Nome e sobrenome do/a aluno/A



Baixar 168.8 Kb.
Página5/6
Encontro29.11.2017
Tamanho168.8 Kb.
1   2   3   4   5   6

Conclusão




A Conclusão deve fornecer um resumo avaliativo das principais implicações da pesquisa elaborada. Isso é feito mediante a apresentação da síntese da idéia central (tese) do trabalho e dos principais argumentos ou raciocínios que demonstram a correção e a veracidade das conclusões, bem como das principais implicações para futuras pesquisas sobre o tema e, quando for aplicável, para as práticas a ele relativas.

A conclusão, portanto, deve incluir:



Considerações finais: Em ciências humanas é difícil falar em “conclusão” definitiva. Cabem melhor expressões como “considerações finais”, ou “implicações da pesquisa”, ou ainda “pistas...” — geralmente de caráter mais prático, mostrando como os resultados da pesquisa podem ser aplicados na prática (pastoralmente, no caso dos trabalhos do curso de Teologia).

Síntese: A conclusão deve oferecer uma síntese das principais descobertas do/a autor/a.

Sugestões: O/a autor poderá oferecer sugestões para possíveis aplicações dos resultados da pesquisa.

Continuidade da pesquisa: Da mesma forma, poderá dar indicações de como o tema poderá vir a ser aprofundado em pesquisas futuras.

Referência25


Conforme a NRB NBR 6023, 2002, 3.9, referência é o “conjunto padronizado de elementos descritivos, retirados de um documento, que permite a sua identificação individual”26. Constitui uma lista ordenada dos documentos efetivamente citados no texto. Não devem ser referenciados documentos não citados. Caso haja conveniência de referenciar material bibliográfico não citado, deve-se fazer uma lista própria após a lista de referências sob o título: Bibliografia recomendada.27

As referências podem ter  uma ordenação alfabética, cronológica e sistemática (por assunto). Entretanto neste modelo, sugerimos a adoção da ordenação alfabética ascendente.

Autor repetido: Quando se referencia várias obras do mesmo autor, substitui-se o nome do autor das referências subseqüentes por um traço equivalente a seis espaços.

Aspectos gráficos28



Espacejamento: as referências devem ser digitadas, usando espaço simples entre as linhas e espaço duplo para separá-las.

Margem e alinhamento: As referências são alinhadas somente à margem esquerda, sem recuo ou endentação de parágrafo.



Pontuação:

  • Usa-se ponto após o nome do autor/autores, após o título, edição e no final da referência;

  • Os dois pontos são usados antes do subtítulo, antes da editora e depois do termo In:;

  • A virgula é usada após o sobrenome dos autores, após a editora, entre o volume e o número, páginas da revista e após o título da revista;

  • O Ponto e vírgula seguido de espaço é usado para separar os autores;

  • O hífen é utilizado entre páginas (ex: 10-15) e, entre datas de fascículos seqüenciais (ex: 1998-1999);

  • A barra transversal é usada entre números e datas de fascículos não seqüenciais (ex: 7/9, 1979/1981);

  • O colchete é usado para indicar os elementos de referência, que não aparecem na obra referenciada, porém são conhecidos (ex: [1991]);

  • O parêntese é usado para indicar série, grau (nas monografias de conclusão de curso e especialização, teses e dissertações) e para o título que caracteriza a função e/ou responsabilidade, de forma abreviada. (Coord., Org., Comp.).   Ex: BOSI, Alfredo (Org.)

  • As Reticências são usadas para indicar supressão de títulos. Ex: Anais...

Maiúsculas: usa-se maiúsculas ou caixa alta para:

  • Sobrenome do autor

  • Primeira palavra do título quando esta inicia a referência (ex.: O MARUJO)

  • Entidades coletivas (na entrada direta)

  • Nomes geográficos (quando anteceder um órgão governamental da administração: Ex: BRASIL. Ministério da Educação);

  • Títulos de eventos (congressos, seminários etc.)

Grifo: usa-se grifo, itálico ou negrito para:

  • Título das obras que não iniciam a referência

  • Título dos periódicos;

  • Nomes científicos, conforme norma própria.

1 Um Autor29

SCHÜTZ, Edgar. Reengenharia mental: reeducação de hábitos e programação de metas. Florianópolis: Insular, 1997. 104 p.

2 Dois Autores

SÓDERSTEN, Bo; GEOFREY, Reed. International economics. 3. ed. London: MacMillan, 1994. 714 p.

3 Três Autores

NORTON, Peter; AITKEN, Peter; WILTON, Richard. Peter Norton: a bíblia do programador. Tradução: Geraldo Costa Filho. Rio de Janeiro: Campos, 1994. 640 p.

4 Mais de três Autores30

BRITO, Edson Vianna, et al. Imposto de renda das pessoas físicas: livro prático de consulta diária. 6. ed. atual. São Paulo: Frase Editora, 1996. 288 p.

5 Autor Desconhecido31

ROCURA-SE um amigo. In: SILVA, Lenilson Naveira e. Gerência da vida: reflexões filosóficas. 3. ed.  Rio de Janeiro: Record, 1990. 247. p. 212-213.

6 Organizadores, compiladores, editores, adaptadores etc.32

BOSI, Alfredo (Org.). O conto brasileiro contemporâneo. 3. ed. São Paulo: Cultrix, 1978. 293 p.

7 Autor Entidade Coletiva (Associações, Empresas, Instituições)33

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Instituto Astronômico e Geográfico. Anuário astronômico. São Paulo, 1988. 279 p.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENFERMAGEM. Centro de Estudos em Enfermagem. Informações pesquisas e pesquisadores em Enfermagem. São Paulo, 1916. 124 p.

INSTITUTO NACIONAL DE PROPRIEDADE INDUSTRIAL (Brasil). Classificação Nacional e patentes. 3. ed. Rio de Janeiro, 1979. v. 9.

BIBLIOTECA NACIONAL (Brasil).34 Bibliografia do folclore brasileiro. Rio de Janeiro: Divisão de Publicações, 1971.

8 Dicionários

AULETE, Caldas. Dicionário contemporâneo da Língua Portuguesa. 3. ed. Rio de Janeiro: Delta, 1980. 5 v.

9 Atlas

MOURÃO, Ronaldo Rogério de Freitas. Atlas celeste.  5. ed. Petrópolis: Vozes, 1984. 175 p.

10 Bibliografias

INSTITUTO BRASILEIRO DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA. Bibliografia Brasileira de Ciência da Informação: 1984/1986. Brasília: IBICT, 1987

11 Biografias

SZPERKOWICZ, Jerzy. Nicolás Copérnico: 1473-1973. Tradução de Victor M. Ferreras Tascón, Carlos H. de León Aragón. Varsóvia: Editorial Científica Polaca, 1972. 82 p.

12 Enciclopédias

THE NEW Encyclopaedia Britannica: micropaedia. Chicago: Encyclopaedia Britannica, 1986. 30 v.

13 Bíblias*

BÍBLIA. Língua. Título da obra. Tradução ou versão. Local: Editora, Data de publicação. Total de páginas. Notas (se houver).

BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução de Padre Antônio Pereira de Figueredo. Rio de Janeiro: Encyclopaedia Britannica, 1980. Edição Ecumênica.

BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução de João Ferreira de Almeida. 2. ed. São Paulo: Sociedade Bíblica do Brasil, 1993. Edição revista e atualizada no Brasil.

Obs:

* A citações devem ser grafadas conforme o padrão adotado pela versão de João Ferreira de ALMEIDA (Gn, Êx, Lv, Nm, Dt, Js, Jz, Rt, 1Sm, 2Sm, 1Rs, 2Rs, 1Cr, 2Cr, Ed, Ne, Et, Jó, Sl, Pv, Ec, Ct, Is, Jr, Lm, Ez, Dn, Os, Jl, Am, Ob, Jn, Mq, Na, Hc, Sf, Ag, Zc, Ml; Mt, Mc, Lc, Jo, At, Rm, 1Co, 2Co, Gl, Ef, Fp, Cl, 1Ts, 2Ts, 1Tm, 2Tm, Tt, Fm, Hb, Tg, 1Pe, 2Pe, 1Jo, 2Jo, 3Jo, Jd, Ap). As referências e os capítulos devem ser separados por ponto e vírgula – 1Co 13; Rm 12. Os versículos devem ser separados dos capítulos por pontos – 1Co 13.1 – e os versículos devem ser separados entre si por hífen – 1Co 13.1-2 – E as citações múltiplas assim: 1Co 13.1,5,10-12; Rm 12.1-2,5,8; 16.2). Outras abreviaturas: Ab – Abdias, Br – Baruc, Eclo – Eclesiástico, Jt – Judite, 1Mc – 1o. Macabeus, 2Mc – 2o. Macabeus, Sb – Sabedoria, Tb – Tobias. Pode-se, também, indicar com “s” ou “ss” que a indicação se refere ao versículo seguinte ou seguintes, respectivamente. Um versículo pode, ainda, ser subdividido, indicando-se para isso as suas partes com as letras “a”, “b”, “c”, etc. As referências em forma abreviada devem seguir imediatamente o texto a que se referem e grafadas entre parêntesis. Quando um livro da Bíblia é citado no corpo de um parágrafo, utiliza-se sua forma por extenso (ex.: “a estrutura literária do livro dos Salmos...”; ou “conforme o autor de Hebreus, no seu primeiro capítulo...”).

13 Dissertações e teses

AMBONI, Narcisa de Fátima. Estratégias organizacionais: um estudo de multicasos em sistemas universitários federais das capitais da região sul do país. 1995. 143 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Curso de Pós-graduação em Administração, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 1995.

LOPES, Heitor Silveira. Analogia e aprendizado evolucionário: aplicação em diagnóstico clínico. 1996. 179 f. Tese (Doutorado em Engenharia Elétrica) – Curso de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 1996.

14 Encontros, Congressos, Conferências, Simpósios, Workshops, Jornadas, Encontros e outros Eventos Científicos

AUTOR. Título do trabalho. In: NOME DO CONGRESSO, número, ano, Cidade onde se realizou o Congresso. Título (Anais ou Proceedings ou Resumos…). Local de publicação: Editora, data de publicação. Volume, se houver. Páginas inicial e final do trabalho.

RODRIGUES, M. V. Uma investigação na qualidade de vida no trabalho. In: ENCONTRO ANUAL DA ANPAD, 13, Belo Horizonte, 1989.   Anais… Belo Horizonte: ANPAD, 1989. p. 455-468.

FRALEIGH, Arnold. The Algerian of independence. In: ANNUAL MEETING OF THE AMERICAN SOCIETY OF INTERNATIONAL LAW, 61, 1967, Washington. Proceedings… Washington: Society of International Law, 1967. p. 6-12.

ORTIZ, Alceu Loureiro. Formas alternativas de estruturação do Poder Judiciário. In: CONFERÊNCIA NACIONAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL, 11, 1986, Belém. Anais… [S. l.]: OAB, [1986?]. p. 207-208.

PRADO, Afonso Henrique Miranda de Almeida. Interpolação de imagens médicas. In: WORKSHOP DE DISSERTAÇÕES EM ANDAMENTO, 1, 1995, São Paulo. Anais… São Paulo: IMCS, USP, 1995. p. 2.

15 Publicações periódicas

TITULO DO PERIÓDICO. Local de publicação (cidade): Editora, ano do primeiro e último volume. Periodicidade. ISSN (Quando houver).

TRANSINFORMAÇÃO. Campinas: PUCCAMP. 1989-1997. Quadrimestral. ISSN: 0103-3786

VEJA. São Paulo: Editora Abril, v. 31, n. 1, jan. 1998.

GAZETA MERCANTIL. Balanço anual 1997. São Paulo, n. 21, 1997. Suplemento.

EXAME. Melhores e maiores: as 500 maiores empresas do Brasil, São Paulo: Editora Abril. jul. 1997. Suplemento.

16 Partes de publicações periódicas

AUTOR DO ARTIGO. Título do artigo. Título da Revista, (abreviado ou não) Local de Publicação, Número do Volume, Número do Fascículo, Páginas inicial-final, mês e ano.

ESPOSITO, I. et al. Repercussões da fadiga psíquica no trabalho e na empresa. Revista Brasileira de Saúde Ocupacional, São Paulo, v. 8, n. 32, p. 37-45, out./dez. 1979.

AUTOR DO ARTIGO. Título do artigo. Título do Jornal, Local de Publicação, dia, mês e ano. Número ou Título do  Caderno, seção ou suplemento e, páginas inicial e final do artigo. 

OLIVEIRA, W. P. de. Judô: Educação física e moral. O Estado de Minas, Belo Horizonte, 17 mar. 1981. Caderno de esporte, p. 7.

SUA safra, seu dinheiro. Folha de S. Paulo, São Paulo, 17 ago. 1995. 2. cad. p. 9.

17 Séries e coleções35

PÁDUA, Marsílio. O defensor da paz. Tradução e notas de José Antônio Camargo.


Rodrigues de Souza, introdução de José Antônio Camargo Rodrigues de Souza; Gregório Francisco Bertolloni. Petrópolis: Vozes, 1997. 701 p. (Clássicos do pensamento político).

18 Dissertações e teses

AMBONI, Narcisa de Fátima. Estratégias organizacionais: um estudo de multicasos em sistemas universitários federais das capitais da região sul do país. 1995. 143 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Curso de Pós-graduação em Administração, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 1995.

LOPES, Heitor Silveira. Analogia e aprendizado evolucionário: aplicação em diagnóstico clínico. 1996. 179 f. Tese (Doutorado em Engenharia Elétrica) - Curso de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 1996.

18 Ensaios

MÉLO, Veríssimo de. Ensaios de antropologia brasileira. Natal: Imprensa Universitária, 1973. 172 p. Ensaio.

19 Trabalhos não publicados

ALVES, João Bosco da Mota; PEREIRA, Antônio Eduardo Costa. Linguagem Forth. Uberlândia, 100 p. Trabalho não publicado.

20 Atas de reuniões

NOME DA ORGANIZAÇÃO. LOCAL. Título e data. Livro, número, páginas, inicial-final.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA. Biblioteca Central. Ata da reunião realizada no dia 4 de julho de 1997. Livro 50, p. 1.

21 Discos

AUTOR (compositor, executor, intérprete). Título. Direção artística (se houver). Local: Gravadora, número de rotações por minuto, sulco ou digital, número de canais sonoros. Número do disco. 

DENVER, John. Poems, prayers & promises.  São Paulo: RCA Records, 1974. 1 disco (38 min.): 33 1/3 rpm, microssulco, estéreo. 104.4049.

COBOS, Luís. Suíte 1700: con The Royal Philharmoníc Orchestra. Rio de Janeiro: Sony Music, 1990. 1 disco (45 min.): 33 1/3 rpm, microssulcos, estéreo. 188163/1-467603.

22 Discos Compactos (CD - Compact discs)36

JÓIAS da música. Manaus: Videolar Amazônica: [199?]. v. 1. 1 disco compacto (47 min.): digital, estéreo. DL: M-23206-94. Parte integrante da revista Caras. Os Clássicos dos clássicos.

LUDWIG, Van Beethoven. Beethoven: com Pastoral Emporor Moonlight sonata. São Paulo: movie Play: 1993. 1 disco compact (60 + min.): digital, estéreo. GCH 2404. The Grea test Classical Hits .

23 Entrevistas37

NOME DO ENTREVISTADO. Título. Referência da publicação. Nota de entrevista. 

MELLO, Evaldo Cabral de. O passado no presente. Veja, São Paulo, n. 1528, p 9-11, 4 set. 1998. Entrevista concedida a João Gabriel de Lima.

24 Fitas Gravadas

AUTOR (compositor, Intérprete). Título. Local: Gravadora, ano. Número e tipo de fitas (duração): tipo de gravação Título de série, quando existir.

PANTANAL. São Paulo: Polygran, 1990. 1 cassete son. (90 min.): estéreo.

25 Filmes e Vídeos

TÍTULO. Autor e indicação de responsabilidades relevantes (diretor, produtor, realizador, roteirista e outros). Coordenação (se houver). Local: Produtora e distribuidora, data. Descrição física com detalhes de número de unidades, duração em minutos, sonoro ou mudo, legendas ou de gravação. Série, se houver. Notas especiais.

NOME da rosa. Produção de Jean-Jaques Annaud. São Paulo: Tw Vídeo distribuidora, 1986. 1 Videocassete (130 min.): VHS, Ntsc, son, color. Legendado. Port.

PEDESTRIANT reconstruction. Produção de Jerry J. Eubanks, Tucson: Lawuers & Judges Publishing. 1994. 1 videocassete (40min.): VHS. NTSC, son, color. Sem narrativa. Didático.

26 Fotografias38

AUTOR (Fotógrafo ou nome do estúdio) Título. Ano. Número de unidades físicas: indicação de cor; dimensões.

KELLO, Foto & Vídeo. Escola Técnica Federal de Santa Catarina. 1997. 1 album

(28 fot.): color.; 17,5 x 13 cm.

27 Mapas e Globos 39

AUTOR. Título. Local: Editora, ano. Número de unidades físicas: indicação de cor, altura x largura. Escala.

SANTA CATARINA. Departamento Estadual de Geografia e Cartografia. Mapa geral do Estado de Santa Catarina. [Florianópolis], 1958. 1 mapa: 78 x 57 cm. Escala: 1:800:000.

28 Documentos Eletrônicos

28.1 Arquivo em Disquetes

AUTOR do arquivo. Título do arquivo. Extensão do arquivo. Local, data. Características físicas, tipo de suporte. Notas.

KRAEMER, Ligia Leindorf Bartz. Apostila.doc. Curitiba, 13 maio 1995. 1 arquivo (605 bytes). Disquete 3 1/2. Word for windows 6.0.

28.2  BBS

TÍTULO do arquivo. Endereço BBS:..., login:..., Data de acesso.

HEWLETT - Packard. Endereço BBS: hpcvbbs.cv.hp.com, login: new. Acesso em: 22 maio 1998.

UNIVERSIDADE da Carolina do Norte. Endereço BBS: launch pad. unc.edu. Login: lauch. Acesso em: 22 maio 1998.

28.3 Base de Dados em Cd-Rom: no todo

AUTOR. Título. Local: Editora, data. Tipo de suporte. Notas.

INSTITUTO BRASILEIRO DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA - IBICT. Bases de dados em Ciência e Tecnologia. Brasília, n. 1, 1996. CD-ROM.

28.4 Base de Dados em Cd-Rom: partes de documentos

AUTOR DA PARTE. Título da parte. In: AUTOR DO TODO. Título do todo. Local: Editora, data. Tipo de suporte. Notas.

PEIXOTO, Maria de Fátima Vieira. Função citação como fator de recuperação de uma rede de assunto. In: IBICT. Base de dados em Ciência e Tecnologia.  Brasília: IBICT, n. 1, 1996. CD-ROM.

28.5 E-mail40

AUTOR DA MENSAGEM. Assunto da mensagem. [mensagem pessoal]. Mensagem recebida por < e-mail do destinatário> data de recebimento, dia mês e ano.

MARINO, Anne Marie. TOEFL brienfieng number [mensagem pessoal]. Mensagem recebida por em 12 maio 1998.

28.6 FTP

AUTOR (se conhecido). Título. Endereço ftp:..., login:..., caminho:..., data de acesso.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA. Biblioteca Universitária. Current directory is/pub. , login: anonymous, password: guest, caminho: Pub. Acesso em: 19 maio 1998.

GATES, Garry. Shakespeare and his muse. 1 Oct. 1996.

28. 7 Listas de Discussões41

AUTOR da mensagem. Título (Assunto). Nome da lista (se houver). Mensagem disponível em: data de acesso.

BRAGA, Hudson. Deus não se agradou dele e de sua oferta. Disponível em: em: 22 maio 1998.

28.8 Monografias consideradas no todo (On-line)

AUTOR. Título. Local (cidade): editora, data. Disponível em: < endereço>. Acesso em: data.

ESTADO DE SÃO PAULO. Manual de redação e estilo. São Paulo, 1997. Disponível em:



Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal