Fuvest a figura adiante mostra uma vista superior de dois espelhos planos montados verticalmente, um perpendicular ao outro



Baixar 29.69 Kb.
Encontro24.12.2017
Tamanho29.69 Kb.

1ª Lista de exercícios do 1º ano do E.M. – 1º bimestre.

Física B – Prof. Marco Antônio


1. (UNIRIO) Numa cidade do interior, à noite, surgiu um objeto voador não identificado, em forma de disco, que estacionou a 50m do solo, aproximadamente. Um helicóptero do exército, situado a aproximadamente 30m acima do objeto, iluminou-o com um holofote, conforme mostra a figura a seguir. Sendo assim, pode-se afirmar que o raio do disco-voador mede, em m, aproximadamente:



2. (UFRS) Para estimar a profundidade de um poço com 1,10 m de largura, uma pessoa cujos olhos estão a 1,60 m do chão posiciona-se a 0,50 m de sua borda. Desta forma, a borda do poço esconde exatamente seu fundo, como mostra a figura.



Determine a profundidade do poço.


3.(Fatec) Uma placa retangular de madeira tem dimensões 40cm x 25cm. Através de um fio que passa pelo baricentro, ela é presa ao teto de uma sala, permanecendo horizontalmente a 2,0m do assoalho e a 1,0m do teto. Bem junto ao fio, no teto, há uma lâmpada cujo filamento tem dimensões desprezíveis.

A área da sombra projetada pela placa no assoalho vale, em m2,

a) 0,90 b) 0,40 c) 0,30

d) 0,20 e) 0,10

4. (UNITAU) Dois raios de luz, que se propagam num meio homogêneo e transparente, se interceptam num certo ponto. A partir deste ponto, pode-se afirmar que:

a) os raios luminosos se cancelam.

b) mudam a direção de propagação.

c) continuam se propagando na mesma direção e sentindo que antes.

d) se propagam em trajetórias curvas.

e) retornam em sentido opostos.


5. A luz visível é a fonte de energia da qual dependem as plantas e, por conseguinte, todos os seres vivos. As radiações ultravioletas e infravermelhas, que estão fora da faixa visível, podem também ter importância biológica.

A velocidade da luz, no vácuo, vale aproximadamente 3,0 . 108 m/s. Para percorrer a distância entre a Lua e a Terra, que é de 3,9 . 105 km, a luz leva:

a) 11,7 s b) 8,2 s

c) 4,5 s d) 1,3 s

e) 0,77 s
6. Um grupo de escoteiros deseja construir um acampamento em torno de uma árvore. Por segurança, eles devem colocar as barracas a uma distância tal da árvore que, se esta cair, não venha a atingi-los. Aproveitando o dia ensolarado, eles mediram, ao mesmo tempo, os comprimentos das sombras da árvore e de um deles, que tem 1,5m de altura; os valores encontrados foram 6,0m e 1,8m, respectivamente. Determine a distância mínima da cada barraca à arvore .
7. (UNESP) Em 3 de novembro de 1994, no período da manhã, foi observado, numa faixa ao sul do Brasil, o último eclipse solar total do milênio. Supondo retilínea a trajetória da luz, um eclipse pode ser explicado pela participação de três corpos alinhados: um anteparo, uma fonte e um obstáculo.

a) Quais são os três corpos do Sistema Solar envolvidos nesse eclipse?

b) Desses três corpos, qual deles faz o papel:

De anteparo? De fonte? De obstáculo?


8. (Unesp) Muitas vezes, ao examinar uma vitrina, é possível observar não só os objetos que se encontram em exposição atrás do vidro, como também a imagem de si próprio formada pelo vidro, A formação dessa imagem pode ser explicada pela.

a) reflexão parcial da luz.

b) reflexão total da luz.

c) refração da luz.

d) transmissão da luz.

e) difração da luz.


9. (PUC -SP) Leia o texto seguinte e responda às questões propostas:
      LUA TEM ÚLTIMO ECLIPSE DO SÉCULO
      "Às 22h21min de hoje começa o último eclipse total da Lua do século. Ele será visível de todo o Brasil. [...] Os eclipses totais da Lua ocorrem a cada 18 anos, mas só são visíveis de aproximadamente 1/3 da superfície terrestre. Assim, para um mesmo ponto da Terra, eclipses totais acontecem a cada 54 anos." (Folha de São Paulo, 16-08-89)

a) Explique como o eclipse total da Lua acontece, esquematizando a situação.


b) Que principio da luz possibilita que esse tipo de fenômeno ocorra?
10. (Ufm) Ana Maria, modelo profissional, costuma fazer ensaios fotográficos e participar de desfiles de moda. Em trabalho recente, ela usou um vestido que apresentava cor vermelha quando iluminado pela luz do sol.

Ana Maria irá desfilar novamente usando o mesmo vestido. Sabendo-se que a passarela onde Ana Maria vai desfilar será iluminada agora com luz monocromática verde, podemos afirmar que o público perceberá seu vestido como sendo

a) verde, pois é a cor que incidiu sobre o vestido.

b) preto, porque o vestido só reflete a cor vermelha.

c) de cor entre vermelha e verde devido à mistura das cores.

d) vermelho, pois a cor do vestido independe da radiação incidente.


11. A figura mostra a bandeira do Brasil de forma esquemática.

Sob luz branca, uma pessoa vê a bandeira do Brasil com a parte I branca, a parte II azul, a parte III amarela e a parte IV verde.

Se a bandeira for iluminada por luz monocromática amarela, a mesma pessoa verá, provavelmente,


  1. a parte I amarela e a II preta.

  2. a parte I amarela e a II verde.

  3. a parte I branca e a II azul.

  4. a parte I branca e a II verde.

12. (PUC) Um observador nota que um edifício projeta no solo uma sombra de 30m de comprimento, no instante em que um muro de 1,5m de altura projeta uma sombra de 50cm. Determine a altura do edifício.
13. (FUVEST) Um feixe de luz é uma mistura de três cores: verde, vermelho e azul. Ele incide, conforme indicado na figura adiante, sobre um prisma de material transparente, com índice de refração crescente com a frequência. Após atravessar o prisma, a luz atinge um filme para fotografias a cores que, ao ser revelado, mostra três manchas coloridas.

De cima para baixo, as cores dessas manchas são, respectivamente:

a) verde, vermelho e azul.

b) vermelho, azul e verde.

c) azul, vermelho e verde.

d) verde, azul e vermelho.

e) vermelho, verde e azul.
14. Dois raios de luz, que se propagam num meio homogêneo e transparente, se interceptam num certo ponto. A partir deste ponto, pode-se afirmar que:

a) os raios luminosos se cancelam.

b) mudam a direção de propagação.

c) continuam se propagando na mesma direção e sentindo que antes.

d) se propagam em trajetórias curvas.

e) retornam em sentido opostos.


15. (FUVEST) Admita que o sol subitamente "morresse", ou seja, sua luz deixasse de ser emitida. 24 horas após este evento, um eventual sobrevivente, olhando para o céu, sem nuvens, veria:

a) a Lua e estrelas.

b) somente a Lua.

c) somente estrelas.

d) uma completa escuridão.

e) somente os planetas do sistema solar.


16. (UFSC) Leia com atenção os versos a seguir, de "Chão de Estrelas", a mais importante criação poética de Orestes Barbosa que, com Sílvio Caldas, compôs uma das mais belas obras da música popular brasileira:

A porta do barraco era sem trinco

Mas a Lua, furando o nosso zinco,

Salpicava de estrelas nosso chão ...

Tu pisavas nos astros distraída

Sem saber que a ventura desta vida

É a cabrocha, o luar e o violão ...
O cenário imaginado, descrito poeticamente, indica que o barraco era coberto de folhas de zinco, apresentando furos e, assim, a luz da Lua atingia o chão do barraco, projetando pontos ou pequenas porções iluminadas - as "estrelas" que a Lua "salpicava" no chão.

Considerando o cenário descrito pelos versos, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S) que apresenta(m) explicação(ões) física(s) possível(is) para o fenômeno.


01. A Lua poderia ser, ao mesmo tempo, fonte luminosa e objeto cuja imagem seria projetada no chão do barraco.

02. O barraco, com o seu telhado de zinco furado, se estivesse na penumbra, ou completamente no escuro, poderia comportar-se como uma câmara escura múltipla, e através de cada furo produzir-se-ia uma imagem da Lua no chão.

04. A propagação retilínea da luz não explica as imagens luminosas no chão - porque elas somente ocorreriam em conseqüência da difração da luz.

08. Os furos da cobertura de zinco deveriam ser muito grandes, permitindo que a luz da Lua iluminasse todo o chão do barraco.

16. Quanto menor fosse a largura dos furos no telhado, menor seria a difração da luz e maior a nitidez das imagens luminosas no chão do barraco.

32. Para que as imagens da Lua no chão fossem visíveis, o barraco deveria ser bem iluminado - com lâmpadas, necessariamente.


Gabarito

01. 6m


02.

03. a


04. c

05. d


06. 5m

07. a) Sol, Terra e Lua

b) Terra, Sol e Lua

08. a


09. a)

b) principio da retilinidade

10. b

11. a


12. 90m

13. e


14. c

15. c


16. 01 + 02 = 03


Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal