Lista de Exercícios de Sistema Digestório Prof. Rafa



Baixar 98.44 Kb.
Encontro06.08.2018
Tamanho98.44 Kb.

Lista de Exercícios de Sistema Digestório – Prof. Rafa
01.UFU-MG Dê a classificação dos alimentos de acordo com sua função no organismo.
02.Entre os nutrientes que ingerimos, merecem destaque os carboidratos, abundantes em alimentos como pão, macarrão, mandioca e milho. Assinale a alternativa que melhor descreve a principal função dos carboidratos.

a) Material de construção das estruturas celulares. b) Fornecimento de energia para a movimentação e o metabolismo. c) Ação hormonal, integrando as funções de diferentes órgãos. d) Regulação da quantidade de água das células. e) Composição do meio intracelular, formando um meio ideal para a ação enzimática.


03.UFOP-MG Cite o nome das unidades fundamentais fornecidas pelas proteínas e que são importantes para o crescimento das crianças e para a constituição dos adultos.
04. UFMG Observe o quadro a seguir.

Com base nesse quadro, é incorreto afirmar-se que: a) o leite de jumenta é o mais parecido com o leite humano. b) o leite de cabra tem cerca de 3,5 vezes mais proteínas do que o leite humano. c) o leite em pó é o que mais se assemelha ao leite de vaca. d) o leite de vaca é o mais gorduroso. e) os leites de vaca e de cabra são mais energéticos do que o leite humano.



05.Unicamp-SP Segundo documento da Unicef, 250 mil crianças por ano perdem a visão por falta de uma vitamina; muitas mulheres brasileiras grávidas abortam ou perdem seus filhos logo após o nascimento por apresentarem anemia causada por deficiência de ferro, e cerca de 50 milhões de crianças têm o metabolismo comprometido por falta de iodo. Adaptado de: Correio Popular, 13/08/94. a) Qual é a vitamina cuja deficiência traz problemas de visão? Cite um alimento de origem animal rico nesta vitamina. b) Porque a deficiência de ferro causa anemia? c) Qual é o órgão diretamente afetado pela falta de iodo? Que relações existe entre iodo e metabolismo?
06.UFPA Com relação à falta de vitaminas no organismo e às respectivas doenças carenciais ou vice-versa, é correto afirmar: 01. Ocorrendo falta de vitamina K no organismo, instala-se a difi culdade de coagulação sangüínea. 02. A ausência da vitamina B conduz o indivíduo à cegueira noturna. 04. A xeroftalmia provoca secura na camada córnea do globo ocular e isso ocorre por falta de vitamina A. 08. O raquitismo causa deformações no esqueleto humano e anomalias na dentição, ocorrendo na falta de vitamina D. 16. O escorbuto causa problemas na pele e nas mucosas, além de enfraquecimento geral, instalando-se no organismo por falta de vitamina C. Some os números dos itens corretos.
07.Cesgranrio-RJ (modificado) Um importante jornal apresentou uma reportagem sobre a vitamina A. O artigo dava destaque às consequências benéficas de suplemento periódico dessa vitamina. No entanto, abordava, também, problemas causados pela ingestão excessiva da mesma e doenças provenientes de sua ingestão deficitária. A vitamina A, por sua “natureza química”, armazena seu excesso ingerido em determinado “órgão” do corpo humano gerando problemas orgânicos, bem como sua falta acarreta “problemas carenciais”. Com base na afirmação destacada, assinale a opção correta que relaciona, respectivamente, a natureza química, o órgão acumulador do excesso e a hipovitaminose (problema carencial), correspondentes a esta vitamina. a) lipossolúvel, fígado e cegueira noturna. b) lipossolúvel, baço e bócio endêmico. c) lipossolúvel, pâncreas e escorbuto. d) hidrossolúvel, pâncreas e beriberi. e) hidrossolúvel, fígado e raquitismo.
08. Fatec-SP Os sintomas a seguir numerados se referem aos efeitos mais marcantes da carência de algumas vitaminas no organismo humano. I. Deformação no esqueleto e anomalias da dentição. II. Secura da camada córnea do globo ocular e deficiência visual em ambiente de luz fraca. III. Dificuldade de coagulação do sangue. IV. Inflamação da pele e das mucosas, com sangramento. Esses sintomas estão associados, respectivamente, à carência das vitaminas: a) D, E, C e A. b) K, A, B e D. c) B, K, A e C. d) B, D, K e A. e) D, A, K e C.
09. UFPE A desnutrição ou a subnutrição infantil é um grave problema de saúde pública, principalmente em países subdesenvolvidos, porque ela provoca a carência de algumas substâncias que são essenciais ao organismo humano, entre elas as vitaminas. Analise as proposições a seguir relacionadas a algumas vitaminas, suas funções, suas fontes usuais e as doenças causadas por suas deficiências. I. O ácido fólico age, sobretudo, na síntese de nucleoproteínas e sua deficiência causa danos principalmente no processo de maturação das hemácias, levando à anemia. As frutas cítricas representam a única fonte natural de ácido fólico. II. O caroteno atua na formação de pigmentos visuais e na manutenção estrutural dos epitélios. É sintetizado principalmente por enterobactérias e sua deficiência leva à cegueira noturna e ao ressecamento da pele. III. A vitamina D age no desenvolvimento dos ossos e é obtida principalmente de óleo de peixes, fígado e também pela ação da luz solar sobre a pele. Sua deficiência provoca o raquitismo. a) Apenas a I é verdadeira. b) Apenas a II é verdadeira. c) Apenas a III é verdadeira. d) Estão corretas a I e a II. e) Estão corretas a II e a III.
10. UFC-CE Na questão a seguir, dê a soma dos itens corretos. Nos últimos anos, tem sido crescente o uso indiscriminado de medicamentos à base de vitaminas. Sobre essas substâncias reguladoras do metabolismo, é correto afirmar que: 01. o excesso de vitaminas hidrossolúveis pode trazer problemas porque se acumulam no organismo; 02. as vitaminas lipossolúveis dissolvem-se bem em gorduras e não se acumulam no organismo. 04. são lipossolúveis as vitaminas A, D, E e K; 08. normalmente, não há a menor necessidade de tomar medicamentos à base de vitaminas quando o indivíduo recebe uma dieta variada, com carne, leite, legumes, verduras e frutas; 16. as vitaminas D e K são utilizadas para retardar o envelhecimento, pois funcionam como antioxidantes, reparando, assim, os danos causados pelos radicais livres.
11. UFMG Esta tabela refere-se ao teor de minerais e vitaminas, expressos em mg por 100 g de parte comestível de alguns alimentos.

Com base nos dados dessa tabela, assinale a alternativa que contém uma recomendação alimentar inadequada. a) Abacate para pessoas que sofrem de beribéri. b) Couve para alguém com osteoporose e xeroftalmia. c) Goiaba para quem sofre de escorbuto. d) Grão-de-bico para pessoas anêmicas.


12. Unicamp-SP Cada marinheiro da esquadra de Cabral recebia mensalmente, para suas refeições, 15 kg de carne salgada, cebola, vinagre, azeite e 12 kg de biscoito. O vinagre era usado nas refeições e para desinfetar o porão, no qual, acreditava-se, escondia-se a mais temível enfermidade da vida no mar. A partir do século XVIII essa doença foi evitada com a introdução de frutas ácidas na dieta dos marinheiros. Hoje sabe-se que essa doença era causada pela deficiência de um nutriente essencial na dieta. a) Qual nutriente é esse? b) Que doença é causada pela falta desse nutriente? c) Cite duas manifestações aparentes ou sintomas dessa doença.
13. UERJ Um médico holandês observou, no fim do século XIX, que galinhas alimentadas com arroz polido, ou descascado, apresentavam os sintomas de uma doença conhecida como beribéri, que era curada com a ingestão da película, ou casca, retirada dos grãos do arroz. A substância necessária em pequenas quantidades na dieta, para evitar o beribéri, é a vitamina denominada: a) E b) C c) B1 d) A
14. Unirio-RJ Tomando uma grande dose de vitamina A, uma pessoa pode suprir suas necessidades por vários dias; porém, se fizer o mesmo em relação à vitamina C, não terá o mesmo efeito, necessitando de reposições diárias dessa vitamina. Essa diferença na forma de administração se deve ao fato de a vitamina: a) A ser necessária em menor quantidade. b) A ser sintetizada no próprio organismo. c) A ser lipossolúvel e ficar armazenada no fígado. d) C ser mais importante para o organismo. e) C fornecer energia para as reações metabólicas.
15. Fuvest-SP A carência de vitaminas representadas por I, II e III produz avitaminoses cujos sintomas são, respectivamente, escorbuto, raquitismo e cegueira noturna. Que alternativa apresenta as vitaminas correspondentes aos números I, II e III? a) I – vitamina C, II – vitamina D, III – vitamina E. b) I – vitamina E, II – vitamina B, III – vitamina A. c) I – vitamina C, II – vitamina D, III – vitamina A. d) I – vitamina A, II – vitamina B, III – vitamina E. e) I – vitamina C, II – vitamina B, III – vitamina A.
16. Não sofrem digestão: a) sais minerais, água e ácidos nucléicos. b) sais minerais, água e vitaminas. c) sais minerais, ácidos nucléicos e proteínas. d) água, proteínas e polissacarídeos. e) água, proteínas e lipídios.
17. UFES Em relação à digestão dos alimentos, escolha a melhor afirmativa: a) É um processo de oxidação que visa obter energia. b) É um processo de oxidação que visa o armazenamento de alimentos. c) É um processo no qual os alimentos são separados para serem absorvidos. d) É um processo de hidrólise dos alimentos para facilitar a absorção. e) É um processo de oxirredução que visa a produção de ATP.
18. UFRN Dos animais a seguir, aquele que só realiza digestão intracelular é: a) a esponja. b) a hidra. c) a planária. d) a minhoca. e) o gafanhoto.
19. UFMG Observe as figuras em que estão representados três grupos de seres vivos.

Indique a alternativa que apresenta o grupo de seres vivos com digestão exclusivamente intracelular. a) Apenas 1. b) Apenas 2. c) Apenas 3. d) 1 e 2. e) 2 e 3.


20. UFC-CE Diferentes estratégias foram desenvolvidas pelos diversos táxons, para aumentar a eficiência do processo de captura e subsequente digestão do alimento. O tipo mais primitivo de cavidade com função digestória conhecido é: a) cavidade gastrovascular. b) cavidade amniótica. c) cavidade do estômago. d) cavidade celomática. e) cavidade da rádula.
21. Fatec-SP Associe os grupos da coluna I com as estruturas da coluna II. Coluna I 1. Molusco 2. Porífero 3. Nematelminto 4. Artrópode 5. Platelminto 6. Cnidário Coluna II A. Sistema digestório completo B. Células digestivas C. Cavidade digestória com células digestivas Assinale a alternativa que contém as associações corretas. a) 1A; 2C; 3B; 4A; 5C; 6A b) 1A; 2B; 3B; 4A; 5B; 6C c) 1A; 2C; 3A; 4A; 5A; 6A d) 1A; 2B; 3A; 4A; 5C; 6C e) 1A; 2B; 3C; 4A; 5B; 6C
22. PUCCamp-SP Dentre: I. estrela-do-mar II. minhoca III. planária apresenta(m) sistema digestório incompleto: a) apenas III. b) apenas I. c) I e II. d) apenas II. e) apenas I e III.
23. Unisinos-RS (modificado) No homem, quando a massa alimentar chega ao intestino grosso, praticamente todas as substâncias úteis já foram absorvidas. A massa de resíduos que não foram aproveitados, agora solidificada pela reabsorção de grande quantidade de água, formada durante a digestão, constitui as fezes, que serão eliminadas pelo ânus. Por outro lado, há animais dotados de um intestino cego na sua extremidade posterior, onde inexiste o ânus. Sendo um tubo digestório incompleto, os resíduos deverão retornar em direção à boca e ser regurgitados. Um exemplo de animal com tubo digestório incompleto é: a) a esponja b) a hidra c) a minhoca d) a lesma e) o mosquito
24. UEG-GO Sobre a digestão nos diferentes grupos animais, assinale a alternativa incorreta: a) É intracelular nas amebas e ocorre no interior dos vacúolos digestivos. b) É intracelular nas esponjas e ocorre no interior de células especiais denominadas coanócitos. c) Começa extracelular na cavidade digestiva e termina no interior das células nas hidras. d) Na minhoca e em outros invertebrados complexos é parcialmente extracelular, iniciando-se na cavidade digestiva. e) Nos vertebrados é extracelular e ocorre inteiramente na cavidade do tubo digestivo.
25. Unirio-RJ Todas as células necessitam de alimentos que utilizam, em parte, para obter energia, e, em parte, como material de construção. Para os indivíduos heterótrofos, porém, os alimentos não se encontram no ambiente numa forma que lhes permita sua utilização direta pelas células. As grandes moléculas que deles fazem parte terão de ser desdobradas em moléculas menores, e essa é a finalidade da digestão. Os esquemas a seguir representam o processo digestivo como uma necessidade comum a diferentes tipos de organismos.

a) Em qual destes seres vivos a digestão é exclusivamente intracelular? b) Que estrutura celular, assinalada com um “X” nos esquemas anteriores, participa ativamente desse processo? c) A evolução nos animais acabou por permitir que o movimento dos alimentos se fizesse num só sentido e, consequentemente, que as suas transformações se sucedessem em cadeia, o que tornou a digestão mais fácil e eficiente. Em qual dos seres vivos representados nos esquemas ocorre esse processo digestivo?


26. UECE Assinale a alternativa que associa, respectivamente, os conceitos, a seguir, relativos aos aspectos anatômicos de órgãos da digestão no homem: I. Classificam-se em parótidas, sublinguais e submandibulares. II. É um canal de contrações voluntárias que desloca o alimento para o esôfago. III. Realiza movimentos peristálticos involuntários, com o objetivo de deslocar o bolo alimentar para o estômago. a) Glândulas salivares, intestino e esôfago. b) Língua, intestino e esôfago. c) Língua intestino e faringe. d) Glândulas salivares, faringe e esôfago.
27. UFRO Os itens a seguir, que relacionam diferentes estruturas do sistema digestório com suas respectivas funções, estão corretos, exceto: a) dentes – mastigação e trituração. b) estômago – produção de bile. c) língua – deglutição e paladar. d) intestino – digestão e absorção. e) intestino – digestão e absorção.
28. UFSCar-SP Considere os seguintes componentes do sistema digestório humano, em ordem alfabética: ânus, boca, esôfago, estômago, fígado, glândulas salivares, intestino delgado, intestino grosso e pâncreas. a) Durante seu trajeto pelo sistema digestório, o alimento passa pelo interior de quais desses componentes e em que sequência? b) De que modo o fígado participa da digestão dos alimentos?
29. UFRGS-RS Relacione as funções digestivas da coluna superior com os respectivos órgãos da coluna inferior. 1. Estômago 4. Intestino delgado 2. Pâncreas 5. Fígado 3. Baço ( ) secreção de bile e bicarbonato ( ) absorção de nutrientes ( ) digestão de proteínas ( ) secreção de enzimas digestivas A seqüência numérica correta, de cima para baixo, na coluna inferior, é: a) 5 – 4 – 1 – 2. b) 2 – 1 – 5 – 3. c) 1 – 4 – 3 – 5. d) 5 – 3 –1 – 4. e) 4 – 2 – 3 – 1.
30. PUC-MG A figura a seguir representa alguns órgãos do trato digestivo.

Assinale a afirmativa incorreta. a) I é uma glândula que transforma e acumula metabólitos e também neutraliza substâncias tóxicas. b) II é responsável por armazenar e concentrar a bile e secretá-la quando necessário. c) III é responsável pela digestão do alimento, pela secreção de hormônios e pela absorção de água e sais. d) IV é uma glândula que secreta enzimas digestivas e hormônios que controlam a glicemia.


31. Fuvest-SP Em qual das alternativas abaixo as três funções mencionadas são realizadas pelo fígado? a) Regular o nível de glicose no sangue, transformar amônia em uréia, produzir bile. b) Regular o nível de glicose no sangue, transformar amônia em uréia, secretar quimotripsina. c) Regular o nível de glicose no sangue, produzir ácido clorídrico, secretar quimotripsina.

d) Produzir bile, transformar amônia em uréia, produzir ácido clorídrico. e) Produzir bile, produzir ácido clorídrico, secretar quimotripsina.


32. PUC-MG No duodeno, o alimento que veio do estômago recebe secreções: a) das amígdalas e pâncreas. b) da vesícula biliar e pâncreas. c) do fígado e glândulas parótidas. d) do pâncreas e glândulas salivares. e) da vesícula biliar e glândulas salivares.
33. FCC-BA Qual é o fenômeno que ocorre no esôfago, no estômago e no intestino humano? a) Digestão de proteínas. b) Absorção de nutrientes. c) Secreção de ácido clorídrico. d) Movimentos peristálticos. e) Produção de enzimas digestivas.
34. A abertura que leva à laringe fica na parte de trás da língua, em frente ao esôfago. Isso significa que ar e alimento compartilham a mesma passagem. Qual é o mecanismo que impede o alimento de entrar na laringe e bloquear a traquéia? Se isso acontecer, como nosso corpo reage?
35. Sobre o estômago, responda: a) Qual é a sua localização na cavidade abdominal? b) Como se denominam as válvulas que o separam do esôfago e do duodeno, respectivamente?
36. Em alguns pontos do tubo digestório, a musculatura é mais espessa, comportando-se como uma válvula, permitindo que o alimento percorra um único sentido. Assinale a alternativa correta sobre as válvulas cárdia e piloro. a) A cárdia impede o retorno do alimento do esôfago para a boca, enquanto o piloro impede o retorno do alimento do intestino grosso para o intestino delgado. b) A cárdia impede o retorno do alimento do intestino grosso para o intestino delgado, enquanto o piloro impede o retorno do alimento do esôfago para a boca. c) A cárdia impede o retorno do alimento do estômago para o esôfago, enquanto o piloro impede o retorno do alimento do intestino grosso para o intestino delgado. d) A cárdia impede o retorno do alimento do intestino para o estômago, enquanto o piloro impede o retorno do alimento do estômago para o esôfago. e) A cárdia impede o retorno do alimento do estômago para o esôfago, enquanto o piloro impede o retorno do alimento do intestino para o estômago.
37. Vunesp A diferenciação de um estômago na evolução do trato digestório dos vertebrados resultou de uma adaptação: a) a um tipo de alimentação em que o animal come somente em certos intervalos. b) a um tipo de alimentação contínua. c) a um aparelho bucal com grande capacidade mastigadora. d) à ingestão de alimento de natureza vegetal. e) à diversificação dos hábitos alimentares.

38. Mackenzie-SP Algumas pessoas se submetem a uma cirurgia de diminuição do estômago, como auxiliar no processo de emagrecimento. Esse procedimento tem como finalidade: a) a diminuição da digestão de gorduras e carboidratos, processo que ocorre nesse órgão. b) a diminuição da superfície de absorção de nutrientes. c) fazer com que o indivíduo se sinta saciado com menor quantidade de alimento. d) aumentar a velocidade dos movimentos peristálticos, eliminando mais rápido o bolo fecal. e) alterar o pH do meio, dificultando a digestão total do alimento.


39. Como são denominadas, em seqüência, as partes do intestino?
40. Emescam-ES A figura mostra um esquema do tubo digestivo. Qual número indica o cólon transverso?

a) 1 b) 2 c) 3 d) 4 e) 5


41. Fuvest-SP Qual cirurgia comprometeria mais a função do sistema digestório e por quê: a remoção dos vinte e cinco centímetros iniciais do intestino delgado (duodeno) ou a remoção de igual porção do início do intestino grosso? a) A remoção do duodeno seria mais drástica, pois nele ocorre a maior parte da digestão intestinal. b) A remoção do duodeno seria mais drástica, pois nele ocorre a absorção de toda a água de que o organismo necessita para sobreviver. c) A remoção do intestino grosso seria mais drástica, pois nele ocorre a maior parte da absorção dos produtos do processo digestivo. d) A remoção do intestino grosso seria mais drástica, pois nele ocorre a absorção de toda a água de que o organismo necessita para sobreviver. e) As duas remoções seriam igualmente drásticas, pois, tanto no duodeno quanto no intestino grosso, ocorrem digestão e absorção de nutrientes e de água.
42. UFMG

Considerando-se os efeitos de bebidas alcoólicas no funcionamento de alguns órgãos do organismo humano, é correto afirmar que: a) comer antes de beber diminui a ação do álcool, porque o alimento retarda a passagem da droga, do estômago para o órgão 4 e, deste, para o sangue. b) ingerir álcool aumenta o desejo sexual nos homens, porque estimula a produção do hormônio secretado pelo órgão 1. c) misturar bebidas alcoólicas aumenta a embriaguez, porque cada uma delas age de modo diferente no órgão 5. d) tomar café ou banho gelado ajuda a ficar sóbrio, porque estimula o órgão 3 a metabolizar o álcool.


43. Cesgranrio-RJ • Eliminação das células sangüíneas que estão velhas demais. • Formação de uréia. • Armazenamento de energia para qualquer eventualidade. • Maior glândula do corpo humano. Todas essas características típicas de um super-órgão estão relacionadas ao (à): a) baço. b) rim. c) pâncreas. d) fígado. e) hipófise.
44. PUC-RS “Pela veia porta chega o material absorvido nos intestinos, com exceção de parte dos lipídios, que é transportada por via linfática. Com isso, o órgão está em posição privilegiada para metabolizar, neutralizar e eliminar substâncias tóxicas absorvidas.” Esse texto se refere a um estudo da fisiologia do: a) baço. b) duodeno. c) fígado. d) cólon. e) estômago.
45. PUCCamp-SP O fígado é um dos órgãos mais versáteis do corpo humano. Entre as suas funções estão: a) formação da uréia, armazenamento de ferro e produção de insulina. b) excreção da uréia, síntese de hemácias e armazenamento de glicogênio. c) secreção de bile, armazenamento de ferro e destruição de hemácias. d) formação de hemácias, armazenamento de vitaminas e síntese de proteínas. e) síntese de ácido úrico, degradação de álcoois e secreção de lipases.
46. O fígado é uma espécie de “laboratório químico”, considerado um dos órgãos mais importantes do nosso organismo. Cite três funções do fígado.
47. Unirio-RJ O esquema a seguir apresenta partes do sistema digestório humano com órgãos numerados de I a V.

Em relação à bile, podemos afirmar corretamente que é produzida no órgão: a) I e armazenada no órgão II. b) I e secretada para o órgão IV. c) I e contém enzimas que digerem as gorduras. d) II e armazenada no órgão I. e) II e secretada para o órgão IV.


48. UFES Após uma cirurgia de emergência, em razão da presença de grande quantidade de cálculos biliares, uma pessoa teve retirada a sua vesícula biliar. Portanto, pode-se esperar que: a) a bile passará a ser lançada diretamente na corrente sanguínea. b) a secreção da bile será feita de forma contínua, não se restringindo aos períodos de digestão. c) não haverá mais produção da bile. d) o emulsionamento das gorduras ficará a cargo apenas das lipases do suco pancreático e do suco entérico. e) o emulsionamento das gorduras ocorrerá no jejuno, local da liberação da bile.
49. PUCCamp-SP Considere o seguinte texto: “... o órgão responsável pela digestão (...) acha-se escondido na profundidade de nosso abdômen, bem protegido, colado na parede lá atrás (...) uma pequena massa que pesa menos de 100g, mas constitui um laboratório maravilhoso (...) seus sucos são tão poderosos que são capazes de atacar qualquer tipo de comida (...)”. O órgão a que o texto se refere é: a) o intestino delgado. b) a vesícula biliar. c) o estômago. d) o pâncreas. e) o fígado.
50. Cesgranrio-RJ Além de sua função digestiva, o pâncreas atua ativamente na coordenação hormonal, já que é também uma glândula endócrina. Assinale a opção que apresenta, respectivamente, os papéis digestivo e de coordenação. a) Emulsão de gorduras e liberação de aldosterona. b) Liberação de pepsina e produção de gastrina. c) Acidificação do quimo e liberação de tripsina. d) Desaminação de aminoácidos e produção de insulina. e) Desdobramento do amido e produção de glucagon.
51. Cesgranrio-RJ Cães a que se extraíram o pâncreas passaram a apresentar sintomas similares aos do diabetes humano. Com o duto pancreático amarrado, apenas distúrbios digestivos. A experiência nos permite concluir que: a) o pâncreas apresenta a função de glândula digestiva com exclusividade. b) a função primordial do pâncreas em cães é secretora. c) tanto a função digestiva como a função hormonal são funções inerentes ao pâncreas. d) o diabetes humano pode ser causado por lesões no duto pancreático. e) o pâncreas é responsável pela produção de gastrina.
52. Vunesp Em um laboratório, quatro ratos foram submetidos a cirurgias experimentais no pâncreas, conforme descrição a seguir. • Rato I: remoção total do pâncreas. • Rato II: obstrução total dos canais pancreáticos. • Rato III: destruição das células das ilhotas de Langerhans. • Rato IV: abertura do abdome, mas o pâncreas permaneceu intocado. Após as cirurgias, provavelmente: a) os ratos I e II serão prejudicados apenas no processo digestivo. b) os ratos II e III terão insuficiência de apenas determinados hormônios produzidos pelo pâncreas. c) os ratos III e IV não receberão determinados hormônios e desenvolverão diabetes melito. d) os ratos I e III deixarão de receber certas enzimas digestivas e ficarão privados de determinados hormônios. e) apenas o rato I ficará prejudicado em suas funções digestivas e hormonais.
53. Fuvest-SP Ao comermos um sanduíche de pão, manteiga e bife, a digestão do: a) bife inicia-se na boca, a do pão, no estômago, sendo papel do fígado produzir a bile que facilita a digestão das gorduras da manteiga. b) bife inicia-se na boca, a do pão, no estômago, sendo papel do fígado produzir a bile, que contém enzimas que digerem gorduras da manteiga. c) pão inicia-se na boca, a do bife, no estômago, sendo papel do fígado produzir a bile que facilita a digestão das gorduras da manteiga. d) pão inicia-se na boca, a do bife, no estômago, sendo papel do fígado produzir a bile, que contém enzimas que completam a digestão do pão, do bife e das gorduras da manteiga. e) pão e a do bife iniciam-se no estômago, sendo as gorduras da manteiga digeridas pela bile produzida no fígado.
54. Fuvest-SP Bob Mac Donald comeu um sanduíche de pão e carne. Descreva o processo de digestão enzimática desses alimentos na boca, no estômago e no intestino.
55. Fuvest-SP Em que região do tubo digestório humano ocorre a digestão do amido? Onde são produzidas as amilases que atuam nesse processo?
56. PUC-RS Para responder à questão, considere o papel de cada órgão do sistema digestório humano no processo de digestão do alimento e complete corretamente as lacunas com as informações apresentadas nas alternativas. Ao comermos um sanduíche de pão e queijo, os processos de ___________ na boca, ___________ no estômago e ___________ no intestino ocorrem inicialmente nesta ordem. a) absorção de água – digestão do amido – liberação de enzima péptica b) liberação de enzima péptica – absorção de água – digestão do amido c) liberação de enzima péptica – digestão do amido – absorção de água d) digestão do amido – absorção de água – liberação de enzima péptica e) digestão do amido – liberação de enzima péptica – absorção de água
57. PUC-SP Na digestão humana, uma série de enzimas atuam quebrando os alimentos em moléculas menores que são absorvidas pelo nosso organismo. O quadro a seguir mostra a relação entre algumas enzimas, seus locais de produção e os substratos sobre os quais atuam.

Enzima Local de produção Substrato I estômago proteínas amilase II amido tripsina pâncreas III Para completar corretamente o quadro, I, II e III devem ser substituídos, respectivamente por: a) maltase, intestino e proteínas. b) pepsina, glândula salivar e aminoácidos. c) peptidase, intestino e aminoácidos. d) pepsina, glândula salivar e proteínas. e) peptidase, intestino e proteínas.


58. Vunesp O destino de uma molécula de celulose presente nas fibras encontradas na alface ingerida por uma pessoa, numa refeição, é: a) entrar nas células e ser “queimada” nas mitocôndrias, liberando energia para o organismo. b) ser “desmontada” no tubo digestório, fornecendo energia para as células. c) servir de matéria-prima para a síntese da glicose. d) entrar nas células e ser utilizada pelos ribossomos na síntese das proteínas. e) ser eliminada pelas fezes, sem sofrer alteração no tubo digestório.
59. UFRO Os processos mecânicos da digestão, que reduzem o alimento a partículas menores, facilitam: a) o transporte ativo pelo sangue. b) o transporte pela linfa. c) a atividade enzimática. d) a excreção pelas vilosidades intestinais. e) os movimentos peristálticos do estômago.
60. PUC-SP Considerando que um operário almoçou: feijão, arroz, ovo frito, alface e banana, podemos dizer que a digestão química começou: a) na boca e terminou no intestino delgado. b) no estômago e terminou no intestino grosso. c) no intestino delgado e terminou no grosso. d) no estômago e terminou no intestino delgado. e) na boca e terminou no intestino grosso.
61. UFRGS-RS Associe os processos citados às estruturas ou regiões do trato digestivo nos quais eles ocorrem. 1. Início da digestão do amido. 2. Absorção de água e concentração de material não digerido. 3. Absorção de glicose, aminoácidos, glicerol e ácidos graxos. 4. Ação digestiva da pepsina sobre as proteínas. ( ) Estômago ( ) Intestino delgado ( ) Boca A seqüência correta, de cima para baixo, é: a) 1 – 3 – 4 d) 4 – 1 – 2 b) 3 – 2 – 1 e) 4 – 3 – 1 c) 3 – 4 – 1
62. PUC-SP No esquema a seguir estão representados três tubos de ensaio com seus componentes.

Considerando que o amido em presença de lugol torna-se azul-violeta, que resultados serão esperados, se adicionarmos a cada tubo algumas gotas da solução de lugol? Por quê?


63. UERJ Uma pessoa ingeriu, em uma refeição, somente pão, clara de ovo e azeite. A seguir, foram medidas, em função do tempo, em amostras coletadas no lúmen de diversos compartimentos de seu tubo digestório, as concentrações de algumas substâncias: • compartimentos: boca – estômago – duodeno – jejuno – íleo – cólon ascendente; • substâncias: amido – proteína – triglicerídios – peptídios – glicose. O gráfico a seguir representa os resultados encontrados para apenas uma das substâncias analisadas, no jejuno e no íleo. As concentrações dessa substância, medidas nos demais compartimentos, mantêm-se, ao longo do tempo, muito baixas, não estando, por isso, representadas no gráfico.

a) Identifique a substância cuja variação de concentração nos diversos compartimentos, durante os processos de digestão e de absorção, deve corresponder à mostrada no gráfico. Explique como se chegou a essa conclusão. b) Descreva a atuação do suco pancreático na digestão dos ácidos nucléicos alimentares, citando os produtos formados nesse processo.


64. Fuvest-SP O esquema representa o sistema digestório humano e os números indicam alguns dos seus componentes.

O local onde se inicia a digestão enzimática das gorduras que ingerimos como alimento está identificado pelo número: a) 1 d) 4 b) 2 e) 5 c) 3


65. Vunesp A figura ilustra um modelo do sistema “chave-fechadura”, no qual observamos enzima, substrato e produto do sistema digestório humano.

a) Se o substrato fosse uma proteína que estivesse sendo degradada no estômago, qual seria a enzima específica e o produto obtido neste órgão. b) Se a digestão de um determinado alimento ocorresse no intestino delgado, e os produtos obtidos fossem glicerol e ácidos graxos, quais seriam, respectivamente, o substrato e a enzima?


66. Mackenzie-SP Nos gráficos a seguir, os locais I, II e III são, respectivamente, boca, estômago e intestino. Assinale aquele que representa a variação do pH do bolo alimentar ao longo do tubo digestório humano.


67. FEI-SP A pepsina, a bile e a tripsina são produzidas, respectivamente, pelo: a) estômago, pâncreas e fígado. b) estômago, fígado e pâncreas. c) fígado, pâncreas e estômago. d) pâncreas, estômago e fígado. e) pâncreas, fígado e estômago.
68. Emescam-ES A bile, produzida no fígado, é lançada no duodeno e tem uma das funções a seguir relacionadas: a) Abaixa o pH do conteúdo intestinal para facilitar a digestão das gorduras. b) Por ser rica em lipases, tem a função de digerir as gorduras. c) Por ser rica em bilirrubina, tem a função de eliminar as bactérias intestinais. d) Por ser rica em sais biliares, emulsifica as gorduras facilitando a ação das lipases. e) Por ser rica em sais biliares, é indispensável para a ação de proteases, como tripsina e quimotripsina, produzidas no pancreas.
69. Mackenzie-SP No sistema digestório humano, representado a seguir, estão indicados três locais (I, II e III), nos quais diferentes tipos de alimentos sofrem a ação das seguintes substâncias: em I – ação da ptialina; em II – ação da pepsina; em III – ação da bile.


70. Fuvest-SP Da secreção de certa região do tubo digestório de um cachorro, purificou-se uma enzima. Essa enzima foi distribuída igualmente por quatro tubos de ensaio, contendo as substâncias especificadas na figura. Após duas horas, à temperatura de 38°, ocorreu digestão apenas no tubo 2.

a) De qual região do tubo digestivo foi extraída a secreção? b) Que enzima atuou no processo? Justifique.


71. Fatec-SP A um pedaço de carne triturada acrescentou-se água, e essa mistura foi igualmente distribuída por seis tubos de ensaio (I a VI). A cada tubo de ensaio, mantido em certo pH, foi adicionada uma enzima digestiva, conforme a lista a seguir.


72. PUC-RJ As condições de acidez dos sucos presentes no sistema digestório humano variam de acordo com as diferentes partes do tubo digestório. Assim, em relação ao pH, podemos afirmar que: a) na boca é ácido e lá ocorre, principalmente, a digestão de amido. b) na boca é neutro e lá ocorre, principalmente, a digestão de gordura. c) no estômago é ácido e lá ocorre, principalmente, a digestão de proteínas. d) no intestino é neutro e lá não ocorre nenhum tipo de digestão enzimática. e) no estômago é básico e lá ocorre, principalmente, a digestão de proteínas.
73. Fuvest-SP A pepsina é uma enzima digestiva cuja velocidade de reação é influenciada tanto pelo pH quanto pela temperatura do meio. Fixada a temperatura, a velocidade de reação varia com o pH como mostrado no gráfico a seguir.



a) Planejou-se um experimento para verificar qual a temperatura que determina a velocidade máxima da reação. Cinco tubos de ensaio contendo pepsina e um substrato adequado são colocados em diferentes temperaturas. Complete a tabela I, indicando o valor do pH que deve ser usado em cada um dos tubos. b) Nas colunas A, B e C da tabela II são apresentados três conjuntos de resultados. Nas coordenadas apresentadas, construa o gráfico correspondente à coluna de resultados corretos, relacionando a porcentagem de substrato digerido com a temperatura. c) Justifique a resposta do item anterior.


74. UEL-PR Para demonstrar experimentalmente a digestão de proteínas no estômago de mamíferos, é mais adequado colocar um fragmento de carne com água, em um recipiente em agitação constante e mantido a 36 °C, adicionando-se apenas: a) bicarbonato de sódio. b) pepsina e bicarbonato de sódio. c) pepsina e ácido clorídrico. d) ácido clorídrico. e) pepsina.
75. Mackenzie-SP Tiflossole e cecos intestinais são estruturas presentes no tubo digestório de alguns animais. Nos seres humanos, suas funções são desempenhadas: a) pelas vilosidades e microvilosidades intestinais. b) pelo estômago. c) pelo fígado. d) pela mucosa gástrica. e) pelo esôfago.
76. Unitau-SP Os animais, salvo raras exceções, alimentam-se a partir da incorporação do material nutriente por meio do sistema digestório. Quanto a esse processo, no homem, assinale a afirmação incorreta. a) A saliva amolece os alimentos e inicia a quebra do amido com o auxílio da ptialina. b) A digestão de proteínas inicia-se no estômago, por ação da pepsina. c) Os sais biliares emulsionam as gorduras, facilitando a ação das lipases. d) O suco intestinal, composto por diversas enzimas, quebra o alimento em molécula simples, para que possam ser absorvidas. e) As moléculas são absorvidas no intestino grosso, que apresenta vilosidades e microvilosidades celulares, que aumentam a área de absorção.
77. UEL-PR A figura a seguir indica o resultado da digestão de um filé de frango, comido por um garoto, e uma porção de batatas fritas, comida por sua irmã. Com base em seus conhecimentos sobre a ação das enzimas digestivas no corpo humano, indique qual das curvas (I – linha inteira, II – pontilhada) representa a digestão do filé de frango e qual a das batatas fritas. Justifique sua escolha, indicando também o nome das secreções e das enzimas envolvidas.


78. UFMG A figura 1 mostra as vilosidades do intestino de uma serpente após um longo período de jejum, enquanto a figura 2 mostra a mesma região minutos após a ingestão de alimentos.

Essa rápida alteração nas vilosidades é causada pelo intenso aumento da irrigação sanguínea na porção interna dessas estruturas. Tal mudança, após a alimentação, é importante para o aumento da eficiência do processo de nutrição das serpentes. Por que a alteração nas vilosidades contribui para a eficiência da nutrição das serpentes? Justifique sua resposta.


79. UFAL Considere o texto abaixo. “Um menino, assistindo à televisão, ficou com “água na boca” ao ver a propaganda de um hambúrguer. Nesse caso, ocorreu produção de ...(I)... causada por ...(II)... .” Para completá-lo corretamente, deve-se substituir I e II, respectivamente, por: a) pepsina – ação de hormônios b) pepsina – impulsos nervosos c) saliva – estímulos químicos d) saliva – ação de hormônios e) saliva – impulsos nervosos
80. PUCCamp-SP “Quando deglutimos um alimento, esse ato é iniciado voluntariamente, mas depois é impossível controlar a passagem do bolo alimentar ao longo do trato digestório.” Considere os seguintes nervos: I. glossofaríngeo II. vago III. braquial A motilidade gastrointestinal é influenciada somente por: a) I. b) II. c) III. d) I e II. e) II e III.
81. FCC-BA Se, por uma razão qualquer, não mais ocorresse síntese de gastrina numa pessoa, qual das substâncias abaixo não continuaria a ser digerida normalmente? a) Sacarose b) Lactose c) Gordura d) Amido e) Proteína
82. FCC-BA Dos pares de hormônios abaixo, qual está diretamente relacionado à secreção de sucos digestivos? a) Tiroxina e gastrina b) Gastrina e secretina c) Adrenalina e secretina d) Tiroxina e adrenalina e) Gastrina e adrenalina
83. Fafeod-MG Quando o alimento chega ao I, estimula a secreção de II, que, em seguida, é levada pelo sangue, provocando então a alta secreção de III. As palavras que substituem corretamente os números I, II e III são, respectivamente: a) duodeno, secretina e ptialina. b) estômago, gastrina, suco gástrico. c) fígado, colecistoquinina, suco pancreático. d) pâncreas, colecistoquinina, suco pancreático. e) estômago, tripsina, ácido clorídrico.
84. UFMS São hormônios secretados pelo tubo digestório: a) bile e pepsina. d) pepsina e gastrina. b) insulina e bile. e) gastrina e secretina. c) secretina e pepsina.
85. ESAM-RN A produção de suco pancreático está relacionada especificamente ao hormônio: a) insulina. b) secretina. c) gastrina. d) tiroxina. e) adrenalina.
86. UFRN A ingestão de alimentos gordurosos (frituras, por exemplo) provoca a secreção de bile, e esta promove o emulsionamento das gorduras, facilitando a ação da lipase. Marque a opção que contém o hormônio estimulante da secreção da bile e o órgão em que ele é produzido. a) Hormônio: secretina; órgão: pâncreas. b) Hormônio: secretina; órgão: fígado. c) Hormônio: colecistocinina; órgão: vesícula. d) Hormônio: colecistocinina; órgão: duodeno.
87. Cesgranrio-RJ O esquema abaixo representa interações hormonais que auxiliam na liberação de secreções no sistema digestório humano. Assinale a única opção que não está de acordo com o processo digestivo do homem.

a) A colecistocinina desencadeia o esvaziamento da vesícula biliar no duodeno. b) A secretina produzida no intestino atua no pâncreas estimulando a liberação de bicarbonato de sódio. c) A gastrina propicia o aumento das secreções gástricas com seu conteúdo proteolítico. d) A vesícula biliar libera suas enzimas lipolíticas estimulada pela colecistocinina. e) O pâncreas, estimulado pela secretina, possibilita a alcalinização do intestino delgado.


88. UFPE A motilidade e as secreções do sistema digestório são controladas por mecanismos neurais e hormonais que garantem a perfeita digestão e a absorção do alimento. Sobre esse assunto, analise as afirmativas abaixo. ( ) A secreção salivar começa a ser estimulada pela presença do alimento na cavidade oral. ( ) A presença de alimento no estômago estimula a secreção do hormônio gastrina, que induz a produção do suco gástrico, rico em ácido clorídrico e pepsina. ( ) A acidez do quimo que chega ao duodeno estimula a produção de secretina, que é levada pelo sangue ao pâncreas, estimulando, assim, a secreção de bicarbonato de sódio. ( ) A presença de gorduras no alimento estimula a produção de colecistoquinina, que vai inibir a secreção pancreática e a liberação de bile pela vesícula. ( ) A função da enterogastrona é estimular o esvaziamento gástrico pelo aumento dos movimentos peristálticos.
89. O mecanismo de digestão é controlado por atividade do sistema nervoso e do sistema endócrino. O esquema a seguir representa interações hormonais que auxiliam na liberação de secreções no sistema digestório humano.

Assinale a alternativa que está de acordo com o processo digestivo no homem. a) A gastrina é produzida pelo estômago e estimula a produção de suco entérico pelo próprio estômago. b) A colecistocinina atua sobre o pâncreas, aumentando a secreção de enzimas digestivas. c) A liberação de bicarbonato de sódio pelo pâncreas é estimulada pela secretina, produzida no intestino grosso. d) A colecistocinina, produzida pelo duodeno, estimula a liberação da bile, produzida na vesícula biliar. e) A enterogastrona inibe o peristaltismo estomacal, acelerando o esvaziamento do estômago.


90. UFRGS-RS Comparando-se o sistema digestório dos mamíferos herbívoros – como, por exemplo, a cabra – com o sistema digestório dos mamíferos carnívoros, observa-se geralmente: a) presença de maior número de dentes e de rúmen. b) presença de dentes mais aplanados e de rúmen. c) presença de menor número de dentes e ausência de estômago. d) presença de dentes mais pontiagudos e de estômago. e) presença de dentes mais escuros e ausência de rúmen.
91. PUC-MG A seguir estão representados os tubos digestórios de dois diferentes animais.

De acordo com seus conhecimentos sobre nutrição e sistemas digestórios de vertebrados, é incorreto afirmar: a) A digestão de proteínas, de origem animal ou vegetal, inicia-se no estômago e deve terminar no intestino delgado, onde ocorre a absorção dos aminoácidos. b) No intestino grosso dos dois animais, ocorre reabsorção de água e de alguns sais. c) O grande tamanho do ceco do herbívoro, quando comparado ao do carnívoro, relaciona-se com o aproveitamento da celulose. d) Devido à grande quantidade de fibras vegetais na sua dieta, os herbívoros representados são ruminantes.


92. Fameca-SP Quando se comparam peixes herbívoros e carnívoros do mesmo porte e encontrados no mesmo ambiente, observa-se, com relação ao sistema digestório, que: a) nos carnívoros o fígado é bem maior. b) os carnívoros têm cloaca, os herbívoros não. c) o tubo digestório dos herbívoros é bem mais longo que o dos carnívoros. d) nos herbívoros o pâncreas é apenas residual. e) os carnívoros apresentam glândulas salivares.
93. UFPE (modificado) Na questão a seguir, escreva nos parênteses a letra (V) se a afirmativa for verdadeira ou (F) se for falsa. Tendo a figura como um elemento ilustrador, analise as proposições apresentadas com relação à digestão nos ruminantes.

( ) Os ruminantes, entre os quais citamos bois e cabras, durante várias horas do dia apenas cortam os vegetais e os engolem sem mastigação. ( ) Na primeira câmara estomacal (rúmen), que funciona como armazenadora, ocorre uma intensa fermentação, proporcionada por uma abundante flora bacteriana. ( ) Pouco a pouco, o alimento passa para a segunda câmara (retículo), onde é compactado em massas mais ou menos esféricas, que voltam à boca e só então são demoradamente mastigadas. ( ) Numa segunda deglutição, passa diretamente para a terceira câmara (omaso ou folhoso), onde ocorre ainda a trituração do alimento por ação da musculatura e absorção de água. ( ) A quarta e última câmara do estômago é o abomaso, ou coagulador, que produz enzimas digestivas e se comporta como um estômago verdadeiro, pois produz suco gástrico, que faz a digestão final do alimento e também dos microrganismos existentes na massa alimentar.


94. Cesgranrio-RJ Os ruminantes (bois, búfalos, carneiros, cabras, camelos, girafas e veados) são capazes de digerir a celulose e o homem não. Explique o que ocorre na digestão dos ruminantes.
95. UFMG

Observe as figuras referentes ao tubo digestório de dois animais A e B. Em relação aos animais que apresentam esses tubos digestórios, é incorreto afirmar-se que: a) a integração com microrganismos para a obtenção de energia é fundamental para o animal A. b) o animal A é um consumidor primário. c) O animal B pode pertencer ao ao terceiro nível trófico. d) O animal B possui estruturas especializadas para matar e dilacerar suas presas. e) Os animais A e B apresentam relação de competição por alimento.


96. FCM-MG Em animais herbívoros ruminantes, a obtenção de glicose dos alimentos se torna mais viável, desde que: a) haja bastante água no tubo digestório para amolecer o alimento antes da digestão propriamente dita. b) bactérias e protozoários que vivem em seus estômagos produzam enzimas para a digestão de celulose. c) o peristaltismo dos diversos compartimentos gástricos triturem corretamente os componentes do bolo alimentar. d) a saliva durante a ruminação contenha abundante amilase. e) os ácidos graxos sejam convenientemente lisados ao nível intestinal.
97. UFRN O uso indiscriminado de antibióticos na ração do gado bovino pode comprometer a digestão de: a) aminoácido, no intestino delgado. b) quimo, no folhoso e no coagulador. c) celulose, no rúmen e no barrete. d) proteínas, no pró-ventrículo.
98. UFU-MG O rúmen ou pança dos ruminantes e o ceco dos roedores são estruturas que se assemelham funcionalmente porque: a) ambos possuem a enzima pepsina, que transforma as proteínas em unidades menores. b) ambos secretam HCl, que, ao longo do tubo digestório, irá ativar as enzimas inativas. c) ambos possuem microrganismos que secretam enzimas para a digestão de celulose. d) suas mucosas secretam a enzima celulase, que atua na digestão da celulose. e) ambos possuem pH ótimo para a ação da tripsina sobre a digestão da celulose.
99. UFPE (modificado) Com base no esquema a seguir e nos seus conhecimentos sobre o processo digestivo dos animais, assinale a alternativa incorreta.

a) Rúmen, retículo, omaso e abomaso são os compartimentos do estômago dos ruminantes. b) Animais como cabras, carneiros, bois, veados e girafas apresentam estômago do tipo ilustrado acima. c) No rúmen, existe uma grande população de microrganismos produtores de celulase. d) É no intestino que o alimento começa a ser transformado. e) O abomaso é o verdadeiro estômago, pois é o único compartimento que secreta enzimas.


100. UFAM O sistema digestório dos vertebrados é completo, com boca, faringe, esôfago, estômago e ânus. Nos répteis e aves, o intestino termina em uma câmara onde desemboca o sistema excretor e o reprodutor e que se comunica com o exterior através do ânus. Pergunta-se: como é denominada esta câmara? a) Pança b) Moela c) Barrete d) Cloaca e) Coagulador
101. A diversidade entre os vertebrados deve-se, em parte, às adaptações relacionadas com a obtenção e a digestão dos alimentos. Existem estruturas especializadas, anatômica e funcionalmente, para satisfazer as necessidades nutricionais e permitir que o animal ocupe seu nicho ecológico. Sobre o sistema digestório dos animais vertebrados, assinale a alternativa incorreta. a) O intestino delgado dos herbívoros é relativamente maior que o dos carnívoros. b) As aves possuem dois estômagos: o pró-ventrículo, que produz enzimas, e a moela, que tritura os alimentos. c) Em peixes cartilaginosos, como o tubarão, a superfície interna do intestino tem uma prega de disposição helicoidal, chamada válvula espiral. d) O tubo digestório dos mamíferos possui as seguintes estruturas em seqüência: boca, faringe, esôfago, estômago, intestino delgado, intestino grosso, reto e ânus. e) Nos herbívoros ruminantes, o intestino é volumoso e dividido em quatro câmaras; no rúmem ou pança a celulose é atacada por bactérias.
102. Fuvest-SP No sistema digestório das aves, quais as funções: a) do papo? b) da moela?
103. UFF-RJ Para estudar a ação de agentes estimulantes da secreção exócrina do pâncreas, foram introduzidos diretamente no duodeno de uma pessoa em jejum alguns mililitros de óleo de milho. Em outra pessoa, nas mesmas condições, o óleo foi substituído por alguns mililitros de uma solução de HCl ajustada a pH 2,0. Em cada caso, foi coletada uma amostra do suco pancreático produzido. Os gráficos I e II a seguir apresentam os resultados das análises de componentes dessas amostras.

a) Identifique os gráficos que correspondem, respectivamente, aos resultados obtidos após a introdução do óleo de milho e da solução de HCl. Descreva o mecanismo de estimulação da secreção exócrina do pâncreas, em cada caso. b) Em qual das duas situações há, também, um aumento na liberação de bile no duodeno? Justifique sua resposta.


104. Explique detalhadamente a ação hormonal no controle da atividade digestiva humana.

Gabaritos







Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal