Licenciado em letras – LÍngua portuguesa licenciado em letras – LÍngua estrangeira 6



Baixar 1.2 Mb.
Página4/17
Encontro20.12.2017
Tamanho1.2 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   17

4. O NOVO CURSO DE LETRAS


Esta proposta leva em conta a análise da situação atual, exposta na seção anterior, e procura percorrer o trajeto entre essa situação (seção 3) e aquela à qual se planeja chegar (seção 2).

O Novo Currículo do Curso de Letras estrutura-se em três eixos articulados:



  1. uso da linguagem;

  2. reflexão sobre a linguagem;

  3. prática profissional.

No primeiro e no segundo eixos, as atividades curriculares propostas articulam-se em torno das competências e habilidades a serem desenvolvidas pelos futuros professores, tendo em vista sua formação como usuários proficientes da língua portuguesa ou estrangeira em diferentes situações de interação, bem como o desenvolvimento de uma prática reflexiva capaz de articular os conhecimentos lingüísticos, pragmático-textuais e referenciais. Espera-se dessa forma fornecer oportunidade para que o aluno não apenas se aproprie de conhecimentos significativos para sua atuação profissional, como também reflita sobre a relevância e a pertinência desses conhecimentos para a compreensão, o planejamento, a execução e a avaliação de situações de ensino/aprendizagem.

Com as atividades propostas no terceiro eixo, o da prática profissional, pretende-se que os futuros professores desenvolvam competências e habilidades que lhes permitam construir, nas interações em sala de aula, uma prática reflexiva de ensino-aprendizagem, com ênfase nos procedimentos de observação e reflexão para compreender e atuar em situações contextualizadas do cotidiano profissional.

A partir desses eixos, propõe-se, também, a instituição de tempos e espaços curriculares diversificados que vão além do padrão turma/professor/horas-aula semanais, tais como oficinas, seminários interdisciplinares sobre temas educacionais e profissionais, grupos de trabalho supervisionado, participação em eventos, atividades de iniciação à pesquisa, atividades de extensão, entre outros, capazes de promover e, ao mesmo tempo, possibilitar aos futuros professores atuações diferenciadas, percursos de aprendizagens variados, diferentes modos de organização do trabalho, promovendo o exercício das diferentes competências a serem desenvolvidas. Parte das oficinas e dos seminários interdisciplinares se organizarão em torno de temas relativos às políticas da Educação Inclusiva, à Educação Indígena, à Educação de Jovens e Adultos, à Educação Ambiental.

Propõe-se, como metodologia para a implantação do projeto pedagógico, que as estratégias didáticas e as atividades curriculares a serem desenvolvidas privilegiem a resolução de situações-problema contextualizadas e a construção e desenvolvimento de projetos de intervenção. A primeira modalidade terá espaço com as atividades que constituem os eixos da reflexão e do uso. O eixo da prática profissional proporcionará o espaço para a construção e desenvolvimento de projetos de intervenção.



Resolução de situações-problema contextualizadas e a construção e desenvolvimento de projetos de intervenção pressupõem a integração da pesquisa e da extensão às atividades de ensino. O planejamento e o desenvolvimento de projetos de intervenção a serem desenvolvidos no estágio supervisionado deverão se pautar em práticas investigativas sobre o trabalho pedagógico e a dinâmica da escola sede do estágio supervisionado. Além disso, a construção de projetos de intervenção envolve pesquisa bibliográfica, seleção de material pedagógico que implica procedimentos investigativos sistemáticos que não devem ser negligenciados. Os projetos de intervenção deverão prever não só a regência de classe, mas também atividades de extensão voltadas para o próprio corpo docente da escola sede do estágio supervisionado, assim como para a comunidade onde atua a escola.

4.1 A ESTRUTURA DO CURSO


As atividades curriculares organizam-se a partir da matriz de competências a serem desenvolvidas e dos eixos temáticos estruturadores do curso. Nesta subseção apresenta-se a relação entre competências, eixos e atividades curriculares. As últimas se organizam em torno de um núcleo comum às quatro habilitações e de núcleos específicos. Essa organização é indicada no quadro abaixo por meio das abreviaturas entre parênteses:

  1. Licenciatura em Língua Portuguesa (LP),

  2. Licenciatura em Língua Alemã (LA), em Língua Francesa (LF), em Língua Inglesa (LI).



EIXO

COMPETÊNCIAS E HABILIDADES

ATIVIDADE CURRICULAR


LP

LA/LF/LI

REFLEXÃO


  • Conhecer diversos modelos de compreensão/produção oral e escrita.

  • Identificar, analisar e explicar os processos constitutivos do texto no uso real da língua, nos diferentes gêneros nas modalidades oral e escrita.

  • Adquirir posição investigativa sobre os fatos lingüísticos nos diferentes níveis (fonético, fonológico, morfológico, sintático, semântico, pragmático e discursivo).

  • Ensinar a produzir textos em diferentes gêneros textuais.

  • Distinguir elementos constitutivos das culturas as quais a língua estudada está vinculada.

  • Conhecer as fases do desenvolvimento cognitivo do ser humano.

  • Distinguir estilos de aprendizagem e inteligências múltiplas.

  • Conhecer os conceitos de motivação e suas implicações no aprendizado.

  • Comparar o aprendizado de língua materna com o de língua estrangeira.

  • Conhecer os diversos fatores que influenciam no aprendizado de línguas.

  • Conhecer as estratégias de aprendizado de línguas e seus diferentes níveis de exigência cognitiva.

  • Diferençar o texto literário do não literário.

  • Diferençar o texto em prosa do poema.

  • Examinar conceitos e funções da literatura.

  • Examinar, conceituar poética, narrativa, crítica literária, confrontando pontos de vista diferentes sobre os temas.

  • Identificar os elementos constitutivos dos gêneros tradicionais

  • Analisar e interpretar textos literários.

  • Reconhecer as principais características dos diversos estilos literários de cada período.

  • Conhecer as principais teorias da poética e da narrativa.




Avaliação no Ensino/Aprendizagem de Língua Alemã, Língua Francesa, Língua Inglesa




X

Culturas Anglófonas, Culturas Francófonas, Culturas Germânicas




X

Filologia Românica

X




Filosofia da Linguagem

X

X

Fonética e Fonologia

X

X

Fonética e Fonologia do Português

X




Formação da Literatura Brasileira

X




Fundamentos da Teoria Literária

X

X

Latim I

X




Latim II

X




Literatura Brasileira Moderna

X




Literatura Brasileira Contemporânea I

X




Literatura Brasileira Contemporânea II

X




Literatura Portuguesa Medieval

X




Literatura Portuguesa Clássica

X




Literatura Portuguesa Moderna

X




Literatura Portuguesa Contemporânea

X




Morfologia

X

X

Morfologia do Português

X




Oficina de Didatização de Gêneros Textuais

X

X

Panorama da Literatura de Língua Portuguesa




X

Panorama das Literaturas Anglófonas, das Literaturas Francófonas, das Literaturas Germânicas




X

Psicolinguística

X

X

Psicologia da Aprendizagem

X

X

Política Educacional

X

X

Poesia Anglófona, Poesia Francófona, Poesia Germânica




X

Prosa Anglófona, Prosa Francófona, Prosa Germânica




X

Semântica e Pragmática

X

X

Sintaxe

X

X

Sintaxe do Português

X




Sociolingüística

X

X

Teoria do Texto Narrativo

X

X

Teoria do Texto Poético

X

X


Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   17


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal