









PROGRAMAÇÃO SET. / OUT. / NOV. / DEZ. '13





Assessoria Comunicação Social

Marta Santos

Tel.: 234 400 920

e-mail: msantos@teatroaveirense.pt

ÍNDICE


CAPhoto Formação 8

Jafumega 9

Na Barriga 10

A Sagração da Primavera 11

Carlos Guilherme 15

Cão sem dono | Raw 15

Porto S.Bento 16

Banda Amizade com Vozes da Rádio 20

Natasha | Ruga 20

João Pedro Pais 21

Cara 23

Concerto de Abertura do Ano Letivo - CMACG 25



Candide, de Leonard Bernstein 27

Cinema 30

Vagabundo 30

Workshop ‘Terceira Idade’ 33

‘Terceira Idade’, Uma Comédia de Guerra 33

Luísa Sobral 38

Melodias de Aveiro 38

OliveTreeDance 39

A Elegante Melancolia do Crepúsculo 40

Galo Gordo 42

Vértice – Festival de Bandas de Aveiro 44

Cinema 44

Norberto Lobo 44

Jane Monheit 45

Melodias de Aveiro 46

Jay-Jay Johanson 47

O que há na barriga de uma sinfonia? 48

O Intruso 53

As Sete Trompetes do Apocalipse 55

Branca de Neve no Gelo 55

Cinema 57

Tiago Bettencourt 57

Cinema de Animação [Famílias] 58

Cinema de Animação [Escolas] 59

A verdadeira história de Barbi 60

Natal Artístico no T.A. 66

Banda Sinfónica e Coro do CMACG 67

Lago dos Cisnes 68




APRESENTAÇÃO

Setembro, Outubro, Novembro, Dezembro: estamos de regresso ao palco onde a Cultura acontece em Aveiro. Na bagagem trazemos propostas mil: música, muita música nacional e internacional, teatro, dança, um misto dos dois géneros, programas de serviço educativo e o melhor da “prata da casa”, do que fazemos em Aveiro.


Jafumega, Olga Roriz, Ao Cabo Teatro, João Pedro Pais, Aldara Bizarro, Teatro Nacional S. Carlos, Josephine Foster, Mark Kozelek, Howe Gelb, Mazgani, JP Simões, Emmy Curl, Teatro Praga, Luísa Sobral, OliveTreeDance, Galo Gordo, Norberto Lobo, Jane Monheit, Jay-Jay Johanson, Marco Horário, Tiago Bettencourt, A verdadeira história de Barbi e Russian Classical Ballet serão mais que motivos para vir ao Teatro.
Mas temos mais, temos uma novidade que passa pelas sessões de cinema que estão de volta à Sala Principal, com o apoio do ICA – Instituto do Cinema e do Audiovisual. Em cartaz temos já sessões duplas em Setembro e dois filmes produzidos em Aveiro: Raw, do realizador Bruno Almeida; e Ruga, de Sofia Barata e Miguel Serra. O programa de cinema de Outubro a Dezembro, sempre às terças-feiras, ficará disponível ao longo deste período.
E Setembro arranca em grande com o regresso dos Jafumega numa noite para recordar músicas como Latin’américa, Nó Cego, Kasbah, Ribeira, entre outras, que os inscreveram na história da música popular portuguesa. Segue-se o espetáculo “A Sagração da Primavera”, de Olga Roriz, que após 38 anos de carreira como intérprete e nove solos criados, se lançou num duplo desafio: a revisitação de uma obra maior com composição musical de Igor Stravinsky e coreografia de Vaslav Nijinsky, e a insistência da sua longevidade como bailarina e intérprete.
Co-produzido pelo Ao Cabo Teatro e Teatro Nacional S. João, “Porto S. Bento” é o espetáculo que se segue, um projeto de Teatro e Dança que pretende simultaneamente cruzar a barreira entre estes dois campos das artes do espetáculo e cruzar a barreira entre o profissional e o amador. Ainda em Setembro, João Pedro Pais presenteia o público aveirense com os seus temas de sucesso, em versões renovadas de formato acústico, num novo conceito de espetáculo intitulado "Improviso".
Em Outubro estreamos “Vagabundo - Canções pela estrada fora”, um novo evento nacional, que neste primeiro ano privilegia as sonoridades folk / rock com três resistentes de peso como cabeças de cartaz: Josephine Foster, Mark Kozelek e Howe Gelb. Aos norte-americanos, juntam-se Mazgani, JP Simões e Emmy Curl em defesa da indie folk nacional. Esta primeira edição vai decorrer, entre 10 e 12 de outubro, com itinerância pelo Teatro Aveirense em Aveiro, Teatro Virgínia em Torres Novas e Teatro Cine em Torres Vedras.
O repertório da música clássica é nos trazida em Outubro pelo Teatro Nacional de S. Carlos que nos apresenta “Candide” Leonard Bernstein, uma ópera em versão concerto, com Maria João Alves e Mário Redondo nos papéis principais.
“A Elegante Melancolia do Crepúsculo”, com encenação de Luísa Pinto, e “Terceira Idade”, do Teatro de Praga, são as nossas propostas de Teatro para Outubro. O primeiro espetáculo interpela (e transpõe) as fronteiras entre o teatro e o cinema, baseia-se no tríptico Luzes da cidade (1931), O grande ditador (1940) e Luzes da ribalta (1952), de Charles Chaplin, e marca o 10.º Aniversário da Reabertura do Teatro Aveirense e 101.º ano da primeira exibição cinematográfica em Aveiro. “Terceira Idade” é um exercício diferente onde “O ponto de partida é: o texto não é ponto de partida. O texto é o texto. Aliás, uma comédia. E teatro é o teatro”. Este espetáculo é ainda complementado com a realização de um Workshop orientado pelo autor do texto, José Maria Viera Mendes.
Novembro será marcante no Teatro Aveirense: vocalista de jazz extraordinariamente dotada, Jane Monheit traz-nos sinceras e românticas interpretações de excecionais canções, que a tornaram numa favorita tanto no mundo do jazz como do cabaret. O sueco e Jay Jay Johanson conhecido pelo seu registo vocal melancólico e pela instrumentação eletrónica, trará um novo álbum a par da revisitação da sua carreira, onde figuram os marcantes álbuns Whiskey e Tattoo.
A boa disposição do Marco Horário aquecer-nos-á em “O Intruso’, um espetáculo que marca o seu regresso ao stand up comedy, pois o “o país precisa. E Marco Horácio também, que isto não está fácil para ninguém”. Ainda em Novembro teremos uma novidade: “Branca de Neve no Gelo”, uma fusão da beleza da patinagem com diversas áreas artísticas, com sessões para escolas e também para famílias.
Dezembro presenteia-nos com o novo espetáculo de Tiago Bettencourt, irá divertir-nos com “A Verdadeira História da Barbie”, uma alta comédia requintada que, divertindo, não deixa de dizer muitas verdades, e encerrará com o clássico “Lago dos Cisnes”. Autor de várias composições de referência da nova música portuguesa, Tiago Bettencourt apresentará um concerto onde revisita os temas mais marcantes do seu percurso.
“A Verdadeira História de Barbi”, de José Pinto Correia, parte de um universo anedótico associado às “tias” portuguesas que encontramos algures entre Lisboa, Cascais e Sintra, mas também em muitas outras cidades portuguesas, criticando-se de forma corrosiva, a vida de três senhoras de meia idade da classe média–alta expondo as suas fantasias, ambições e frustrações.
A encerrar o ano, a Russian Classical Ballet traz-nos o bailado “Lago dos Cisnes”, uma narrativa encantadora com sumptuosos cenários, maravilhosos figurinos e um deslumbrante leque de melodias que compõem esta grande obra-prima do ballet clássico.
A programação de Serviço Educativo levar-nos-á numa viagem estonteante. Tudo começa com o projeto “A Barriga”, de Caroline Bergeron, um espetáculo engraçado e terno que leva os espetadores numa viagem atribulada dentro de uma tenda-útero aos momentos que antecederam os seus nascimentos; “Cara”, de Aldara Bizarro, propõe tecer a história da identidade portuguesa desde o Império até aos dias de hoje numa perspetiva dialogante, que informe e emocione, e que apresente as visões de quem está nos outros territórios.

Já o “Galo Gordo - Este Dia Vale a Pena”, de Inês Pupo e Gonçalo Pratas, é um espetáculo onde crianças e famílias poderão assistir a um concerto ao vivo, em que serão apresentadas as canções do livro infanto-juvenil homónimo. O Serviço Educativo traz-nos de volta o espectáculo “O que há na Barriga de uma Sinfonia”, um projeto da Orquestra Filarmonia das Beiras, onde o público é em conjunto com a música, o centro destes concertos comentados por um apresentador.


Em Dezembro vamos fazer diferente, convidámos a Pantopeia e preparámos um Natal Artístico onde os participantes serão as estrelas no “firmamento” do Teatro Aveirense. Aqui pretende-se desenvolver a criatividade, a imaginação e a motricidade: serão cinco dias, seis formadores e muito Teatro; Expressão Plástica, Pintura e Ilustração; Cinema, vídeo de animação; Jogos Tradicionais e Movimento Criativo.
Mas muitas e boas surpresas estão ainda preparadas para estes últimos meses. O Grupo Etnográfico e Cénico das Barrocas comemora o seu 32º aniversário com um convidado especial, o tenor lírico Carlos Guilherme e a Orquestra Ligeira da Banda Velha União Sanjoanense. Já a Banda Amizade traz-nos as Vozes da Rádio, uma junção pouco comum onde dá-se voz à banda, ou banda à voz, e onde se revisita repertórios de ambos os grupos, fundindo públicos e géneros à velocidade da música. Com “As Sete Trompetes do Apocalipse”, a A Banda Amizade apresenta-se novamente em palco no concerto comemorativo do seu 179º aniversário acompanhada por diversos grupos corais da cidade de Aveiro.
A “prata da casa” volta a brilhar em mais dois projetos Melodias de Aveiro que trarão ao palco do Aveirense a Banda Amizade, Magna Tuna Cartola (UA), Banda Velha União Sanjoanense, Grupo Etnográfico e Cénico das Barrocas, Coral Polifónico de Aveiro, Banda de Gaitas São Bernardo – AMCSB, Tuna de Santa Joana (Coro), Grupo Cultural Glória de Aveiro, Banda Recreativa Eixense, São Bernardo a Cantar, Tuna Universitária (UA), Orquestra Ligeira do G.C.R. da Taipa, Orquestra da S.M. Santa Cecília, Grupo de Cantares Xailes de Aveiro, Orquestra da Escola de Música da Quinta do Picado, Grupo Cénico Cantares da Ria, Coral Vera Cruz, Confraria de São Gonçalo, GEMDA' Grupo Experimental Música e Dança de Aveiro, Confraria dos Ovos-moles e a Tuna Feminina (UA).

A fechar o ano estão igualmente de regresso os Concertos do Conservatório de Música de Aveiro, e mais, muito mais!


Mais uma vez, é caso para dizer: a Cultura apetece em Aveiro!

SETEMBRO’13

Qui 05 + Sex 06 | 13 Set




  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   17


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal