Filosofia da Educação



Baixar 0.82 Mb.
Página2/12
Encontro05.12.2017
Tamanho0.82 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   12
Introdução

A Educação Teológica Continuada Global é o conceito de estudar teologia em todos os níveis e em qualquer lugar, para capacitar os cristãos para servir a Deus de uma maneira mais atualizada , bíblica e Cristocentrica. Nestas leituras vamos explicar alguns termos relacionados com a ETC – G , identificar as necessidades mais urgentes, reconhecer os meios que estão utilizando para educar e chegar a uma conclusão. O projeto de MINTS será usado como um exemplo para a ETC – G.


Explicação de Termos

Educação Forma e Informal

Nas estruturas educativas existe a educação formal e a educação informal. Formal e informal refere – se a estrutura institucional do sistema educativo. Por exemplo, um programa residencial com o Seminário Presbiteriano São Paulo em Mérida, Yucatán, México tem um terreno ou propriedade com classes, biblioteca, lanchonete, dormitórios, sala de conferência, escritório e outras facilidades administrativas. Um programa informal, tal como é o programa
de CITE da Igreja Cristã Reformada, não está delineado por meio de uma instituição centralizada, senão que o programa é para ser realizado aonde estam os estudantes.

MINTS usa uma combinação da educação formal e informal. A educação formal no sistema MINTS refere – se ao uso de professores, reuniões regulares, livros de texto para leituras e quando possível, cooperação com instituições educativas locais. A dimensão informal é na ênfase de cumprir as tarefas em casa, o uso de livros que contém estudos programados com perguntas e respostas, e sobre tudo, não exigir ao estudante que assista a aulas longe da onde vive e desenvolve seu ministério.

EDUCAÇÃO TEOLÓGICA CONTINUADA GLOBAL (ETC – G)

A ETC – G, como e definida na introdução, oferece ao estudante a oportunidade em qualquer lugar de estudar teologia em todos os níveis educativos, incluindo o nível geral, o de licenciatura, de mestrado e o doutorado. Os cursos realizados em centro de estudos sobre a liderança de um professor supervisor e um professor assistente (o facilitador ou em alguns casos mestre professor).

A abreviatura ETC – G tem um hífen entre ETC e o G somente para preservar a idéia da abreviatura para etcetera ( ETC), que é um sinônimo da palavra continuação.
TERMOS, DEFINIÇÕES.

Educação Educare (guiar, conduzir)

Teológica Teo (Deus), logo (conhecimento, ciência)

Continuada (constante, sem cessar)

Global (por todo o mundo)
MINTS é uma instituição educativa, registrada e reconhecida pelo Departamento de Educação no estado da Flórida. Como instituição educativa temos o direito de conceder títulos acadêmicos no âmbito religioso.

Como uma instituição teológica a MINTS oferece cursos bíblicos, teológicos, ministeriais, história da igreja, missiologia e os cursos que apóiam no ministério cristão. A definição teológica de MINTS é Bíblica, Reformada e Evangélica. MINTS promove a teologia bíblica da história de redenção. 2 A bíblia é interpretada segundo a revelação de Deus na criação, queda, restauração e glorificação. A Teologia da MINTS é Reformada. Os artigos de incorporação da MINTS indicam que o ensino teológico estará de acordo com as declarações tais como a Declaração de Wetminster (Presbiteriana), a Declaração de Londres (Batista), as Regras de Dordt (Reformada) e as declarações que estam de acordo com a teologia bíblica Reformada. MINTS é evangélica. A missão de proclamar o evangelho em todas as nações, em cada povo e a todas as pessoas é enfoque principal para a visão MINTS. Esta visão está de acordo com a Grande Comissão do Senhor Jesus Cristo. O mandamento de “ensinando – os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado" (Mateus 28:20) é fundamental para todas as atividades educativas da MINTS.

A educação continuada é necessária para os obreiros cristãos. MINTS oferece estudos e títulos ao nível de licenciatura, mestrado e doutorado. O estudante pode estudar em seu próprio ritmo e em conjunto com um grupo de estudo da sua localidade.

Por, último, a educação da MINTS é global. No ano de 2004 MINTS tinha estudantes fazendo o curso em 30 nações e em mais de 65 centros de estudos. Os cursos da MINTS são preparados para ser traduzidos para diferentes idiomas. Todavia, o melhor curso para o estudante é aquele escrito dentro de sua cultura e na sua língua. Por isso, o programa de doutorado consiste nos estudantes que fazem investigações e escrevam cursos de teologia.


MINISTÉRIOS EDUCATIVOS E EDUCAÇÃO PARA MINISTROS

Há uma diversidade de ministérios educativos especialmente para os membros da igreja. Existe um número limitado de programas educativos para ministros.


MINISTÉRIOS EDUCATIVOS

Educação para Ministros

Escola Dominical para crianças
Instituto Bíblico

Escola de Verão para Crianças


Colégios Bíblicos

Escola Dominical para Adultos


Universidades Cristãs

Estudos bíblicos para sociedade


Departamento de religião

Juvenil
Seminário

1
www.facts.org

2

Geerhartus Vos, Redemptive History and Biblical Interpretation y Biblical Teology.


Estudos Bíblicos para Senhoras por Correspondência

Estudos Bíblicos para varões Centros de Extensão

Estudos bíblicos para Campus Virtual (correio eletrônico)

Estudos bíblicos evangelísticos Centros de Estudos

Outros Distância
Outros

Este artigo trata da educação para ministros, para servos que vão participar como lideres e professores de ministérios educativos.


A NECESSIDADE: UMA EXPLOSÃO DE OPORTUNIDADE
Não é um segredo que as igrejas evangélicas estam crescendo muito rápido por toda a América Latina e no Caribe. Não temos a nosso alcance uma lista de todos os dados sobre os ministérios educativos e a educação para os ministros, todavia, se apresentam as seguintes observações sobre os Estados Unidos:

    • O crescimento das igrejas evangélicas e mais alto que o crescimento da quantidade de obreiros preparados. Há uma necessidade de preparar mais obreiros (Lucas 10:2).

    • O crescimento da população hispana é mais alto do que de outros grupos étnicos nas Américas. Os estudos demográficos indicam que os hispanos serão o grupo étnico maior nos Estados Unidos no ano de 2050.

    • O crescimento das seitas, as heresias, e a apostasia são alarmantes, não só fora das igrejas evangélicas, mas dentro do movimento evangélico.Há uma necessidade de conhecer a verdade para detectar e deter a mentira (João 17:17)

    • O crescimento da oportunidade de evangelizar, educar e servir ao Senhor e ótimo. (I Coríntios 9:22)

    • O crescimento do número de profissionais na igreja que têm graduação e pós-graduação significa que os lideres devem – se aprimorar. Também, pela ETC – G há oportunidade para os profissionais também estudar teologia ao nível de preparação acadêmica.

    • Os crescimentos dos ministérios e da igreja requerem o estudo sistemático da Bíblia, da teologia, da historia e da humanidade para assim facilitar a edificação espiritual, a eficácia espiritual no ministério, e a fidelidade ao que o Espírito Santo está dizendo a Igreja por meio da Palavra. (Hegeman, 1985). Nossas observações se afirmam pelos estudos de Barna Research Group Ltd da qual apresentamos um.

OS HISPANOS

Atividades


  1. Durante um final de semana típico os hispanos que vão a igreja (40%), (24%) são voluntários em sua igreja, (81%) oram a Deus, (15%) participam nas aulas da Escola Dominical, e (15%) assistem reuniões pequenas com fins espirituais, o qual coincide com os adultos não hispanos no âmbito nacional.

  2. Os hispanos adultos lêem a Bíblia durante a semana com menos freqüência que outros adultos, só fazem isso durante o curso 3% contra 40% respectivamente. (2000)

Fe

Em 1990, dois terços dos hispanos adultos (68%) diziam que a igreja a qual assistiam com freqüência era a católica, em 2000 essa proporção baixou pela metade (53%). (2000)




  1. As igrejas batistas atraem 20% da população adulta não hispano, enquanto as igrejas tradicionais mais antigas (Igreja de Cristo Unida, Metodista Unida, Igreja Presbiteriana dos Estados Unidos e a Igreja Evangélica Luterana) atraem outros 20% do segmento não hispano. No entanto só 1% dos hispanos adultos assistem a igreja batista ou a outra igreja tradicional (2000).

  2. Um de cada quatro hispano adulto (25%) são nascidos de novo comparados com 44% entre os hispanos adultos. (2000).

  3. A proporção de cristãos nascidos de novo entre os hispanos se manteve na década passada enquanto houve um pequeno aumento estatisticamente significativo entre os não hispanos (de 38% a 44%). (2000)

  4. Só um de cada quatro hispanos adulto (26%) considera – se absolutamente comprometido com a fé cristã, dos 44% entrevistados entre os não hispanos. (2000).

  5. Os hispanos não são diferentes ao resto dos adultos de outras nações no que se refere a importância da fé em sua vida diária. Para 85% dos hispanos é muito importante em sua vida comparada com 83% dos adultos em âmbito nacional. (1999).

  6. Em forma similar aos adultos no marco nacional, 63% dos hispanos crêem que a Bíblia e totalmente fiel em seus ensinamentos. (1999)

  7. Como os demais adultos no âmbito nacional, dois de cada cinco hispanos tem uma responsabilidade pessoal de compartilhar sua fé com outras pessoas.

  8. 70% descrevem Deus como onisciente e criador todo poderoso do universo e que governa ao mundo hoje. (2000).

  9. Aproximadamente um de cada 2 hispanos (47%) crêem que quando Jesus viveu na terra era humano e cometeu pecados, como outras pessoas, é uma crença compartilhada por 42% dos adultos a nível nacional. (1999).

  10. Dentre os que assistem uma igreja cristã, os hispanos estam abaixo dos que assistem a uma igreja e dizem estarem absolutamente comprometido com a fé cristã (32% contra 46% respectivamente). (1999). Este artigo provem de Barna Research Group Ltd e www.barna.org e esta usado com permissão.

  11. Os hispanos crêem em uma porcentagem maior que Satanás é só um símbolo do mal e não um ser real (uma crença que representa 71% dos hispanos comparado com 59% dos adultos em âmbito nacional). (1999)

  12. Os hispanos em número maior 69% crêem que se uma pessoa é boa, o faz o suficientemente coisas boas para os outros durante sua vida, pode ganhar um lugar no céu, comparando com 52% dos adultos no âmbito nacional. (1999)

Auto Descrições



  1. Os hispanos estam bastante perto de identificar – se como espirituais (uma auto descrição usada por 75% dos hispanos e 71% dos adultos no âmbito nacional). (1999)

  2. Os hispanos, sem dúvida, estam na média quanto a chamar – se de cristãos nascidos de novo e comprometidos (29% dos hispanos comparado com 39% dos adultos dos Estados Unidos). Os negros afros americanos constituem o grupo que usa com mais freqüência (61%) o termo cristão nascido de novo e comprometido para definir-se. (1999).

  3. Os hispanos em uma porcentagem maior que os negros, mas menor que os brancos se identificam com uma situação financeira cômoda. Especificamente, seis de cada 10 hispanos dizem que estam em uma situação financeira boa, comparando com 7 de cada 10 brancos e 5 de cada 10 negros. (1999)

  4. Os hispanos são o grupo étnico que com maior freqüência diz que estam esgotados. Comparando com 24% dos negros e 30% dos brancos, 42% dos hispanos dizem que estam esgotados. (1999)

  5. Os hispanos em uma porcentagem dobrada relacionada em âmbito nacional crêem que iram ao céu porque tem obedecido aos Dez Mandamentos (uma crença de 10% dos hispanos e só 5% dos adultos no âmbito nacional). (1999)

Um perfil da população



  1. Quase 9 de cada 10 hispanos (87%) se considera cristão. (2000)

  2. 60% são pais com filhos menores de 18 anos que vivem na casa. (1999)

  3. 56% é católico. (1999)

  4. 49% se identifica com o partido democrata. (1999)

  5. 41% dizem que n]ao estam financeiramente tranqüilos. (1999)

  6. 24% classificam – se como cristão nascido de novo (1999)

  7. 21% assistem a uma igreja protestante não tradicional (1999)

  8. 3% são cristãos evangélicos. (1999)

O ultimo dado, de que 3% são cristãos evangélicos, e surpreendente. O povo hispano nos Estados Unidos tem tanta religiosidade (87%). Por que é mínimo o número de evangélico? E quais são as crenças dos membros que estam em nossas igrejas? No curso Apologético, ensina – se ao aluno como elaborar e aplicar informação na igreja e fora da igreja. Para educar tem que conhecer a cosmovisão de seus estudantes.


O MEIO: MOBILIZAÇÃO DE MULTIPLOS MODELOS PARA SE EDUCAR.
Há pelo menos 7 modelos para a educação teológica dos evangélicos hispanos nas Américas.

  1. Residencial tradicional

  1. Seminários

    • Seminário Evangélico em Porto Rico

  1. Universidades Bíblicas (Bible College)

    • Colégio Pentecostal Mizpah, Porto Rico

  1. Institutos Bíblicos

    • Instituto Bíblico da Assembléia de Deus, Santo Domingo

  2. Extensão das extensões residenciais e de universidades

    • Columbia Internacional Universidade

    • Seminários por extensão

    • Fuller Thheological Seminary

  3. Instituto Bíblico a Distância MINTS

    • Universidade Ibero-americana de Liderança

  4. Por correspondência

    • Emmaus

  5. Por correio eletrônico

    • Universidade de Phoenix

  6. Educação Continuada

    • Faculdade Educativa Teológica Hispana (FETH)

  7. Tutoria

    • Pessoal

A educação teológica tradicional oferecida pelas universidades e seminários não tem conseguido suprir a grande necessidade de preparar obreiros para todas as igrejas e todos os ministérios no mundo hispano. Os que propõem a ETC – G tem um grande desafio para preencher o vazio apresentado pela grande explosão de igrejas, a escassez de obreiros, e a carência de instituições e programas educativos. A estratégia da MINTS é colaborar, o possível, com as instituições educativas locais que estejam dispostas a estabelecer centros de estudos à distância. A estratégia esta descrita no documento. Como estabelecer um centro de estudos (Apêndice VII)
CONCLUSÃO

Para alcançar a todos os líderes ministeriais que desejam um treinamento ministerial que seja bíblico, teológico e evangélico, há que mudar nossos paradigmas para a educação teológica. Não tem necessidade de começar de novo, tem muitos programas de ensinamento que estam cumprindo com suas metas bíblicas, teológicas e ministeriais. Mas o vazio é muito grande e requer uma resposta rápida. A ETC – G é uma resposta.


Fontes Referencias

    • www.barna.org " Os Hispanos"

    • Catálogo Acadêmico 2003. Miami: MINTS, 2003-10-21

    • De Foulkes, I W. "Educação Teológica Popular e Educação Popular da Mulher" Pastoralia. 8(16), 1986

    • Estatuto FEU. Santo Domingo: Universidade Nacional Evangélica, 1984.

    • Hegeman, Cornélio. Ministério transformar as pessoas marginalizadas. Philadelphia

    • Westminster Theological Seminary, 1985.

    • Hegeman, Cornelio. Apologetica. Miami: MINTS, 2003

    • Hegeman, Cornelio. Hermeneutica. Miami: MINTS, 2003

    • Knsler, F. R. Educação Teologica Popular. Perspectiva Historica. Pastoralia. 8 (16) (1986)

    • Larousse. Espanhol/Inglês. México> Edição Larousse, 1987.

    • Vos, Geerhardus. Biblical Theology. Gd Rapids: W. B. Eerdmans, 1948

    • Vos, Geerhardus. Redemptive History and Biblical Interpretation. Phillipsburg, P and R Publishing Co., 1980

Leitura Dois


Uma Visão Ministerial para a Educação Teológica Continuada Global
Uma visão

Previamente, temos definido a Educação Teológica Continuada Global (ETC – G) como: a EDUCAÇÃO TEOLOGICA CONTINUADA GLOBAL (ETC – G) oferece ao estudante a oportunidade de estudar teologia em todos os níveis educativos sem deixar seu contexto de ministério e utilizando todos os recursos de instruções disponíveis.

Para implementar a visão de ETC – G para o treinamento ministerial, é importante considerar: 1) o propósito de ETC – G, 2) os ministérios associados com ETC – G, 3) o conteúdo dos cursos para ETC – G, 4) a estrutura educacional de ETC – G, e 5) uma avaliação da efetividade da ETC – G.
O Propósito

O propósito da ETC – G é a preparação de cristãos para servir ou ministrar para Cristo pela igreja e ao mundo (Mateus 28: 19 – 20, Efésios 4:12, 2 Timóteo 2:2) Os estudantes são preparados e adquirem conhecimento bíblico, teológico e ministerial, no treinamento de habilidades ministeriais e em exercer o ministério. Com estes fins em mente oferecemos:



  1. Cursos gerais de educação teológica

  2. Cursos para a licenciatura na arte em estudos teológicos

  3. Cursos para o mestrado na arte em estudos teológicos

  4. Cursos para estudos de doutorado em teologia.

OS MINISTÉRIOS ASSOCIADOS


Os ministérios associados com a visão educativa da ETC – G são centralizados na igreja. Os ministérios são expressos ao nível da igreja instituição pela liderança e ao nível pessoal.

Entre as igrejas protestantes e evangélicas há uma diferença de interpretação quanto aos ofícios bíblicos para a liderança oficial da igreja. Por esta razão nos limitaremos à terminologia bíblica quanto à designação de líderes. 4. O sistema mais simples é o sistema de presbítero. Entre os presbíteros há várias funções que desenvolvem, tais como: pastor - pregador e o ancião supervisor. A organização da liderança dos presbíteros funciona como no pastorados, missões, evangelização e aconselhamento. Paulo fala dos presbíteros que ensinam e os que supervisionam (I Timóteo 5:17). Pedro o apóstolo foi um presbítero (I Pedro 1:1). 5

4.

Por esta razão não chamamos os lideres eclesiásticos de: padre, pastoras, presbiteras porque estas designações não existem na Bíblia.



5

Nem todos os sistemas presbiterianos são iguais. Algumas igrejas e denominações têm presbíteros regionais com muita responsabilidade para supervisionar igrejas e outras com mais autonomia para a junta ou sessão local. Há igrejas não presbiterianas que usam este sistema. Por exemplo, há igrejas reformadas e batistas.


Contudo, o enfoque da MINTS não é só para os lideres eclesiásticos. Este enfoque é para a igreja como instituição e eles não devem dar esta responsabilidade a ninguém. Agora, a MINTS pode ajudar uma igreja ou denominação desenvolver seu programa de treinamento, mas a igreja como instituição deve ser responsável por essa tarefa.

Os estudantes da MINTS incluem lideres eclesiásticos e os membros da igreja. Entendemos que a relação entre a liderança da igreja e os membros é que os lideres eclesiásticos existem para treinar e preparar os membros para o ministério (Efésios 4:12).

O oficio ou sacerdócio de todos os crentes é a força ministerial, maior na igreja (I Pedro 2:9 – 10). O propósito de MINTS é mobilizar ao sacerdócio todos os crentes para cumprir com seus ministérios espirituais dentro da igreja e no mundo.

O ensinamento, a todos os níveis da igreja, é preparar os cristãos para adorar (latria), para pregar o evangelho (kerygma), para ensinar (didaskalia), para servir (diaconia), e para testificar (martutria). Cada estudante deve estar cheio para o ministério e a missão de Deus.


OS CURSOS PARA PREPARAR – SE PARA MINISTRAR.

Os cursos associados com ETC – G podem ser organizados em várias áreas: bíblica, teológica, histórica, ministerial, missões e humanitária.



  1. Educação bíblica

    1. Teologia bíblica

    2. Interpretação bíblica

    3. Estudo do conteúdo dos livros da bíblia

  2. Educação Teologia

    1. Teologia sistemática

    2. Teologia ministerial

    3. Apologética

  3. Educação Histórica

    1. História da igreja e das missões

    2. Historia das denominações evangélicas

    3. Historia do contexto cosmológico

  4. Educação ministerial

    1. Ministério da igreja

    2. Ministério em missões

Evangelização transcultural, línguas, princípios de tradução, missiologia, administração em missões, estudos transculturais.


  1. Educação Humana

    1. Comunicações, inglês, espanhol, jornalismo, meios de massa, escritura, oratória.

    2. Educação: pedagogia, sistemas educativos

    3. Ciências: introdução a psicologia, introdução a sociologia, introdução a filosofias, artes

    4. Sociologia: sociologia urbana, antropologia cultural

    5. Administração: técnica em secretariado, pequena empresa.

Esse é um exemplo de um programa de estudos que pode ser usado no nível de licenciatura e mestrado. Com a junta local, com um pastor e os anciões. O papel dos diáconos (e diaconisas, se há) não é algo fixo. Algumas igrejas têm os diáconos dentro da junta e outras se organizam a sua própria junta.
21.
FOLHA DE CLASIFICAÇÕES PARA UM PROGRAMA DA MINTS
CURSO

SIST 15%


TAREA 15%

LECT 30%


PROY 20%

EXAMEN 20%

NOTA
Filosofia Educação /Cristã 1

Apologética 2

Cristologia 3

Historia da igreja antiga 4

Hermenêutica 5

Doutrina de Deus 6

Estilo de Comunicação 7

História da igreja do século 16 8

Teologia Bíblica do Novo Testamento 9

Teologia da Igreja 10

Teologia Bíblica do Antigo Testamento 11

Doutrina do Homem 12

Grego o livro da Bíblia 13

Introdução a missiologia 14

Hebraico o livro da Bíblia

Homelética ou comunicação oral 16

Aconselhamento Cristão 17

Historia da igreja contemporânea 18

Eleição 19

Tese ou Eleição 20


A ESTRUTURA EDUCACIONAL

Para todos os programas de estudo é necessário ter uma organização básica para atender os estudantes.

Administração

Documentação



    1. Promoção

    2. Solicitação de ingresso

    3. Carta de admissão

    4. Catálogo acadêmico

    5. Registro de notas

    6. Registro de curso

    7. Registro de professores

    8. Registro de pagamento

    9. Diplomas

Cargos

    1. Diretor

    2. Registrador

    3. Secretaria

    4. Bibliotecária

    5. Contador

    6. Professores

    7. Deão acadêmico

    8. Professores com tempo integral

    9. Professores convidados

  1. Planta Física

    1. Classes

    2. Lanchonete

    3. Biblioteca

    4. Sala de conferência

    5. Livraria

    6. Escritórios administrativos

AVALIAÇÃO

Há basicamente quatro maneiras de avaliar o programa educativo:



  1. Avaliação do estudante

    1. Registro de notas

    2. Avaliação estudantil

  2. Avaliação do ensino

    1. Registro das notas

    2. Avaliação estudantil

    3. Avaliação do ministério pela igreja

  3. Avaliação da junta administrativa

    1. Relatório da junta

    2. Relatório do comitê acadêmico

    3. Relatório do deão acadêmico

  4. Avaliação acadêmica

    1. O governo de cada nação tem sua bandeira para organizações cívicas

    2. Da agência de creditação

    3. Da agência profissional

O propósito da avaliação é verificar o cumprimento das metas instituições. O programa educativo tem que cumprir com suas promessas e compromissos com os estudantes, faculdade, administradores, diretores, e agencias de educação, agencias profissionais e sociais.

Em cada nação, as diferentes igrejas e os centros de estudos tem seu prorpio sistema de avaliação.


CONCLUSÃO

Ao examinar e revisar, os ministérios associados com o programa, o conteúdo dos cursos, as estruturas educativas, o processo de avaliação da ETC – G podemos concluir que a igreja local tem a seu alcance o básico para participar de um programa de educação teológica com a meta de que a igreja estabeleça seu próprio programa de treinamento ministerial


LIVROS DE REFERÊNCIA

Accrediting Association of Bible Colleges. Manual Orlando, 1998

Kinsler, Ross. The Extension Movement in Theological Education: a Call the Renewal of the Ministry South

Pasadena: William Carey Library, 1987


McKinney, Lois. Writing for Theological Education by Extension. South Pasadena: William Carey Library, 1975

Mulholland, Kenneth. Adventures in Training the Ministry. Nuthley, NJ: Presbyterian and Reformed Publishing Co., 1976

Freire, Paulo. Extensão ou Comunicação? Buenos Aires: Século XXI Argentina Editores, 1973

Rules. State Board of Independent Colleges and Universities. Florida Department of Educatio. Tallahassee: November 1996

EXERCICIO
O estudante fará uma auto avaliação sobre seu interesse ministerial. Há três avaliações mais a soma destas respostas. Usando as seguintes notas 0 – 10 (0 é deficiente, 5 é regular, 10 é excte) o estudante avaliará o seguinte:
Coluna 1: Seu desempenho de liderança ministerial

Coluna 2: Qualificará seu desempenho para tal ministério

Coluna 3: Qualificará a necessidade que você tem de treinamento neste ministério

Coluna 4: Somar as colunas. Ao final do diagnóstico anote as notas mais altas.


DIAGNOSTICO PARA O TREINAMENTO MINISTERIAL

1 2 3 4


Col. 1. Qualifique seu desempenho de liderança ministerial (de 0 – 10, 0 é deficiente, 10 é excelente)

Col. 2. Qualifique seu desejo pelo ministério

Col. 3. Qualifique a necessidade que você tem de treinamento ministerial

Col. 4. Somar as colunas 1 2 3

Notas: 0 – 10: 0 é deficiente: 5 é regular, 10 é excelente
LIDERANÇA

Pastor ordenado

Pastor administrativo

Pastor de jovens

Pastores para ministérios especiais

Implantadores de igrejas

Supervisor de pastores

Treinador de novos pastores

Ministério denominacional

Missionário

Evangelista

Capelão


Conselheiro pastoral

Ancião supervisor

Pastor leigo

Diretor de música/adoração

Diácono congregacional

Diácono missionário

Outro
O APOSTOLADO

Testemunho sobre a ressurreição de Cristo

Evangelismo e missões pioneiros

Preparação de currículo para a apologética, evangelismo e missões apostólicas.

Tradução da Bíblia

Estudo da transmissão da Bíblia

Distribuição da Bíblia

Preparação de lideres, para o estudo, transmissão e distribuição da Bíblia

Começar um plano para implantar igrejas

Ajudar manter um planejamento na igreja

Treinar implantadores de igrejas

Ministérios relacionados com implantação de igrejas

Desenvolvimento de materiais para implantar igrejas

Ser missionário para implantar igrejas

Ser missionário na tradução da Bíblia no povo que não tem uma tradução da Bíblia

Ser missionário para defender publicamente a verdade cristã

Treinamento de missionários

Outro
PROFECIAS/PREGAÇÕES

Testemunho profético

Interpretação bíblica

Proclamação publica

Treinamento de profetas

Outros
EVANGELIZAÇÃO

Evangelização pioneira

Evangelização pessoal

Evangelização pública

Discipulado em grupos

Evangelização de crianças

Evangelização de jovens

Evangelização de adultos

Evangelização de adultos maiores

Evangelização de grupos especiais

Treinar outros para evangelização

Projetos especiais de evangelização

Preparação de currículo para evangelização

Pastorado


PASTORADO

Organização de cultos de adoração

Pregação pastoral

Liderança pastoral na igreja congregação

Ministrar sacramento e ordenanças na igreja

Aconselhamento pastoral

Ensinamento pastoral

Ministério pastoral com grupos especiais

Supervisão de pastores

Treinamento para pastores

Outro
ENSINAMENTO

6.1 Ensino na congregação

6.2 Educação para crianças

6.3 Educação para jovens

6.4 Educação para adultos

6.5 Educação para adultos maiores

6.6 Educação para grupos especiais

25.


6.7 Treinamento para professores

6.8 Desenvolvimento de currículo educativo

6.9 Abertura de novas áreas de ensino

6.10 Outro


DIACONIA

7.1 Responder as necessidades dos membros

7.2 Ajudar em situações de emergências

7.3 Cuidar de pais solteiros

7.4 Ajudar a crianças não nascidas

7.5 Ajudar crianças órfãs e necessitadas



    1. Ministérios com divorciados

    2. Emergências

    3. Cuidado com os enfermos

    4. Cuidado com os enfermos mentais

    5. Serviço voluntário

    6. Sistema para buscar e organizar ajuda apropriada

    7. Ministérios com jovens necessitados

    8. Ministérios a estudantes

    9. Ministério diaconal na prisão

    10. Ministério com a família dos presidiários

    11. Aconselhamento ou assessoria financeiro

    12. Aconselhamento ou assessoria para trabalhos

    13. Ajudas

    14. Serviços de servidor na igreja

    15. Serviço de administração na igreja

    16. Hospitalidade

    17. Encarregado do ministério diaconal na igreja

    18. Encarregado ou obreiro no ministério diaconal com agências para fins eclesiásticos

    19. Treinador de diáconos

    20. Preparação de materiais para os diáconos

    21. Outro

ADMINISTRAÇÃO

Coordenador de voluntários

Coordenador de atividades especiais para eventos cristãos

Secretaria na igreja ou para eventos cristãos

Manutenção de instalações na igreja ou ministério cristão

Coordenação de atividades cristã

Segurança

Líder do pessoal administrativo na igreja ou ministério cristão

Contabilidade para igreja ou ministério cristão

Outro
ACONSELHAMENTO

9.1 Individual

9.2 Familiar

9.3 Pré-matrimonial

9.4 Jovens

9.5 Grupos

9.6 Matrimonial

9.7 Crises/emergências

9.8 Adultos e jovens

9.9 Conselhos aos que estam aflitos e em luto

9.10 Aconselhamento a drogados

9.11 Trabalho

9.12 Conduta

9.13 Judicial



    1. Imigração

    2. Treinamento para conselheiro

    3. Aconselhamento na igreja

    4. Outro

APOIO PARA MISSIONARIOS

10.1 Atividades n comissão de missões

10.2 Atividades da igreja no local das missões

10.3 Apoio financeiro

10.4 Oração especial para missionários

10.5 Hospitalidade para missionários

10.6 Administrador de missões

10.7 Treinador de missionários

10.8 Outro


MISSÕES INTERNACIONAIS

Serviços Internacionais em sua comunidade

Apoio a um líder nacional

Missionário internacional

Apoio a missionários internacionais

Administrador de missões internacionais

Comunicação e missões internacionais

Outro
COMUNICAÇÃO

Rádio

Televisão



Internet/Página Web

Jornais


Literatura

Convênios

Distribuição de Bíblias

Drama


Desenho Artístico

Outro
MÚSICA

13.1 Coro Juvenil

13.2 Banda

13.3 Orquestra

13.4 Contemporânea

13.5 Vocalistas

13.6 Líder de música

13.7 Diretor de programas musicais

13.8 Professor de música

13.9 Outros
MINISTÉRIO PARACRIANÇAS

14.1 Escola dominical

14.2 Escola bíblica de férias

14.3 Berçário

14.4 Clubes para meninas e meninos

14.5 Criar e cuidar de crianças alheias

14.6 Adotar

14.7 Amizade (irmão ou irmã maior)

14.8 Treinador de irmãos para o desenvolver o ministério de crianças

14.9 Outro


MINISTÉRIO PRA JOVENS

15.1 Escola dominical

15.2 Grupo de jovens

15.3 Atividades especiais para jovens

15.4 Grupos de estudos

15.5 Treinador para o ministério com jovens


GRUPOS DE COMPANHERISMO

16.1 Retiro para crianças

16.2 Retiro para jovens

16.3 Grupo para mulheres



    1. Grupos especiais

    2. Grupos de homens

    3. Grupos de oração

    4. Grupos de apoio

    5. Grupos de evangelização

    6. Outros

MINISTÉRIO PESSOAL

17.1 Evangelização pessoal

17.2 Paternidade

17.3 Educação

17.4 Medicina

17.5 Serviços Médicos

17.6 Trabalho Social

17.7 Administração

17.8 Governo

17.9 Política

17.10 Sistema judicial

17.11 Jornalismo

17.12 Comunicação de massa

17.13

17.14 Agricultura



17.15 Mecânica

17.16 Engenharia Civil

17.18 Segurança

17.19 Recreação

17.20 Artes

17.21 Computadores

17.22 Serviço Aéreo

17.23 Outros


RESUMO

Identifique os dez indicadores de avaliação de ministérios maiores.

Comentário

Com suas próprias palavras, faça uma autoavaliação a respeito de seu interesse no treinamento ministerial.


LEITURA 3

UM PLANO GERAL PARA A LINCECIATURA, O MESTRADO E O DOUTORADO.

INTRODUÇÃO

O programa da MINTS é um sistema educativo aberto, flexível e multiplicativo. Todos os líderes cristãos podem estudar. A Idea é que os estudantes com mais experiência no estudo da MINTS ensinem aos que tem menos experiência.

Os estudos em todos os níveis estam relacionados. A maioria dos crentes hispanos que desejam estudar estam em nível de certificado. Por não ter 12 anos de educação formal, a maioria estam fora do sistema acadêmico. MINTS tem um plano para incluir a todos os estudantes de teologia, seja em nível de certificado, licenciatura, mestrado ou doutorado. O plano da MINTS é que os estudantes que tem níveis mais especializados ensinem em níveis mais amplos. 6
CERTIFICADO
A MINTS não tem um programa em nível de certificado para estudantes que não tem 12 anos de estudos seculares. Recomendamos que utilizem os livros de estudo do INSTITUTO BIBLICO REFORMADO POR EXTENSÃO. Com a permissão do instituto, se podem usar os 40 livros.

Se os estudantes não têm estudos seculares eles podem usar seus estudos ao nível de certificado para chegar a este nível. A MINTS tem um programa de convalidação para estes fins. A fórmula para reconhecer os esforços de estudos é a seguinte:



  1. Um crédito acadêmico por cada 30 horas de aulas com registros de notas e reconhecimento de assistência.

  2. Um crédito acadêmico por cada livro de 30 páginas lidas e avaliadas por um professor que possa pelo menos a graduação em licenciatura.

  3. Um crédito acadêmico por cada ano de ministério supervisionado. Necessita – se de uma carta de reconhecimento dos supervisores do ministério. A cada ano de vê escrever uma carta de reflexão. Há um limite de 30 páginas

  4. Um ano de estudo é equivalente a 30 créditos acadêmicos. MINTS não administra o programa ao nível de certificado, mas os estudantes da MINTS são incentivados a organizar este nível de estudo. Os estudantes da MINTS que ensinam em classes em níveis de certificado podem ser avaliados pela MINTS e podem receber reconhecimento acadêmico. Há que evitar a superioridade usando termos como alto – baixo, superior – inferior. Os doze anos possuem diferentes designações tais como: bacharelado, high school e prepatoria.

http://www.geocities.com/stephen.markibre.htm
LICENCIATURA

A licenciatura MINTS tem como propósito de aquisição de conhecimento bíblico, teológico, ministerial, historia da igreja, missiologia e de cursos nas áreas humanas que apóiam o ministério.

Os custos para os estudos ao nível de licenciatura não devem exceder 1% do ingresso anual do estudante para um curso. Se o estudante tem 10 cursos por ano, não gastará mais do 10% de seu ingresso anual. Normalmente, os estudantes cursam entre 6 – 8 cursos ao ano. As juntas ou familiares dependentes de um só lugar pagam uma só cota para estudar. A idéia não é complicar o pressuposto familiar para fins da educação teológica. Se os familiares dos estudantes desejam pagar o custo individual, será bem vindo.

Os custos de estudantes por seus ficam com a direção do centro de estudo local. Nenhum dinheiro pago pelos estudantes será enviado por juízo será enviada a sede de Miami. Pedimos aos centros locais que determinem o custo dos cursos no seguinte parâmetro: máximo de 50 dólares americano e mínimo de 10 dólares americanos. O comitê local de cada centro planificara o uso do dinheiro e enviara um relatório financeiro anual vi correio eletrônico a sede central da MINTS – MIAMI.

Os professores que visitam podem ser pagos com os fundos dos estudantes o podem ser cobertos por doações que o mesmo professor consegue. O coordenador local negociara estas coisas com o professor. Para controlar os gastos é recomendado que a hospedagem dos professores sejam com famílias do estudante o da igreja. Se o professor cobre seus próprios gastos ele deve decidir onde ficar.

O programa de Licenciatura consta de 120 horas acadêmicas. Os primeiros 60 créditos são para a Licenciatura Associada em Estudos Teológicos e os próximos 60 créditos combinam – se para a Licenciatura em Estudos Teológicos.

A Licenciatura tem as divisões de Bíblia, Teologia Sistemática, Estudos Ministeriais, Historia e Missões e Humanidade. Para cada divisão há que ter pelo menos 5 cursos (15 créditos) e para uma menção há que ter 10 cursos (30 créditos).

Para os estudantes que tenham estudado em outras instituições, a MINTS tem um sistema de convalidação de créditos. Todos os créditos ao nível de licenciatura, até 75% das matérias do programa de estudo (90 créditos) podem ser reconhecido pelo deão acadêmico. Há que cursar pelo menos 10 cursos da MINTS (25% das matérias do programa de estudo). Para receber um titulo da MINTS.

A MITS tem um plano especial para os estudantes que ingressam e só necessitam seus últimos 10 cursos para obter a licenciatura com a MINTS. Se o estudante faz esses cursos cumprindo com todos os requisitos ao nível de mestrado, estes 10 cursos podem ser reconhecido ao nível de mestrado. Normalmente, isso significa a leitura de 2.000 páginas, mas, um relatório de 20 páginas, e ser avaliado (3 avaliações) em seu desempenho ao ensinar um.

A Licenciatura Associada é equivalente a Associate Bachelors Degree de los EEUU. Também é conhecido como uma graduação técnica ou professorado.

O estudante pode escolher seus cursos de cada departamento. Os cursos normalmente não necessitam de outros cursos como pré-requisito.

Há pelo menos duas escolas de pensamento quanto a convalidação de créditos de outras instituições.

Há instituições que só aceitam créditos que são semelhantes aos cursos que eles mesmos oferecem. É o sistema seletivo. O sistema da MINTS é ACUMULATIVO, todos os créditos ganhados pelos estudantes são reconhecidos. Este sistema esta baseado na idéia de que o estudante deve estudar a seu nível acadêmico pra render mais. Os arranjos são feitos com o deão da MINTS.

Os estudantes ao nível de licenciatura que ensinam ao nível de certificado, podem receber crédito acadêmico se são avaliados pelo deão da MINTS. Há formulários para isso. Há um valor máximo de 15 créditos, 3 créditos por cada curso ensinado e avaliado, que se pode obter dando cursos.

O titulo da Licenciatura em Estudos Teológicos é normalmente apresentado no nome do Seminário Internacional de Miami. O coordenador do grupo de estudo local pode pedir que o nome do centro local seja posto depois do nome da MINTS. Em casos especiais, os títulos podem ser dados em inglês.

Ao finalizar os cursos para Licenciatura, o estudante da MINTS pode graduar – se em sua localidade ou viajar a Miami para a graduação que normalmente se celebra em maio. ( Veja as fotos das graduações em www.mints.edu). Quando a cerimônia de graduação faz – se a nível local, um representante da MINTS assistira com honra aos graduados e seus títulos obtidos.

A maioria dos graduados com uma Licenciatura continuam seus estudos para obter um Mestrado da MINTS. Esta parte da educação continuada é importante. O mestrado é para professores, e tem com objetivo de ensinar nos cursos da MINTS. Se os estudantes somente desejam o diploma da licenciatura, a MINTS não haverá cumprido com sua meta de ser uma instituição que prepara professores para ensinar.
MESTRADO

O mestrado é para capacitar aos professores. O mestrado em Estudos Teológicos consiste de 60 créditos acadêmicos em estudos bíblicos, teológicos, ministeriais, historia da igreja e missões e humanas. Para uma menção há que fazer 5 cursos de um departamento especifico.

Os que ingressam no programa já tem pelo menos 10 cursos de teologia. Se o estudante tem um mestrado sem cursos de teologia, é recomendado que façam os 10 cursos da MINTS ao nível de licenciatura, cumprindo os requisitos para o mestrado, e assim receber uma Licenciatura em Estudos Teológicos e as vezes iniciar seus estudos ao nível de licenciatura.

Estudantes com cursos de mestrado de outras instituições podem receber convalidação até pela metade do peso da MINTS, é dizer, 30 créditos para o Mestrado em Estudos Teológicos. Isso depende de seus cursos teológicos.

Posto que o mestrado é para professores os estudantes devem ensinar no mínimo 3 cursos e no Maximo 5 cursos. O estudante tem duas opções. Uma, ensinar um curso que já tenha cursado. Dois, preparar um curso próprio. Para os que preparam seu próprio curso devem usar como guia o documento, Como preparar um curso de teologia a distancia.

Para ensinar um curso o estudante deve reunir um grupo de pelo menos 8 estudantes. Os estudantes podem ser membros da escola dominical, de outras instituições educativas ou grupo da MINTS. Há que ministrar um curso de pelo menos 15 horas de aula e 8 lições.

O estudante ao nível de mestrado que ministra curso denomina –se maestro – assistente.

O maestro - assistente, que ministra um curso da MINTS deve ser supervisionado por um professor da MINTS.

O maestro – assistente entregará ao deão acadêmico da MINTS o seguinte:

Veja em www.mints.edu



    • Lista de controle para aula

    • Plano de trabalho para o professor ( se não tem, tem que fazer um)

    • Avaliação estudantil

    • Avaliação pedagógica

    • Autoavaliação

    • Um comentário do professor supervisor ou mentor da classe

O Mestrado em Estudos Teológicos consiste das seguintes divisões:

    • Bíblia teologia Sistemática

    • Estudos Ministeriais

    • História da igreja e missões

    • Humanas

4 4 4 4 4

O Mestrado em Divindade é uma especialização em estudos bíblicos. É um mestrado de 90 horas. O graduando deve ter, pelo menos 10 cursos em estudos bíblicos e línguas bíblicas. Normalmente, os cursos de línguas bíblicas consistem de uma introdução ao grego, uma, interpretação de um livro do Novo Testamento (usando o grego), uma introdução ao hebraico e uma interpretação de um livro do Antigo Testamento (usando o hebreu).

Para entrar no Doutorado em Ministério há que ter um mestrado de 60 créditos dos quais pelo menos 30 créditos acadêmicos correspondem as teologias. Para entrar ao PhD, em Estudos Teológicos há que ter um mestrado de 90 créditos, com pelo menos 45 créditos acadêmicos que correspondem a teologia, e 4 cursos de línguas bíblicas.
DOUTORADO

A MINTS tem dois programas ao nível de doutorado: Doutorado em Ministério (D.MIN.) e o Doutorado em Filosofia em Estudos Teológicos (PhD ES). Ingressa – se ao programa de D. Min com um mestrado de 60 horas e ao programa de PhD. ES com um mestrado de 90 horas.

Só os estudantes que participam como professores que ministram cursos da MINTS são convidados para participar no programa de doutorado. Há duas razões para isso. Primeira, para fins de qualificação e avaliação há que especializar – se em uma área e não em todas as áreas de educação. O enfoque da MINTS é a ETC – G. Segunda, os cursos preparados pelos estudantes devem –ser aprovados e avaliados em um contexto com alguns controles. Os centros de estudos da MINTS tem este tipo de controle.

Ambos os doutorados são para a investigação e preparação do currículo educativo teológico global.

O programa de Ph. D. (D. Min) consiste no seguinte:

1. O diretor do programa de doutorado designara ao estudante um mentor para supervisionar o desenvolvimento do programa. Os cursos de Humanas podem ser usados como seleção em outros departamentos. O Mestrado em Divindade é um requisito para a maioria das igrejas protestantes tradicionais na América do Norte. Há que estudar as confissões teológicas, a ordem eclesiástica e a história denominacional da igreja em particular. Normalmente é um mestrado de 120 horas. A MINTS oferece uma de 90 horas, reconhecendo que o estudante deve estudar cursos extras em sua denominação em particular.

Estudantes que tenham feito línguas bíblicas ao nível de licenciatura em outras instituições podem fazer uma convalidação. Há que falar com o deão acadêmico para organizar o exame.

O mentor deve ter um D Min ou PhD. 2. O programa consiste em escrever cinco cursos teológicos e avaliar em aulas três destes cursos. 3. O curso devera ser escrito conforme o modelo mostrado em Como escrever um curso de teologia. 4. Cada curso terá uma bibliografia anotada de 5.000 páginas. A bibliografia deve conter leituras acessíveis aos estudantes. Podem –se incluir leituras de páginas eletrônicas (Web). 5. Quando o mentor do estudante aprova um curso escrito, o estudante poderá colocar o curso em sua própria página da Web. Sugere –se editar eficazmente o texto quanto a sua apresentação, contendo uma boa redação e estilo. Ao final do programa, todos os cursos estarão na internet. 6. O comitê do programa de doutorado revisará os cursos na página da Web e Dara a aprovação final para cumprir com os requisitos de graduação. O phD é igual ao D. Min. Com três exceções:



  1. Há dois cursos de investigação designados pelo comitê de doutorado

  2. A dissertação é uma investigação sobre a efetividade dos 5 cursos ensinados, a qual será uma contribuição inovadora para ETC – G.

  3. O número de páginas consultadas, da bibliografia anotada, deve ser de 50.000. Os graduados do D. min. Podem entrar no programa de Ph. D.ES os estudantes que cumprirem os seguintes requisitos:

  1. Escrever uma dissertação Ph. D

  2. Fazer um exame de convalidação nas línguas bíblicas se não tem

  3. Cumprir o que falta para a bibliografia anotada

Ao graduar –se com o grado de Ph. D ES , o graduado é convidado a formar parte de um comitê doutoral da MINTS para ajudar a outros estudantes no programa de doutorado da MINTS.

A meta temporária da MINTS é conseguir que pelo menos 5 estudantes obtenham a graduação de doutor em cada centro de estudo. Assim cada centro pode funcionar como uma instituição educativa em todos os níveis de educação, uma casa editorial para publicar os cursos e livros, e uma agencia missionária para enviar professores por todo o mundo.

O estudante de doutorado deve ensinar 3 de seus cursos no programa da MINTS.

Veja em www.mints.edu

A bibliografia é para estudantes de ETC – G. As leituras da internet, livros, acessíveis em livrarias cristãs e bibliotecas pastorais, são mais úteis.

A ETC – G usa a internet, mais que qualquer outro meio de comunicação.

O comitê doutoral tem um mês para a revisão dos cursos. Ao final do mês as recomendações são dadas ao mentor. O mentor passa as recomendações para o estudante para fazer as ultimas revisões para a página da Web.
LEITURA QUATRO

UM MODELO PARA ETC – G


INTRODUÇÃO
Em 18 de junho de 1999 foi a primeira vez que a FETH (Faculdade Educativa Teológica Hispana), com a cooperação da FLET (Faculdade Latino-americana de Estudos Teológicos) graduou oito estudantes em Licenciatura em Estudos Bíblicos (Bachelor of Arts Degree in Biblical Studies) Qual foi o inicio, o desenvolvimento e os resultados de este estudo que durou 5 anos? A história a seguir mostra a importância da educação teológica continuada para os lideres cristãos e hispanos onde quer que se encontrem. Espero que a leitura motive e envolva – o em um ministério mais dinâmico e urgente para as igrejas e os cristãos.
O CONTEXTO. DESDE O CARIBE ATE CANADA.
Como é que um programa esboçado para estudantes hispanos realizam sua primeira graduação em um contexto não hispano? Para responder essa fascinante pergunta, temos que conhecer algumas das experiências dos estudantes e seus professores do programa FETH e Toronto.

FETH iniciou –se abaixo da visão dos Reverendos Brígido Cabrera e Andrés Serrano, com a inspiração dos doutores Jonathan Gerstner e Cornélio (Neal) Hegeman. O doutor Jonathan Gerstner, superintendente da Igreja Reformada nas Américas (Reformed Church in América, RCA), conheceu Cornélio no ano de 1993 por meio de seus interesses mútuos no ministério apologético do Dr. R. C. Sproul, de Ligonier Ministries. Jonathan havia ajudado um grupo de cristão que falam espanhol a formar uma igreja em Toronto. Dois lideres, Brigido Cabrera e Andrés Serrano, ambos da República Dominicana, foram ordenados pela denominação para serem lideres eclesiásticos para a obra hispana no Canadá. Cornélio havia sido missionário na Igreja Cristã Reformada na República Dominicana (ICRRD) por 12 anos, era co – fundador da escola de teologia da Universidade Nacional Evangélica (UNEV) em Santo Domingo. Em 1993 mudou – se com sua família para Londres, Ontário, para pastorear uma igreja Reformada Independente. Jonathan convidou Cornélio para uma classe de estudos teológicos com os irmãos em Toronto, e desde esse momento iniciaram – se as aulas da FETH em Toronto. Havia um total de nove pessoas interessadas para cumprir a licenciatura com a direção do professorzinho (maneira como chamavam Cornélio pela sua alta estatura).

Outra parte da fórmula era FLET (Faculdade Latino – americana de Estudos Teológicos), um ministério educativo que iniciou –se em 1967 em Miami, Flórida. No ano de 1992, FLET iniciou cursos para Professores em Estudos Bíblicos (20 cursos) e a licenciatura em Estudos Bíblicos (40 cursos). As atividades acadêmicas foram autorizadas pela Junta Estatal de Colégios e Universidade independentes do Estado da Flórida. (SBICU).

Como nem todos os cursos da FLET foram editados, Cornélio usou os cursos da UNEV para complementar o programa da FLET. Inclusive, todos os cursos da FLET foram convalidados com a UNEV.

Os estudantes, Brigido Cabrera, Andrés Serrano, Jesús Serrano, Eddy Alemán, Fermín Del Valle, Darius Fuentes, Mario Molina, Rosa González e mais tarde, Ângela Veja, cursaram dois matérias por semana, mantiveram este ritmo por 5 anos começando em 1994. Agora sobre a liderança de Brigido, Andrés e Jesus, outras classes foram surgindo em Toronto, Los Angeles, e Nova Iorque. As maiores parte dos esforços educativos eram voluntários. Cornélio recebeu doação apenas em um semestre de uma fundação com fim de auxiliar com transporte e outros gastos. As viagens semanais de Londres a Toronto duravam 5 horas, de ida e volta, e às vezes suportava temperatura fria e neve canadense. Graças a Deus, nos quatro anos de viaje, somente uma vez Cornélio não pode assistir, e isso foi segundo Brigido pela falta de fé.
A COMPOSIÇÃO: UM PROFESSOR, MUITOS LIDERES E POUCOS OBSTÁCULOS.

Como explicar que os noves estudantes que começaram o curso puderam terminar, apesar de todos os obstáculos que se apresentaram? Ao revisar a composição da FETH observamos o nível educativo, o compromisso com a igreja local, a participação de outros, e o ministério prático dos alunos.



  1. Cada estudante tinha estudos prévios. Andrés, Brigido e Jesús haviam estudado em instituto bíblico na Republica Dominicana; Darius havia começado uma faculdade de advogacia em CETEC, Santo domingo, Fermín estudou engenharia na Universidade Autônoma de Santo Domingo, Ângela era uma educadora com graduação no Equador, e Eddy, Mario e Rosa entraram na FETH comn seus diplomas secundários.

  2. Ao começar os estudos todos os estudantes eram ativos em suas igrejas locais. Andrés e Brigido eram pastores ordenados, Ângela, Eddy, Fermín, Jesús e Rosa serviam como professores na escola dominical, e Mario e Rubén trabalhavam como evangelistas.

  3. Ao iniciar os estudos, cada estudante continuou servindo em suas igrejas locais e seus alcances ministeriais foram ampliados. Durante os cinco anos de estudo, os ministérios dos estudantes se estenderam tremendamente. Já que Andrés e Brigido eram membros do Conselho Hispano RCA por meio do conselho a denominação lhes deram oportunidade no ministério. Andrés e Jesús foram a Norwalk, Califórnia e ajudaram na formação de três grupos novos, iniciaram dois programas de rádio, e uma classe da FLET, dentro de dois anos. O Conselho pagou várias viagens evangelisticas onde os alunos participaram algumas das cidades foram essas Argentina, Porto Rico e Cuba. Mario foi chamado para ser evangelista e pastor em Guttenberg, Nova Iorque. Ângela responsabilizou –se do jornal, Toronto Star, e foi como missionária a Quito, Equador, para trabalhar em um orfanato durante o dia e a noite como professora. Eddy ficou com a responsabilidade de dirigir uma igreja em Missassauga, perto de Toronto e mais tarde fez Mestrado em Divindade de Western Theological Seminary, Holland, Michigan. Fermín assumiu a responsabilidade de pastorear a igreja Nazarena em Toronto e foi empregado com professor de teologia em Canadian Bible College.

  4. Havia apoio mínimo de outras instituições e professores. Um grupo de estudantes passaram várias semanas de verão estudando grego em um seminário de Hope College, Holland, Michigan. Foi difícil estudar grego em inglês quando todos os demais estudos eram em espanhol . Eufemio Ricardo, graduado com Mestrado em Divindade de Calvin Theological Seminary em Grand Rapids, ministrou várias aulas na área de estudo do Novo Testamento e o grego. Pedro Julio Fernandez, licenciado e graduado da UNEV, dividiu várias aulas. A maioria das aulas foram dadas por Cornélio. Vários estudantes inscreveram – se em Redeemer College, ajudados por uma bolsa de uma fundação familiar, contudo, a intenção foi frustrada pela distancia, o inglês, e a duração para cumprir o programa. Andrés e Jesús foram aceitos em Fuller Seminary, um prestigiado seminário evangélico em Pasadena, Califórnia. O custo por curso ($ 1,000) era um obstáculo para estudar em tempo integral. Surgiu a necessidade de buscar a educação teológica em nível de mestrado mais acessível para sua realidade econômica.

  5. Havia um professor com muitos professores lideres. O compromisso e motivação de cristãos, adultos, lideres, educados e comprometidos é sumamente alto. Indicações de um programa cm êxito para o estudante incluem um chamado espiritual para preparar –se, um acordo entre cristãos maduros em cooperar para a glória de Deus, uma estrutura simples de aula e administração, custos razoáveis, e metas alcançáveis dentro do programa de estudos.

  6. Os estudantes graduados continuaram ensinando. Depois da graduação. Como mencionamos, todo os estudantes estam servindo ao Senhor, seja como pastores, evangelistas, anciões, professores, professoras ou membros ativos em suas igrejas. Agora há três centro de estudos filhos: Toronto, Los Angeles e Nova Iorque que colaboram com a MINTS. O centro de Toronto cresceu mais. Vários estudantes graduaram – se em mestrados. Brigido ao ir para Nova Jersey, deixou Norma Allicia como coordenadora. Ela também viajou a América do Sul para conferências de Apologética e Cristologia. Mario Molina ensina um grupo em Guttenberg, Nova Jersey.

Nove dos nove graduados ao nível de licenciatura desejam cumprir com os requisitos do mestrado. Jesús e Andrés Serrano graduaram – se com um D. Min de Newberry University. Eddy Alemán graduou –se com M. Div de Westner Theological Seminary. Brigido Cabrera e Fermín Del Valle graduou – se com Mestrado em Estudos Teológicos da MINTS. São os primeiros.

Mais importante, uma nova geração de lideres estam seguindo os passos destes primeiros graduados. Já graduaram – se 5 com licenciatura e 2 iniciaramum centro de estudos no Texas.


A CONTINUAÇÃO
FETH tem continuado com a visão de oferecer educação teológica a distancia para os lideres e os membros que desejam estudar e melhorar seus serviços e ministérios na igreja e na sociedade e para a glória de Deus. Atualmente, os centros de estudos em Toronto, Los Angeles, Nova Iorque e Texas, oferecem cursos ao nível de licenciatura e mestrado. Agora, existe a esperança de oferecer o doutorado em ministérios e o Ph.D., se Deus assim permitir.
LEITURA CINCO

ESTRATÉGIA DA MINTS

MINTS: MIAMI INTERNATIONAL SENIMARY

Prepara Lideres Cristãos pra o ministério


NOSSA IDENTIDADE

    1. Introdução

O Seminário Internacional de Miami (MINTS) foi fundado pela Igreja Presbiteriana Old Cultler (OCPC) de Miami, estado da Flórida, como uma resposta a crescente necessidade de treinamento para o ministério. A junta da igreja já mencionada ortogou a aprovação inicial em 28 de março de 2000, para seguir o processo de formação do seminário. Fez – se o processo para a autorização do State Board of Independent Colleges na Universities (Junta Estatal de Colégios e Universidades Independentes do Estado da Flórida) cuja autorização obteve – se em 06 de outubro de 2000. Este Seminário esta por tanto autorizado para ortogar títulos e graduação somente na área religiosa. Em janeiro de 2003, o estado da Flórida mudou sua designação para colégios e universidades independentes de autorização faziam um reconhecimento com o fim de respeitar a separação entre a igreja e o estado.

    1. PROPÓSITO

O propósito da MINTS é discipular os líderes cristãos para o ministério. Isto acontece por meio de promover aos estudantes um treinamento acadêmico, e prático baseado no evangelho para ministrar a Miami e as Américas. Isto se fará através da educação teológica em diferentes níveis acadêmicos, utilizando uma tecnologia moderna de comunicação, oferecendo os cursos nos diferentes idiomas falado nas Américas e no contexto do ministério.

III Identificação das metas gerais



Para cumprir com essa tarefa entregada a MINTS, é necessário a seguintes metas:

  1. A MINTS promoverá cursos de educação teológica em: Bíblia, Teologia, Ministério, Missões, história da Igreja e Humanas. Com esse propósito teremos os seguintes programas:

    • Licenciatura Associada (adjunta) em Letras Menção Estudos Teológicos.

    • Licenciatura em Letras Menção Estudos Teológicos.

    • Mestrado em Estudos Teológicos

A junta deixou de existir em janeiro de 2003. Agora, a MINTS está registrada com departamento de educação do estado da Flórida. Vejam www.facts.org

    • Mestrado em Divindade

    • Doutorado em Ministério

    • Ph.D. em Estudos Teológicos

  1. MINTS é uma instituição Acadêmica. Para estes fins:

    • Somos reconhecidos e registrados com o estado da Flórida, EEUU.

    • Somos membros do comitê da Confraternidade Latino – americana das Igrejas Reformadas

    • Somos supervisionados por uma junta da MINTS.


1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   12


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal