Impacto do uso de computadores na performance dos profissionais de saúde nos cuidados primários



Baixar 147.65 Kb.
Encontro04.04.2018
Tamanho147.65 Kb.

Serviço de Bioestatística e Informática Médica Disciplina de Introdução à Medicina 2004/2005
Impacto do uso de computadores na performance dos profissionais de saúde nos cuidados primários



Impacto do uso de computadores na performance dos profissionais de saúde nos cuidados primários




Ana Ferreira, André Marinho, André Oliveira, Andreia Campos, Andreia Moreira, António Figueiredo, António Lopes, Aurélio Figueira, Artur César, Bárbara Guimarães, Bruno Maia, Carlos Queirós, Carina Arantes, Joana Sampaio, Mariana Silva
Abstract O recurso aos meios informáticos nos cuidados primários de saúde é cada vez mais frequente podendo exercer efeitos no desempenho dos profissionais que prestam os mesmos.

Com o objectivo de avaliarmos qual o efeito do uso de computadores na performance dos profissionais de saúde na prestação de cuidados primários, fizemos uma revisão sistemática de artigos indexados na PubMed, de 1990 a 2004 que focassem aspectos relacionados com o mesmo.

Para tal procedemos à elaboração de três queries, dada a complexidade do assunto a analisar, seleccionando artigos que consideramos úteis. Recolhemos numa primeira fase 58 artigos através da leitura de título e abstract e aplicação de critérios de exclusão, os quais tentamos adquirir em full text. Aos 10 artigos encontrados em full text foram aplicados critérios de qualidade, fazendo-se posteriormente uma análise das principais conclusões dos mesmos.

Desses 10, 6 correspondem a estudos experimentais, nomeadamente a ensaios clínicos randomisados e os 4 restantes são estudos observacionais. Verificou-se que o uso de sistemas informáticos em parâmetros como a substituição de registos clínicos em papel por registos electrónicos, decisão clínica, prescrição de fármacos, prevenção e permuta de informação clínica trouxe na maior parte dos casos benefícios, havendo contudo artigos em que nenhuma alteração foi registada. Problemas inerentes ao uso das novas tecnologias nomeadamente ao nível da relação interpessoal também são focados.

Assim, podemos inferir que as melhorias detectadas ao nível dos parâmetros anteriormente referidos melhoraram, de uma forma geral, o desempenho dos profissionais de saúde.




Introdução
O uso de computadores tem vindo a tornar-se uma peça chave nos cuidados primários de saúde com uma tendência indiscutível de aumento nos próximos anos [1]. É um facto incontornável que o uso das novas tecnologias traz vantagens e desvantagens que se reflectem no

desempenho dos profissionais de saúde nos cuidados primários [2][3][4].

O recurso à Informática assume um papel cada vez mais notório no processo

clínico, quer na consulta, quer na área do diagnóstico e do próprio tratamento, bem como na relação médico-doente [5]. Porém, a implementação destes meios tecnológicos ainda enfrenta algumas barreiras devidas quer à formação dos potenciais utilizadores (profissionais de saúde), quer às opiniões antagónicas manifestadas por todos aqueles que sentem dificuldades em utilizar e compreender estes novos sistemas [6][7].

O uso das novas tecnologias pode afectar a performance dos profissionais de saúde, um aspecto bastante abrangente e complexo que tem repercussões ao nível dos cuidados primários [3].

No âmbito de percebermos de que forma é que as mesmas influenciam o desempenho destes profissionais no tratamento dos doentes, realizámos uma revisão sistemática de artigos indexados na MEDLINE, compreendidos entre 1990 e 2004, que foquem o impacto do uso dos computadores na performance dos profissionais que prestam cuidados primários de saúde.


Métodos
Realizámos uma revisão sistemática de artigos indexados na PubMed de 1990 a 2004, partindo da análise de um artigo base [8].

Tentámos inicialmente estabelecer uma query que englobasse artigos que abordassem o impacto provocado pelo uso de computadores na performance dos profissionais de saúde.

No entanto, a própria definição de performance é bastante ambígua graças à sua complexidade e à quantidade de aspectos que com ela podem estar relacionados. Além disso, no artigo que utilizamos como base não havia qualquer informação que nos permitisse saber qual a query inicialmente usada pelos autores, o que dificultou ainda mais a nossa tarefa. Por isso chegamos à conclusão, por várias tentativas, que não havia uma única query que abrangesse na totalidade, artigos completamente relacionados com as alterações da performance dos profissionais de saúde na prestação de cuidados primários. Daí que tenhamos estabelecido várias queries com os respectivos limites (Quadro 1 no Anexo II), das quais seleccionamos artigos que achamos que iam de encontro ao nosso objectivo. Seleccionámos então, numa primeira fase artigos que consideramos pertinentes, através da leitura de título e abstract, artigos esses lidos por duas pessoas que decidiram se seriam úteis para o nosso trabalho, justificando a sua opção (Tabela 1 do Anexo II). Simultaneamente foram excluídos artigos para fins administrativos e estudos onde foi avaliada a qualidade e a validade dos dados.

Numa fase posterior, compilámos todos os artigos seleccionados das várias queries que utilizámos de forma a não haver duplicações e tentámos, recorrendo à Medline, à Biblioteca da Faculdade e a outras bibliotecas, arranjar o full text dos artigos previamente seleccionados (58 artigos), dos quais só adquirimos 10.

A estes, foram aplicados critérios de qualidade previamente definidos (Tabela 2 do Anexo II). Destes foram retiradas as principais conclusões, procedendo-se à compilação dos dados obtidos de forma a analisarmos os resultados, e numa etapa final tirarmos as conclusões que iam de encontro ao objectivo a que nos propusemos com este trabalho.
Resultados
Avaliamos os 10 artigos (Tabela1) que encontrámos em full text dos 58 que tínhamos inicialmente.

fdhdfhdfhdfhdfhdfhdfjfgjfjgfjfjfjfjfjfjfjgfgjfgjfgjfhdfhdfhdfhdfhdfhdfhdfhdfhdfhdfhdfhdfhdfhdfhdfhdfhdf







Tabela 1. Artigos encontrados em full text e avaliação da qualidade dos mesmos.

Seis desses artigos correspondem a estudos experimentais, mais concretamente a ensaios clínicos randomisados, e os restantes 4 a estudos observacionais do tipo transversal e de coorte.

Os artigos referentes a ensaios clínicos randomisados apresentam, quanto à qualidade numa escala de 0 a

10, uma média de 7,16 com a pontuação mínima atribuída de 4 e a máxima de 10.

Quanto aos estudos não experimentais ou observacionais, os respectivos artigos foram classificados quanto à qualidade, numa escala de 0 a 6, com uma pontuação média de 3,75, sendo o mínimo atribuído 2 e o máximo 5.

Dos artigos analisados (Tabela 1 do Anexo I), dois focam a importância da implementação dos registos clínicos electrónicos em detrimento do uso de

registos em papel. Assim foi possível uma eficiente permuta de informação clínica entre profissionais de saúde, que se traduziu numa melhoria da qualidade dos cuidados prestados (Artigos VI e VII). Num outro artigo é focado o aumento da satisfação dos profissionais com a implementação dessas tecnologias (Artigo VIII). Com a utilização de programas informáticos de apoio à decisão clínica, nomeadamente de apoio à prescrição de fármacos houve uma diminuição de erros inerentes à mesma (Artigos II, V). Contudo num dos artigos analisados não há diferenças estatisticamente significativas entre o grupo controlo e o grupo no qual se aplicou o sistema computorizado de apoio à decisão quanto à prescrição de fármacos (Artigo III).

No que diz respeito à prevenção de certas patologias, verificamos que o uso de computadores teve um impacto positivo pois permitiu um aumento da adesão dos pacientes à vacinação (Artigo IV). Além disso, um sistema computorizado de serviços preventivos teve um efeito positivo na prevenção do cancro da mama (Artigo I). Contudo, num estudo efectuado não se verificaram quaisquer diferenças estatisticamente significativas relativamente à prevenção da hipertensão arterial entre os grupos controlo e o submetido à acção do programa de apoio à decisão clínica (Artigo III). A implementação de programas informáticos reflectiu-se também na duração da consulta: num dos artigos é referido que o tempo gasto na mesma diminuiu (Artigo X), enquanto que noutro artigo foi mencionado não haver alterações no final do estudo relativamente a este parâmetro (Artigo V).

Alguns profissionais de saúde afirmam que a introdução de computadores e respectivos programas na prática clínica reduz o contacto interpessoal com os pacientes (Artigo VII).
Discussão
Ao efectuarmos este estudo constatámos que a introdução de sistemas informáticos na prática clínica é uma realidade recente e ainda pouco difundida. Como tal existem ainda poucos estudos que avaliem o seu impacto ao nível da performance dos profissionais de saúde. Isto reflectiu-se na revisão sistemática que realizámos, ao nível do número de artigos obtidos directamente relacionados com o tema. Além disso, devido à ambiguidade do próprio conceito de performance e aos inúmeros aspectos com ele relacionados (na terapêutica, na prevenção, na relação médico-doente, na prescrição de fármacos, entre outros) não foi possível fazer um tratamento estatístico dos dados obtidos. Como tal as conclusões retiradas não podem ser completamente generalizadas para toda a população, são apenas indicadores de algo que necessita de um aprofundamento maior.

Apesar dos poucos artigos conseguidos em full text, verificamos que o uso de computadores tráz inúmeras vantagens, contudo o seu efeito na performance dos profissionais de saúde requer ainda a realização de mais estudos de impacto para que as conclusões sejam mais precisas e consensuais.


Conclusão
Perante a incontestável realidade do crescente uso de sistemas informáticos, e perante os resultados obtidos, podemos inferir que as melhorias detectadas ao nível de parâmetros como a prevenção, prescrição de fármacos, diagnósticos, entre outros, contribuem, de uma forma geral, para um melhor desempenho dos profissionais de saúde na prestação de cuidados primários.
Referências Bibliográficas
[1] Hammond WE, Hales JW, Lobach DF, Straube MJ (1997). Integration of a computer-based patient record system into the primary care setting. Comput Nurs, 15 (2):S61- 8.

[2] Theadom A, de Lusignan S, Wilson E, Chan T (2003).Using three-channel video to evaluate the impact of the use of the computer on the patient-centredness of the general practice consultation. Inform Prim Care, 11 (3):149-56.

[3] Sullivan F, Mitchell E (1995). Has general practioner computing made a difference to patient care? A systematic review of published reports. BMJ, 311(7009): 848-52.

[4] Kenny T, Wilson RG, Purves IN, Clark J Sr, Newton LD, Newton DP, Moseley DV (1998). A PIL for every ill? Patient information leaflets (PILs): a review of past, present and future use. Fam Prac, 15(5): 471-9.

[5] Shepperd S, Coulter A, Farmer A (1998). Using interactive videos in general practice to inform patients about treatment choices: a pilot study. Fam Pract, 12(4): 443-7.

[6] Umefjord G, Malker H, Olofsson N, Hensjo LO, Petersson G (2004). Primary care physicians’ experiences of carrying out consultation on the internet. Inform Prime Care, 12(2): 85-90.

[7] Lewis D (2003). Computers in patient education. Comput Inform Nurs, 21(2): 88-96.

[8] Sullivan F et al (2001). A descriptive feast but an evaluative famine: systematic review of published articles on primary care computing during 1980-97. BMJ, 322;279- 282.
Agradecimentos
Gostaríamos de agradecer ao Dr. Altamiro da Costa Pereira pelo tempo que disponibilizou para nos aconselhar e pela ajuda preciosa na orientação do nosso trabalho. Estamos gratos à nossa orientadora Dra. Ana Margarida Ferreira e ao Dr. Luís Azevedo pela sua colaboração.
Contactos dos autores:

m04203@med.up.pt; m04004@med.up.pt; m04189@med.up.pt; m04170@med.up.pt; m04051@med.up.pt; m04046@med.up.pt; m04183@med.up.pt; m04024@med.up.pt; m04010@med.up.pt; m04180@med.up.pt; m04018@med.up.pt; m04135@med.up.pt; m04136@med.up.pt; m04207@med.up.pt; m04210@med.up.pt

Anexo I

Tabela 1 - Avaliação dos artigos encontrados em full text e principais conclusões



A) Estudos experimentais onde existe controlo de intervenção e atribuição aleatória da intervenção


A) Estudos experimentais onde existe controlo de intervenção e atribuição aleatória da intervenção






B) Estudos não experimentais ou observacionais




Anexo II
Quadro 1. Queries utilizadas para pesquisa de artigos úteis ao nosso trabalho


Query utilizada

Limites


"Primary Health Care"[MeSH] AND ("computers"[All Fields] OR "computers"[MeSH Terms] OR "Medical Informatics Applications"[MeSH]) AND ("Treatment Outcome"[MeSH] OR "Health Care Quality, Access, and Evaluation"[MeSH]) AND Clinical Trial[ptyp]

Human, English, 1990 a 2004, Not review


“Primary Health Care” [MeSH] AND ( “Computers” [MeSH] OR “Medical Records Systems, Computerized” [MeSH] OR “Medical Informatics” [MeSH] AND (“Physician-Patient Relations” [MeSH] OR “Evaluation Studies” [MeSH] OR “Clinical Trials” [MeSH])



“Primary Health Care” [MeSH] AND (“Informatics” [MeSH] OR “Attitude to Computers” [MeSH] OR “Computers” [MeSH] OR “Computers, Handheld” [MeSH]) AND (“Evaluation Studies” [MeSH] OR “Program Evaluation” [MeSH] OR “Clinical Trials” [MeSH] OR “Benchmarking” [MeSH])



Tabela 2 - Critérios de avaliação da qualidade

A) Estudos experimentais onde existe controlo de intervenção e atribuição aleatória da intervenção


  • Tipo de selecção da amostra: aleatória, quase aleatória ou seleccionada


2= Aleatória

1=Quase-aleatória

0=Seleccionada


  • Se existiram variáveis de desequilíbrio nos 2 grupos e se foram ajustadas

2= Nenhuma ou ajustadas

1= Não ajustadas

0= Não há referência


  • Onde foi aplicado o estudo

2 = Prática Clínica

1= Médicos ou enfermeiros

0= Pacientes ou Familiares


2= Objectivas

1= Subjectivas

0= Não dizem


  • Seguimento dos indivíduos: se houve ou não exclusões ou perdas de indivíduos no decorrer do estudo

2 =>90% dos indivíduos

1= 80-90% dos indivíduos



0=<80% dos indivíduos


B) Estudos não experimentais ou observacionais
Relatório de um caso (exemplo de um doente)

  • População alvo (1= identificada; 0= não identificada)

  • Descrição do sistema (método) (1= informação; 0= sem informação)

  • Validade das medidas* (1= citada; 0= não citada)

  • Controlo de qualidade (1= citada; 0= não citada)

  • Taxa de adesão (1= informação; 0= sem informação)

  • Data de pós-intervenção (1= citada; 0= não citada)

Série de casos (exemplo de uma lista de doentes)

  • População alvo (1= identificada; 0= não identificada)

  • Critérios de inclusão / exclusão (1= citada; 0= não citada)

  • Métodos de amostragem (1= citada; 0= não citada)

  • Descrição do sistema (método) (1= informação; 0= sem informação)

  • Validade das medidas* (1= citada; 0= não citada)

  • Mortalidade (1= informação; 0= sem informação)

Estudos transversais (ex: questionários)

  • Questão de pesquisa (objectivo) ** (1= citada; 0= não citada)

  • População alvo (1= identificada; 0= não identificada)

  • Critérios de inclusão / exclusão (1= citada; 0= não citada)

  • Tamanho da amostra (1= citada; 0= não citada)

  • Existência de vieses (1= informação; 0= sem informação)

  • Métodos analíticos (cálculos) (1=descrito; 0=não descrito)

Estudos ao longo do tempo, acompanham a evolução

  • Questão de pesquisa (objectivo) ** (1= citada; 0= não citada)

  • População alvo (1= identificada; 0= não identificada)

  • Critérios de inclusão / exclusão (1= citada; 0= não citada)

  • Taxa de não resposta (1= citada; 0= não citada)

  • Definem as condições para o paciente; é claramente esclarecido o estudo de partida ou origem da avaliação para praticantes (1=definido; 0=não definido)

  • Descrição do sistema (método) (1= informação; 0= sem informação)

Estudo de casos e controlos (retrospectivo)

  • Questão de pesquisa (objectivo) ** (1= citada; 0= não citada)

  • População alvo (1= identificada; 0= não identificada)

  • Controlos (1= identificada; 0= não identificada)

  • Critérios de inclusão / exclusão (1= citada; 0= não citada)

  • Método de amostragem (1= citada; 0= não citada)

  • Comparabilidade com os controlos (1= citada; 0= não citada)

Estudos transversais (com estudo no meio num determinado momento); estudos transversais antes / depois

  • Questão de pesquisa (objectivo) ** (1= citada; 0= não citada)

  • População alvo (1= identificada; 0= não identificada)

  • Critérios de inclusão / exclusão (1= citada; 0= não citada)

  • Existência de vieses (1=informação; 0=não descrito)

  • Definem as condições para o paciente; é claramente esclarecido o estudo de partida ou origem da avaliação para praticantes (1=definido; 0=não definido)

  • Tamanho da amostra (1= citada; 0= não citada)

* Se houver um explícito esclarecimento da validade ou medidas que são por si válidas então considera-se 1=citada.
** Se aparecer no artigo “to evaluate” ou “report the impact” mas mais nenhum detalhe for citado então considera-se 1= citada.

PMID

TÍTULO

AUTOR

INCLUSÃO

JUSTIFICAÇÃO

12975221

The medical office of the 21st century (MOXXI) : effectiveness of a computerised decision-making support in reducing inappropriate prescribing in primary care.

Tamblyn R, Huang A, Perrealt R, Jacques A, Roy D, Hculey J, Meleod P, Laprise R.

Aceite

Artigo que apresenta uma avaliação quantitativa de até que ponto a prescrição inadequada de medicamentos podia ser reduzida nos cuidados primários de saúde pela implementação de um sistema computadorizado.

15497540

Improving staff member satisfaction and productivity through technology.

M.cHugh N.

Aceite

Artigo que oferece uma visão dos benefícios do sistema de troca de informações.

15319059

Identification of high-quality consultation practice in primary care: the effects of computer use on doctor patient rapport.

Booth N, Robinson P, Kohannejad S.

Aceite

Apresenta benefícios e malefícios do uso de computadores no atendimento do doente apresentando um estudo de 1995 que mostrou que os malefícios podem ser minimizados quando o médico domina bem os computadores.

15602303

Electronic health records documentation in nursing: nurses’ perceptions, attitudes and preferences.

Moody LE, Slocumb E, Berg B, Jackson D.

Aceite

Estudo descritivo e quantitativo da opinião de enfermeiros sobre “Electronical health records”.

7956169

Physician use of a computerized medical record system during the patient encounter: a descriptive study.

Warshawsky SS, Pliskin JS, Urkin J, Cohen N, Sharon A, Binztok M, Margolis CZ.

Aceite

Avalia como um sistema computadorizado de registos nos cuidados primários de saúde muda a performance dos médicos.

8563255

Patient entries in the electronic medical records: an interactive interview used in primary care.

Wald JS, Rind D, Safran C, Kowaloff H, Barker R, Slack WV.

Aceite

Apresenta dados sobre a implementação de um sistema de registos, nomeadamente alterações custo-benefício com o uso desta ferramenta.

10689400

Patient-centered documentation: an effective and efficient use of clinical information systems.

Allan J, Englebright J.

Aceite

Artigo que apresenta dados sobre satisfação dos profissionais de saúde com a implementação de um sistema informático que monitoriza os pacientes.

8591533

A shared computer-based problem-oriented patient record for the primary care team.

Linarsson R, Nordgren K.

Aceite

Apresenta alterações na qualidade dos cuidados primários de saúde com a implementação de um sistema informático para registos de pacientes.
Tabela 1 – Artigos seleccionados após leitura de título e abstract.


10471240

The application of a computerized problem-oriented medical record system and its impact on patient care.

Ho LM, McGhee SM, Hedley A J, Leong JC.

Aceite

Estudo que avalia a opinião dos médicos e as mudanças nos cuidados aos pacientes relativamente ao uso de um sistema informático de registos médicos por comparação com o uso de registos em papel.

12925550

Effects of scanning an eliminating paper-based medical records on hospital physicians’ clinical work practice.

Laerum H, Karlsen TH, Faxvaag A.

Aceite

Artigo refere a satisfação dos profissionais de saúde relativamente a um sistema electrónico.

11399219

The effectiveness of call back counselling for smoking cessation: a randomized trial.

Borland R, Segan CJ, Livingston PM, Owen N.

Aceite

Percentagem de doentes que deixou de fumar após utilizarem um método em que ouviam intervenções por telefone.

10710578

Evaluation of computer based clinical decisions support system and risk chart for management of hypertension in primary care: randomized controlled trial.

Montgomery AA, Fahey T, Peters TJ, MacIntosh C, Sharp DJ.

Aceite

Conclusão: o computador não e um bom sistema de apoio à decisão clínica.

15534158

“I wish i had seen this test result earlier!”: Dissatisfaction with test result management systems in primary care.

Poon EG, Gandhi TK, Sequist TD, Murff HJ, Karson AS, Bates DW.

Aceite

Conclusão: fisioterapeutas não estão satisfeitos com a maneira como costumam testar os resultados.

10119974

Primary Care heath information system: a hybrid electronic Paper medical record system.

Manchester GW, Raia TJ 3rd, Scoot J, Emery L, Russo AR.

Aceite

Sistema que contém toda a informação acerca dos doentes. Importante para fisioterapeutas e administradores.

6971856

Shuval automated problem-oriented record: an off-line record for a primary care clinic.

Margolis CZ, Mendelssohn I, Halevi D, Barak N, Beinrat T, Klipper M, Yeshai R, Weitzman S.

Aceite

Base de dados que ajuda a nivel administrativo, no cuidado paciente epidemiologico, demografico e na pesquisa clinica.




10129541

One positive impact of heath care reform to physicians: the computer-based patient record.

England SP.

Aceite

Registos computadorizados que aumentam a facilidade de trabalho e acesso à informação dos doentes pelos médicos e professores de saúde.

10811038

List patient system: straitjacket or a tool for developing general practice? General practitioners’ experiences from a pilot project in Norway.

Fjermestad T, Paulsen B.

Aceite

Estudo percentual debruçado na atitude dos profissionais de saúde perante um sistema electrónico de listagem de pacientes.

7881518

A computerised system for reviewing medical records from physician’s offices.

Garnick DW, Lawthers AG, Palmer RH, Moentmann SJ, Fowles J, Weiner JP.

Aceite

Refere alterações na performance dos profissionais de saúde, tendo em conta um sistema computadorizado.

10974639

The Mosoriot medical record system: design and initial implementation of on outpatient electronic record system in rural Kenya.

Hannan TJ, Rotich JK, Odero WW, Menya D, Esamai F, Einterz RM, Sidle J, Smith F, Tierney WM.

Aceite

Registos médicos electrónicos num centro de saúde do Kénia conduzindo a um melhoramento dos dados clínicos e dos cuidados primários de saúde.

10243968

Total medical record: an automated medical information system.

Herpok FJ, Hansen JP, Ritter JN, Hammond WE.

Aceite

Sistema de integração de informática médica. Os atrasos e ineficácia de outros sistemas de informação. Aumento da performance dos profissionais de saúde.

15645783

Electronic medical record improves patient care, saves $ 10 million a year.

Sem lista de autores.

Aceite

Menciona o melhoramento dos cuidados primários de saúde bem como a “performance” dos seus profissionais através da introdução de registos clínicos electrónicos.

15497540

Improving staff member satisfaction and productivity through technology.

MecHugh N.

Aceite

Sistema que melhora a comunicação e os cuidados de saúde repercutindo-se num aumento da produtividade Também se encontra disponível uma tabela com os benefícios do sistema tecnológico.

11772548

A Java-based electronic health care record software for beta-thalassaemia.

Defteros S, Lambrinoudakins C, Andriopoulos P, Farmakis D, Aessopos A.

Aceite

Artigo inteiro e muito especifico que foca os pontos fundamentais do trabalho.




14599381

Can I find a doctor? Availability of primary health care physicians in the San Francisco Bay Area.

Ehman MG, Haas JS.

Aceite

Estudo percentual.

14734942

Promoting patient safety and enabling evidence-based practice through informatics.

Bakken S, Cimino JJ, Hripcsak G.

Aceite

O artigo evidencía o papel dos sistemas informáticos nos cuidados primários de saúde, promovendo a segurança dos pacientes.

11001004

Impact of an electronic medical record system on comunity-based primary care practices.

Wager KA, Lee FW, White AW, Ward DM, Ornstein SM.

Aceite

O artigo aborda as mudanças na comunicação com os pacientes e na própria perfomance do médico após a implementação de um sistema de registos clínicos electrónicos.

12473161

Quality and correlates of medical record documentation in the ambulatory care setting.

Soto CH, Kleinman KP, Simon SR.

Aceite

Fala na importância dos registos clínicos electrónicos no diagnóstico e tratamento dos pacientes

12975221

The medical office of the 21st century (MOXXI): effectiveness of computerized decision-making support in reducing inappropriate prescribing in primary care.

Tamblyn R, Huang A, Perreault R, Jacques A, Roy D, Hanley J, McLeod P, Laprise R.

Aceite

Apresenta percentagens sobre o estudo e refere relações entre os medicamentos prescritos e a tecnologia.

12612247

Use of an electronic medical record improves the quality of urban pediatric primary care.

Adams WG, Mann AM, Bauchner H

Aceite

Artigo é sobre a relação entre a pediatria como cuidado primário de saúde e a tecnologia

9682687

A patient-initiated system for preventive health care. A randomized trial in community-based primary care practices.

Williams RB, Boles M, Johnson RE.

Aceite

Artigo completo com um estudo bem efectuado relacionado com o tema do nosso trabalho.

12419025

Teledermatology's impact on time to intervention among referrals to a dermatology consult service.

Whited JD, Hall RP, Foy ME, Marbrey LE, Grambow SC, Dudley TK, Datta S, Simel DL, Oddone EZ

Aceite

Relaciona os cuidados primários de saúde, neste caso a especialidade de dermatologia com a tecnologia apresentando percentagens.




14687254

Effects of computerized guidelines for managing heart disease in primary care.

Tierney WM, Overhage JM, Murray MD, Harris LE, Zhou XH, Eckert GJ, Smith FE, Nienaber N, McDonald CJ, Wolinsky FD

Aceite

Relaciona os efeitos da tecnologia nos cuidados primários de saúde, neste caso, com a cardiologia.

14734942

Promoting patient safety and enabling evidence-based practice through informatics.

Bakken S, Cimino JJ, Hripcsak G.

Aceite

O artigo evidencia o papel dos sistemas informáticos nos cuidados primários de saúde, promovendo a segurança dos pacientes.

11001004

Impact of an electronic medical record system on comunity-based primary care practices.

Wager KA, Lee FW, White AW, Ward DM, Ornstein SM.

Aceite

O artigo aborda as mudanças na comunicação com os pacientes e na própria performance do médico após a implementação de um sistema de registos clínicos electrónicos.

9506391

The role of the Internet in medical decision making.

Anderson MF, Moazamipour H, Hudson DL, Cahen ME.

Aceite

Este artigo aborda a importância da Internet e dos sistemas informáticos no diagnóstico e decisões médicas.

12473161

Quality and correlates of medical record documentation in the ambulatory care setting.

Soto CH, Kleinman KP, Simon SR.

Aceite

Fala na importância dos registos clínicos electrónicos no diagnóstico e tratamento dos pacientes.

12975221

The medical office of the 21st century (MOXXI): effectiveness of computerized decision-making support in reducing inappropriate prescribing in primary care.

Tamblyn R, Huang A, Perreault R, Jacques A, Roy D, Hanley J, McLeod P, Laprise R.

Aceite

Apresenta percentagens sobre o estudo e refere relações entre os medicamentos prescritos e a tecnologia.

12612247

Use of an electronic medical record improves the quality of urban pediatric primary care

Adams WG, Mann AM, Bauchner H.

Aceite

Artigo é sobre a relação entre a pediatria como cuidado primário de saúde e a tecnologia.




9682687

A patient-initiated system for preventive health care A randomized trial in community-based primary care practices.

Williams RB, Boles M, Johnson RE.

Aceite

Artigo completo com um estudo bem efectuado relacionado com o tema do nosso trabalho

12419025

Teledermatology's impact on time to intervention among referrals to a dermatology consult service.

Whited JD, Hall RP, Foy ME, Marbrey LE, Grambow SC, Dudley TK, Datta S, Simel DL, Oddone EZ.

Aceite

Relaciona os cuidados primaríos de saúde, neste caso a especialidade de dermatologia, com a tecnologia apresentando percentagens.

14687254

Effects of computerized guidelines for managing heart disease in primary care.

Tierney WM, Overhage JM, Murray MD, Harris LE, Zhou XH, Eckert GJ, Smith FE, Nienaber N, McDonald CJ, Wolinsky FD.

Aceite

Relaciona os efeitos da tecnologia nos cuidados primários de saúde, neste caso, com a cardiologia.

14734942

Promoting patient safety and enabling evidence-based practice through informatics.

Bakken S, Cimino JJ, Hripcsak G.

Aceite

O artigo evidencia o papel dos sistemas informáticos nos cuidados primários de saúde, promovendo a segurança dos pacientes.

11001004

Impact of an electronic medical record system on community-based primary care practices.

Wager KA, Lee FW, White AW, Ward DM, Ornstein SM.

Aceite

O artigo aborda as mudanças na comunicação com os pacientes e na própria perfomance do médico após a implementação de um sistema de registos clínicos electrónicos.

9506391

The role of the Internet in medical decision making.

Anderson MF, Moazamipour H, Hudson DL, Cohen ME.

Aceite

Este artigo aborda a importância da Internet e dos sistemas informáticos no diagnóstico e decisões médicas.

12473161

Quality and correlates of medical record documentation in the ambulatory care setting.

Soto CM, Kleinman KP, Simon SR.

Aceite

Fala na importância dos registos clínicos electrónicos no diagnóstico e tratamento dos pacientes.

12463908

A usability study of pysicians interaction with a paper-based patient record system and a graphical-based electronic patient record system.

Rodriguez Nj; Murillo V; Borges JA; Ortiz J; Sands DZ.

Aceite

Interacção do medico com sistemas de registos.



9412602

Transition to a computer-based record using scannable structured encounter forms.

Shiffman RN; Brandt CA; Freeman BG.

Aceite

Percentagens e valores de P.

Participantes, local, medidas, resultados, objectivo e conclusões.



7861100

Primary health care computing analysis of Swedish maternal health records.

SinghAK; Kohli S; Moidu K; Bostrom K; Trell E; Wigertz O.

Aceite

Refere que algumas deficiências provocadas pelo uso de registos no papel, podem ser eliminadas pelo uso de uma base de dados computorizada.

12668697

Installing and implementing a computer-based patient record system in sub-Saharan Africa: the Mosoriot Medical Record System.

Rotich JK; Hannan TJ; Smith FE; Bii J; Odero WW; Vu N; Mamlin BW; Mamlin JJ; Einterz RM; Tierney WM.

Aceite

Implementação de um sistema de bases de dados em Africa.

10566389

Evaluating physician satisfaction regarding user interactions with an electronic medical record system.

Sittig DF; Kuperman GJ; Fiskio J.

Aceite

Tem em conta a satisfação dos profissionais de saúde no uso de sistemas de registos electrónicos.

8195911

A computerized intervention to improve timing of outpatient follow-up: a multicenter randomized trial in patients treated with warfarin. National Consortium of Anticoagulation Clinics.

Fihn SD, McDonell MB, Vermes D, Henikoff JG, Martin DC, Callahan CM, Kent DL, White RH.

Aceite

Modelo computorizado de horários para o melhor seguimento dos pacientes.

10927732

Oral anticoagulation management in primary care with the use of computerized decision support and near-patient testing: a randomized, controlled trial.

Fitzmaurice DA, Hobbs FD, Murray ET, Holder RL, Allan TF, Rose PE.

Aceite

Utilizam um sistema de decisão computorizada que tem o objectivo de melhorar os cuidados primários de saúde.

10566461

Randomized study of online vaccine reminders in adult primary care.



Flanagan JR, Doebbeling BN, Dawson J, Beekmann S.

Aceite

Sistema electrónico que contem data das vacinas.



11914161

A randomised controlled trial of a patient based Diabetes Recall and Management System: the DREAM trial: a study protocol [ISRCTN32042030].

Eccles M, Hawthorne G, Whitty P, Steen N, Vanoli A, Grimshaw J, Wood L.

Aceite

Fala de registos computorizados de diabetes que tem conduzido a uma melhoria na qualidade dos cuidados de saúde até à data. Estudo que avalia este efeito na performance.

12674391

An interactive voice response system to enhance antidepressant medication compliance.

Stuart GW, Laraia MT, Ornstein SM, Nietert PJ.

Aceite

O artigo diz que os avanços tecnológicos podem ter efeitos directos ou indirectos – benéficos – na prática clínica.

Sistema interactivo de respostas por voz que ajuda os pacientes com medicação antidepressiva.



15336581

Improving completion of advance directives in the primary care setting: a randomized controlled trial.

Heiman H, Bates DW, Fairchild D, Shaykevich S, Lehmann LS.

Aceite

Os pacientes completam um documento electrónico antes da consulta. Os médicos sozinhos não conseguiriam fazer isso.

8732323

A prosprective controlled trial of computerized decision support for lipid management in primary care.

Hobbs FD, Delaney BC, Carson A, Kenkre JE.

Aceite

Fala acerca de haver um sistema de suporte de decisão para os médicos.

12391951

Primary care guidelines on consultation practices: the effectiveness of computerized versus paper-based versions. A cluster randomized controlled trial among newly qualified primary care physicians.

Jousimaa J, Makela M, Kunnamo I, MacLennan G, Grimshaw JM.

Aceite

Compara os efeitos do computador e dos papéis durante as consultas médicas.



Página / 9




Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal