Guia das Profissões



Baixar 221.18 Kb.
Página1/2
Encontro24.12.2017
Tamanho221.18 Kb.
  1   2



Guia
de Profissões

Carreiras

Prezado(a) aluno(a),

É chegado o momento de refletir sobre uma opção profissional. Para facilitar sua vida hoje, quando é preciso olhar para o futuro, refletir sobre várias possibilidades e tomar decisões que garantam o sucesso do seu projeto de vida, produzimos este Guia de Profissões, com informações sobre cada profissão, além de dicas de como buscar e obter o melhor resultado.

Não pare, porém, a sua busca: participe dos testes vocacionais que nosso portal lhe oferece, procure conversar com profissionais e conhecer mais sobre suas profissões e visite as Universidades.

Faça deste guia, uma chave que irá abrir as portas para um mundo repleto de possibilidades.
Boa sorte!

Equipe do Vestibular1

Para você que é vestibulando, não se desespere. O site Vestibular 1 - O Portal do Vestibular, vai te ajudar a escolher a melhor carreira, de várias maneiras, como esta, mais uma pequena ajuda, além disso não se atrasar para prestar o vestibular e ainda testar seus conhecimentos de várias formas e em vários simulados.

O portal do Vestibular é muito abrangente e facilita a vida do internauta vestibulando ou não. O site mostra as opções de cursinhos preparatórios, as melhores faculdades, as datas dos vestibulares e o resultado dos gabaritos de exames de todo país.

O internauta pode também testar seu QI (Quociente de Inteligência), fazer o teste Vocacional e o teste de Raciocínio.

A revisão das matérias podem ser feitas através do portal. O usuário pode conhecer o Enem, que foi criado em 1998 pelo Ministério de Educação (MEC), e avalia as competências e habilidades desenvolvidas dos alunos que estão concluindo ou já concluíram o ensino médio. A participação do aluno é opcional e os resultados individuais da prova são sigilosos.

O site também traz novidades de como enfrentar o vestibular, como estudar, como estudar com o computador , como ler mais rápido e conhecer sua capacidade de leitura e muito mais.

O portal dispõe de uma campanha de doação de livros e para participar é fácil, basta o usuário clicar em um ícone que os patrocinadores pagam pela doação.

Os internautas não precisam mais se preocupar com o vestibular, pois o vestibular um se compromete a ser a melhor ajuda possível aos vestibulandos dentro e fora da Internet.





Ciências Agrárias



Agronomia
Nada de imensas pastagens nem quilômetros de plantações no horizonte do agrônomo. Embora continue usando chapéu de palha e botas enlameadas para percorrer cultivos e pastos, de volta ao escritório seu principal instrumento de trabalho é a tecnologia, sobretudo o computador. Com ele, calcula a cotação dos produtos agropecuários nas bolsas do mundo inteiro.

Se as ferramentas de trabalho mudam, as atividades básicas do agrônomo ainda são as mesmas. Ele auxilia o produtor na escolha da cultura, cuida da preparação do solo, do plantio, da adubação e da colheita. Alimentação, saúde, reprodução e abate de rebanhos também estão na lista de afazeres. Do lado de fora da porteira das fazendas, acompanha o transporte, o beneficiamento, a industrialização e a venda dos produtos.


O Curso:

Prepare-se para pôr a mão na terra: metade do currículo deste curso é reservado às aulas práticas. Mas você não escapa das matérias da área de exatas, como matemática, física e estatística, logo nos dois primeiros anos. O restante do tempo é ocupado por disciplinas específicas como biotecnologia, construções rurais, engenharia florestal, administração e ecologia.



Duração média: 05 anos
O que você pode fazer como:


  • Defesa sanitária - combater pragas e prevenir doenças na lavoura;

  • Economia a Administração Agro-industrial – planejar distribuição e venda da safra;

  • Engenharia Rural – supervisionar a realização de obras como nivelamento de solo, drenagens e irrigação;

  • Fitotecnia – controlar a produção vegetal com o uso de sementes e fertilizantes, prevenir pragas e doenças;

  • Manejo Ambiental – Explorar e recuperar recursos naturais;

  • Solos – estudar meios de conservar e aumentar a fertilidade;

  • Zootecnia – controlar a produção animal, cuidando da saúde, alimentação e das instalações dos rebanhos.

Engenharia de Alimentos
Toda comida industrializada – do biscoito à feijoada em lata, do cereal ao salgadinho – passa pelas mãos desse profissional. Na fábrica, ele se encarrega das várias etapas de sua realização, do recebimento da matéria-prima ao controle de qualidade do resultado final. Pode, ainda, participar do projeto de equipamentos ou do desenvolvimento de embalagens.

Nos laboratórios, o engenheiro de alimentos elabora novas receitas, testa o valor nutricional, o sabor, a cor e a consistência dos produtos e determina os conservantes a ser adicionados. Para isso, ele tem de unir conhecimentos de engenharia, bioquímica, nutrição e biologia. E, de quebra, entender de administração e marketing.


O Curso:

Biologia é peso pesado no currículo, que inclui muita matemática, física, química e estatística nos dois primeiros anos. No terceiro vêm as matérias específicas, como conservação, embalagem, secagem e congelamento. Disciplinas optativas encaminham o aluno para um setor específico da indústria, como cereais, frutas e legumes, pão, carne e bebidas.



Duração média: 05 anos
O que você pode fazer como:


  • Controle de Qualidade – organizar os sistemas de controle de qualidade das matérias-primas e do produto final em indústrias;

  • Gerenciamento e Administração – definir estratégias de realização, marketing e vendas de fábricas;

  • Pesquisa e Desenvolvimento – criar novos produtos, ou melhorar os já existentes, de acordo com as necessidades do mercado;

  • Produção – selecionar equipamentos, coordenar análises laboratoriais, estudar processos de conservação e de embalagem;

  • Projetos Agro-industriais – avaliar a viabilidade econômica de uma nova indústria. Estudar o mercado, os custos, as instalações e os equipamentos a empregar;

  • Tratamento de resíduos – definir métodos de reciclagem e reaproveitamento, segundo as leis de proteção ambiental.


Engenharia de Pesca
Especialista na exploração de peixes, crustáceos e moluscos. Seja nas fazendas aquáticas, no mar ou nos rios, é o engenheiro de pesca quem faz a ponte entre a tecnologia e a extração de alimentos da águas. Para isso, acompanha as diversas etapas da criação, reprodução e captura e planeja novas formas de exploração, armazenamento, transporte e processamento.

A preocupação em não explorar os recursos marinhos de maneira predatória é à base da atividade.


O Curso:

A grade curricular contém matérias comuns a todos os cursos de engenharia, como física, química, matemática e estatística, além de disciplinas da área de ciências biológicas, como biologia, ecologia e zoologia. Meteorologia, oceanografia e fotogrametria também fazem parte do programa, bem como matérias de humanas, como economia. Nas aulas práticas, o estudante aprende técnicas de navegação, métodos de processamento do pescado e de cultivo de peixes, moluscos e crustáceos. O estágio supervisionado é obrigatório no último ano.



Duração média: 05 anos
O que você pode fazer como:


  • Administração e Economia Pesqueira – planejar e gerenciar empresas pesqueiras;

  • Aqüicultura – desenvolver técnicas de criação de animais aquáticos em cativeiro, projetando instalações e pesquisando sua reprodução;

  • Ecologia Aquática – estudar animais e o ambiente aquático para a exploração dos recursos sem danos ecológicos;

  • Extensão Pesqueira – orientar pescadores, visando ao desenvolvimento econômico e social da região;

  • Investigação Pesqueira – pesquisar o potencial pesqueiro de uma região;

  • Tecnologia de Pesca – empregar técnicas de localização e capturas de animais.


Medicina Veterinária
A principal missão é cuidar da saúde dos animais para evitar a transmissão de doenças ao homem. Em fazendas e granjas, o veterinário cuida da higiene, da alimentação e das boas condições de abrigo da criação. É ele quem garante que os animais não irão ingerir substancias que possam deixar resíduos na carne que vai para a mesa do consumidor.

Para quem prefere trabalhar com bichinhos de estimação, um alerta. O veterinário está deixando de ser aquele médico que fica na clínica e sabe um pouco de tudo. A tendência é que o profissional se especialize.


O Curso:

Os cursos estão mudando o enfoque da medicina curativa para a medicina preventiva, dirigida à defesa sanitária. As aulas práticas preenchem 60% do currículo. Os dois primeiros anos compreendem matérias como microbiologia, genética, nutrição e produção animal. Nos anos seguintes, você vai estudar doenças e aprender técnicas clínicas e cirúrgicas. Disciplinas optativas vão orientá-lo para uma especialização. O último semestre é reservado ao estágio supervisionado.



Duração média: 05 anos
O que você pode fazer como:


  • Clínica – prestar atendimento a animais domésticos e de grande porte. Tratar doenças e fazer clínica cirúrgica;

  • Ecologia – estudar animais silvestres, seus hábitos e ambientes, em campos ou em zoológicos;

  • Produção Animal – fiscalizar produtos de origem animal;

  • Sanidade Animal – promover a prevenção e o controle de doenças e infecções;

  • Tecnologia da Produção Animal – melhorar a criação em fazendas por meio de aperfeiçoamento genético, alimentação, reprodução e biotecnologia.





Ciências Biológicas e da Saúde



Ciências Biológicas
A interferência nos segredos da vida tem no biólogo seu principal agente. Com a engenharia genética já é possível reescrever a vida, manipulando genes e, entre outras façanhas, criar plantas e grãos com maior valor nutricional ou resistência a pragas. São os chamados alimentos transgênicos. O biólogo gera informações que contribuem para a preservação do ambiente e o uso sustentável de seus recursos.
O Curso:

Além das disciplinas da área de biológicas, você estuda matemática, física, estatística e informática. As aulas práticas ocupam metade da carga horária. No quarto ano, opta-se por licenciatura ou bacharelado. No primeiro, desenvolve-se pesquisa de iniciação científica. Na licenciatura, aprendem-se técnicas de ensino. Há escolas em que é possível se graduar nas duas habilitações ao mesmo tempo.



Duração média: 04 anos
O que você pode fazer como:


  • Bacteriologia – pesquisar as bactérias e como elas atuam;

  • Biofísica – estudar as propriedades físicas dos seres vivos;

  • Biologia Celular – investigar a estrutura e o funcionamento das células;

  • Biologia Marinha – Estudar os organismos marinhos, sua relação com o ambiente e seu aproveitamento comercial;

  • Biologia Molecular – pesquisar estruturas moleculares, como proteínas e sais minerais, para uso industrial ou farmacêutico;

  • Bioquímica – estudar as relações químicas nos organismos;

  • Botânica – investigar as características das plantas;

  • Ecologia – estudar a relação entre flora e fauna para preservar espécies em extinção;

  • Etologia – estudar o comportamento animal;

  • Evolução – investigar o desenvolvimento das espécies;

  • Fisiologia – estudar as funções orgânicas dos seres vivos;

  • Genética – pesquisar os mecanismos de transmissão hereditária;

  • Histologia – estudar a constituição de tecidos e órgãos;



Educação Física
Ninguém melhor que o bacharel em educação física para despertar o corpo. Especialista em movimento e boa disposição, ele está cada vez mais presente no mundo atual. Além de trabalhar em escolas, clubes esportivos e academias de ginástica, atuam em praias, hotéis, parques públicos e escolinhas de esportes.
O Curso:

Para fazer o corpo se movimentar corretamente é necessário conhecê-lo bem. Por causa disso, o primeiro ano tem matérias básicas, como anatomia, ortopedia e fisiologia. No segundo, você vai aprender as principais modalidades esportivas. O estágio supervisionado é obrigatório. Para dar aula é preciso fazer licenciatura.



Duração média: 04 anos
O que você pode fazer como:


  • Condicionamento Físico – dar aula individual ou para grupos, em academias e clubes;

  • Ensino – lecionar no ensino fundamental, médio ou superior;

  • Grupos especiais – orientar atividades recreativas para deficientes, idosos, gestantes, cardíacos e pacientes de hospitais e manter seu condicionamento físico;

  • Recreação – entreter associados, hóspedes e turistas em clubes, hotéis e agências de viagem;

  • Treinamento – atuar como técnico em equipes e times esportivos.

Enfermagem
A tendência da profissão para os próximos anos é o atendimento domiciliar. De qualquer modo, os hospitais e as clínicas continuam sendo o principal campo de trabalho para esse profissional da saúde. Lá, ele desenvolve uma atividade extremamente dinâmica, no comando de auxiliares e técnicos. O enfermeiro não se limita a lidar com pessoas doentes. São muito eficientes em prevenção, orientação da comunidade sobre cuidados com a higiene e vacinação.
O Curso:

O primeiro ano é de disciplinas básicas, como anatomia, microbiologia e parasitologia. A partir do segundo, começam as matérias específicas e as atividades práticas, como atender o paciente cuidar da enfermaria. O estágio mínimo obrigatório é de um ano.



Duração média: 04 anos
O que você pode fazer como:


  • Atendimento Domiciliar – prestar serviços de enfermagem na residência do cliente, que pode ser um doente crônico;

  • Enfermagem Geral – atuar em hospitais ou clínicas, comandando a equipe de técnicos e auxiliares, atendendo pacientes e ajudando na área administrativa;

  • Enfermagem Geriátrica – cuidar de idoso, doentes ou não;

  • Enfermagem Médico-Cirúrgica – prestar assistência ao paciente e ao médico antes, durante e depois da operação;

  • Enfermagem Obstétrica – assistir gestantes, parturientes e lactantes. Auxiliar durante o parto e exames pré-natais, e executar programas de planejamento familiar;

  • Enfermagem Pediátrica – tratar de crianças e recém-nascidos;

  • Enfermagem Psiquiátrica – auxiliar pacientes com distúrbios psicológicos;

  • Enfermagem de Resgate – participar de equipes de salvamento;

  • Enfermagem do Trabalho – atuar na prevenção e na manutenção da saúde do trabalhador e acompanhar pacientes nas empresas;

  • Saúde Pública – orientar comunidades sobre hábitos de higiene, atender pacientes em postos de saúde ou hospitais públicos.

Farmácia
O farmacêutico é responsável por todas as etapas de pesquisa, produção e distribuição de remédios. Nos laboratórios das grandes indústrias, o profissional pesquisa e testa novas substâncias utilizadas em remédios revolucionários. Mas ele não vive só de remédios: pode se envolver na confecção de sabonete e até na fabricação de salsicha em lata, cuidando para que esses produtos não sejam contaminados por microrganismos.
O Curso:

Este é um curso em que há equilíbrio entre a teoria e a prática. Nos três primeiros anos você enfrenta disciplinas como química orgânica e inorgânica, físico-química, parasitologia, microbiologia e anatomia humana. O ciclo profissionalizante, com muitas aulas em laboratório, inclui análise e controle de qualidade de alimentos, toxicologia, microbiologia clínica, farmacotécnica e cosmetologia. No último ano é obrigatório o estágio supervisionado.



Duração média: 04 anos para Farmácia e 05 anos para Farmácia e Bioquímica.
O que você pode fazer como:


  • Alimentos – empregar novas formas de processar alimentos em indústrias;

  • Análises Clínicas e Toxicológicas – desenvolver e aplicar exames de laboratório para o diagnóstico de doenças e de contaminação por produtos químicos ou drogas;

  • Cosmetologia – pesquisar e criar cosméticos e produtos higiênicos;

  • Farmácia – distribuir e manipular medicamentos à população em drogarias, hospitais e postos de saúde;

  • Farmácia Clínica – acompanhar pacientes internados e submetidos a tratamentos longos, como quimioterapia;

  • Polícia Científica – ajudar na solução de crimes por meio da análise de evidências deixadas no local, como fios de cabelo.



Fisioterapia
Além de ser um especialista na recuperação de acidentados, portadores de distúrbios neurológicos, cardíacos ou respiratórios, se preocupa com a plena utilização do corpo do paciente. Para isso, lida com os aspectos motores e as questões emocionais e sensoriais que podem estar causando ou agravando o problema. Hoje, o profissional está presente até no campo da beleza. Com exercícios especiais, ajuda a amenizar marcas de cirurgias plásticas e de lipoaspiração.
O Curso:

Você vai conhecer profundamente o funcionamento do organismo, em matérias básicas como anatomia, fisiologia e psicologia. Mas a maior parte do tempo aprenderá as técnicas de fisioterapia: a massoterapia (massagens), a termoterapia (calor e frio) e a cinesioterapia (movimentos). O estágio, em clínica ou hospital, é obrigatório no último ano.



Duração média: 04 anos
O que você pode fazer como:


  • Cardiologia e Pneumologia – prescrever e aplicar exercícios respiratórios e circulatórios antes e após cirurgias;

  • Dermatologia – aplicar exercícios para acelerar a cicatrização de feridas;

  • Estética – assistir a recuperação de pacientes de cirurgias plásticas e de lipoaspiração;

  • Grupos Especiais – estimular os músculos de pessoas com limitações físicas, como idosos e deficientes físicos;

  • Neurologia – auxiliar a melhorar a coordenação motora de vítimas de derrame cerebral, paralisia e traumatismo;

  • Ortopedia – ajudar na recuperação de movimentos e na diminuição das dores de pacientes com fraturas, traumas ou luxações;

  • Reeducação postural – prevenir lesões da coluna e das articulações causadas por postura incorreta ou esforço repetitivo;

  • Reumatologia – auxiliar na melhora dos movimentos de pessoas com problemas em articulações, músculos e tendões.


Fonoaudiologia
O trabalho do fonoaudiólogo vai além de tratar dificuldades como troca de letras e gagueira e de ajudar atores e locutores a apurar a pronúncia ou sotaques regionais. O profissional tem papel importantíssimo na integração social de pessoas com deficiência de fala, audição, escrita ou leitura. Quem não ouve bem não fala direito. Por isso, também é tarefa do fonoaudiólogo avaliar a capacidade auditiva dos pacientes e prescrever aparelhos de surdez conforme a necessidade de cada um.
O Curso:

Na maioria das universidades, o curso é dado em período integral. No primeiro ano, matérias básicas como bioquímica, biofísica e anatomia. Há, ainda, disciplinas específicas, ligadas aos aspectos neurológicos da audição, patologias, lingüística e fonética. O estágio é obrigatório. No quarto ano, o estudante opta por uma das áreas de especialização.



Duração média: 04 anos
O que você pode fazer como:


  • Audiologia – testar a capacidade auditiva de pessoas submetidas a ambientes de muito ruído. Indicar e ajustar aparelhos auditivos;

  • Clínica – tratar e prevenir distúrbios como gagueira, alterações na fala e troca de letras. Trabalhar em hospitais, com crianças afetadas por doenças congênitas que atrapalham o desenvolvimento normal da audição;

  • Comunicação Alternativa – desenvolver tecnologias que possibilitem a comunicação de pessoas incapacitadas de falar, como pacientes com paralisia cerebral e traumatismo craniano;

  • Estética – aplicar técnicas que auxiliem atores, locutores de rádio, apresentadores de TV, professores e políticos a se expressar melhor. Escolher tipos adequados de voz para dublagem de personagens de filmes.



Medicina
O médico conhece a função de cada órgão, sistema e aparelho do corpo humano. É sua responsabilidade identificar disfunções, diagnosticar doenças e escolher o melhor procedimento para prevenir e combatê-las. Os tempos atuais lhe impõem a necessidade de atualização constante, para acompanhar o rápido progresso da ciência e exercer com competência a profissão. Ele também atua com biomédicos, farmacêuticos e geneticistas, na busca por novas drogas, e com físicos e engenheiros, no desenvolvimento de equipamentos de diagnóstico e aparelhos utilizados nos hospitais.
O Curso:

Estudar medicina exige dedicação total. As aulas ocupam o dia inteiro; é preciso muito estudo e participação em seminários e congressos. Nos dois primeiros anos, você vai ter disciplinas como anatomia, biologia e fisiologia. A partir do terceiro, começam as matérias clínicas e o atendimento em ambulatório. Nos últimos dois anos, virão os estágios e plantões em centros de saúde e hospitais –escola. A residência não é obrigatória, mas importantíssima para completar sua formação.



Duração média: 06 anos mais dois de residência.
O que você pode fazer como:


  • Diagnósticos – realizar exames para detectar doenças;

  • Medicina Cirúrgica – fazer cirurgias em órgãos externos e internos;

  • Medicina Clínica – diagnosticar e tratar doenças em todas as especialidades oferecidas;

  • Medicina Esportiva – prevenir e tratar distúrbios originados da atividade esportiva;

  • Medicina Legal – realizar autópsias, exames de paternidade e de corpo delito;

  • Medicina Sanitária – atuar em postos de saúde e ambulatórios para o tratamento e a prevenção de doenças na comunidade;

  • Medicina do Trabalho – prevenir e tratar doenças causadas pelo trabalho.


Nutrição
A consciência da importância da alimentação para a saúde é o que tem levado hospitais, academias e restaurantes a contratar cada vez mais nutricionistas. Afinal, é ele quem sabe como cada nutriente atua no equilíbrio do organismo, que substâncias podem suprir carências de ferro, cálcio, iodo ou vitaminas e quais contribuem para o melhor funcionamento do corpo.

  1   2


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal