Ministério da educaçÃo e do desporto



Baixar 42.93 Kb.
Encontro07.02.2018
Tamanho42.93 Kb.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS

PRO-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO

DIRETORIA DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO

CONTEÚDO DE DISCIPLINA











CARGA HORÁRIA

CÓDIGO

DENOMINAÇÃO

CR.

TEÓR.

PRÁT.

TOT.

PEX 503

Estatística Experimental

03

30

30

60

DEPARTAMENTO

PROFESSOR(ES)

CIÊNCIAS EXATAS

Augusto Ramalho de Morais




Agostinho Roberto de Abreu

Paulo César Lima




Ementa (Sintese do Conteúdo)
O papel da Estatística na Experimentação Agrícola. Métodos para aumentar a eficiência dos experimentos. A análise de variância. Os delineamentos básicos: inteiramente casualizado, blocos completos casualizados e quadrados latinos. Experimentos em esquemas fatoriais e parcelas subdivididas. Grupos de Experimentos. Regressão na análise de variância. Análise de covariância. Planejamento experimental.

ASSINATURAS LAVRAS, ___/___/___

______________________


______________________
______________________
______________________ ___________________________

CHEFE DO DEPARTAMENTO




Conteúdo Programático

1. Introdução

1.1 Apresentação do professor e alunos

1.2 Apresentação do plano do curso

1.3 Metodologia do ensino-aprendizagem e avaliação

1.4 A disciplina no curriculum e formação do profissional e da pessoa

2. O Papel da Estatística na Experimentação Agropecuária.

2.1 A metodologia da Experimentação

2.2 Inferência estatística.

2.3 Princípios básicos.

2.4 A filosofia do planejamento experimental, objetivos, tratamentos
3. Métodos para Aumentar a Eficiência dos Experimentos.

3.1. Introdução.

3.2. Número de repetições.

3.3.Tamanho de parcelas.

3.4. Outros métodos para aumentar a eficiência dos ensaios.
4. Análise de Variância.

4.1. Introdução, notação.

4.2. Análise de variância com um e dois fatores.

4.3. Testando a igualdade de variância.

4.4. Métodos de Comparações Múltiplas.
5. Análise Estatística de um Experimento.

5.1. Método geral de análise: modelo linear, hipótese, análise de variância e testes.

5.2. Subdivisão da soma de quadrados de tratamentos.

5.3. Cálculo do erro-padrão para comparações de médias.

5.4. Efeitos dos erros nas hipóteses da análise de variância
6. Experimentos Inteiramente Casualizados, Blocos Casualizados e Quadrados Latinos

6.1 Características

6.2 Modelo linear

6.3 Casualização

6.4 Análise de variância

6.5 Parcelas Perdidas

7. Experimentos Fatoriais.

7.1. Características e notação

7..2. Efeito principal e interação.

7.3. Vantagens dos ensaios fatoriais.

7.4 Método geral de análise.

7.5. Interpretação das análises.

7.6. Ensaios fatoriais com tratamentos adicionais.

8. Experimentos em Parcelas Subdivididas.

8.1. Características natureza do erro experimental e casualização.

8.2. Análise estatística.

8.3. Parcelas subdivididas.

8.4. Parcelas subdivididas com fatorial.

8.5. Parcelas sub-subdivididas.

8.6. Ensaios em faixas.

9. Análise de Covariância.

9.1. Introdução

9.2. Modelo Linear

9.3. Análise estatística

9.4. Comparações múltiplas
10. Regressão na Análise de Variância.

10.1. Introdução

10.2. Aplicações
11. Grupos de Experimentos.

11.1. Análise conjunta quando todos experimentos tem o mesmo

esquema experimental.

11.2. Heterogeneidade da variância do erro experimental e da interação

11.3. Experimentos de tamanho desigual.

11.4. Experimentos repetidos no espaço e no tempo.


12. Tópicos em Estatística Experimental
13. Avaliação

13.1 Avaliação do conteúdo do curso

13.2 Avaliação de atuação do estudante

13.3 Avaliação de atuação do professor

13.4 Avaliação da infra-estrutura em que se desenvolveu o curso


BIBLIOGRAFIA

LIVROS
BANZATTO, D.A.; KRONKA, S.N. Experimentação agrícola. 3ª ed. Jaboticabal: FUNEP, 1995. 247 p.

COCHRAN, W.G.; COX, G.M. Experimental designs. 2. ed. New York: John Wiley, 1992, 640p.

HINKELMANN,K.; KEMPHORNE, O. Design and analysis of experiments. Introduction to experimental design. New York: John Wiley/Interscience, 1994. 495 p.

KIRK, R.E. Experimental design: procedures for the behavioral sciences. 3ª ed. Pacific Grove: Brooks/Cole, 1995. 921 p.

MILLIKEN, G.A.; JOHNSON, D.E. Analysis of messy data. London: Chapman Hall, 1994. 1.v.

MISCHAN, M.M.; PINHO, S.Z. de Experimentação agronômica: dados não balanceados. Botucatu: Fundibio, 1996. 456p.

MONTGOMERY, D.C. Design and analysis of experiments. 4ª ed. New York: John Weley, 1996. 720 p.

PETERSEN, R.G. Agricultural field experiments: design and analysis. New York: Marcell Dekker, 1994. 409 p.

PIMENTEL GOMES, F. Curso de estatística experimental. 14ª. ed. Piracicaba: Nobel, 2000. 467 p.

SAHAI, H.; AGEEL, M.L. The analysis of variance: fixed, random, and mixed models. Boston: Birkhauser, 2000. 742p.

STEEL, R.G.D.; TORRIE, J.H.; DICKEY, D. A. Principles and procedures of statistics: a biometrical approach. 3.ed. Boston: WCB/Mc Graw-Hill, 1997. 666p.


PERIÓDICOS:


. Agronomy Journal

. Ciência e Agrotecnologia

. Crop Science

. Pesquisa Agropecuária Brasileira



. Revista Ceres

.

Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal