Estado de santa catarina município de iomerê departamento técnico amarp memorial descritivo



Baixar 47.21 Kb.
Encontro27.12.2018
Tamanho47.21 Kb.

ESTADO DE SANTA CATARINA



MUNICÍPIO DE IOMERÊ
DEPARTAMENTO TÉCNICO - AMARP

MEMORIAL DESCRITIVO

AMPLIAÇÃO DA CRECHE FNDE

JEAN MARCELO ZIERO


Arq. e Urb. – CAU/BR A32454-0

Rua Manoel Roque,99

Email: jean@amarp.org.br

Videira - SC

VIDEIRA,

OUTUBRO DE 2016.


A Ampliação de uma CRECHE PADRÃO FNDE contendo: CRECHE I(37,10m2)+REPOUSO(19.20m2)+BANHO(10,80m2)+SOLÁRIO(19,16m2); CRECHE II (39,38m2)+SANITÁRIO CRECHE II (16,88m2)+SOLÁRIO(23,85m2); MATERNAL II (45,90m2), MATERNAL II (45,90m2) e PÁTIO COBERTO (85,00m2): com área total da ampliação 349,10m2, em terreno de propriedade da PREFEITURA MUNICIPAL DE IOMERÊ, Município de IOMERE.

00 - GENERALIDADES :


A construção deverá ser feita rigorosamente de acordo com o projeto aprovado no PADRÃO E DETALHAMENTO DO FNDE, JÁ EXECUTADO ANTERIORMENTE, conforme PRANCHAS DA 1 ETAPA DA OBRA.

Nos projetos apresentados, caso haja divergência entre as medidas tomadas em escala e medidas determinadas pôr cotas, prevalecerão sempre as últimas.

Caberá a empreiteira proceder a instalação da obra dentro das normas gerais de construção.

E de sua responsabilidade manter atualizados, no canteiro de obras, alvará, certidões e licenças, evitando interrupções pôr embargo.

Assim como ter um jogo completo aprovado e atualizado dos projetos, especificações, orçamentos e demais elementos que interessam ao serviço.

Todos os serviços deverão ter a aprovação previa da fiscalização , no que concerne as fases de execução do projeto.

Não serão aceitos materiais e serviços que não atendam as normas especificas, projeto, caderno de encargos e este memorial.

O canteiro deverá estar de acordo com a norma de segurança vigente NR-18.

Será de responsabilidade do construtor as sondagens geológicas tipo SPT, a determinação da resistência superficial a percussão o cálculo da estrutura da edificação, tudo de acordo com as normas brasileiras, NBRs, Cadernos de Encargos, seguindo-se as orientações previas do Eng. Responsável pela PMI , devendo os mesmos serem encaminhados para aprovação final do engenheiro fiscal, responsável pela Prefeitura Municipal de Iomerê.

Nenhum serviço deverá ser iniciado sem que os projetos, descrições dos projetos e memoriais de calculo estejam aprovados pelo Eng. Responsável fiscal da PMI.

Os detalhes arquitetônicos e materiais não descritos neste memorial deverão ser esclarecidos pelo Engenheiro fiscal da PMI.

Fica estabelecido como fck mínimo 15 Mpa.

A qualquer momento a fiscalização poderá solicitar corpos de provas de concreto e outros materiais, sendo que os custos de sua obtenção e demais ensaios de verificações deverão ser custeados integralmente pela empreiteira. Em caso do não atendimento imediato dos ensaios solicitados serão suspensos a execução imediata dos serviços, até a liberação da fiscalização.

Para facilitar o trabalho da fiscalização a contratada deverá especificar o horário em que o Eng. Responsável pela obra estará na mesma. Este horário será fixado entre o Eng. Fiscal da PMI e a contratada, devendo o mesmo estar compreendido no período das 8 até as 12 e das 13 até as 17 horas, deverá ser diário (de segunda a sexta feira) e no mínimo de 3 horas diárias sempre no mesmo horário.

01 - SERVIÇOS PRELIMINARES :

01.01. INSTALAÇÕES PROVISÓRIAS :


A empreiteira executará a instalação do canteiro de obras e instalações provisórias para fornecimento de água, luz e força, cabendo também todas as providências necessárias para tal fim junto aos órgãos públicos e concessionários.
01.02. DEMOLIÇÕES :
Será feita uma demolição em Alvenaria de Tijolos Furados sem reaproveitamento, no ambiente citado no Projeto.
01.03. RELOCAÇÃO:
Será feita uma Recolocação de Esquadrias em Vidro Temperado 10mm, já existente nas mesmas medidas, no Pátio Coberto.
01.04. BARRACO DE OBRA:
Será executado um barracão para depósito/escritório, com parede de compensado e=10mm, e piso de pinho 3ª, e cobertura em fibrocimento 6mm, com instalação elétrica inclusive.
01.05. LOCAÇÃO DA OBRA :
A locação deve ser feita com gabarito de tábuas corridas, de acordo com as medidas descritas no projeto arquitetônico, observando as diferenças de nível entre os pisos, se houver.

02 – MOVIMENTO DE TERRAS:

02.01. ESCAVAÇÃO:
A escavação será feita manual de valas até até 1,5m de profundidade.
02.02. REATERRO DE SAPATAS:
O reaterro apiloado, será feito em camadas de 0,20m com material argilo-arenoso, ou reaterro apiloado com material da própria obra, para Sapatas.
02.03. REATERRO DE VALAS:
O reaterro apiloado, será feito em camadas de 0,20m com material argilo-arenoso, ou reaterro apiloado com material da própria obra, para o Piso Bruto.

03 – INFRA-ESTRUTURA FUNDAÇÕES :


03.01. SAPATAS E BALDRAMES :
Utilizaremos Lastro de Concreto e=3cm com aditivo, antes da concretagem das Sapatas e Baldrames. As Sapatas e Vigas de Baldrame, serão em concreto armado FcK 25Mpa, no tamanho que especificar o Projeto Estrutural. No Bwc, teremos o cuidado apenas no assentamento da primeira fiada de tijolos, com a utilização de impermeabilizantes do tipo SIKA ou similar no contra-piso a ser executado.

04 - SUPERESTRUTURA


04.01. PILARES :
Os pilares e arranques, serão em concreto armado FcK 25Mpa, conforme Projeto Estrutural.
04.02. VIGAS :
As vigas cintas, serão em concreto armado Fck 25 Mpa, conforme o Projeto Estrutural.
04.03. VERGAS:
As vergas serão pré-moldadas em concreto armado FcK 20Mpa, no tamanho de 10 x10cm, conforme projeto.
04.04. LAJE:
A laje será pré-moldada p/ 1Kn/m2 para vãos de até 4,4m, inclusive vigotas, lajotas, armadura negativa e capeamento de 3cm de concreto Fck 20Mpa, com escoramento em pontaletes de madeira roliça.
05 – PAREDES E PAINÉIS:
05.01. ELEMENTOS VAZADOS:
Será utilizado Cobogó de concreto nos tamanhos 7,0 x 50,0 x 50,0cm assentados com argamassa no traço 1:4.
05.02. ALVENARIA DE VEDAÇÃO :
As paredes serão em Alvenaria com largura de 9x19x39cm, (9cm de largura) os tijolos a serem utilizados serão de barro prensado de 6 furos, assentados a chato, com argamassa preparada manualmente. As fiadas deverão ser alinhadas e aprumadas.
05.03. DIVISÓRIAS :
As divisórias de Banheiros e Sanitários serão em Granito com espessura de 3cm polido, assentado com argamassa no traço 1:4.

06 - ESQUADRIAS :


06.01. JANELAS :
Seguirão o padrão das Janelas Existentes, ou seja, de Ferro com 2 Folhas de Correr (as maiores) com vidro fantasia canelado transparente 4mm, já a dos bwc(s) serão basculantes também com vidro canelado transparente 4mm, com o formato e as dimensões constantes no projeto arquitetônico.

Nos Pátios/corredores, utilizaremos o Vidro Fixo Temperado Branco 10mm.


06.02. PORTAS :
As portas externas do Pátio Coberto/corredor, serão de Vidro Temperado Branco 10mm, no tamanho de 1,50 x 2,10m.

As internas serão de 0,80 x 2,10m em madeira semi-oca de boa qualidade.

As dimensões serão as que constam em projeto.
07 - COBERTURA :
07.01. ESTRUTURA :
Será de madeira aparelhada para vãos de 3,0 a 7,0m, sobre a Laje Pré-Moldada.

Deverão ser rigorosamente observados os detalhes do projeto quanto a caimento e largura dos beirais.


07.02. TELHAMENTO :
Será utilizado telhas de barro estilo Plan, com inclinação de 35% em toda a edificação. A Platibanda, será executado sobre o Beiral com Laje Pré-moldada. Deverão ser rigorosamente observados os detalhes do projeto quanto a caimento e largura dos beiras.
07.03. CUMEEIRA:
Será utilizado cumeeira com telha cerâmica tipo plan emboçada com argamassa no traço 1:2:8.
07.04. CALHAS:
As calhas serão em chapa de aço galvanizado nr. 24 com desenvolvimento de 33cm.

08 – IMPERMEABILIZAÇÃO:


Será feita a Impermeabilização com tinta betuminosa nas fundações e baldrames, nas laterais e base para assentamento dos tijolos.

09 – REVESTIMENTOS DE PAREDES :

09.01. CHAPISCO :
Toda a alvenaria receberá revestimento em chapisco no traço 1:4 (cimento , areia grossa) espessura 0,5mm.
09.02. EMBOÇO :
Será executado emboço barra lisa com argamassa, desempenado no traço 1:4 (cimento, areia grossa), + 10% cimento, na espessura 20mm, com preparo mecânico.

09.03. REBOCO:


Será executado emboço barra lisa com argamassa, desempenado no traço 1:2 (cimento, areia media), + 10% cimento, na espessura 0,5cm, com preparo manual.

09.04. AZULEJOS :

Serão utilizados azulejos do tipo grês ou semi-grês, no tamanho 20x20cm, assentados com argamassa colante em todo o interior dos BWC(s).

09.05. PASTILHAS:


Serão utilizadas Pastilhas Cerâmicas no tamanho 10 x 10cm, nas paredes externas na altura de 60cm, e, também nas faixas de requadro frontal das portas e janelas L=10cm.

10 – PAVIMENTAÇÃO:

10.01. PISO BRUTO :

O Piso será em concreto 20 MPa preparo mecânico, espessura 7cm, incluso selante elastico a base de poliuretano.


10.02. LASTRO :

Será feito um Lastro de Concreto, na espessura de 3cm, com Preparo Mecânico.

10.03. PISO GRANILÍTICO, VINÍLICO E MASSA EPÓXI:
Será feito um piso de alta resistência em massa granilítica, e=8mm, incluso junta de dilatação plástica na maioria dos ambientes, inclusive rodapé em massa granilítica.

Nos ambientes especificados no Projeto Arquitetônico, utilizaremos piso vinílico semi-flexível, padrão liso e=2mm, fixado com cola. Também utilizaremos Piso com Emassamento em Massa Epóxi com 2 demãos, no ambiente especificado em Projeto.

11 – RODAPÉS E PEITORIS :
11.01. RODAPÉS:

Em alguns ambientes, conforme o Projeto, os rodapés serão em massa granilítica, e=8cm. No restante dos ambientes, os rodapés serão em piso cerâmica PEI-IV cortada, na altura de 7cm, conforme o Projeto.


11.02. SOLEIRAS:
As soleiras também serão todas em Granito L=15cm, assentados em argamassa no Traço 1:4.
11.03. PEITORIS:

Os peitoris das janelas serão todos em Granito L=15cm, assentados em argamassa no Traço 1:4.


10 - FERRAGENS :
As portas externas serão providas de fechadura tipo cilindro e serão fixadas nos batentes pôr intermédio de três dobradiças.
11 - VIDROS :
Os vidros das janelas de correr serão do tipo Fantasia Canelado Transparente e=4mm.

No Pátio/corredores, nas Janelas Fixas, utilizaremos o Vidro Temperado Branco 10mm, e nas Portas Janelas também utilizaremos o Vidro Temperado Branco10mm, relocados, pois já foram instalados anteriormente.


12 – PINTURA:
Será feito primeiramente um emassamento de paredes internas e externas com massa acrílica em 2 demãos.

Na pintura interna e externa de alvenaria utilizaremos pintura látex acrílica com 2 de mãos.

Nas esquadrias de ferro, pintura em esmalte sintético com 2 demãos.
13- INSTALAÇÃO ELÉTRICA :
13.1 ENTRADA DE ENERGIA :
A entrada de energia será em tensão secundária a 4 fios, aérea, de acordo com as normas da Celesc.

A medição será feita pôr quadro de medidor a ser instalado na parede. Este deverá ter aterramento adequado e protegido pôr disjuntor termomagnético.

13.2. ILUMINAÇÃO :
Em todas as peças estão previstos pontos de luz fluorescente que proporcionarão um iluminamento adequado.
13.3. TOMADAS DE CORRENTE :
Em todas as áreas foram projetadas tomadas de corrente que atenderão cargas de uso geral ou específico.Nos quadros de cargas estão representadas as diversas potências, para as de uso geral foi determinado a potência de 100 W. Ainda teremos dois pontos adicionais de 300 W para chuveiro.
13.4. CONDUTORES :
Serão do tipo anti-chama nas bitolas especificadas em projeto e serão embutidos na alvenaria.
14 - INSTALAÇÃO HIDRÁULICA :
Serão respeitados os detalhes do projeto hidráulico. A rede será executada com tubos e conexões de PVC rígido soldável. O abastecimento será feito pelo castelo d’agua existente.

Os registros de pressão, as torneiras e o chuveiro serão da linha Tigre ou similar, de PVC.

As ligações das torneiras, engates e aparelhos serão feitas utilizando-se conexões azuis com buchas de latão.

15 - INSTALAÇÃO SANITÁRIA :


Serão respeitados rigorosamente os detalhes do projeto apresentado. Toda a rede será em PVC soldável, própria para as instalações sanitárias, nas bitolas especificadas no projeto. A rede será executada de tal maneira que tenha caimento de 2% no mínimo, para dar escoamento as águas servidas. As Caixas de Gordura serão em PVC dim: 50x50x60cm

Nas descontinuidades da rede, serão executados caixas de inspeção.

A rota do esgoto sanitário da ampliação compreende: Caixas de Inspeção, Tubulação, seguindo para a Fossa Séptica (EXISTENTE), Filtro Anaeróbio (EXISTENTE) e despejo no Sumidouro (EXISTENTE).

16 – LOUÇAS E METAIS:

Os lavatórios e vasos sanitários do sanitário serão de louça sifonados com válvula de descarga, e com altura que respeite as normas de creche e vem acompanhado das ferragens para fixação e ligação. Os Lavatórios serão de louça com coluna branco, inclusive com sifão, válvula e flexíveis. Os metais de acabamento como torneiras, serão metálicos cromados. As barras de apoio para Portadores de Necessidades Especiais, serão em alumínio anodizado. As papeleiras serão de louça na cor branca. A peleira sera fixa na parede próximo aos lavatórios.

Todas as bancadas receberão papeleiras fixas na parede, com cuba de embutir em aço inoxidável e torneiras cromadas de mesa próprias para lavatório.

Na bancada da sala de banho, haverá dois chuveiros elétricos, conforme projeto elétrico.

17 – TANQUES E BANCADAS:


As bancadas serão em Granito Polido na espessura de 2,5cm, nos tamanhos de 1,5 x 0,60m, ajustando conforme o Projeto.
18 - LIMPEZA :
Após o término dos serviços, será feita a limpeza total da obra. Externamente deverá ser removido todo o entulho da obra.

______________________

JEAN MARCELO ZIERO

Arq. e Urb. CAU/BR A32454-0

Depto Técnico AMARP.

Videira, outubro de 2016.



MEMORIAL DE CÁLCULO

ESCAVAÇÃO MANUAL P/ SAPATAS: (ver estrutural): 68,18m3
REATERRO APILOADO SAPATAS: (ver estrutural): 50,13m3
REATERRO APILOADO PISO: 392m2 x 0,20 = 78,40m3
SAPATAS: 1,50 x 1,50 x 0,40 = 0,90 m3 x (7 unidades) = 6,30 m3

1,20 x 1,20 x 0,35 = 0,504 m3 x (15 unidades) = 7,56 m3

0,90 x 0,90 x 0,25 = 0,2025 m3 x (10 unidades) = 2,025 m3

TOTAL = 15,89 m3


VIGA BALDRAME: Conforme Dimensões do Projeto Estrutural = 9,84m3
PILARES: 0,15 x 0,30 x 2,62 = 0,118m3 x (32 unidades) =3,78m3

COLARINHOS: 0,15 x 0,30 x 1,50 = 0,0675m3 x (32 unidades) =2,16m3

TOTAL = 5,94m3



VIGAS DA LAJE: Conforme Dimensões do Projeto Estrutural = 17,48m3
VERGAS E CONTRAVERGAS: Janelas (0,70ml x 10 x2 = 14ml) + (1,30ml x 5 x2 = 13ml) + (1,90ml x 9 x2 = 34,20ml) + (Portas 1,00ml x 10 = 10ml) = 71,20ml
LAJE PRÉ-MOLDADA: (9,50x10,70 = 101,65m2) + (9,50x21,50 = 204,25m2) = 306,00m2
ALVENARIA (Externa) 43,65 ml x 3,00 = 130,95m2 – 39,60 (janelas) = 91,35m2

(Interna) 78,10 ml x 3,00 = 234,30m2 - 15,10 (portas) = 219,20m2

(Platibanda) 50,11 ml x 0,60 = 30,07m2

Total Geral = 340,62 m2


DIVISÓRIAS BANHEIROS: 0,80m x 1,3m x 4unid. = 4,16m2.
CHAPISCO ALVENARIA: 91,35 + 219,20 + 30,07 = 340,62 x 2 = 681,24m2
CHAPISCO TETO: (19,20+10,80+37,10+39,38+16,88+45,90+45,90=97,00(beiral) =312,16m2
EMBOÇO ALVENARIA: 91,35 + 219,20 + 30,07 = 340,62 x 2 = 681,24m2
EMBOÇO TETO: 312,16m2
REBOCO ALVENARIA: 90,60ml x 3,00 = 271,80m2 – 44,16m2 (externa) + 122,70ml x 3,00 = 368,10m2 – 49,20 (interno) Total = 546,54m2
REBOCO DE TETO: 312,16m2
AZULEJO INTERNO: 32,90ml x 2,00m = 65,80m2 + 24,30 (pias salas) = 90,10m2
REVESTIMENTO CERÂMICO EXTERNO (Pastilhas 10x10cm)

90,6ml x 0,60 = 54,36m2 + 18,00m2(faixa janelas) = 72,36m2


PISO BRUTO: 392,00m2
PISO MASSA GRANILÍTICA: 142,00m2
PISO VINÍLICO SEMI-FLEXÍVEL: 37,10 + 19,20 = 56,30m2
PISO EM MASSA EPÓXI: 23,85 + 19,16 = 43,01 m2
RODAPÉ EM MASSA GRANILÍTICA: 87,00m2
PINTURA LÁTEX ACRÍLICA 90,60ml x 3,00 = 271,80m2 – 44,16m2 (externa) + 122,70ml x 3,00 = 368,10m2 – 49,20 (interno) Total = 546,54m2
PINTURA ESMALTE SINTÉTICO PORTAS: 28,08m2

Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal