Elo fusível ntc 813884/85 tipo olhal figura elo fusível tipo olhal tabel a



Baixar 25.7 Kb.
Encontro25.12.2018
Tamanho25.7 Kb.




ELO FUSÍVEL NTC 813884/85

tipo olhal







FIGURA - ELO FUSÍVEL TIPO OLHAL


TA B E L A


NTC

CÓDIGO COPEL

FORMA CONSTRUTIVA

CORRENTE NOMINAL (A)

TIPO

3884

15015451

OLHAL

0,5

H

3885

15016342

1


OBS.: 1. Medidas em milímetros;

2. As características elétricas são as mesmas dos elos fusíveis de distribuição tipo botão correspondentes 0,5H (NTC 813810) e 1H (NTC 813811).



1. OBJETIVO
Esta NTC padroniza as dimensões e estabelece as condições gerais e específicas dos Elos Fusíveis de Distribuição tipo olhal próprios para mola desligadora instalados em redes de 15 kV e 34,5 kV nas Redes de Distribuição Aéreas da Copel.
2. NORMAS E/OU DOCUMENTOS COMPLEMENTARES
Conforme a Norma de Materiais de Distribuição - Especificação - NTC 810032 ou outras normas que assegurem igual ou superior qualidade.
3. DEFINIÇÕES
Conforme item 2.
4. CONDIÇÕES GERAIS
4.1 Identificação:
4.1.1 Cada elo deve ter marcado, de forma legível e indelével, no tubo protetor ou no sistema de fixação do tubo na cordoalha, no mínimo, as seguintes informações:
- nome ou marca do fabricante;

- valor da corrente nominal seguida do tipo (0,5H ou 1H).

- mês/ano de fabricação;

- código de rastreabilidade, identificando o lote.


4.1.2 Os elos fusíveis devem ser acondicionados em sacos plásticos, os quais devem conter, visualmente, no mínimo, as seguintes informações:
- nome ou marca do fabricante;

- número de referência do fabricante;

- valor da corrente nominal seguida do tipo (0,5H ou 1H).

- mês/ano de fabricação.


4.2 Condições de utilização:
Os elos fusíveis de distribuição tipo olhal devem ser próprios para instalação em mola desligadora (NTC 813750).
4.3 Tipo do elo fusível:
O elo fusível deve ser do tipo "H" de alto surto e com alta temporização para correntes elevadas.
4.4 Material:
4.4.1 As cordoalhas devem ser trançadas de cobre estanhado, com diâmetro mínimo de 2,0 mm, não sendo permitido o emprego de material ferroso nas partes condutoras de corrente. As partes que servem de contato (semi-esferas) devem ser estanhadas, prateadas ou protegidas de outro modo contra a corrosão ambiental e a devida passagem de corrente.
4.4.2 Os elos fusíveis não devem ter suas características elétricas e mecânicas alteradas permanentemente em função da passagem de corrente de valor e duração inferiores à da mínima de fusão, pelo ambiente ou no decorrer do tempo.
4.4.3 Os tubos podem ser de fenolite (papel fenólico), resistentes ao tempo.
O comprimento do tubo deve, obrigatoriamente, fazer parte do desenho do fabricante para cada tipo de elo. Não será aceito comprimento de tubo menor do que 125 mm.
5. CONDIÇÕES ESPECÍFICAS
5.1 Características técnicas:
5.1.1 Características geométricas e dimensionais:
Conforme Figura e tabela acima.
5.2 Características Elétricas:
5.2.1 Corrente nominal:
As correntes nominais dos elos fusíveis de distribuição tipo olhal padronizados na COPEL são 0,5A e 1A, conforme indicado na Tabela.
5.2.2 Características de fusão tempo x corrente:
As características de fusão tempo x corrente dos elos fusíveis tipo olhal são as mesmas dos elos fusíveis de distribuição tipo botão, tipo 0,5H (NTC 813810) e 1H (NTC 813811).
Estas características não devem variar com o esforço mecânico a que são submetidos os elos fusíveis, quando instalados nas molas desligadoras.
5.3 Características mecânicas:
5.3.1 Os elos fusíveis devem suportar 20 instalações em mola desligadora sem apresentar danos visíveis, tais como ruptura ou alongamento de componentes, escorregamento nas conexões, etc.
5.3.2 Nos elos fusíveis o elemento fusível deve ser protegido por um tubo, conforme item 4.4.3;
5.3.3 Cada cordoalha deve atender as seguintes condições:


  1. ser estanhada;

  2. não ter falhas na estanhagem;

  3. ser trançada;

  4. não ter fios soltos ou quebrados;

  5. não estar desfiada ou mal trançada;

  6. ser flexíveis para não interferirem no funcionamento das molas desligadoras;

  7. ter no mínimo 2,0 mm de diâmetro.

5.3.4 Os elos fusíveis devem atender as seguintes condições:




  1. ter o elemento fusível bem fixado nas luvas que prendem as cordoalhas;

  2. nos elos o tubo protetor deve estar preso de forma a evitar seu deslocamento vindo a expor o elemento fusível, bem como ser resistente aos raios ultravioletas e as intempéries;

5.4 Embalagem e acondicionamento:


Consultar a Internet no seguinte endereço:
www.copel.com

- Parceiros e fornecedores

- Guia para confecção de embalagens unitizadas
6. INSPEÇÃO
Os ensaios, métodos de ensaio, amostragem e critérios de aceitação ou rejeição devem estar de acordo com a Especificação Técnica COPEL - NTC 810032.

7. FORNECIMENTO
O fornecimento à Copel deste material fica condicionado à homologação da Ficha Técnica do mesmo pela SED / DNOT. Para maiores informações consultar a Internet no seguinte endereço:
www.copel.com

- Para sua empresa

- Normas Técnicas



ABRIL / 2014 SEE/DPRD VOLUME 2 Página de 3




Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal