Engº frederico jun okabayashi



Baixar 15.9 Kb.
Encontro31.12.2017
Tamanho15.9 Kb.

GRUPO DE TRABALHO SUSTENTABILIDADE E SAÚDE

COMITÊ MUNICIPAL DE MUDANÇA DO CLIMA E ECOECONOMIA


REUNIÃO GT SUSTENTABILIDADE E SAÚDE (GT SAÙDE) – 9

ASSUNTO: 9ª reunião do Grupo de Trabalho Sustentabilidade e Saúde do Comitê Municipal de Mudança do Clima e Ecoeconomia.

LOCAL: Rua Santa Izabel, nº 181 – 5º andar – (COVISA - SMS)

DATA: 20/10/2010 – Das 9:00 às 16:00 horas
PRESENTES:

Angela Maria Branco ( T ) - Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente (SVMA) - Coordenadora

Vera Lúcia Anacleto Allegro ( T ) - Secretaria Municipal da Saúde (SMS)

Ronaldo Malheiros Figueira ( T ) – Secretaria Municipal de Segurança Urbana – SMSU – Defesa Civil

Rubia Kuno ( T ) Companhia Ambiental do Estado de São Paulo – CETESB

Elisabeth Fernandes Bertoletti Gonçalves ( I ) - (Secretaria do Verde e do Meio Ambiente (SVMA)

Emília Emirene Nogueira ( I ) - Secretaria Municipal de Educação (SME)
AUSÊNCIAS JUSTIFICADAS:

Ilderson de Oliveira França ( I ) - Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (SMDU)

Luz Marina M. Corrêa de Toledo ( T ) - Secretaria Municipal de Educação (SME)

Maria de Fátima Andrade ( T ) Universidade de São Paulo - USP

Fábio Luiz Teixeira Gonçalves ( S ) - Universidade de São Paulo (USP)

(T) Titular; (S) Suplente; ( I ) Indicado.
ITENS DA PAUTA


  1. Encaminhamentos e providências sobre a 8ª reunião;

  2. Elaboração da proposta de projeto para apresentação ao Comitê de Mudanças Climáticas.

  3. Outros assuntos.


ATA

Item 1) Encaminhamentos e providências sobre a 8ª reunião.

Informado pela coordenadora do GT que, no último dia 18 de outubro, foi realizada uma reunião na sede da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (SMDU) com o Professor Dr. João Cyro André que esta responsável pela elaboração do Plano Verão, relativo aos riscos decorrentes de enchentes. Na reunião estiveram presentes os seguintes membros do GT Saúde: Angela Branco, Vera Allegro, Ilderson França e Ronaldo Figueira. A reunião teve como objetivo a apresentação de demandas apontadas pelo GT e que poderiam ser incorporadas no plano. Como sugestão, os representantes do GT destacaram a necessidade de integração dos sistemas de informação, dos diversos órgãos da prefeitura, e que poderão auxiliar nos trabalhos de prevenção aos riscos relativos à saúde.

Também foi informado pela representante da Secretaria Municipal de Educação, Emília Nogueira, a realização da reunião com a COVISA que em princípio deveria contar com a presença das coordenadoras da Diretoria de Orientação Pedagógica da SME, para tratar das demandas relativas ao “Projeto Piloto de Biomonitoramento da Qualidade do Ar com Espécies Vegetais”, além da necessidade de capacitação de multiplicadores para assuntos relacionados à área de saúde ambiental.

A representante da Cetesb, Rúbia Kuno, fez algumas considerações em relação à proposta da Saúde em desenvolver ações de biomonitoramento utilizando Tradescantia pallida. Disse que o objetivo dessa atividade deve estar muito bem definido pelo GT, isto é, trata-se de atividade estimuladora para discussão dos efeitos da poluição, portanto de educação ambiental. Entretanto, deve-se deixar claro que os resultados obtidos desses ensaios não serão considerados para avaliar a qualidade do ar, não poderão ser parâmetro para a adoção de medidas mitigadoras de efeitos da poluição do ar. A preocupação é em relação ao significado do ensaio com Tradescantia. Esse ensaio avalia a freqüência de mutações em pêlos do estame das inflorescências ou em células mãe de pólen das inflorescências na fase de tétrades. Dessa maneira verifica-se o efeito genotóxico na planta estudo. No entanto, além da diferença da pureza do ar, outras condições ambientais como luz, tipo de solo, nutrientes, variações de temperatura, podem influir nos resultados deste ensaio e confundir a sua interpretação. Acrescentou que para que os dados sejam comparáveis, devem ser garantidas as mesmas condições experimentais, o que será difícil de atender com a proposta de se colocar as plantas em diversas escolas. Concluiu dizendo ser muito importante que esse ensaio seja realizado junto a estações de monitoramento químico, pois são muitos os compostos que podem induzir a freqüência de micronúcleos e pode-se estar comparando causas diferentes nos diversos locais. Os membros do GT concordaram que essa atividade é de cunho essencialmente educativo.

A coordenadora do grupo também informou que, no dia 19/10/10, realizou uma reunião com representantes da Divisão Técnica de Sistema de Informações Ambientais da SVMA para obter informações sobre os sistemas existentes na Secretaria. Na reunião foi informada que existem diversos sistemas, porém, os mesmos não estão integrados. Dessa forma, ficou acordado que seria agendada uma reunião com a Divisão de Informática da SVMA, para conhecimento dos sistemas em operação.

Item 2) Elaboração da proposta de projeto para apresentação ao Comitê de Mudanças Climáticas.

A representante titular da saúde apresentou ao GT a proposta de projeto reformulada para ser submetida ao Comitê, atendendo as sugestões dadas pelo grupo na oitava reunião.

Após novas discussões, o grupo consolidou a proposta com a seguinte apresentação:
Clique aqui para ver a apresentação.
Item 3) Outros assuntos.

A décima reunião não foi previamente agendada. Todo o grupo foi convidado para participar da apresentação do projeto na reunião do Comitê, do dia 21/10/2010.


AMB/RK/amb









©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal