Isoladores e ferragens



Baixar 21.03 Kb.
Encontro24.05.2018
Tamanho21.03 Kb.

NBR 5422 – Draft 9 – Cap. 16 – Emissão 08-08-2006

  1. ISOLADORES E FERRAGENS



    1. Geral



      1. Neste capítulo são abordados os aspectos elétricos e mecânicos de projeto relacionados a isoladores e às ferragens de linha de transmissão.




      1. Serão considerados neste capítulo os seguintes tipos básicos de isoladores:




  1. Isolador de disco;

  2. Isolador bastão composto polimérico;

  3. Isolador bastão de porcelana;

  4. Isolador de pino;

  5. Isolador pilar.




      1. A seleção de uma ferragem deverá ser feita de acordo com os itens abaixo, de forma a garantir o perfeito funcionamento da linha de transmissão.




  1. Possuir desempenho adequado frente aos requisitos técnicos, de aspectos elétricos, mecânicos e ambientais, previstos nos estados de projeto definidos nesta norma;




  1. Possuir desempenho elétrico e desempenho mecânico coordenados com os desempenhos dos outros componentes da linha de transmissão;




  1. Possuir desempenho mecânico adequado no ponto de união com o outro componente da linha de transmissão;



  1. Possuir dimensões adequadas com os requisitos dimensionais da linha de transmissão;



  1. Atender aos critérios técnicos de projeto desta norma;


    1. Normas de referências

Os isoladores e as ferragens deverão atender às prescrições das normas:


NBR 5032 – Isoladores para linhas aéreas com tensões acima de 1000 V – Isoladores de porcelana ou vidro para sistemas de corrente alternada;
NBR 5472 – Isoladores e buchas para eletrotécnica;

NBR 11790 – Isolador suporte de vidro ou porcelana para tensões acima de 1000 V;

NBR 7110 – Isolador de pino de porcelana ou vidro – Dimensões e características – Padronização;
NBR 7109 – Isolador de disco de porcelana ou vidro – Dimensões e características (em revisão);
NBR 7108 - Vínculos de ferragens integrantes de isoladores de cadeia – Padronização;
NBR 10510 – Isolador bastão de porcelana – Dimensões e características – Padronização;
NBR 12459 – Isolador pilar de porcelana ou vidro – Dimensões e características – Padronização;
NBR 15121 – Ensaio de rádiointerferência em isoladores para alta tensão;
NBR 15122 – Isoladores bastão compostos poliméricos para tensões acima de 1000 V;
Projeto 03:036.01- 058 – Unidades de isolador composto para cadeia para linhas aéreas com tensão acima de 1000V – Características dimensionais e elétricas;

NBR 6939 – Coordenação do isolamento – Procedimento;


NBR 8186 – Guia de aplicação de coordenação de isolamento;
NBR 7095 – Ferragens eletrotécnicas para linhas aéreas de transmissão e subestações de alta tensão e extra alta tensão;
NBR 5474 – Eletrotécnica e eletrônica – Conectores elétricos – Terminologia;
NBR 7107 – Cupilhas para conchas de engates concha-bola – Especificação;



    1. Requisitos elétricos, mecânicos e dimensionais para isoladores e para ferragens




      1. Os requisitos elétricos e dimensionais para os isoladores e para as ferragens deverão ser definidos de acordo com o capítulo 10 – Coordenação de isolamento de linha de transmissão.



      1. Os isoladores e as ferragens de uma linha de transmissão deverão ser dimensionados para suportar os requisitos mecânicos definidos de acordo com o capítulo 8 – Suportes.



      1. A carga permanente ou a carga na temperatura mínima sem vento, a que estarão submetidos os isoladores e as ferragens, não deverão ser superiores a 40 % das suas cargas nominais.



      1. Os isoladores e as ferragens não deverão ser submetidos a uma carga máxima superior a 60% das suas cargas nominais.




      1. A carga a que estará submetida uma penca de isoladores de uma cadeia múltipla será a carga total da cadeia múltipla dividida entre as pencas de isoladores.



    1. Definição do número mínimo de isoladores da cadeia de isoladores

      1. A definição do nº mínimo de isoladores de uma cadeia deverá ser feita de acordo com o capítulo 10 – Coordenação do isolamento de linha de transmissão.



    1. Seleção do isolador de disco




      1. A unidade de isolador de disco deverá, a partir dos requisitos elétricos, mecânicos e dimensionais definidos, ter suas características padronizadas selecionadas de acordo com a norma NBR 7109.



    1. Seleção do isolador bastão composto polimérico



      1. O isolador bastão composto polimérico deverá, a partir dos requisitos mecânicos e dimensionais definidos, ter suas características padronizadas selecionadas de acordo com o projeto de norma 03:036.01-058.




      1. O isolador bastão composto polimérico deverá, a partir dos requisitos elétricos definidos, ter suas características padronizadas selecionadas de acordo com o projeto de norma 03:036.01-058 e com a norma NBR 6939.



    1. Seleção do isolador bastão de porcelana




      1. O isolador bastão composto polimérico deverá, a partir dos requisitos elétricos, mecânicos e dimensionais definidos, ter suas características padronizadas selecionadas de acordo com a norma NBR 10510.



    1. Seleção do isolador de Pino




      1. O isolador bastão composto polimérico deverá, a partir dos requisitos elétricos, mecânicos e dimensionais definidos, ter suas características padronizadas selecionadas de acordo com a norma NBR 7110.



    1. Seleção do isolador pilar



      1. O isolador bastão composto polimérico deverá, a partir dos requisitos elétricos, mecânicos e dimensionais definidos, ter suas características padronizadas selecionadas de acordo com a norma NBR 12459.



    1. Ferragens




      1. Deverão ser utilizadas, quando necessário, ferragens de proteção elétrica para efeito de arco de potência e de corona, de modo a evitar danos que comprometam o desempenho da linha de transmissão durante a sua vida útil e a segurança de terceiros.




      1. As ferragens deverão possuir o mínimo de pontas, reentrâncias e o melhor acabamento possível para evitar os eflúvios do campo elétrico gerado e evitar a concentração de cargas mecânicas em pontos de sustentação.




      1. Em ambientes agressivos que podem provocar corrosão nas ferragens, deverá ser examinada a utilização de material especial ou a aplicação de protetor contra a corrosão.




      1. Os materiais das ferragens deverão ser compatíveis com os materiais dos cabos e dos suportes aos quais estão ligados, de modo a evitar diferenças de potencial, aumento de temperatura localizada e aumento de resistência elétrica.


Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal