Nome e sobrenome do/a aluno/A



Baixar 168.8 Kb.
Página6/6
Encontro29.11.2017
Tamanho168.8 Kb.
1   2   3   4   5   6
. Acesso em: 19 maio 1998.

28.9 Publicações Periódicas consideradas no todo (On-line)

TÍTULO DA PUBLICAÇÃO. LOCAL (cidade): Editora, volume, número, mês, ano. Disponível em: . Acesso em: data.

CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, Brasília, v. 26. n. 3, 1997. Disponível em: . Acesso em: 19 maio 1998.

28.10 Partes de Publicações Periódicas (On-line)

AUTOR. Título do artigo. Título da publicação seriada, local, volume, número, mês ano. Paginação ou indicação de tamanho. Disponível em: . Acesso em: data.

MALOFF, Joel. A internet e o valor da “internetização”. Ciência da Informação, Brasília, v. 26, n. 3, 1997. Disponível em: . Acesso em: 18 maio 1998.

AUTOR. Título do artigo. Título do jornal, local, data de publicação, seção, caderno ou parte do jornal e a paginação correspondente. Disponível em: . Acesso em: data.

TAVES, Rodrigo França. Ministério corta pagamento de 46,5 mil professores. Globo, Rio de Janeiro, 19 maio 1998.  Disponível em:. Acesso em: 19 maio 1998.

UFSC não entrega lista ao MEC. Universidade Aberta: online. Disponível em: . Acesso em: 19 maio 1998.

28.11 Homepage

AUTOR. Título. Informações complementares (Coordenação, desenvolvida por, apresenta..., quando houver etc...). Disponível em: . Acesso em: data.

ETSnet. Toefl on line: Test of english as a foreign language. Disponível em: . Acesso em: 19 maio 1998.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA. Biblioteca Universitária. Serviço de Referência. Catálogos de Universidades. Apresenta endereços de Universidades nacionais e estrangeiras. Disponível em: . Acesso em: 19 maio 1998.

29 Como citar este modelo de trabalho acadêmico



RAMOS, Luiz Carlos. Modelo de Trabalho Acadêmico: Versão 2009. São Bernardo do Campo, 46 p. Trabalho não publicado.

1 Somente para TCCs.

2 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 14724: trabalhos acadêmicos - apresentação. Rio de Janeiro, agosto 2002. p. 5. O item 4.2.2, define o Desenvolvimento do trabalho acadêmico assim: “Parte principal do texto, que contém a exposição ordenada e pormenorizada do assunto. Divide-se em seções e subseções, que variam em função da abordagem do tema e do método”.

3 Título do capítulo: Arial 18 ao centro.

4 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 14724: trabalhos acadêmicos - apresentação. Rio de Janeiro, agosto 2002. p. 5.

5 Ibid., p. 6.

6 ABNT. NBR 14724, 2002, p. 6.

7 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10520: citações em documentos - apresentação, 2002. p. 2.

8 Ibid., p. 2.

9 Ibid., p. 2.

10 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6023: referências – elaboração, 2002. p. 2.

11 Uma nota pode ser inserida através do menu Inserir, Notas (marcar notas de rodapé e autonumeração), e então OK. Fonte padrão para as notas de rodapé: Times New Roman 10, espaço simples.

12 ABNT. NBR 10520, 2002, p. 5. Exemplo de primeira citação: FARIA, José Eduardo (Org.). Direitos humanos, direitos sociais e justiça. São Paulo: Malheiros, 1994.

13 Ibid., p. 5.

14 ABNT. NBR 10520, 2002, p. 6-7.

15 ABNT. NBR 14724, 2002. p. 3.

16 Ver exemplo de capa e dorso nas últimas páginas deste modelo.

17 Em certos casos, pode-se utilizar o sistema de itens com marcadores (estilo Item). Para isso, selecione essa opção na barra de ferramentas. Para usar entrelinha simples uso o atalho Ctrl+1.

18 Op. cit., p. 5.

19 ABNT. NBR 14724, 2002. p. 5.

20 Ibid., p. 5.

21 ABNT. NBR 14724, 2002. p. 3.

22 MARTINS, Eduardo. Manual de Redação e Estilo de O Estado de São Paulo. São Paulo: O estado de S. Paulo: Moderna, 1997. p. 321.

23 MARTINS, 1997, p. 321-328.

24 Id., ibid., 1997, p. 328.

25 Estes exemplos foram elaborados a partir do documento digital elaborado por ALVES, Maria Bernardete Martins; ARRUDA Susana M. de. Como fazer referências: bibliográficas, eletrônicas e demais formas de documentos. Universidade Federal de Santa Catarina. Disponível em . Acesso em: 5 abril 2004.

26 ABNT, NBR 6023, 2002. p. 2.

27 Cf. ABNT, NBR 10719, 1989, p. 13. In: ALVES, Maria Bernardete Martins; ARRUDA Susana M. de. Como fazer referências.... Disponível em . Acesso em: 5 abril 2004.

28 A partir deste ponto, este modelo transcreve alguns exemplos adaptados do material elaborado, segundo as normas ABNT, por ALVES Maria Bernardete Martins; ARRUDA Susana M. de. Como fazer referências... Disponível em . Acesso em: 5 abril 2004.

29 Cf. ABNT, NBR 6023:2002, “o recurso tipográfico (negrito, grifo ou itálico) utilizado par destacar o elemento título deve ser uniforme em todas as referências de um mesmo documento”. Neste modelo adotamos o itálico como recurso tipográfico destacador.

30 Quando houver mais de três autores, indicar apenas o primeiro, acrescentando-se a expressão et al. Em casos específicos tais como projetos de pesquisa científica nos quais a menção dos nomes for indispensável para certificar autoria, é facultado indicar todos os nomes.

31 Em caso de autoria desconhecida a entrada é feita pelo título. O termo “anônimo” não deve ser usado em substituição ao nome do autor desconhecido. 0

32 Quando a responsabilidade intelectual de uma obra for atribuída a um organizador, editor, coordenador etc., a entrada da obra é feita pelo sobrenome, seguido das abreviaturas correspondentes entre parênteses. Quando houver mais de um organizador ou compilador, deve-se adotar as mesmas regras para autoria.

33 Obras de cunho administrativo ou legal de entidades independentes, entrar diretamente pelo nome da entidade, em caixa alta, por extenso, considerando a subordinação hierárquica, quando houver.

34 Quando a entidade, vinculada a um órgão maior, tem uma denominação específica que a identifica, a entrada é feita diretamente pelo seu nome. Nomes homônimos, usar a área geográfica, local.

35 Ao final da referência indicam-se os títulos das Séries e Coleções e sua numeração tal qual figuram no documento, entre parênteses.

36 A referência de discos compactos (compact discs) difere da do disco comum apenas pela indicação de compacto e pela forma de gravação.

37 A entrada para entrevista é feita pelo nome do entrevistado. Quando o entrevistador tem maior destaque, entrar por este. Para referenciar entrevistas gravadas, faz-se descrição física de acordo com o suporte adotado. Para entrevistas publicadas em periódicos, proceder como em documentos considerados em parte.

38 A fotografia de obras de arte tem entrada pelo nome do autor do original, seguido do título e da indicação do nome do fotógrafo, precedido da abreviatura fot. Tratando-se de um conjunto de fotografias com suporte físico próprio como, por exemplo, um álbum. Esta informação deve preceder o número de fotos.

39 Ao indicar as dimensões do mapa, transcreve-se primeiro a altura. Referenciar globos como mapas, substituindo o número de unidades físicas pela designação globo e indicando, na dimensão, o diâmetro do globo em centímetros.

40 As informações devem ser retiradas, sempre que possível, do cabeçalho da mensagem recebida. Quando o e-mail for cópia, poderá ser acrescentado os demais destinatários após o primeiro, separados por ponto e vírgula.

41 Caso trate-se de resposta de terceiros, a entrada dar-se-á pelo nome da mensagem original ou do autor da mensagem.Quando tratar de mensagem - reposta, Re (Replay) deve preceder o título.



Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal