Ministério da Cultura parecer técnico



Baixar 399.75 Kb.
Página1/5
Encontro20.01.2018
Tamanho399.75 Kb.
  1   2   3   4   5


Ministério da Cultura



PARECER TÉCNICO

Curso / Oficina / Estágio


O projeto pretende manter as oficinas oferecidas na Sofia Academia de Arte em Belo Horizonte/MG com

início no primeiro semestre de 2012 até primeiro semestre de 2013. Todas as atividades serão realizadas

na sede da Academia com entrada gratuita à comunidade.
A sede possui salas de aulas apropriadas para cadeirantes, idosos, sendo que a direção vai disponibilizar em

algumas áreas, professores capacitados em deficiência auditiva, motora, visual e garantir vagas

para crianças e jovens em tratamento do câncer, HIV e menores abandonados.

O projeto já atende jovens carentes na iniciação da arte clássica/erudita e vai realizar um


espetáculo ao final dos cursos, que envolva as áreas lecionadas.
As oficinas oferecidas vão criar agentes transformadores na sociedade, abrangendo: música; dança;

teatro; artes plásticas; teoria musical, história da Arte e literatura com 2.514 alunos atendidos

e 46 professores.

A seleção dos interessados será feita através da aplicação de provas de aptidão e uma entrevista,


sendo que haverá divulgação nas escolas públicas para captação de alunos.
A Academia conta com a parceria de empresas privadas e das universidades: UFMG, UEMG e CEFAR,

que enviam seus alunos para lecionar aos selecionados para o projeto, além da equipe de profissionais

e artistas contratados.

A coordenação do projeto pretende adquirir instrumentos e equipamentos, se comprometendo a


destiná-los à utilização dos alunos da Academia, tanto para aulas, quanto para ensaios e
apresentações, bem como organizar os bens culturais resultantes do projeto, em inventário para ser
utilizado em fins culturais da entidade e comunidade, dando continuidade aos trabalhos.

O proponente apresentou proposta pedagógica com carga horária, número total de alunos e por turma,


além de minuciosa descrição das características do público alvo, metodologia que será aplicada e
material didático utilizado. A Academia vai oferecer transportes para alunos e professores.

O projeto terá repercussão regional e o proponente apresentou a proposta compatível com as metas


que pretende atingir, além da ficha técnica com todos os professores. Analisamos a informações
prestadas e os documentos exigidos, bem como a capacidade técnico-financeira para a execução do
projeto, verificável pelo currículo anexado do proponente, dos professores e pelo detalhamento da
proposta. 
PARECER DO COMPONENTE DA
COMISSÃO – MINISTÉRIO DA CULTURA







Proponente

   










   




   
















Identificação




CNPJ / CPF
10.832.002/0001-09

Proponente
AMENO ASSOCIAÇÃO EM DEFESA DA VIDA

Tipo de Pessoa
Jurídica

Responsável
Daniela Erica da Silva

 







Endereço




Comercial - Rua - Gustavo Pena - 155 - Horto - CASA







Unidade da Federação / Municipio




Cidade
Belo Horizonte

UF
MG

CEP
31.015-060







Natureza




Natureza
Direito Privado

Esfera
 

Administração
 

Fins Lucrativos
Sem fins lucrativos

 







Dirigentes




CPF

Nome

030.569.586-01

Daniela Erica da Silva













E-Mail




 

Tipo

E-mail

1

Institucional

sofiaacademiadearte@ig.com.br













Telefones




 

Tipo

UF

DDD

Numero

Divulgar

1

Comercial

Minas Gerais

31

3022-4401

Sim
























Informações complementares

   










   




   







   




   










Síntese do Projeto




Manter as oficinas oferecidas na Sofia Academia de Arte; Pagamento de professores; Manter um numero mínimo de instrumentos musicais na Escola, para alunos carentes. Oficinas oferecidas: violino, violoncelo, violão, flauta doce, flauta transversal, piano, baixo acústico, harpa, oboé, clarineta, fagote, trompete, trompa, trombone, tuba, canto, guitarra, musicalização infantil, teoria musical e história da arte, ballet, teatro, pintura em tela, escultura, cenografia, desenho, figurino e literatura.







Objetivos




O Projeto tem os seguintes objetivos:

- Iniciação a arte clássica / erudita,

- Formar artistas dentro da comunidade (músicos, atores, artistas plásticos, escritores e bailarinos),

- Abrir o mercado de trabalho para artistas/profissionais da cultura, recém graduados,

- Formar agentes disseminadores,

- Realizar um espetáculo ao final do curso, que envolva todas as áreas lecionadas.


__________________________________________________________________________

Oficinas oferecidas

Música (Objetivo: ensinar o aluno a tocar o instrumento e o tornar apto a participar de uma orquestra de câmara) violino, viola, violoncelo, contrabaixo acústico, viola de arco, harpa, piano, flauta, oboé, clarinete, fagote, trompete, trompa, trombone, tuba, percussão, canto, musicalização infantil.

Dança (Objetivo: ensinar o aluno a dançar, capacitá-lo para atuar em grupos profissionais e criar seu próprio grupo de ballet) ballet, etiqueta, história do ballet.

Teatro (Objetivo: ensinar o aluno a atuar, dirigir e montar seu próprio espetáculo)Textos, improviso, preparação de voz, expressão corporal,interpretação, vídeo, produção, roteiro, direção, noções básicas de cenário - iluminação - figurino e maquiagem de palco e vídeo.

Artes Plásticas (Objetivo: ensinar o aluno a pintar, desenhar e esculpir, ilustrar livros, criar cenários para espetáculos e figurinos) Pintura em tela, escultura, desenho, figurino, cenografia.

Teóricos (Objetiva aprimorar o conhecimento dos artistas)
Teoria Musical, História da Arte e suas ramificações (De acordo com a oficina).

Literatura (objetiva criar material didático e literário)


Criação, revisão, correção e aperfeiçoamento de qualquer texto em prosa, poesia, crônica, etc., criação de textos para publicação.












Justificativa




As razões de se ensinar arte

Ensinar arte é mais do que repassar um conhecimento, é criar agentes transformadores na sociedade. Ensinar arte para jovens e crianças que tiveram seus sonhos tolhidos por adversidades várias é transformar uma pequena e importante parcela deste mundo de desigualdades em um mundo melhor.

Ora, coloque um violino nas mãos de um menino de favela e ouça o som do gueto, ou tela branca, pincel e tinta para um deficiente e vislumbre as ruas escondidas em suas várias facetas da alma, dê voz a adolescente mãe solteira, e veja o colorido de seu canto ganhar o pão do sustento honroso. Dê oportunidade para uma pessoa em risco social, e a veja atravessar a tênue linha da margem social.

São tantas justificativas para este projeto, que não devemos nos deter na simples carência, em nosso país, de iniciativas criativas, contemporâneas, e ao mesmo tempo tradicionais, irreverentes e populares. Queremos preencher esta lacuna e produzir pessoas que farão o mesmo.









Acessibilidade




Nossa Academia de Arte conta com sala de aula apropriada para cadeirante, rampa de acesso a sala de concerto e banheiro adaptado. Isto se deve ao fato de desenvolvermos no local, atividades com idosos (muitos com dificuldade de locomoção devido a avançada idade, e cadeirantes).

Para permitir que qualquer pessoa com Deficiência participe das atividades propostas, buscamos junto aos profissionais, pessoas capacitadas a lecionar para este público.

Todos as oficinas estarão abertas a livre participação do público em geral, mas para o melhor atendimento, disponibilizamos em algumas áreas professores capacitados em experiências anteriores, a seguir:

Deficiência Auditiva: cursos de artes plásticas, literatura e ballet.


Deficiência Motora: cursos de artes plásticas, teatro, literatura e música.
Deficiência Visual: cursos de musica, literatura, teatro e escultura.
Além disso, também garantimos vagas para crianças e jovens em tratamento de câncer e HIV e menores abandonados.

Nossos parceiros: Projeto Obra Prima, Instituto Mário Penna, Clinica AMMOR, GRUPO VHIVER, CONARTE BOM JESUS, CASA TRANSITÓRIA.










Democratização de acesso




Todo ser humano, em sua única via existencial, tem o direito de transcender. A arte é a via possível.

Como democratizar o acesso a arte em meio a fome, a desigualdade social, a deficiência, a falta de saúde e outros aspectos?


A forma de democratizar a arte através deste projeto é oferecer ensino de qualidade gratuitamente e equipamento básico para realização das tarefas.


Porém, para democratizar a arte ou qualquer outro bem social, é necessário uma "via de mão dupla", ou seja, que o público atendido tenha real interesse em receber o que está sendo ofertado. Para tanto, aplicaremos provas de aptidão e uma entrevista com os interessados.

Dada a permanência da arte na vida humana, convém que estudemos as possibilidades de acesso ao fazer artístico, não significando isto um treino para que alguém forme-se artista, mas o desenvolvimento de uma educação que permita a descoberta de uma sensibilidade e de um poder de expressão maiores e adequados a cada um.

Nos estudos das artes, como nas ciências, decorar jamais poderá ser confundido com aprender. Aprender é um sistema de etapas, um mergulho profundo nos significados. Aprendemos através de um contato real com a experiência proposta.

Dependerá da desenvoltura dos dois lados envolvidos:

- O professor: precisa ser experiente, apoiado por uma equipe ousada que deseje passar o conhecimento em sua plenitude, levando o aluno a desejar aprender e querer sempre mais.
- O aluno: precisa estar motivado não apenas pelo desejo de aprender como pela movimentação e espontaneidade do ambiente de sala de aula.

A democratização da arte,portanto é um mergulho interior, através da descoberta da verdadeira aptidão, que levará o aluno ao prazer do ofício, dele não desistindo em momento algum. Todos serão alcançados: o público que estudará, o artista que terá meios de passar seu conhecimento e garantir sua subsistência, o ministério que mais uma vez alcançará seu objetivo de garantir ao cidadão brasileiro o acesso a cultura e o patrocinador que verá seu nome vinculado a um projeto-proveta de futuros grandes artistas.









Etapa de trabalho




O Projeto se divide em 11 etapas, a saber:

1ª Etapa: Reunião Pedagógica

Objetivo: Traçar as diretrizes do projeto junto aos profissionais envolvidos, bem como, assinatura de contratos e documentação necessária para as contratações.

Prazo estimado: 1( um) mês


Data início: 01/02/2012 Data conclusão:01/03/2012

2ª Etapa: Divulgação do projeto para captação de alunos.

Objetivo: Ir às escolas públicas, efetivar inscrições para teste, aplicar prova de seleção

Prazo estimado: 1( um) mês


Data início: 02/03/2012 Data conclusão:02/04/2012

3ª Etapa: Entrevista com os pais dos candidatos.

Objetivo: Reunir com os pais, informá-los das atividades, horários, estudos diários necessários, regras básicas comportamentais e disciplinares, bem como, coletar assinaturas dos mesmos para ingresso e freqüência de seus filhos no projeto.

Prazo estimado: 1( uma) semana


Data início: 03/04/2012 Data conclusão:10/04/2012

4ª Etapa: Matrícula dos Alunos inscritos

Objetivo: Efetivar matriculas e distribuir material

Prazo estimado: 1( uma) semana


Data início: 11/04/2012 Data conclusão:18/04/2012

5ª Etapa: Início das Aulas

Objetivo: Lecionar o conteúdo programático

Prazo estimado: 5 meses e duas semanas.

Data início: 19/04/2012 Data conclusão:13/07/2012

6ª Etapa: Provas Avaliativas e Apresentação 1° Semestre

Objetivo: Avaliar o conhecimento do aluno dentro do conteúdo lecionado, seguindo o item 3 d metodologia de ensino.

Prazo estimado: 1( uma) semana


Data início: 16/07/2012 Data conclusão:20/07/2012

7ª Etapa: Curso de Férias (Com participações de Convidados ) Máster Class, Apresentações e Palestras.

Objetivo: Promover a integração dos alunos e comunidade

Prazo estimado: 3 (três) dias

Data início: 20/07/2012 Data conclusão:22/07/2012

8ª Etapa: Férias.

Objetivo: Recesso das atividades

Prazo estimado: 1( uma) semana


Data início: 23/07/2012 Data conclusão:31/07/2012

9ª Etapa: Retorno das Aulas.

Objetivo: Inicio do 2° semestre letivo

Prazo estimado: 4(quatro) meses


Data início: 01/08/2012 Data conclusão:14/12/2012

10ª Etapa: Apresentação final/ Formatura dos Alunos.

Objetivo: Apresentar à comunidade o resultado do projeto através de espetáculos gratuitos.

Prazo estimado: 2 (dois) dias


Data início: 15/12/2012 Data conclusão:16/12/2012

11ª Etapa: Prestação de Contas do Projeto.

Objetivo: Enviar ao Ministério a documentação de prestação de contas

Prazo estimado: 1(um) dia


Data início: 25/01/2013 Data conclusão:01/02/2013





Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal