Grupo de trabalho do conama



Baixar 30.76 Kb.
Encontro09.08.2018
Tamanho30.76 Kb.

Câmara técnica de energia

Grupo de Trabalho sobre definição de critérios de seleção de áreas para recebimento do Diesel Metropolitano

SÚmula da 1A. reunião

cetesb – São paulo/sp – em 29 de novembro de 2002
Objetivo: Definição de critérios para seleção de regiões para o recebimento do Diesel Metropolitano

Local: Sede da CETESB - São Paulo

Data: 29.11.02

Participantes: Conforme lista anexa

Principais aspectos discutidos e deliberações do GT



1- Justificativa ambiental

1.1- Os níveis de concentração de partículas em certas áreas urbanas ultrapassam os PQA’s e causam danos à saúde e ao meio ambiente na região e em pontos localizados;

1.2- A frota motorizada a diesel constitui relevante fonte de poluição atmosférica nas principais áreas urbanas, especialmente de material particulado;

1.3- Atendimento aos padrões regulamentados (cada vez mais restritivos) de emissão de partículas para os veículos em circulação - não apenas nos ensaios de pesquisa e certificação de protótipo;

1.4- O alto teor de enxofre inviabiliza o atendimento desses padrões reduzidos de emissão e pode danificar o motor e seus componentes, degradando as emissões, especialmente para os veículos que adotam sistemas de pós-tratamento para redução de emissões – testes de durabilidade durante 9000 h realizados no Brasil demonstraram que sete motores ensaiados pelo método dos 13 pontos com diesel com teor de S de 2000 ppm apresentaram emissões médias de MP 12% maiores que quando ensaiados com diesel com teor de S de 500 ppm (ANFAVEA vai enviar este trabalho para distribuição aos membros do GT);

1.5- Os veículos a diesel contribuem com cerca de 30% das partículas inaláveis na RMSP e podem contribuir com parcela igualmente significativa em outras áreas urbanas:












1.6- A Organização Mundial da Saúde recomenda que se reduza sempre, ao máximo possível, qualquer emissão de partículas;

1.7- Na RMSP, observou-se em recente estudo do Centro de Vigilância Epidemiológica, um aumento de cerca de 10% nas internações entre crianças e de 8% das mortes entre idosos, devido aos altos níveis de concentração de partículas inaláveis (PM10);

1.8- Globalização da cidadania: existem fortes tendências de harmonização internacional de especificação de combustíveis e também de harmonização dos programas existentes de controle de emissões veiculares.


2- Parâmetros relevantes para o desenvolvimento das discussões do GT

    1. Concentrações locais de material particulado medidas em série histórica com critérios consolidados de representatividade – existem poucas áreas no País que fazem monitoramento de qualidade do ar consistente e este parâmetro não pode ser elegido como método de comparação do grau de contaminação – CETESB vai levantar a situação do monitoramento de qualidade do ar no Brasil;

    2. Distribuição atual do Diesel Metropolitano – o representante do IBAMA sugere que as áreas que já recebem o DM continuem recebendo e outras sejam incluídas – será solicitado à ANP a atualização das áreas elegíveis para recebimento do DM e suas respectivas composições de municípios;

    3. Calendário do PROCONVE-diesel – ANFAVEA lembra da possível entrada em produção de veículos equipados com sistemas de pós-tratamento de emissões, que são susceptíveis a danos causados pela operação com diesel com teor de enxofre superior a 50 ppm. Nesse caso, a ANP deve confirmar se haverá nessa fase futura diesel de 50 ppm disponível para toda frota nacional ou se haverá necessidade de duplicação de tanques nos postos de abastecimento cumpre ao GT estudar a relação desse problema com o conceito do Diesel Metropolitano;

    4. Frota motorizada registrada em cada área elegível e modal de distribuição da frota por categoria de veículos – Carlos Alberto do MMA vai fazer o levantamento das frotas nas áreas elegíveis;

    5. População exposta nas áreas elegíveis – Beth da PETROBRAS fará um levantamento da população exposta à contaminação atmosférica nas áreas que atualmente recebem o DM;

    6. “Concentração de quilometragem rodada” das sub-frotas - quilometragem real média total observada da frota, por unidade de área, por categoria de veículo, na região de interesse – tema a ser desenvolvido pelo GT;

    7. Volume de combustível consumido nas áreas elegíveis – gasolina, gás natural, álcool e diesel – será solicitado à ANP o levantamento dos volumes consumidos nas áreas elegíveis;

    8. Condições de dispersão: relevo / clima / regime de ventos / precipitações / inversões térmicas – CETESB fará uma apresentação para o GT dos parâmetros relevantes para a qualidade do ar e de técnicas de monitoramento;

    9. Mapa de distribuição do DM – a PETROBRAS vai apresentar o mapa da situação atual de distribuição do DM;

2.10-Proximidade dos distribuidores (relação custo/benefício) – a ser estudado pelo GT;

2.11-Inventário de fontes estacionárias, incluindo queimadas - a ser estudado pelo GT.



3- Pauta da próxima reunião

  • Apresentação da CETESB das cidades que já têm monitoramento de qualidade do ar, parâmetros de influência na qualidade do ar e técnicas de monitoramento;

  • Apresentação pela Petrobras do mapa da distribuição do DM e da população exposta nessas áreas;

  • Apresentação dos dados de frota pelo MMA;

  • Se possível, apresentação pela ANP da composição municipal das áreas elegíveis e dos respectivos volumes consumidos.


4- Data e local da próxima reunião

  • 19.12.02, quinta-feira, de 9:00hs às 18:00hs;

  • IBP, RJ (endereço a ser confirmado pela Fárida do CONAMA)



Eng Olimpio de Melo Álvares Jr.

Coordenador do GT



LISTA DE PRESENÇA DA 1a. Reunião do GT

NOME


ÓRGÃO

TELEFONE/FAX

E-MAIL


Fárida Ximenes

CONAMA

T: 61-317-1433

F: 61-226-4961



farida.ximenes@mma.gov.br

Wagner Ricardo Maziero

PMSP/SMMA

T: 11-3379-2349

F:


wagnermaziero@prefeitura.sp.gov.br

Ma. Elizabeth F. Santos

PETROBRAS

T: 21-2534-6382

F:


eliza@petrobras.com.br

Carlos Alberto F. dos Santos

SQA/MMA

T: 61-317-1017

F: 61-226-8085



carlos-alberto.santos@mma.gov.br

Sérgio Antonio M. Fontes

PETROBRAS/

IBP


T: 21-2534-1535

F: 21-2534-4014



sergiofontes@petrobras.com.br

Pelaxo Perez

Refinaria Ipiranga S/A

T: 53-233-8084

F: 53-231-1009



pelaxo@ipiranga.com.br

Pablo Ricardo Barrera

COPESUL (ABIQUIM)

T: 51-457-6211

F: 51-457-6045



pablo@copesul.com.br

Márcio Beraldo Veloso

IBAMA

T: 61-316-1272

F: 61-316-1275



bmarcio@sede.ibama.gov.br

Mario Luz Teixeira

DC/ANFAVEA

T: 11-4173-6996

F: 11-4173-7260



mario.luz@mercedes-benz.com.br

Olimpio de Melo Àlvares Jr.

CETESB

T: 11-3030-6058

F: 11-3030-6951

F: 11-4702-5413


olimpioa@uol.com.br

olimpioa@cetesb.sp.gov.br










Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal