O diretor Administrativo da Nuclebrás Equipamentos Pesados S/A – nuclep, cnpj 42



Baixar 0.93 Mb.
Página7/10
Encontro12.01.2018
Tamanho0.93 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10

Emprego: INSTRUTOR DE TREINAMENTO (SOLDAGEM)

Disciplina: Conhecimentos Específicos

1. Terminologia. 2. Normas: AWS, ASME, API, ASTM, referentes a qualificação e procedimentos de soldadores e materiais. 3. Consumíveis de soldagem. 4. Metrologia. 5. Ensaio visual. 6. Inspeção de eletrodos / estufa. 7. Processos de soldagem: arame tabulas; soldagem automática; arco submerso; eletrodo revestido; MIG; MAG. 8. Esmerilhamento. 9. Estudo dos tempos e movimentos. 10. Leitura e interpretação de desenho técnico. Educação: suporte filosófico e aportes sóciopolíticos e historicoculturais. A realidade educacional da sociedade brasileira no contexto da pós-modernidade e da globalização. Concepções pedagógicas; liberais, progressistas e a síntese construtivista pós-piagetiana. Educação profissional, educação de jovens e adultos e educação de pessoas com necessidades especiais. Educação para o trabalho: ética profissional, relações de trabalho, democracia, coletividade, grupos e convivência. Tecnologias de ponta para o ensino. Elaboração, implementação, coordenação e avaliação de programas e de planos de ensino. Processo ensino-aprendizagem. A didática contemporânea: dimensões políticas, humanas e técnicas. Objetivos educativos: gerais e específicos; conceituais, atitudinais e procedimentais. A seleção de conteúdos, as metodologias e a avaliação da aprendizagem. Competências pessoais e profissionais do instrutor, levantamento de necessidades e coordenação de programas nas áreas de capacitação, educação para saúde, avaliação do desempenho, benefícios e rotinas trabalhistas. Diagnóstico de dificuldades sócio-educativas, de prevenção e tratamento de problemas que interferem na saúde, na aprendizagem e no trabalho, no sentido de processar encaminhamentos e/ou programar e implementar estratégias de prevenção e de inclusão social.


Emprego: INSTRUTOR DE TREINAMENTO (USINAGEM)

Disciplina: Conhecimentos Específicos

Instrumentos de medidas lineares, angulares, verificação de superfícies planas e planos inclinados. 2. Ajustes e tolerâncias. 3. Tolerâncias de forma e posição. 4. Leitura e interpretação de desenho técnico. 5. Ferramentas manuais de ajustagem. 6. Estudos, cálculos de tempos e movimentos. 7. Resistência dos materiais. 8. Características, nomenclaturas, cálculos operacionais, parâmetros de corte e ferramentas de corte de máquinas operatrizes. Educação: suporte filosófico e aportes sóciopolíticos e historicoculturais. A realidade educacional da sociedade brasileira no contexto da pós-modernidade e da globalização. Concepções pedagógicas; liberais, progressistas e a síntese construtivista pós-piagetiana. Educação profissional, educação de jovens e adultos e educação de pessoas com necessidades especiais. Educação para o trabalho: ética profissional, relações de trabalho, democracia, coletividade, grupos e convivência. Tecnologias de ponta para o ensino. Elaboração, implementação, coordenação e avaliação de programas e de planos de ensino. Processo ensino-aprendizagem. A didática contemporânea: dimensões políticas, humanas e técnicas. Objetivos educativos: gerais e específicos; conceituais, atitudinais e procedimentais. A seleção de conteúdos, as metodologias e a avaliação da aprendizagem. Competências pessoais e profissionais do instrutor, levantamento de necessidades e coordenação de programas nas áreas de capacitação, educação para saúde, avaliação do desempenho, benefícios e rotinas trabalhistas. Diagnóstico de dificuldades sócio educativas, de prevenção e tratamento de problemas que interferem na saúde, na aprendizagem e no trabalho, no sentido de processar encaminhamentos e/ou programar e implementar estratégias de prevenção e de inclusão social.


Emprego: TÉCNICO DE CONTROLE DA QUALIDADE (CALIBRAÇÃO)

Disciplina: Conhecimentos Específicos

Erro em Instrumentos Analógicos; Erro de Paralaxe; Erro de Interpolação; Erro em Instrumentos Digitais; Escalas de Temperatura; Termômetro à Dilatação de Líquidos; Termômetros à Pressão de Gás; Termômetro à Pressão de Vapor; Termopares; Classificação das Medidas Extensométricas Strain Gages (Células Extensométricas); Características Gerais dos Transdutores de Força; Sinais Analógicos e Sinais Digitais; Conversão Analógico/Digital e Digital/Analógico; Amostragem; Terminologia da Rede Brasileira de Calibração; Registro de Medição; Certificado de Calibração.


Emprego: TÉCNICO DE CONTROLE DA QUALIDADE (DIMENSIONAL)

Disciplina: Conhecimentos Específicos

Introdução ao Controle Dimensional, Terminologia, Desenho Técnico, Estatística, Inspeção por Amostragem, Instrumentos Específicos, Medição de Espessura por Ultra-Som, Equipamentos - Vasos de Pressão, Tanques, Tubulações e Estruturas Metálicas, Garantia da Qualidade, Confiabilidade Metrológica, Procedimentos de Controle Dimensional, Componentes de Tubulações, Característica e Classificação de Válvulas, Flanges e acoplamentos roscados, engrenagens.


Emprego: TÉCNICO DE CONTROLE DA QUALIDADE (ENSAIOS NÃO-DESTRUTIVOS LP/PM)

Disciplina: Conhecimentos Específicos

1. Resistência dos Materiais. Análise de esforços simples; Diagrama Tensão x Deformação; Lei de Hooke; Tração, Compressão e Cisalhamento; Ductilidade e Fragilidade; Propriedades Mecânicas (limites de proporcionalidade, de elasticidade, de escoamento, de resistência a tração e de ruptura); Tensão Admissível; Fluência; Fadiga, Concentração de Tensões. 2. Tecnologia dos Materiais e Processos de Fabricação. Propriedades mecânicas dos materiais usados em engenharia; Tipos de fratura em materiais metálicos, Ensaios mecânicos (tração, compressão, dureza, flexão, fluência, fadiga e impacto), Ensaios mecânicos não destrutivos (Partículas Magnéticas, Ultrassom, Radiografia/Gamagrafia, Líquidos Penetrantes); Tratamento térmico; Processos de fabricação mecânica (processos de conformação e metalúrgicos); Sistemas de Manufatura integrada por Computador; Manufatura Flexível; Acabamento Superficial; Tolerâncias e ajustes. 3. Equipamentos e Instalações Industriais. Bombas e Compressores (tipos, princípio de funcionamento, instalação, manutenção, seleção); tubulações; válvulas industriais; purgadores de vapor; trocadores de calor (aquecedores, resfriadores, condensadores e evaporadores); vasos de pressão; sistemas de aquecimento e resfriamento de processos; sistemas de ar comprimido; inspeção de equipamentos. 4. Fundamentos de Estatística. Eventos e Probabilidade; Variáveis discretas e contínuas, Amostras, Distribuição de Frequência, Medidas de Tendência Central (média, mediana); Medidas de Dispersão (variância, desvio padrão), Distribuição de Probabilidade (distribuição normal). 5. Princípios Básicos de Gestão da Qualidade. Gestão Estratégica da Qualidade; Normas das séries ISO 9000; Melhoria Contínua, Técnicas de Solução de Problemas; Ferramentas para Melhoria da Qualidade (Just in Time, Kanbam, Análise de Valor, Controle Estatístico de Processo), Outras Ferramentas para a Qualidade (Fluxogramas, Folhas de Verificação, Diagramas de Pareto, de Causa e Efeito e de Dispersão, Elaboração de Procedimentos.


Emprego: TÉCNICO DE CONTROLE DA QUALIDADE (METALOGRAFIA)

Disciplina: Conhecimentos Específicos

Sistemas Cristalinos, Difusão, Noções de Processos de fabricação, Classificação dos tipos de aço e ligas metálicas, Diagrama ferro carbono, Diagrama TTT para aços carbono, Tratamentos Térmicos e termoquímicos, Ensaio de Jomminy, Técnicas Metalográficas - Macrografia e Micrografia, Noções básicas de metrologia: régua, paquímetro e micrômetro, Principais ensaios Mecânicos: tração, dobramento e charpy. Noções básicas de Ensaios Não Destrutivos: Líquido Penetrante, Partículas Magnéticas, Ultrassom e Raios X.


Emprego: TÉCNICO DE CONTROLE DA QUALIDADE (RADIOGRAFIA)

Disciplina: Conhecimentos Específicos

Princípios e Fundamentos de radiologia; Equipamentos e fontes de radiação; Equipamentos de Raios X; Os Raios Gama; Equipamentos de Raios Gama; Registro Radiográfico; Filmes Radiográficos; Processamento de Filmes Radiográficos; Telas Intensificadoras de Imagem; Parâmetros Radiográficos Princípios Geométricos; Cálculo da Penumbra Geométrica; Sobreposição; Controle da Sensibilidade Radiográfica (IQI's); Controle da Radiação Retrospalhada; Cálculo do Tempo de Exposição do Filme Radiográfico; Curvas de Exposição para Radiografia; Relação entre Tempo e Amperagem, Amperagem e Distância e Tempo e Distância; Técnicas de Exposição Radiográfica; Interpretação dos Resultados radiográficos; Procedimentos específicos de inspeção segundo critério ASME V e ASME VIII, para inspeção de Radiologia.


Emprego: TÉCNICO DE CONTROLE DA QUALIDADE (SOLDAGEM)

Disciplina: Conhecimentos Específicos

Atribuições de Inspetor de Soldagem; Terminologia de soldagem e de descontinuidades; Processos de Soldagem; Simbologia de Soldagem; Ensaios Mecânicos; Ensaios Não Destrutivos; Consumíveis de Soldagem; Documentos técnicos e qualificação de procedimentos de soldagem; controle de deformação; metalurgia da soldagem e proteção na soldagem.


Emprego: TÉCNICO DE CONTROLE DA QUALIDADE (ULTRASSOM)

Disciplina: Conhecimentos Específicos

Princípios básicos do método por Ultrassom; Vantagens e desvantagens do ensaio por Ultrassom; Vibrações Mecânicas; Frequência, Velocidade e comprimento de onda; Definições de Bell, e Decibel, Ganho; Propagação das ondas acústicas no material; Geração das ondas ultra-sônicas; Técnicas de Inspeção por Ultrassom; Aparelhagem de Ultrassom; Procedimentos específicos de inspeção segundo critério ASME V, para inspeção por Ultrassom.


Emprego: TÉCNICO DE CONTROLE DA QUALIDADE (PINTURA)

Disciplina: Conhecimentos Específicos

Preparar e executar inspeção de pintura, de acordo com os padrões de qualidade, produzir relatórios de inspeção de qualidade.


Emprego: TÉCNICO DE CONTROLE DA QUALIDADE (RECEBIMENTO DE MATERIAIS)

Disciplina: Conhecimentos Específicos

Executar inspeções de recebimento de matéria prima, consumíveis de solda e de pintura, conforme normas e procedimentos específicos, emitindo relatórios com laudo e análise dos resultados e elaboração de procedimento.


Emprego: TÉCNICO DE CONTROLE DA QUALIDADE (DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA)

Disciplina: Conhecimentos Específicos

Preparação de relatórios, compilação de documentação de fabricação e inspeção, organizar arquivo técnico.


Emprego: TÉCNICO EM ELETRICIDADE

Disciplina: Conhecimentos Específicos

Corrente, tensão e potência. Analises de Circuitos Elétricos em Corrente Contínua e Corrente alternada. Resistores, capacitores e indutores. Lei de Kirchhoff. Teoremas de Thevenin e Norton. Transformadores de tensão e de corrente. Geradores elétricos e baterias de acumuladores elétricos. Lei de Ohm. Máquinas Elétricas: Noções de magnetismo e eletromagnetismo. Lei de Lenz. Força eletromagnética. Transformadores, Geradores elementares, Máquinas de corrente contínua, Motores de indução monofásicos e trifásicos, Conversores eletromecânicos de energia, Fator de Potencia, Dimensionamento de condutores elétricos e disjuntores para instalações elétricas, Comandos elétricos de motores, Tipos de motores elétricos e seus fundamentos, Sistema de partida de motores, Proteção de motores, Aplicação de contatores e temporizadores. Instalações elétricas, diagramas elétricos, simbologias, normas e materiais. Noções de Proteção de sistemas elétricos industriais e de potência. Leitura e interpretação de esquemas elétricos. Para - raios, disjuntores, isoladores e chaves seccionadoras. Noções de proteção e medição. Procedimento de segurança em manutenção elétrica. Ensaios elétricos em disjuntores e transformadores. Norma Regulamentadora N.°10 - Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade.


Emprego: TÉCNICO EM ELETRÔNICA

Disciplina: Conhecimentos Específicos

Teoria dos circuitos: resistências, capacitores, indutores, associações, reatância capacitiva e indutiva, lei de Ohm, lei das malhas, lei dos nós, teorema de Thèvenin e de Norton, cálculo de circuitos; dispositivos semicondutores: diodo retificador, pontes, Zener, varactor, LED, diac, túnel, SCR, triac, transistores BJT, FET, MOSFET, IGBT, Unijuncão, resistores dependentes da luz (LDR) e da temperatura (PTC e NTC), dispositivos sensíveis à deformação mecânica, ; circuitos com semicondutores: retas de carga, ponto de operação, polarização, retificadores, filtros, fontes, fator de ondulação, regulação, fontes integradas, amplificadores de pequenos sinais e de potência, amplificadores DC; circuitos com amplificadores operacionais, realimentação; amostradores e armazenadores; circuitos de controle e acionamento; servos mecanismos; bases numéricas, funções lógicas, circuitos combinacionais e seqüenciais, somadores, subtratores, comparadores, decodificadores, multiplex, demultiplex, flip-flops, registradores, contadores, conversores, simplificação lógica, integrados TTL e CMOS, memórias, conversores A/D e D/A, micro processadores e micro controladores; modulação AM, FM, PM, PAM, PPM, PWM, PSK; transmissão de sinais analógicos e digitais; processamento digital de sinais: equipamentos de medidas em eletrônica; elementos de transmissão e recepção óptica, tipos e características de fibras, transmissores e receptores, filtros, divisores de potência, atenuadores e amplificadores ópticos, operação e manutenção preventiva e corretiva de equipamentos de medidas e de transmissão e recepção ópticos; Sistema Internacional de Medidas. Elaboração de desenho em sistemas de geração de desenhos; Aplicar normas técnicas. Tipos de instrumentos, terminologia, simbologia; Transmissão e transmissores pneumáticos, eletrônicos analógicos e transmissores microprocessados; Noções de mecânica dos fluídos; Conhecimentos em eletrônica analógica e eletrônica digital; Noções de metrologia eletrônica analógica e digital; Definições e unidades de pressão, temperatura, nível, vazão, massa e densidade; Instrumentos de medição de pressão, nível, temperatura e vazão; Controle de processos: Conceito de processos, fundamentos de controle automático contínuo e descontínuo, manual e automático, modos de controle e sintonia de controladores; Elementos finais e controle: válvula de controle pneumática, hidráulicas e motorizadas e posicionadores. Calibração de instrumentos; Noções básicas de analisadores; Noções de redes (Ethernet) e seus protocolos TCP/IP, IPX; Noções de sistema de supervisão, controladores lógicos programáveis e softwares de programação; Noções de materiais usados em instalações de instrumentação; Noções de rede e de protocolos de documentação;


Emprego: TÉCNICO EM MECÂNICA (USINAGEM E SOLDAGEM)

Disciplina: Conhecimentos Específicos

Conhecimento em: mecânica, usinagem, Metrologia; Hidráulica; Pneumática; Motores de Combustão Interna; Interpretação de desenho técnico mecânico. Conhecimento em eletricidade básica; Conhecimento em Metalografia e Micrografia Básica; Conhecimento em Termodinâmica Básica; Conhecimento dos tipos de ensaios não destrutivos (ultra-som, líquido penetrante e partícula magnética); Conhecimento da NR-10 e NR-13; Conhecimento dos tipos de solda (TIG, MIG, Brasagem e elétrica). Elaboração de desenho em sistemas de geração de desenhos; Aplicar normas técnicas.


Emprego: TÉCNICO EM METALURGIA

Disciplina: Conhecimentos Específicos

Estrutura Metálica - A constituição da matéria; Mudanças de fases; Associação de átomos; Materiais metálicos; e Características gerais dos metais; Plasticidade dos Metais - Deformação elástica; Deformação plástica; e Deformação dos metais policristalinos; Estrutura Cristalina dos Metais - Sistemas e reticulados cristalinos; e Defeitos cristalinos; Ligas Metálicas - Impurezas nos metais; Soluções sólidas; Difusão; Ligas metálicas; e Diagramas de equilíbrio; Propriedades Mecânicas - Definições; Coeficiente de segurança e Tensão admissível de trabalho; e Ensaios mecânicos, normas e especificações; Ensaios - Resistência à tração; Resistência à compressão; Resistência ao choque; Resistência ao dobramento; Resistência ao cisalhamento e à torção; Dureza; Fadiga; Fluência; Ensaios de desgaste; Ensaios de usinabilidade; Ensaios de amortecimento; e Ensaios não-destrutivos; Processos de Conformação Mecânica - Laminação; Forjamento; Estampagem; e Extrusão; Soldagem - Tipos de juntas soldadas; Metalurgia da solda; Processos de soldagem; Brasagem; Propriedades mecânicas; e Ensaios das soldas; Usinagem - Variáveis atuantes nas operações de usinagem; Torneamento; Furação; Aplainamento; Fresamento; Brochamento; Serramento; Usinagem por abrasão; Operações de acabamento; Métodos não-tradicionais de usinagem; Controle numérico em máquinas operatrizes; e Fluidos de corte; Fundição - Fenômenos que ocorrem durante a solidificação; Processos de fundição; Fusão do metal; Desmoldagem; Limpeza; Rebarbação; e Controle de qualidade de peças fundidas; Corrosão dos Metais - Tipos de células galvânicas; Tipos de corrosão; Prevenção contra a corrosão; Revestimentos superficiais; Revestimentos metálicos; Proteção catódica; Revestimentos não-metálicos inorgânicos; Revestimentos não-metálicos orgânicos: tintas; Materiais Resistentes à Corrosão e ao Calor - Aços inoxidáveis; Ligas não-ferrosas resistentes à corrosão; e Aços e ligas não-ferrosas resistentes ao calor; PRODUÇÃO DO FERRO - Minério de ferro; Carvão; e Fundentes; Produção Do Ferro Gusa - Produtos do alto-forno; e Técnicas para aumentar a produção do alto-forno. Fabricação Do Aço - Processos pneumáticos; e Processos elétricos. Produção De Metais Não-Ferrosos - Cobre; Alumínio; Zinco; Estanho; e Chumbo; Diagrama De Equilíbrio Ferro-Carbono - Definições; Fatores que influenciam na posição das linhas de transformação do diagrama Fe-C; e Reações que ocorrem no diagrama Fe-C; DIAGRAMA TRANSFORMAÇÃO-TEMPO-TEMPERATURA - Curvas em “C” ou “TTT”; Diagrama de transformação para resfriamento contínuo; Efeitos da seção das peças; Fatores que influenciam na posição das linhas em “C” ; e Temperabilidade; TRATAMENTOS TÉRMICOS DAS LIGAS FERRO-CARBONO - Fatores de influência nos tratamentos térmicos; Operações de tratamento térmico; Tratamentos termoquímicos; Recozimento; Normalização; Têmpera; Revenido; Coalescimento; Têmpera superficial; e Tratamentos isotérmicos; Aços Para Construção Mecânica - Sistemas de classificação dos aços; Composição química e propriedades dos aços carbono; Efeitos dos elementos de liga nos aços; e Tipos de aços; FERRO FUNDIDO - Branco; Cinzento; Maleável; e Nodular; METAIS NÃO-FERROSOS - Cobre; Alumínio; Chumbo; Estanho; e Suas ligas. METALURGIA DO PÓ - Matérias-Primas; Métodos de fabricação de pós metálicos; Mistura e compactação dos pós; Sinterização; Dupla compactação; Compactação a quente; Forjamento-Sinterização; Tratamentos posteriores à sinterização; Considerações sobre o projeto de peças sinterizadas; PRODUTOS DA METALURGIA DO PÓ - Ferro e aço sinterizados; Metais e ligas não-ferrosos produzidos por metalurgia do pó; Metais refratários; e Materiais porosos; CONTROLE DE QUALIDADE - Determinação das medidas e das tolerâncias dimensionais; e Qualidade da superfície.
Emprego: TÉCNICO DE MEIO AMBIENTE

Disciplina: Conhecimentos Específicos

1. Meio Ambiente - Preservação Ambiental e Controle da Poluição. 1.1. Processos de produção industrial (químicas, metalúrgicas, mecânicas e etc.). 1.2. Ecologia e ecossistemas brasileiros. 1.3. Conceito de poluição ambiental. 1.4. A importância da água, do solo e do ar como componentes dos ecossistemas na natureza. 1.5. Transporte e dispersão de poluentes; princípios dos tratamentos de resíduos gasosos, líquidos e sólidos: mecanismos físicos, químicos e biológicos; fenômeno de autodepuração. 1.6. Processos de controle da poluição. 1.7. Monitoramento ambiental de solo, água e ar. 1.8. Remediação de áreas degradadas. 1.9. Noções de educação ambiental. 1.10. Gestão integrada de meio ambiente, saúde e segurança industrial. 2. Legislação Brasileira. 2.1. Legislação ambiental (Federal, Estadual e Municipal). 2.2. Constituição Federal. 2.3. Constituição Estadual. 2.4. Lei Federal n.º 6.938/81 - Política Nacional de Meio Ambiente; Lei Federal n.º 9.605/98 - Lei de Crimes Ambientais; Lei Federal no. 9433/97 - Política Nacional de Recursos Hídricos. 2.5. Resoluções CONAMA (EIA/RIMA, Licenciamento Ambiental, Resíduos, Classificação de Águas, Controle de Poluição Hídrica, Controle de Poluição Atmosférica). 2.6. Leis Estaduais - Política Estadual de Recursos Hídricos; Lei nº 1.361, de 06 de outubro de 1988 - Regula a estocagem, o processamento e a disposição final de resíduos industriais tóxicos; Lei nº 1.979, de 23 de março de 1992 - Proíbe a instalação de empresas que utilizam o jateamento de areia na limpeza, reparo e construção dos cascos de navio e determina a mudança tecnológica das que utilizam este procedimento; Lei nº 2.011, de 10 de julho de 1992 - Dispõe sobre a obrigatoriedade da implementação de Programa de Redução de Resíduos; Lei nº 2.702, de 25 de março de 1997 - Estabelece a política estadual de qualidade ambiental ocupacional e de proteção da saúde do trabalhador. 3. Licenciamento Ambiental. 3.1. Licenciamento ambiental de empreendimentos industriais. 3.2. Instrumentos de controle e licenciamento. 3.3. SLAM - Sistema de Licenciamento Ambiental - Decreto Nº 42.159 de 02 de dezembro de 2009 - Dispõe sobre o Sistema de Licenciamento Ambiental - SLAM. 4. Recursos Hídricos. 4.1. Noções de hidrologia; ciclo hidrológico; bacias hidrográficas; águas superficiais; águas subterrâneas. 4.2. Avaliação de planos de gestão de bacias hidrográficas; manejo de bacias hidrográficas. 4.3. Classificação das Águas. 5. Sistemas de Abastecimento de Água. 5.1. Consumo de água; partes constituintes dos sistemas de abastecimento de água; critérios gerais de dimensionamento. 5.2. Adução de água; adutoras por gravidade em condutos livres e forçados; adutoras por recalque ; órgãos acessórios; dimensionamento; bombas e estações elevatórias. 5.3. Tratamento de água; características físicas, químicas e biológicas da água; padrões de potabilidade; principais processos de tratamento; estações de tratamento de água. 5.4. Reservatórios de distribuição de água; importância; dimensionamento econômico. 5.5. Redes de distribuição de água. 6. Sistemas de Coleta e Tratamento de Efluentes Líquidos. 6.1. Qualidade da água, poluição hídrica e tecnologias de tratamento dos efluentes. 6.2. Redes coletoras de esgotos sanitários e industriais; classificação; partes constituintes; dimensionamento. 6.3. Tratamento de efluentes líquidos; processos de tratamento; estações de tratamento de efluentes líquidos; lodos ativados; lagoas de estabilização; reatores anaeróbios; valos de oxidação; filtração biológica. 6.4. Autodepuração de cursos d'água; carga orgânica; demanda bioquímica de oxigênio; redução da concentração bacteriana. 6.5. Sistemas de Tratamento de Óleo. 7. Gestão dos Resíduos Sólidos. 7.1. Caracterização quantitativa e qualitativa dos resíduos sólidos domésticos e industriais. 7.2. Características físicas, químicas e biológicas dos resíduos sólidos. 7.3. Acondicionamento, coleta, transporte e destinação final adequado. 7.4. Disposição final dos resíduos; aterro sanitário; classificação dos aterros para resíduos sólidos de origem doméstica e industrial. 7.5. Coleta seletiva e reciclagem. 8. Gestão Administrativa e Ambiental. 8.1. Planejamento, controle, fiscalização e execução de obras; orçamento e composição de custos; levantamento de quantitativos; controle físico-financeiro. 8.2. Acompanhamento e aplicação de recursos; medições; emissão de faturas; controle de materiais. 8.3. Sistemas de Gestão Ambiental e Auditoria Ambiental. 8.4. Certificação ISO 14.001.
Emprego: TÉCNICO DE MÉTODOS E PROCESSOS

Disciplina: Conhecimentos Específicos

1. Manutenção e Lubrificação. Abordagem da Manutenção Industrial como Função Estratégica; As diferentes formas, métodos e processos de manutenção; Funções de planejamento, execução, acompanhamento e correções; Disponibilidade e Confiabilidade; Sistemas Redundantes; Manutenção Centrada em Confiabilidade; Lubrificantes e Lubrificação; Lubrificação de Elementos de máquina; Lubrificação de Equipamentos; Planos de Lubrificação. 2. Tecnologia dos Materiais e Processos de Fabricação. Propriedades mecânicas dos materiais usados em engenharia; Ensaios mecânicos dos materiais; Tratamento térmico; Processos de fabricação mecânica (Processos de conformação mecânica e metalúrgicos); Sistemas de Manufatura integrada por Computador; Manufatura Flexível; Acabamento Superficial; Tolerâncias e ajustes. 3. Equipamentos e Instalações Industriais. Bombas e Compressores (tipos, princípio de funcionamento, instalação, manutenção, seleção); tubulações; válvulas industriais; purgadores de vapor; trocadores de calor (aquecedores, resfriadores, condensadores e evaporadores); vasos de pressão, sistemas de aquecimento e resfriamento de processos; sistemas de ar comprimido, inspeção de equipamentos. 4. Planejamento e Controle da Produção. Tipos de Produção e Fluxo de Informações; Planejamento da Produção, Ponto de Nivelamento (ponto de equilíbrio), Administração de Estoques; Custos Industriais; Classificação de Materiais; Processos de Produção (roteiros de produção); Ordens de Fabricação; Carga de Máquinas; Delineamento; Arranjo Físico (layout); Controle Estatístico da Qualidade. 5. Fundamentos de Estatística. Eventos e Probabilidade; Variáveis discretas e contínuas, Amostras, Distribuição de Frequência, Medidas de Tendência Central (média, mediana); Medidas de Dispersão (variância, desvio padrão ), Distribuição de Probabilidade (distribuição normal). 6. Princípios Básicos de Gestão da Qualidade. Gestão Estratégica da Qualidade; Normas das séries ISO 9000; Melhoria Contínua, Técnicas de Solução de Problemas; Ferramentas para Melhoria da Qualidade (Just in Time, Kanbam, Análise de Valor, Controle Estatístico de Processo), Outras Ferramentas para a Qualidade (Fluxogramas, Folhas de Verificação, Diagramas de Pareto, de Causa e Efeito e de Dispersão, Elaboração de Procedimentos.



1   2   3   4   5   6   7   8   9   10


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal