Isabel marina a



Baixar 137.48 Kb.
Página2/4
Encontro15.04.2018
Tamanho137.48 Kb.
1   2   3   4

QUADRO II. CAUSAS DE INFERTILIDADE MASCULINA

INFERIORIDADE OU BAIXA QUALIDADE DO ESPERMA

Azoospermia secretora

Deficiências Testiculares

Defeitos genéticos - Síndrome de Klinefelter (XXY) com hipogonadismo associado a criptorquidia (ausência de testículos na cavidade escrotal), ou ausência de partes do cromossoma Y, responsáveis pelo normal funcionamento testicular.

Insensibilidade androgénica ou testículo feminilizante - homens genéticamente normais, mas com receptores que não reconhecem a testosterona.

Inflamação dos testículos e ou dos epidídimos, responsável por orquite e destruição do tecido testicular. É provocada por DST (clamídia, gonorreia, etc), parotidite (papeira) depois da puberdade, tuberculose, febre tifóide ou doenças tropicais

Varicocelo (veias varicosas no escroto) e história de lesões testiculares, responsáveis pela deficiente irrigação sanguínea ao nível do testículo e do epidídimo

Exposição a radiações



Distúrbios Endócrinos e Metabólicos

Hipogonadismo hipogonadotrófico - deficiente produção de GnRH, de FSH e de LH com consequente insuficiência de testosterona. Pode ser resultado de um problema genético (síndrome de Kallmann), de lesão da hipófise ou do hipotálamo, ou de outra situação médica como um tumor cerebral.

Prostatite e vesiculite, respectivamente responsáveis pela ausência ou diminuição de enzimas - fosfatase ácida e fosfatase alcalina - que alteram os fluídos prostático e seminal e o Ph natural do esperma, tornando-o inadequado à sobrevivência do espermatozóide

Diabetes, doenças hepáticas ou insuficiências renais crónicas

Hiper ou hipotiroidismo

Idade e andropausa

Excesso de peso

Intensiva prática de desporto

Stress e estilo de vida

Azoospermia obstrutiva ou Factor Tubal

Origem congénita (ausência dos canais deferentes, estando 2/3 destes casos associados ao gene da fibrose quística)

Origem pós-infecciosa (formação de tecido cicatricial nas vias espermáticas que ficam fibrosadas, na sequência de inflamações provocadas por gonorreia, clamídia ou outras DST)

Origem pós-cirúrgica (por exemplo, a cirurgia a uma hérnia pode diminuir a irrigação sanguínea do testículo ou conduzir a uma laqueação acidental das vias espermáticas)

Origem traumatológica (traumas físicos que se tornam lesões permanentes, se não forem prontamente assistidas, como pancadas fortes na região inguinal ou torções testiculares que bloqueiam o fornecimento de sangue)

INFERIORIDADE OU BAIXA

QUALIDADE DO ESPERMA

Oligospermia, Teratospermia, Necrospermia, Astenozoospermia

Elevada viscosidade da ejaculação - pode estar relacionada com a astenozoospermia

Tabagismo - responsável por oligospermia e teratospermia (14)

Abuso de alcool - leva à redução de testosterona e à produção de esperma com anomalias, e que tem como efeito colateral a disfunção eréctil

Drogas

Aumento de temperatura escrotal, devido a roupa interior muito justa, tecidos sintéticos e pouco permeáveis, banhos de imersão em água quente ou exposição contínua a calor excessivo no trabalho - febre ambiental (7).

Exposição ocupacional, ambiental ou terapêutica a radiações e substâncias tóxicas



Infertilidade imunológica na sequência de vasectomia, traumas, lesões ou processos infecciosos o sistema imunitário produz anti-corpos contra os espermatozóides. Existindo em concentração elevada e dependendo do ponto do espermatozóide a que se ligam, podem interferir com a sua mobilidade ou com a capacidade de fertilização.

História medicamentosa - fármacos de perscrição corrente em determinadas patologias

ANOMALIAS ANATÓMICAS

Hipospádias

Epispádias

Curvaturas penianas (12)

DISFUNÇÕES SEXUAIS

Ejaculação retrógada - o esperma é empurrado para a bexiga. Pode ser ocasionado pela diabetes, pela paraplegia ou por complicação cirúrgicas - por exemplo na cirurgia de remoção da próstata (prostatectomia transuretral)

Disfunção eréctil ou Impotência - pode ter causas psicogénicas ou orgânicas como a diabetes, paraplegia, lesões neurológicas, doença aterosclerótica, cirurgia de remoção da próstata ou outras situações que afectem o sistema reprodutor


Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal