Edital de concurso público nº 02/01/2006



Baixar 392.29 Kb.
Página4/4
Encontro16.05.2018
Tamanho392.29 Kb.
1   2   3   4

MÉDICO ORTOPEDISTA:

Descrição sintética do Cargo:

Realizar atendimento médico em ortopedia e traumatologia na Rede Básica de Saúde do Município, localizadas na Sede e interior do Município.



Descrição analítica na Área de Atuação:

Examina o paciente, auscultando, apalpando ou utilizando instrumentos especiais para determinar diagnóstico, ou se necessário, requisitar exames complementares;

encaminhar o usuário a especialista, a outra categoria profissional ou a outra instituição,

dependendo da avaliação médica;

Diagnosticar e tratar de afecções agudas, crônicas ou traumatológicas dos ossos e anexos, valendo-se de meios clínicos ou cirúrgicos, para promover, recuperar ou reabilitar a saúde do paciente;

Avaliar as condições físico-funcionais do paciente, fazendo inspeção, palpação, observação da marcha ou capacidade funcional, ou pela análise de radiografias, para estabelecer o programa de tratamento;

Orientar ou executar a colocação de aparelhos gessados, goteiras ou enfaixamentos, utilizando ataduras de algodão, gesso e crepe, para promover a imobilização adequada dos membros ou regiões do corpo afetadas;

Orientar ou executar a colocação de trações transesqueléticas ou outras, empregando fios metálicos, esparadrapos ou ataduras, para promover a redução óssea ou correção ósteo-articular;

Realizar cirurgias em ossos e anexos, empregando técnicas indicadas para cada caso, para corrigir desvios, extrair áreas patológicas ou destruídas do osso, colocar pinos, placas, parafusos, hastes e outros, com vistas ao restabelecimento da continuidade óssea;

Indicar ou encaminhar pacientes para fisioterapia ou reabilitação, entrevistando-os ou orientando-os, para possibilitar sua máxima recuperação;

Participar de equipes multiprofissionais, emitindo pareceres de sua especialidade, encaminhando ou tratando pacientes, para prevenir deformidades ou seu agravamento;

Executar tratamento clínico, prescrevendo medicamentos, fisioterapia, e alimentação específica, para promover a recuperação do paciente.

Utilizar os equipamentos de proteção individual, pertinentes ao exercício de suas atribuições;

Dirigir veículos oficiais para exercer atividades próprias do cargo, desde que devidamente habilitado, e autorizado por chefia ou autoridade superior.

Executar demais atribuições pertinentes à profissão, segundo a classe, ordem ou conselho profissional específico.

Outras atividades afins.



MÉDICO PEDIATRA:

Descrição sintética do Cargo:

Realizar atendimento clínico de pediatria em Unidades Básicas de Saúde localizadas na sede e interior do Município.



Descrição analítica na Área de Atuação:

Prestar assistência integral à saúde da criança, na área de Pediatria;

Fazer acompanhamento em Puericultura;

Analisar e interpretar resultados de exames diversos, comparando-os com padrões normais, a fim de confirmar e/ou informar diagnósticos;

Participar de atividades educacionais na promoção e prevenção da saúde pública;

Realizar consultas médicas na especialidade, atendendo à demanda pré-estabelecida da rede pública;

Efetuar exames médicos, emitir diagnóstico, prescrever medicações, realizar outras formas de tratamento para diversos tipos de enfermidades, aplicando recursos da medicina preventiva e terapêutica;

Realizar encaminhamento para tratamento especializado quando necessário;

Desenvolver atividades administrativas (documentos, registros, encaminhamentos, outros) relativas ao exercício do cargo, utilizando-se dos meios mecânicos e/ou informatizados disponíveis para esse fim;

Utilizar os equipamentos de proteção individual, pertinentes ao exercício de suas atribuições;

Dirigir veículos oficiais para exercer atividades próprias do cargo, desde que devidamente habilitado, e autorizado por chefia ou autoridade superior.

Executar demais atribuições pertinentes à profissão, segundo a classe, ordem ou conselho profissional específico.

Outras atividades afins.

MESTRE DE OBRAS:

Analisar e discutir com o Engenheiro detalhes e instruções técnicas do projeto a ser desenvolvido, solicitando informações detalhadas sobre o cronograma de execução, contratação de pessoal, utilização de materiais, instrumentos e instalação do canteiro de obras para o bom direcionamento de suas atribuições.

Interpretar plantas, gráficos e escalas constantes do projeto, para orientar a equipe quanto à execução dos trabalhos.

Participar da instalação do canteiro de obras, definindo locais físicos conforme projeto, compondo equipes, distribuindo tarefas a acompanhando a realização das mesmas.

Controlar o estoque de materiais, equipamentos e instrumentos necessários à realização da obra, verificando a qualidade, a quantidade e as condições de armazenagem.
Acompanhar a realização da obra, solucionando problemas, redistribuindo tarefas, remanejando o pessoal, controlando qualidade e quantidade do trabalho realizado – produção e lançamento de concreto, confecção e montagem de armações de ferro e madeira, etc. – com o fim de possibilitar o cumprimento do cronograma e das edificações técnicas do projeto.

Executar outras atividades correlatas.



NUTRICIONISTA:

Descrição sintética do Cargo:

Analisa a carência dietéticas da população e ensina um melhor aproveitamento dos alimentos.



Descrição analítica na Área de Atuação:

Elaborar programas de merenda escolar e de suplementação alimentar em escolas, creches e centros de saúde;

Fazer inspeção sanitária, analisar o processamento de alimentos, os equipamentos e a qualidade do produto final;

Escolher e propor a aquisição de produtos alimentícios de acordo com a necessidade dos programas alimentar;

Treinar e supervisionar o trabalho do pessoal da cozinha em escolas e centros de saúde;

Planejar cozinhas, treinar funcionários e assessorar a administração nos serviços de nutrição;

Preparar cursos de educação alimentar para na rede pública municipal e para grupos de pessoas da comunidade;

Prescrever, avaliar e supervisionar dietas para alunos e pacientes e planejar programas de reeducação alimentar específicos para cada tratamento;

Analisar as amostras de produtos alimentícios a serem adquiridos pela Administração;

Fazer análise das carências dietéticas de alunos e pacientes e ensinando um melhor aproveitamento dos alimentos;

Indicar dietas especifica para pessoas com problemas de coração ou do aparelho digestivo;

Definir cardápios para os programas de merenda escolar e para regimes para emagrecer;

Orientar campanhas de saúde pública na área de nutrição;

Executar outras atividades correlatas ou determinada.


OFICIAL DE MANUTENÇÃO:

    Planeja e executa programa de manutenção geral e periódica das instalações públicas visando o perfeito funcionamento;

    Efetua reparos nas redes elétrica, hidráulica, telefônica, e outras em todas os setores da administração municipal;

    Faz visitas de inspeção objetivando verificar o perfeito funcionamento das instalações dos setores públicos;

    Apresenta orçamento de peças, materiais e equipamentos para serem empregos nos consertos e manutenção de instalações dos setores públicos;

    Verifica o funcionamento de janelas, portas e demais componentes das instalações dos diversos setores da administração municipal;

    Efetua serviços gerais de pedreiro, serralheiro, hidráulica, pintura, encanamento e eletricidade a fim de reparar e conservar os próprios municipais;

    Executa serviços de limpeza de portas, janelas, vidraças, fachadas de prédios, utilizando máquinas e equipamentos lhes fornecidos;

    Participa a chefia imediata sobre os serviços a serem providenciados;

    Confere os materiais requisitados para serem empregados na manutenção, solicitando a troca quando incompatível com a necessidade;

    Participa de plantão quando solicitado pela chefia por ocasião de realização de eventos públicos;

    Executa outras atividades correlatas.



OFICIAL DE OBRAS:

Estabelecer a seqüência das operações a serem executadas, consultando plantas, esboços, modelos ou especificações.

Selecionar a madeira e demais elementos necessários, escolhendo o material mais adequado, para assegurar a qualidade do trabalho.

Efetuar a traçagem da madeira, assinalando os contornos da peça segundo desenho ou modelo, para possibilitar o corte.

Confeccionar as partes da peça, serrando, aplainando, alisando, furando e executando outras operações com ferramentas manuais ou mecânicos, como plaina, serrote, formão, furadeira e outros.

Montar as partes, encaixando-as e fixando-as com cola, parafusos ou pregos, para formar o conjunto projetado.

Reparar elementos de madeira, substituindo total ou parcialmente peças desgastadas ou deterioradas ou fixando partes soltas para recompor sua estrutura.

Afiar ferramentas de corte, utilizando rebolo, lima, assentador ou pedra de afiar, para manter o gume.

Verificar as características da obra para orientar-se na escolha do material apropriado e na melhor forma de execução do trabalho.

Misturar areia, cimento e água, dosando esses materiais nas qualidades apropriadas, para obter a argamassa a ser empregada no assentamento das pedras ou tijolos.

Assentar tijolos, ladrilhos ou pedras e materiais afins, colocando-os em camadas supostas, formando fileiras horizontais ou de outras formas, unindo-os com argamassa espalhada em camada com o auxilio de uma colher de pedreiro e arrematando a operação com golpes de martelo ou com o cabo da colher os tijolos, para levantar paredes, muros e outras edificações.

Recobrir as juntas entre tijolos e pedras, preenchendo-as com argamassa e retocando-as com colher de pedreiro para nivelá-las.

Verificar a horizontalidade e verticalidade do trabalho, controlando-o com nível e prumo para assegurar-se da correção do trabalho.

Construir bases de concreto ou de outro material de acordo com as especificações, para possibilitar a instalação de tubos para bueiros, postes, máquinas e para outros fins.

Executar outras atividades correlatas.
OPERADOR DE MÁQUINAS:

Operar máquinas e equipamentos pesados, montados sobre rodas, pneumáticas ou não, realizando trabalhos de terraplanagem, aterros, nivelamento e revestimento de estradas, desmatamento, abertura e desobstrução de valetas, nivelamento de terrenos e taludes, remoção e compactação de terra.

Relatar, em caderneta de registros, os serviços executados pela máquina, de acordo com o horômetro, para efeitos de controle.

Controlar o consumo de combustíveis e lubrificantes, para levantamento do custo da obra, bem como para a manutenção adequada da máquina.

Zelar pela conservação da máquina, informando quando detectar falhas e solicitando sua manutenção.

Efetuar o abastecimento da máquina, lubrificando-a e executando pequenos reparos, para assegurar seu bom funcionamento durante a execução da obra.

Operar máquinas tipo retro-escavadeira, montadas sobre rodas pneumáticas ou não, realizando trabalhos em terraplanagem, aterros, nivelamento e revestimento de estradas, desmatamento, abertura e desobstrução de valetas, nivelamento de terrenos e taludes, remoção e compactação de terra.

Relatar, em caderneta de registros, os serviços executados pela retro-escavadeira, de acordo com o horômetro, para efeitos de controle.

Controlar o consumo de combustíveis e lubrificantes, para levantamento do custo da obra, bem como para a manutenção adequada da retro-escavadeira.

Zelar pela conservação da retro-escavadeira, informando quando detectar falhas e solicitando sua manutenção.

Efetuar o abastecimento da retro-escavadeira, lubrificando-a e executando pequenos reparos, para assegurar seu bom funcionamento durante a execução dos serviços.

Executar outras atividades correlatas.



OPERADOR DE MÁQUINAS DE PAVIMENTAÇÃO:

Descrição sintética do Cargo:

Operar máquinas e equipamentos utilizados na fabricação de pavimentação asfáltica (usina, esparramador de emulsão, veículos, tratadores, equipamentos, etc) e demais tarefas correlatas.



Descrição analítica na Área de Atuação:

Executar, orientar e coordenar a distribuição dos serviços na pavimentação asfáltica;

Orientar e fiscalizar o uso de máquinas, veículos e equipamentos utilizados na fabricação do asfalto;

dosar e preparar os materiais necessários para pavimentação asfáltica;

Providenciar a recuperação de máquinas, veículos e equipamentos;

Operar máquinas rodoviárias, veículos e equipamentos necessários a pavimentação asfáltica;

Fazer a limpeza do local a ser pavimentado, utilizando máquinas, vassouras, enxadas, rastelos e demais ferramentas;

Operar máquinas para construir sarjetas e meios-fios;

Adotar medidas preventivas contra acidente de trabalho;

Executar outras tarefas correlatas ou determinadas.


OPERADOR DE MÁQUINAS PEDREIRA:

Descrição sintética do Cargo:

Operar máquinas e equipamentos instalados na Pedreira Municipal, (britador, triturador, peneira, plataforma vibradora e osciladora e outras) manejando seus dispositivos de comando para produzir pedras britadas e demais serviços correlatos.



Descrição analítica na Área de Atuação:

Regular a entrada do mineral que vai alimentar as máquinas, controlando o funcionamento das esteiras transportadoras ou canais alimentadores e paralisando as máquinas quando ocorrerem anormalidades, para evitar a obstrução do depósito de alimentação e possibilitar a operação de britamento;

Quebrar os pedaços de minério excessivamente grandes, utilizando uma marreta, para deixá-los no tamanho adequado ao britamento;

Introduzir os blocos de material no britador, empurrando-os com uma barra de ferro, para abastecer a máquina e reduzir as dimensões do material;

Manter a movimentação do material britado, controlando sua passagem às peneiras de classificação ou aos moinhos, caso seja necessária nova operação, ou ainda aos locais de depósito e carga, para concluir o processo produtivo;

Fazer manutenção das máquinas, limpando-as e lubrificando-as, e efetuando pequenos reparos, para conservá-las em boas condições de funcionamento.

Controlar a entrada do material nas máquinas, graduando a velocidade da correia transportadora e regulando os indicadores de carregamento para evitar a obstrução das maquinas, bem como fazer a limpeza de entulhos que caem nas correias transportadoras.

Abrir as tubulações que molham as pedras durante a sua passagem, operando registros ou torneiras, para evitar levantamentos de pó;

Por em funcionamento as máquinas, manobrando os dispositivos de controle e observando constantemente os indicadores, para efetuar a trituração dentro das normas estabelecidas;

Regular e fazer funcionar a correia transportadora, controlando sua velocidade, para fazer chegar o produto moído aos depósitos;

Manter o fluxo normal de trabalho, alimentando a esteira transportadora, para assegurar a regularidade da produção;

Lubrificar periodicamente as máquinas e limpar ao término de cada operação, utilizando graxas e óleos específicos e empregando materiais de limpeza, para mantê-las em bom estado de funcionamento e conservação;

Fazer pequenos reparos nas máquinas, que não requeiram conhecimentos especiais.

Executar outras atividades correlatas ou determinadas.


OPERADOR DE RETRO ESCAVADEIRA:

Operar máquinas tipo retroescavadeira, realizando trabalhos em terraplanagem, aterros, nivelamento e revestimento de estradas, desmatamento, abertura e desobstrução de valetas, nivelamento de terrenos e taludes, remoção e compactação de terra.

Relatar, em caderneta de registros, os serviços executados pela retroescavadeira, de acordo com o horômetro, para efeitos de controle.

Controlar o consumo de combustíveis e lubrificantes, para levantamento do custo da obra, bem como para a manutenção adequada da retroescavadeira.

Zelar pela conservação da retroescavadeira, informando quando detectar falhas e solicitando sua manutenção.

Efetuar o abastecimento da retroescavadeira, lubrificando-a e executando pequenos reparos, para assegurar seu bom funcionamento durante a execução dos serviços.

Executar outras atividades correlatas.

PEDREIRO/COVEIRO:

Descrição sintética do Cargo:

Executar os trabalhos de pedreiro e coveiro em cemitérios municipais e demais serviços correlatos.



Descrição analítica na Área de Atuação:

Verificar as características da obra em cemitério para orientar-se na escolha do material apropriado e na melhor forma de execução do trabalho.

Misturar areia, cimento e água, dosando esses materiais nas qualidades apropriadas, para obter a argamassa a ser empregada no assentamento das pedras ou tijolos.

Assentar tijolos, ladrilhos ou pedras e materiais afins, colocando-os em camadas supostas, formando fileiras horizontais ou de outras formas, unindo-os com argamassa espalhada em camada com o auxilio de uma colher de pedreiro e arrematando a operação com golpes de martelo ou com o cabo da colher os tijolos, para construção de sepulturas, levantar paredes, muros e outras edificações.

Recobrir as juntas entre tijolos e pedras, preenchendo-as com argamassa e retocando-as com colher de pedreiro para nivelá-las.

Verificar a horizontalidade e verticalidade do trabalho, controlando-o com nível e prumo para assegurar-se da correção do trabalho.

Efetuar o sepultamento de cadáveres, carregando e colocando o caixão na sepultura.

Fechar as sepulturas cobrindo-as com terras ou fixando-lhe uma laje, para assegurar a inviolabilidade do túmulo.

Realizar exumações quanto determinadas pela chefia, reunindo em recipientes especiais os restos mortais, após as mesmas.

Participar de plantões no Cemitério quando ordenado pela chefia.

Executar outras atividades correlatas ou determinadas.

PINTOR:

Pintar superfícies externas e internas de edifícios e outras obras civis, raspando-a emassando-as e cobrindo-as com uma ou várias camadas de tinta; revestir tetos, paredes e outras partes de edificações com papel e materiais plásticos e para tanto, entre outras atividades, preparar as superfícies a revestir, combinar materiais etc.

Verificar o trabalho a ser executado, observando o estado da superfície para determinar os procedimentos e materiais a serem utilizados, examinando, quando necessário, plantas e outras especificações;

Limpar as superfícies, escovando, lixando ou retirando a pintura velha ou das partes danificadas com raspadeiras, espátulas e solvente para eliminar os resíduos;

Preparar as superfícies, emassando, lixando e retocando falhas e emendas, para corrigir defeitos e facilitar a aderência da tinta;

Preparar o material de pintura, misturando tintas, pigmentos, óleos e substâncias diluentes e secantes em proporções adequadas, para obter a cor e a qualidade especificada;

Pintar as superfícies, aplicando sobre elas uma ou várias camadas de tinta, utilizando pincéis, rolos ou brochas para protegê-las e dar-lhes o aspecto desejado;

Distribuir tarefas a serem executadas pelos demais servidores, relativas à sua área de atuação;

Desenvolver trabalhos e estar habituado com a utilização, no mínimo, dos seguintes recursos de trabalhos: prumo, desempenadeira de aço, desempenadeira dentada, trincha, ponteiro, torquês, lixadeira de centro e manual, talhadeira, chaves manuais, pistola de compressor, escova de aço, estilete, escada, abridor de junta, ferro de canto, linha, régua, fita adesiva, forro de proteção, broxa, lápis, EPI (equipamentos de proteção individual), espátula de pintor, rolo, pincel, rodo, pendente com foco direcionado (Gambiarra), etc.;

Organizar o trabalho interpretando as ordens de serviço, especificando os materiais a serem utilizados, calculando os materiais a serem utilizados e realizando os orçamentos respectivos, quando necessário;

Zelar pela limpeza do local de trabalho;

Auxiliar na elaboração de especificações técnicas necessárias, para contratação de serviços e compra de materiais, utensílios e equipamentos, relativos à sua área de atuação;

Articular-se com profissionais de outras áreas, provendo a operacionalização dos serviços, tendo em vista o efetivo atendimento das necessidades do setor;

Zelar pelos materiais, ferramentas e equipamentos de sua utilização, responsabilizando-se pela limpeza dos mesmos e do local de trabalho;

Zelar pela eficiência, disciplina e segurança no trabalho;

Executar outras tarefas correlatas determinadas pelo superior imediato.



TÉCNICO ENFERMAGEM:

Descrição sintética do Cargo:

Orientar e executar o trabalho técnico de assistência de enfermagem aos clientes da Instituição, auxiliar nas atividades de planejamento, ensino e pesquisa nela desenvolvidos. Trabalhar em conformidade com as normas e procedimentos de biossegurança.



Descrição analítica na Área de Atuação:

Prestar assistência de enfermagem segura, humanizada e individualizada, aos clientes, sob supervisão do enfermeiro, assim como colaborar nas atividades de ensino e pesquisa desenvolvidas na Instituição.

Auxiliar o superior na prevenção e controle das doenças transmissíveis em geral, em programas de vigilância epidemiológica e no controle sistemático da infecção hospitalar.

Preparar clientes para consultas e exames, orientando-os sobre as condições de realização dos mesmos.

Colher e ou auxiliar o cliente na coleta de material para exames de laboratório, segundo orientação.

Realizar exames de eletrodiagnósticos e registrar os eletrocardiogramas efetuados, segundo instruções médicas ou de enfermagem.

Orientar e auxiliar clientes, prestando informações relativas a higiene, alimentação, utilização de medicamentos e cuidados específicos em tratamento de saúde.

Verificar os sinais vitais e as condições gerais dos clientes, segundo prescrição médica e de enfermagem.

Preparar e administrar medicações por via oral, tópica, intradérmica, subcutânea, intramuscular, endovenosa e retal, segundo prescrição médica, sob supervisão do Enfermeiro.

Cumprir prescrições de assistência médica e de enfermagem.

Realizar a movimentação e o transporte de clientes de maneira segura.

Auxiliar nos atendimentos de urgência e emergência.

Realizar controles e registros das atividades do setor e outros que se fizerem necessários para a realização de relatórios e controle estatístico.

Circular e instrumentar em salas cirúrgicas e obstétricas, preparando-as conforme o

necessário.

14. Efetuar o controle diário do material utilizado, bem como requisitar, conforme as normas da Instituição, o material necessário à prestação da assistência à saúde do cliente.

Controlar materiais, equipamentos e medicamentos sob sua responsabilidade.

Manter equipamentos e a unidade de trabalho organizada, zelando pela sua conservação e comunicando ao superior eventuais problemas.

Executar atividades de limpeza, desinfecção, esterilização de materiais e equipamentos, bem como seu armazenamento e distribuição.

Propor a aquisição de novos instrumentos para reposição daqueles que estão avariados ou desgastados.

Realizar atividades na promoção de campanha do aleitamento materno bem como a coleta no lactário ou no domicílio.

Auxiliar na preparação do corpo após o óbito.

Participar de programa de treinamento, quando convocado.

Executar tarefas pertinentes à área de atuação, utilizando-se de equipamentos e programas de informática.

Executar outras tarefas compatíveis com as exigências para o exercício da função.

Executar outras atividades correlatas ou determinadas.



VIGIA:

Efetuar rondas diurnas e noturnas, periódicas de inspeção pelo prédio e imediações, examinando portas, janelas e portões, para assegurar-se de que estão devidamente fechados.

Impedir a entrada, no prédio ou áreas adjacentes, de pessoas estranhas e sem autorização, fora do horário de trabalho, convidando-as a se retirarem como medida de segurança.

Comunicar a chefia imediata qualquer irregularidade ocorrida durante seu plantão, para que sejam tomadas as devidas providências.

Zelar pelo prédio e suas instalações, jardim, pátio, cercas, muros, portões, sistema de iluminação, procedendo aos reparos que se fizerem necessários e levando ao conhecimento de seu superior qualquer fato que dependa de serviços especializados para reparo e manutenção.

Executar serviços de vigilância em prédios, logradouros e outros locais públicos ou de responsabilidade do Município e demais serviços relacionados com o emprego.

0 exercício do emprego exige a prestação de serviços aos sábados, domingos e feriados, inclusive serviços noturnos e nos mais variados locais do Município.

Controlar a movimentação de veículos, fazendo os registros, anotando o número da chapa do veículo, nome do motorista e horário.

Verificar a existência de material de limpeza e outros itens relacionados com seu trabalho, comunicando ao superior imediato a necessidade de reposição.

realizar eventualmente, serviços externos para atender as necessidades do setor.

Comunicar ao superior imediato qualquer irregularidade verificada, bem como a necessidade de consertos e reparos nas dependências, móveis e utensílios, que lhe cabe manter limpos e com boa aparência.

Executar serviços de vigilância e recepção em portarias.

Executar a limpeza de ruas, parques, jardins e demais logradouros públicos.

Executar atividades de capinação e retirada de mato.

Executar a manutenção de hortas nas escolas, cumprindo calendário técnico para plantio e colheita.

Executar outras atividades correlatas.



CONCURSO PUBLICO Nº. CP01/2011

EDITAL Nº. 003/2011
Anexo IV

REQUERIMENTO DE ISENÇÃO DA TAXA DE INSCRIÇÃO



Nome do candidato:

Registro Geral (RG):



Órgão expedidor:

CPF:

Telefone: ( )

Cargo pretendido:

Número de Identificação Social – NIS (atribuído pelo CadÚnico):

Solicito isenção da taxa de inscrição no Concurso Público aberto pelo Edital nº 01.01/2011 e declaro que:


a) Estou inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), de que trata o Decreto nº 6.135, de 26 de junho de 2007.
b) Sou membro de família de baixa renda, nos termos do Decreto n.º 6.135, de 2007.

Declaro, sob as penas da lei, serem verdadeiras as informações prestadas.

_______ de ___________________________ de 2011.

_________________________________________________

Assinatura

Para uso exclusivo da Comissão de Concurso

Assis Chateaubriand - PR, ______/ ______/ 2011 ( ) Deferido ( ) Indeferido

Assinatura do Presidente da Comissão de Concurso:____________________________








Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal