Nota Técnica – gedsa nº 8/2014



Baixar 6.9 Kb.
Encontro08.04.2018
Tamanho6.9 Kb.




Nota Técnica – GEDSA Nº 8/2014


Assunto: liberação da retirada, comercialização e consumo de moluscos bivalves (ostras, vieiras, mexilhões e berbigões) nas localidades de Perequê, Ilha João Cunha e Araça (município de Porto Belo).
De acordo com os certificados de ensaio emitidos pelo Láqua-Itajaí nº 94 e 96, de 10 e 11 de setembro de 2014 foram obtidos dois resultados negativos consecutivos para a presença da toxina DSP no município de Porto Belo.
Desta forma fica liberada a comercialização e consumo de moluscos bivalves (ostras, vieiras, mexilhões e berbigões) nas localidades de Perequê, Ilha João Cunha e Araça (município de Porto Belo) continuando proibida a comercialização e consumo de moluscos bivalves (ostras, vieiras, mexilhões e berbigões) nas localidades de Ganchos de Fora, Canto de Ganchos e Calheiros (município de Governador Celso Ramos).

O monitoramento das áreas de produção de moluscos bivalves continuará sendo realizado e com a evolução da situação relacionada à toxina diarreica – DSP serão tomadas as providências cabíveis relacionadas à preservação da saúde pública e da malacocultura catarinense.

Florianópolis, 12 de setembro de 2014


João Manoel Bazeti Marques

Diretor Técnico



Marcos Vinicius de Oliveira Neves

Gerente de Defesa Sanitária Animal



Nota técnica n°08/ 2014 - MAPA DE SITUAÇÃO – 12/09/2014






Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal