Eu havia compilado algumas ações de fr praticadas nos eua e que são responsáveis por boa parte dos recursos obtidos por certas



Baixar 17.91 Kb.
Encontro10.05.2018
Tamanho17.91 Kb.

Formas de fund-raising


para Orquestras

6/junho/2002




Introdução

Compilei algumas ações de FR praticadas nos EUA e que são responsáveis por boa parte dos recursos obtidos por certas orquestras. Também acrescentei idéias minhas que surgiram no decorrer desse processo.


Uma das grandes vantagens dessas formas de FR está na perenidade da entrada de fundos, uma vez que são iniciativas atraentes e que têm a tendência de serem sempre bem aceitas por indivíduos ou empresas. Com isso se assegura não só o fluxo de caixa do ano seguinte, mas também o dos anos vindouros.

É fato que a captação a partir de pessoas físicas parece não fazer parte de nossa cultura. Nos EUA, no entanto, isso é feito com naturalidade. O fato de não fazermos não significa que não dá certo; talvez falte apenas a "tecnologia" de fazê-la e torná-la natural. Me parece haver um certo potencial para isso junto à sociedade mais consciente, que pode ser desobstruído com metodologia adequada. E há também esse mesmo potencial junto às pessoas jurídicas, uma vez que compreendem eventos que podem atender a indivíduos e a grupos de indivíduos.


Como exemplo de "tecnologia já desenvolvida" cito o caso da Sinfônica de Seattle, que tem pacotes para as doações, indo desde apenas $50 anuais até mais de $50.000/ano. Isso poderia representar desde o recebimento do boletim + outras pequenas vantagens até um pacote sofisticado e altamente recompensador.

Relaciono então os tópicos que levantei, acrescidos de algumas idéias minhas que surgiram no decorrer desse processo. Uma grande parte dessas ações reverte ao patrocinador na forma de divulgação do fato de que ele está contribuindo, satisfazendo desde os egos da pessoa física até os objetivos de marketing da jurídica.



A essência da parceria



A essência da parceria nessas atividades de fund-raising é simples: a troca de X por Y, onde o Y (recebido) é muito maior do que X e reverte para a constituição dos fundos e, onde o ganho para o “fornecedor” é o ganho de imagem. Um exemplo apenas: no programa “Doctor in the house”, que cito mais abaixo, a OSESP (ou leia-se Pró-Sinfônica) entraria com a permissão de atendimento médico de emergência por ocasião dos concertos e receberia pagamento por isso.
Evidentemente, é necessário que esteja assegurada a validade jurídica e comercial dessa relação. Espera-se que a Pró-Sinfônica seja o canal correto para isso.
o o o

Algumas formas de fund-raising


Maestro's Circle

São eventos para o deleite de indivíduos, junto ao Maestro. O benemérito “compra” o pacote Maestro’s Circle e passa a ter uma série de vantagens pessoais no relacionamento com a Orquestra. Essas vantagens podem cobrir:


  • coquetéis pós-concerto

  • jantares pós-concerto

  • participação em “gala diners” agendados

  • transporte VIP para o concerto

  • comparecimento a ensaios

  • mini-concertos concertos especiais para beneméritos

  • eventos musicas realizados pela Orquestra na casa do benemérito

  • lugares preferenciais nas assinaturas

  • atendimento a palestras fechadas do Maestro sobre música

Um Maestro’s Circle pode estar subdividido em categorias, de acordo com o montante da contribuição. Um exemplo “de topo” seria a categoria na qual é prevista inclusive a viagem do benemérito junto com a Orquestra em suas turnês internacionais.


Note-se que o Maestro’s Circle não é necessariamente um evento apenas para “assinantes”; pode ser vendido de forma avulsa para quem estiver interessado. Da mesma forma, pode ser para indivíduos ou empresas; estas usariam os privilégios para oferecer a seus clientes.
Artists' Circle

Idem, junto a músicos. Nesses pacotes o benemérito goza do contato com músicos de sua preferência, podendo compreender reuniões pós-concerto, comparecimento a ensaios, cooperação com os músicos em pesquisas, máster classes exclusivas e várias outras vantagens.

Patrocínio a músicos

Compreende contribuições de pessoas físicas ou jurídicas para a suplementação a artistas, seja na forma de instrumentos ou de outros recursos.

Eventos em conjuntos com empresas.

Vamos elucidar através de um exemplo: evento promocional de uma marca de vinho, com evento de lançamento, nome ligado à música e parte de lucros revertidos à orquestra, garantindo uma certa continuidade de entrada de recursos.

Programas pontuais de FR

Em função de ocasiões especiais pode-se realizar eventos pontuais tais como almoços, coquetéis e outros. Ex: lançamento de CDs.

Apoio a projetos e pesquisas de músicos

Neste tópico um indivíduo ou empresa apóia um projeto de pesquisa ligado à música, fornecendo ao músico as condições de realização, que podem estar ligadas à própria atividade da empresa.

Campanha de FR em parceria com agencia de propaganda

Para assegurar a imagem institucional da Orquestra, poderia ser feita uma campanha de imagem institucional, realizada gratuitamente por uma agencia de propaganda, com a contrapartida de utilização colateral da imagem da OSESP revertida para os clientes da agencia que desejassem participar da cobertura dos custos da campanha.


Projetos de gravação da Sala São Paulo

Compreende a permissão de uso da Sala São Paulo para gravações, com cooperação e reversão de fundos à Orquestra. Um exemplo semelhante é o das gravações de Yo-Yo Ma na Seiji Osawa Hall.

Prioridade (paga) de renovação de assinaturas

A renovação de assinaturas seria prioritária aos compradores do pacote, com possibilidade de escolha dos melhores lugares. A contribuição seria de acordo com os lugares escolhidos.

"Gala diners"

Jantares sofisticados seriam realizados nas dependências da Sala São Paulo, para eventos ligados à música. Exemplo: gala diner em homenagem a um maestro visitante.


• “Doctor in the house”

Trata-se de parceria com um hospital ou clínica de bom conceito no meio médico, visando o atendimento médico de emergência por ocasião dos concertos. Nele a OSESP entraria com a permissão de atendimento médico de emergência por ocasião dos concertos, acrescido dos quesitos de infraestrutura aos profissionais médicos que atuarão. Em contrapartida, o hospital ou clínica provê a prontidão de atendimento médico mediante equipe e equipamentos. O benefício se dá pelo uso a favor de sua imagem e como item de marketing e conceituação do hospital ou clínica junto à sociedade. A permissão do atendimento preveria o pagamento à Orquestra de um valor a ser estabelecido no contrato de relacionamento.


Sala VIP / Equipamento de som

Neste tópico seria implementada uma sala VIP com telão, realizada por um fabricante da área de equipamentos de som, para uso de pessoas que chegam atrasadas ao concerto e para usos diversos ligados à música, tais como a exibição de vídeos de concertos. A sala receberia o nome do patrocinador.


Homenagem a pessoas

Compreende a possibilidade de beneméritos fazendo suas contribuições em troca da colocação de nomes em assentos ou salas da Sala São Paulo. Exemplo: um benemérito, mediante sua doação, passa a nomear uma sala de ensaios com o nome de alguém de sua preferência.
Transporte VIP para os concertos

Seria uma relação de troca com uma empresa especializada, para a realização do transporte em ônibus especiais ou limusines. Em contrapartida seria oferecido a essa empresa um conjunto de ações de marketing ligadas ao transporte, destinado à divulgação dessa empresa.


o o o


Finalizando, quero dizer que essas são algumas das iniciativas possíveis; outras novas ações de FR são possíveis e poderão ser detalhadas no futuro e discutidas no Grupo.

Marcos


6/6/2002

Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal