Gerência de filia – licitaçÕes e contrataçÕES/RE



Baixar 9.15 Mb.
Página14/82
Encontro12.01.2018
Tamanho9.15 Mb.
1   ...   10   11   12   13   14   15   16   17   ...   82

Acabamentos Civis


Nas Coberturas de todas CAG (Central de Água Gelada), deverão ser executados acabamentos civis nas paredes com regularização de reboco e aplicação de textura acrílica.
Nas Garagens G1 e G2 da torre de escritórios a CONTRATADA deverá providenciar a pintura da laje no hall do elevador e executar acabamento na viga exposta da parede do lado leste da garagem G2.
As especificações técnicas estão presentes neste Caderno
    1. Adequações Hidráulicas


  • Tubulação de esgoto a vácuo – Quarentena (subsolo S3)

A tubulação de esgoto a vácuo dos banheiros da sala de monitoração e limpeza do subsolo está passando acima dos forros das seguintes salas: BMS, Monitoração e Limpeza, Gestão Predial, Laboratório, Entrance Facilities Leste circulação e quarentena.
A CONTRATADA deverá remanejar a tubulação acima descrita para a lateral do prédio, no corredor norte, conforme projeto específico.
Os projetos que acompanham este memorial descritivo:

5734-15-CAIXA_BRASILIA-CTC-4_PE-VAC-0101-REV00



  • Tubulação do dreno do Fancolete do refeitório (subsolo S3)

A CONTRATADA deverá remanejar o dreno do Fancolete da quarentena para o corredor de circulação, aparente pelo refeitório e embutido no corredor da circulação, conforme projeto específico.
Os projetos que acompanham este memorial descritivo:

5734-15-CAIXA_BRASILIA-CTC-4_PE-HID-0101-REV00


    1. Revisão dos projetos de Águas Pluviais (Desvio da tubulação pela fachada Norte e Sul)


Os ralos existentes na cobertura (onde existe telhado) serão eliminados. Deverá ser feita escarificação com cerca de 3 cm de profundidade e largura de 10 cm no perímetro do ralo e fechamento com CAP. Em seguida a regularização de toda a superfície, impermeabilização e proteção mecânica com o devido caimento, conforme indicação em projeto.
Em substituição aos ralos que serão eliminados, serão executados buzinotes protegidos com ralo semiesférico fixado na parede de concreto, nos quais serão interligadas tubulações de diâmetro nominal de 200mm em vinilfort aparente, fixada na fachada, revestida em alumínio liso. Além dos buzinotes citados, serão executados buzinotes de emergência à 5 cm acima da laje com tubo de diâmetro nominal de 75mm, conforme indicação em projeto.
As tubulações das redes de águas pluviais da cobertura da CAG Leste e cobertura dos escritórios serão remanejadas para fachada sul, conforme desenhos de projeto.
As tubulações existentes que são interligadas aos ralos que serão eliminados, deverão ser mantidas intactas, não sendo necessário seu remanejamento.
Os projetos que acompanham este memorial descritivo:

5734-15-CAIXA-CTC-PE-HID-0104-00

5734-15-CAIXA-CTC-PE-HID-0204-00

5734-15-CAIXA-CTC-PE-HID-0304-00

5734-15-CAIXA-CTC-PE-HID-0404-01

    1. Revisão e alteração no posicionamento dos ralos e tubulações no subsolo


  • Ralos do Corredor Técnico (Pavimentos P1 e P2):

Os ralos do corredor técnico da produção (P1 e P2) e das salas de infraestrutura (Leste e Oeste) serão eliminados e novos ralos serão construídos em locais distintos dos anteriores, no mesmo corredor, com o objetivo de evitar as interferências com barramentos elétricos no subsolo. Será executada escarificação de cerca de 3 cm de profundidade e largura de 10 cm no perímetro do ralo, fechamento com CAP, em seguida a regularização de toda a superfície e impermeabilização.
Os novos ralos serão construídos no mesmo corredor técnico da produção (P1 e P2) e salas de infraestrutura (Leste e Oeste). Serão executados furos na laje com a utilização da máquina serra copo, com diâmetro de 200mm afastado a 10cm da parede e impermeabilização do perímetro, conforme impermeabilização existente.
Além dos ralos, serão construídos buzinotes de emergência no corredor técnico da produção (P1 e P2) com diâmetro nominal de 75 mm, a 5 cm do piso.
Observação: Quanto as tubulações existentes que ficarão obsoletas após a nova configuração a ser executada, estas não serão remanejadas, e serão mantidas intactas no local.
Os projetos que acompanham este memorial descritivo:

5734-15-CAIXA-CTC-PE-HID-0103-00

5734-15-CAIXA-CTC-PE-HID-0203-00

5734-15-CAIXA-CTC-PE-HID-0303-00


Especificações Técnicas
  1. Direções e Normas Gerais


Deverão ser seguidas todas as orientações e especificações que apresentam principalmente no que diz respeito às normas aplicáveis.
Deverão ser obedecidos todos os itens pertinentes das normas que se seguem:

  • NBR 1259 - projeto e execução de argamassa armada.

  • NBR 6120 - cargas para cálculo de estruturas de edificações.

  • NBR 6123 - forças devidas ao vento em edificações.

  • NBR 8800 - projeto e execução de estruturas de aço de edifícios.

  • NBR 8681:84 - ações e segurança nas estruturas – procedimento.

  • NR 35 – Trabalho em altura.

  • NR 18 - Condições e meio ambiente de trabalho na indústria da construção

  • NBR 14715:2001 - Chapas de gesso acartonado - Requisitos

  • NBR 14716:2001 - Chapas de gesso acartonado - Verificação das características geométricas

  • NBR 14717:2001 - Chapas de gesso acartonado - Determinação das características físicas
  1. Demolições


A CONTRATADA deverá seguir as normas relativas ao assunto, em especial a NR-18, do Ministério do Trabalho, e a NB-598/77, da ABNT. Deverá seguir também as normas contidas na Resolução 307 do Conselho Nacional do Meio Ambiente, assumindo a responsabilidade pelos resíduos da obra.
Deverá ser previsto o transporte do material removido para bota-fora.
A CONTRATADA será responsável por examinar prévia e periodicamente as instalações, estruturas de edifícios vizinhos de forma a verificar e garantir a estabilidade de suas estruturas
Com a finalidade de reduzir a poeira, os materiais deverão ser previamente umedecidos.
A remoção e transporte do entulho e demais detritos provenientes da demolição / remoção deverão ser executados pela CONTRATADA, seguindo as exigências legais.
O material demolido deve ser protegido para o transporte nas circulações do edifício, elevadores de carga e monta-carga até chegar ao canteiro de obras. Da mesma maneira ao vir do canteiro de obras deve-se fazer o mesmo procedimento.

Materiais demolidos, passíveis de reaproveitamento, deverão ser transportados pela CONTRATADA para local fora dos limites do CTC. Esses materiais são de responsabilidade da CONTRATADA.


Os materiais passíveis de reaproveitamento não poderão sofrer danos durante sua retirada de forma a manter sua integridade.
Desde que não haja outras instruções, para ambientes que mantiverem suas atividades durante a execução da obra, os serviços de demolição só poderão ocorrer fora do horário comercial ou de suas atividades.
A CONTRATADA deverá certificar o credenciamento do transportador bem como se certificar de que o material de sobra fora depositado em área licenciada pela Prefeitura (ou Administração Pública).
A remoção e transporte do entulho e demais detritos provenientes da demolição / remoção deverão ser executados pela CONTRATADA, seguindo as exigências legais.
Conforme Instrução Normativa Nº 1 da Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, de 19 de janeiro de 2010, todos os resíduos removidos deverão estar acompanhados de Controle de Transporte de Resíduos, em conformidade com as normas da Agência Brasileira de Normas Técnicas - ABNT, ABNT NBR n.º 15.112, 15.113, 15.114, 15.115 e 15.116, de 2004.



1   ...   10   11   12   13   14   15   16   17   ...   82


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal