Estado do paraná



Baixar 0.95 Mb.
Página3/19
Encontro10.08.2018
Tamanho0.95 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   19

4. MARCO SITUACIONAL



4.1 Realidade Brasileira, do Estado, do Município e da Escola
Entre a População, no dia-a-dia, percebe-se um ar de insatisfação oriundo de interferências ou situações pontuais, porém ao observarmos os avanços da Tecnologia, da Indústria, do Comércio e em especial a preocupação com as Questões Ambientais e da Valorização Humana, certificamos que muito está se pensando e sendo realizado por Instituições, Empresas, ONG’s e pelos Governos das 3 (três) esferas: federal, estadual e municipal.

Atualmente, considera-se a educação um dos setores mais importantes para o desenvolvimento de uma nação. É através da aquisição de conhecimentos que um país cresce, aumentando sua renda e a qualidade de vida das pessoas. Embora o Brasil tenha avançado neste campo nas últimas décadas, ainda há muito para ser feito. A escola, ou a faculdade, tornaram-se locais de grande importância para a ascensão social e muitas famílias têm investido muito nesse setor.

A comunidade Escolar do Colégio Estadual “Eron Domingues” – Ensino Fundamental, Médio e Normal, situado na cidade de Marechal Cândido Rondon é heterogênea. Atende alunos oriundos do centro da cidade, dos bairros, da zona rural, dos distritos, inclusive de outros municípios e, consequentemente apresentando uma diversidade social, econômica e cultural, bem como, no que diz respeito a interesses, expectativas e necessidades.

No Ensino Básico se faz necessário uma formação do cidadão que compreende: o desenvolvimento intelectual e cognitivo, tendo como essencial o pleno domínio da leitura, da escrita e do cálculo, além da compreensão do ambiente natural e social, do sistema político, da tecnologia, das artes e dos valores que fortalecem os vínculos de família, os laços de solidariedade humana e de tolerância.

Em março de 1950 ocorreram as primeiras derrubadas de árvores, iniciando a construção da vila, segundo os pioneiros, os primeiros clarões foram abertos nas proximidades onde atualmente é a Delegacia da Polícia Civil, iniciando-se, desta forma, a construção da Avenida Rio Grande do Sul, nome dado em homenagem aos primeiros moradores vindos daquele estado.

Os primeiros colonizadores trazidos e fixados em terras "rondonenses" chegaram em 7 de março de 1950, foi a partir de 1951 que efetivamente a migração sulina tomou vulto, configurando um novo quadro populacional na região. As primeiras casas construídas foram na região oeste da cidade, as margens do Arroio Borboleta, este sendo usado como fonte de água. Os colonizadores em sua grande maioria eram de descendência alemã, vindos do Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Segundo relatos de pioneiros, o povoado chegou a ser chamado de "Vila Flórida" e em 6 de julho de 1953, o núcleo populacional (ainda sem nome oficial) foi promovido a distrito administrativo de Toledo, denominado de General Rondon.

A partir desta data o distrito de General Rondon participava da administração política de Toledo. O oeste paranaense estava em um grande desenvolvimento, e vários núcleos populacionais não paravam de crescer. Assim, foram criados 58 municípios, e no dia 25 de julho de 1960 o governador Moisés Lupion sancionou a Lei 4.245, emancipando vários deles, e a vila General Rondon continuava no meio da listagem. A partir desta data a “vila” passou a ser denominada Marechal Cândido Rondon.

O nome da cidade se deu em homenagem a Marechal Cândido Rondon (1865-1958), militar, geógrafo, conhecido como “sertanista e desbravador”, em 1955 o Congresso Nacional aprovou uma lei especial conferindo-lhe o posto de marechal, por este motivo, o nome da cidade não ficou General Rondon, e também foi acrescentado o nome Cândido.
1 - Cultura
Marechal Cândido Rondon é uma cidade típica germânica onde os traços do povo e as construções enxaimel preservam sua cultura européia.

O principal turismo local é o turismo cultural, desenvolvido através da exploração da histórica influência cultural alemã na colonização inicial do município, que é caracterizada através da arquitetura, música, danças, gastronomia e bebidas tipicamente alemãs. Esta influência cultural também pode ser observada nas festas municipais como a Oktoberfest e a Festa Nacional do Boi no Rolete.



2 - Geografia
O município de Marechal Cândido Rondon está localizado na Mesorregião Geográfica Oeste Paranaense e na Microrregião de Toledo, entre as coordenadas 24o 26’ e 24o 46’ de latitude sul e 53o 57’ e 54o 22’ de longitude oeste.

Limita-se ao norte com o município de Mercedes, a nordeste com Nova Santa Rosa, a leste com Quatro Pontes, a sudeste com Toledo e Ouro Verde do Oeste, a sudoeste com Pato Bragado, ao sul com São José das Palmeiras e Entre Rios do Oeste e com a República do Paraguai (Lago de Itaipu) a oeste.

Os solos são férteis (terra roxa), adequados ao plantio de cultivos agrícolas anuais. A topografia é considerada plana, sendo 71% do solo, ou seja, 40.500 ha são mecanizáveis e altamente férteis.

O clima é subtropical úmido mesotérmico, a temperatura média do município é de 20,6°C (2007), e sua extensão é de 748 Km².

De acordo com o IBGE o PIB do município em 2007 foi de R$ 749.131 (mil).

Sua população foi estimada em 47.048 habitantes (IBGE 2009), sendo cerca de 37.000 na cidade. É o quarto município mais populoso da Associação dos Municípios do Oeste do Paraná (AMOP), atrás somente de Foz do Iguaçu, Cascavel e Toledo.

O município é composto pela sede municipal e sete distritos: Bom Jardim, Iguiporã, Margarida, Novo Horizonte, Novo Três Passos, Porto Mendes e São Roque.

Neste município, em franco desenvolvimento, encontra-se o Colégio Estadual Eron Domingues situado na Rua Mem de Sá, esquina com Rua Paraíba. A comunidade é heterogênea, atende alunos oriundos do centro da cidade, dos distritos, dos bairros, inclusive de outros municípios.


Com base no ano letivo de 2009 constatamos os seguintes dados estatísticos:

MATRÍCULA TOTAL: 1.408 alunos

No ano letivo de 2009, o Ensino Fundamental, séries finais – II Segmento (5ª a 8ª séries) atende uma clientela formada por estudantes do sexo masculino (404) e feminino (361), abrangendo a faixa etária de 10 a 16 anos de idade, considerada adequada, com relação ao aspecto físico, a grande maioria é de cor clara, de descendência européia, com a estatura física dentro dos padrões normais.



Com base no ano letivo de 2009 constatamos os seguintes resultados estatísticos do Ensino Médio. Sendo que, 295 alunos do sexo masculino e 348 do sexo feminino.
Dados Educacionais do Rendimento Escolar – Ano 2009



Ensino/Série

Rendimento Escolar

Taxa Aprovação

Reprovação

Abandono

Fundamental - Total

85,10%

9,90%

4,90%

5ª Série

88,60%

5,30%

5,90%

6ª Série

84,60%

13,20%

2,00%

7ª Série

85,00%

7,90%

6,90%

8ª Série

82,60%

12,60%

4,70%

Médio Regular - Total

76,10%

7,70%

16,10%

1ª Série

69,10%

14,60%

16,10%

2ª Série

71,80%

7,90%

20,20%

3ª Série

87,20%

0,50%

12,20%

Normal/Magistério - Total


96,70%


1,00%


2,10%

1ª Série

94,20%

2,80%

2,80%

2ª Série

96,90%

0,00%

3,00%

3ª Série

100,00%

0,00%

0,00%

4.2 Análise crítica das contradições e conflitos presentes na realidade e suas relações com a prática educativa.



























Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   19


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal