O município de maringá, estado do paraná, pessoa jurídica de direito público interno, inscrito no cnpj sob nº 76



Baixar 332.14 Kb.
Página1/3
Encontro09.04.2018
Tamanho332.14 Kb.
  1   2   3

Processo nº. 0837/2011

Folha nº. _________



PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE MARINGÁ – ESTADO DO PARANÁ

SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO – DIRETORIA DE LICITAÇÕES

Avenida XV de Novembro, 701 – Centro – CEP 87013-230

Fone (44) 3221-1284 / 3221-1575 – Fax (44) 3221-1340



www.maringa.pr.gov.brE-MAIL:licitamga@maringa.pr.gov.br

PREGÃO Nº 167/2011-PMM


PREÂMBULO:
O MUNICÍPIO DE MARINGÁ, ESTADO DO PARANÁ, pessoa jurídica de direito público interno, inscrito no CNPJ sob nº 76.282.656/0001-06, com sede na Avenida XV de Novembro, 701, Centro, nesta cidade de Maringá, Estado do Paraná, através da Secretaria Municipal de Saúde, torna público que realizará licitação, na modalidade PREGÃO, tipo Menor Preço - representado pelo MAIOR percentual de desconto único, para a contratação do objeto do presente Edital, de acordo com as normas, condições e especificações estabelecidas neste Edital e obedecendo ao que dispõe as Leis Federais nº 10.520/02 e 8.666/93.
01. DA LICITAÇÃO:
1.1. OBJETO: O presente Edital tem por objeto a contratação de empresa para prestação de serviços de manutenção preventiva, corretiva e calibrações no cubiculo dos grupos geradores e na subestação de energia elétrica do Hospital Municipal de Maringá Dra. Thelma Villanova Kasprowicz, localizado na Av. Nildo Ribeiro da Rocha, 865, Jardim Ipanema, nesta cidade de Maringá/PR, incluindo o fornecimento de todas e quaisquer peças e acessórios que necessitarem de substituição nos equipamentos, conforme descrito nas especificações técnicas em anexo deste Edital.
1.2. MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL.
1.3. REGIME DE EXECUÇÃO: Empreitada por Preço Global.
1.4. TIPO DE LICITAÇÃO: Menor Preço, representado pelo Maior percentual de desconto único, nas propostas classificadas pela Comissão de licitação.
1.5. PRAZO E LOCAL DE ENTREGA: conforme especificado no Anexo I deste Edital.
1.6. LOCAL, DATA E HORÁRIO PARA PROTOCOLAR OS ENVELOPES Nº. 01 e 02:
1.6.1 - ENDEREÇO..: PMM - Paço Municipal – Diretoria de Licitações

Avenida XV de Novembro, 701 – 2º. Andar



1.6.2 - DATA............: 08 de JUNHO de 2011.

1.6.3 - HORÁRIO.....: Até às 10:15 horas.
1.7. LOCAL, DATA E HORARIO P/ ABERTURA DOS ENVELOPES E REALIZAÇÃO DO PREGÃO:
1.7.1 - LOCAL..........: PMM – Paço Municipal – Diretoria de Licitações

Avenida XV de Novembro, 701 – 2º. Andar



1.7.2 - DATA............: 08 de JUNHO de 2011.

1.7.3 - HORÁRIO.....: Às 10:30 horas.
1.8. PREVISÃO ORÇAMENTÁRIA:- As despesas decorrentes da contratação, objeto deste Edital, correrão as expensas de recursos provenientes do Município de Maringá, sob dotação:
Descrição: MATERIAL DE CONSUMO

Órgão

08

Secretaria Municipal de Saúde

Unidade Orçamentária

08.020.

Fundo Municipal de Saúde - FMS

Função

10

Saúde

Sub Função

302

Assistência Hospitalar e Ambulatorial

Programa

0012

MARINGÁ SAUDÁVEL

Projeto/Atividade

2018

Manutenção do Hospital Municipal

Natureza da Despesa

3.3.90.30.00.00.

MATERIAL DE CONSUMO

Desdobramento

25 00

MATERIAL PARA MANUTENÇÃO DE BENS MÓVEIS

Fonte de Recurso

1496

Atenção de Média e Alta Complex. Ambulatorial e Hospitalar c/c 58.873-3

Descrição: MATERIAL DE CONSUMO



Órgão

08

Secretaria Municipal de Saúde

Unidade Orçamentária

08.020.

Fundo Municipal de Saúde - FMS

Função

10

Saúde

Sub Função

302

Assistência Hospitalar e Ambulatorial

Programa

0012

MARINGÁ SAUDÁVEL

Projeto/Atividade

2022

Manutenção do Serviço de Atendimento Móvel às Urgências - SAMU

Natureza da Despesa

3.3.90.30.00.00.

MATERIAL DE CONSUMO

Desdobramento

25 00

MATERIAL PARA MANUTENÇÃO DE BENS MÓVEIS

Fonte de Recurso

3496

Atenção de Média e Alta Complex. Ambulatorial e Hospitalar c/c 58.873-3 – Ex. Anteriores

Descrição: MATERIAL DE CONSUMO



Órgão

08

Secretaria Municipal de Saúde

Unidade Orçamentária

08.020.

Fundo Municipal de Saúde - FMS

Função

10

Saúde

Sub Função

302

Assistência Hospitalar e Ambulatorial

Programa

0012

MARINGÁ SAUDÁVEL

Projeto/Atividade

2089

Manutenção da Rede Municipal de Saúde – Média/Alta Complexidade

Natureza da Despesa

3.3.90.30.00.00.

MATERIAL DE CONSUMO

Desdobramento

25 00

MATERIAL PARA MANUTENÇÃO DE BENS MÓVEIS

Fonte de Recurso

1496

Atenção de Média e Alta Complex. Ambulatorial e Hospitalar c/c 58.873-3

Descrição: OUTROS SERVIÇOS DE TERCEIROS - PESSOA JURÍDICA



Órgão

08

Secretaria Municipal de Saúde

Unidade Orçamentária

08.020.

Fundo Municipal de Saúde - FMS

Função

10

Saúde

Sub Função

302

Assistência Hospitalar e Ambulatorial

Programa

0012

MARINGÁ SAUDÁVEL

Projeto/Atividade

2018

Manutenção do Hospital Municipal

Natureza da Despesa

3.3.90.39.00.00.

OUTROS SERVIÇOS DE TERCEIROS - PESSOA JURÍDICA

Desdobramento

17 00

MANUTENÇÃO E CONSERVAÇÃO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

Fonte de Recurso

1496

Atenção de Média e Alta Complex. Ambulatorial e Hospitalar c/c 58.873-3

Descrição: OUTROS SERVIÇOS DE TERCEIROS - PESSOA JURÍDICA



Órgão

08

Secretaria Municipal de Saúde

Unidade Orçamentária

08.020.

Fundo Municipal de Saúde - FMS

Função

10

Saúde

Sub Função

302

Assistência Hospitalar e Ambulatorial

Programa

0012

MARINGÁ SAUDÁVEL

Projeto/Atividade

2022

Manutenção do Serviço de Atendimento Móvel às Urgências - SAMU

Natureza da Despesa

3.3.90.39.00.00.

OUTROS SERVIÇOS DE TERCEIROS - PESSOA JURÍDICA

Desdobramento

17 00

MANUTENÇÃO E CONSERVAÇÃO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

Fonte de Recurso

1496

Atenção de Média e Alta Complex. Ambulatorial e Hospitalar c/c 58.873-3

Descrição: OUTROS SERVIÇOS DE TERCEIROS - PESSOA JURÍDICA



Órgão

08

Secretaria Municipal de Saúde

Unidade Orçamentária

08.020.

Fundo Municipal de Saúde - FMS

Função

10

Saúde

Sub Função

302

Assistência Hospitalar e Ambulatorial

Programa

0012

MARINGÁ SAUDÁVEL

Projeto/Atividade

2089

Manutenção da Rede Municipal de Saúde – Média/Alta Complexidade

Natureza da Despesa

3.3.90.39.00.00.

OUTROS SERVIÇOS DE TERCEIROS - PESSOA JURÍDICA

Desdobramento

17 00

MANUTENÇÃO E CONSERVAÇÃO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

Fonte de Recurso

1496

Atenção de Média e Alta Complex. Ambulatorial e Hospitalar c/c 58.873-3


1.9. VALOR MÁXIMO DA LICITAÇÃO: R$109.800,00 (cento e nove mil e oitocentos reais) - os percentuais mínimos de desconto de CADA LOTE constam do Anexo I deste Edital.
1.10. DOS ANEXOS:
Anexo I ESPECIFICAÇÃO DETALHADA DO OBJETO LICITADO

Anexo II MODELO DE DECLARAÇÃO DE NÃO PARENTESCO – ART. 59 INCISO V DA LEI ORGÂNICA

Anexo III MODELO DE CARTA CREDENCIAL

Anexo IV MODELO DE DECLARAÇÃO DE IDONEIDADE

Anexo V MODELO DE DECLARAÇÃO DE NÃO EXISTÊNCIA DE TRABALHADORES MENORES

Anexo VI MODELO DE DECLARAÇÃO PARA MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE

Anexo VII MINUTA DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

Anexo VIII MODELO DE DECLARAÇÃO DE VISITA


02. DO FORNECIMENTO DO EDITAL:
2.1. O presente Edital estará à disposição dos interessados na Diretoria de Licitações da Secretaria de Administração, na Av. XV de Novembro, 701 – 2º. Andar – Maringá – PR ou pelo site www.maringa.pr.gov.br/servicos/licitacoes.
2.2. Sem prejuízo das publicações necessárias, qualquer alteração, modificação ou informação referente ao edital em questão, estarão disponíveis no site supra citado, cabendo aos interessados inteira responsabilidade de acompanhar as informações prestadas pelo Município, não cabendo aos mesmos, alegar desconhecimento sobre quaisquer informações prestadas com referência ao edital em questão.
2.3. Até 02 (dois) dias úteis antes da data fixada para a abertura do pregão, quaisquer interessados poderão solicitar esclarecimentos, requerer providências ou formular impugnação escrita e protocolada na Diretoria de Licitações do Município de Maringá, contra cláusulas ou condições do edital.
03. DAS CONDIÇÕES GERAIS:
3.1. Poderão participar do Pregão quaisquer interessados da Unidade da Federação, através de representantes que atenderem os requisitos estabelecidos neste edital.
3.1.1. Os licitantes interessados somente poderão se fazer representar por intermédio de um único representante.
3.2. Não poderão participar direta ou indiretamente do Pregão:
a) Empresas em estado de falência, de concurso de credores, de dissolução ou liquidação;

b) Empresas que tenham sido declaradas inidôneas por qualquer órgão da Administração Pública, direta ou indireta, federal, estadual ou municipal, bem como as que estejam punidas com suspensão do direito de contratar ou licitar com o Órgão ou Entidade Promotora da Licitação;

c) Servidor de qualquer órgão ou entidade vinculada ao Órgão promotor da licitação, bem como, a empresa da qual tal servidor seja sócio, dirigente ou responsável técnico;

d) Empresas consorciadas.


3.3. A participação no Pregão importa total e irrestrita submissão dos proponentes às condições deste edital.
3.4. As interessadas deverão apresentar a documentação prevista neste Edital, sem prejuízo de outros documentos a serem definidos e fixados em Aditivos a este Edital ou em Avisos Específicos, quando o objeto de licitação sujeitar-se à legislação específica.
3.5. Aplicar-se-ão às microempresas e empresas de pequeno porte o previsto nos Artigos 42 a 49 da Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006.
04. DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO NO PREGÃO:
4.1. DA HABILITAÇÃO: Serão consideradas em condições de participação as empresas que, tendo ramo de atividade compatível com o objeto da presente licitação, apresentem os seguintes documentos, aceitos no original ou por qualquer processo de cópia autenticada nas formas previstas no Artigo 32 da Lei federal 8.666/93, não sendo aceito, em hipótese alguma, confrontação de documentos na abertura dos envelopes para autenticação pelo Pregoeiro:
4.1.1. Quanto à habilitação jurídica:
a) Registro comercial, no caso de empresário individual;

b) Ato constitutivo, estatuto ou contrato social em vigor e alterações subsequentes devidamente registradas, em se tratando de sociedade empresária, e, no caso de sociedade por ações, a ata registrada da assembleia de eleição da diretoria;

c) Decreto de autorização, em se tratando de empresa ou sociedade estrangeira em funcionamento no País e ato de registro ou autorização para funcionamento expedido pelo órgão competente, quando a atividade assim o exigir;

d) Ata, registrada na Junta Comercial, das assembleias que tenham aprovado ou alterado os estatutos em vigor e ata de eleição dos administradores em exercício, no caso de cooperativas;

e) Declarações de:- não parentesco – Art. 59 Inciso V da Lei Orgânica (conforme modelo constante do Anexo II, deste edital), Idoneidade (conforme modelo constante do Anexo IV, deste Edital), e de Não Existência de Trabalhadores Menores (conforme modelo constante do Anexo V, deste Edital). As declarações deverão ser datilografadas ou digitadas.
4.1.2. Quanto à regularidade fiscal:

a) Prova de inscrição no CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas do Ministério da Fazenda);

b) Prova de regularidade para com a Fazenda Federal (Dívida ativa da União e Certidão de Quitação de Tributos e Contribuições Federais) e Fazenda Municipal (tributos mobiliários e imobiliários) da sede do licitante, dentro do prazo de validade ou equivalente, na forma da lei;

c) Prova de regularidade relativa à Seguridade Social (CND do INSS);

d) Prova de regularidade relativa ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (CRF/FGTS).
4.1.3. Quanto à capacitação técnica:

a) Apresentação de, no mínimo, 01 (um) Atestado de Capacidade Técnica fornecido por pessoa jurídica de direito público ou privado comprovando que o licitante executou satisfatóriamente os serviços de manutenção preventiva e corretiva, englobando o fornecimento de peças e componentes, de aparelhos compatível ao descrito nas especificações do lote cotado e cuja parcela de maior relevância técnica e valor significativo tenha sido a prestação de serviços de manutenção na área de subestação de energia elétrica e geração de energia (grupo gerador) de mesma natureza (hospitalar) de porte igual ou superior ao objeto desta licitação (geração de energia 1000 KVA e transformação de energia 1000 KVA);


a1) O Atestado de Capacidade Técnica deverá ser apresentado em papel timbrado, contendo, no mínimo, as seguintes especificações:

  • Nome da empresa ou órgão que forneceu o atestado;

  • Endereço completo;

  • Descrição do serviço prestado;

  • Manifestação acerca da qualidade dos serviços prestados;

  • Identificação do responsável pela emissão do atestado, com nome, função e telefone para solicitação de informações adicionais.

b) Apresentação de ACERVO TÉCNICO do profissional responsável pela empresa, com pelo menos dois serviços (projeto/montagem e manutenção – de forma que comprove que a empresa tenha experiência tanto em projeto e montagem, bem como em manutenção) na área de subestação de energia elétrica e geração de energia (grupo gerador), de mesma natureza (HOSPITALAR) de porte igual ou superior ao objeto desta licitação (geração de energia 1000 KVA; transformação de energia 1000 KVA).



  1. Apresentar comprovante de registro no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia – CREA, da empresa e do responsável técnico, sendo que o responsável técnico deverá ser profissional da área de engenharia elétrica, conforme Deliberação Normativa nº 025/03 – CEEE.

  1. Comprovação, através do Contrato Social, que a empresa é do ramo de serviços de montagem, instalação e manutenção de grupo gerador e de subestação;

e) Comprovação de que o(s) responsável(eis) técnico(s) possui (m) formação conforme os artigos 8 e 9 da resolução 218 de 29/06/1973 do CONFEA;

f) Comprovação de que o(s) responsável(eis) técnico(s) faz(em) parte do quadro da proponente, na data da apresentação da proposta, mediante registro em Carteira de Trabalho (páginas de identificação e contrato), ou por contrato de prestação de serviços regido pela legislação civil. Caso o(s) profissional(is) seja(m) sócio(s) ou diretor(es) da licitante, esta comprovação deverá ser feita através do contrato social em vigor ou da última ata de eleição de diretoria, devidamente registrada no órgão competente;



g) Licença Sanitária e Alvará de Funcionamento da proponente;

h) Termo de declaração - devidamente assinado pela proponente, comprovando que a licitante, através de seu (s) responsável (eis) técnico (s), vistoriou o local dos serviços e avaliou as condições atuais dos equipamentos. A visita do local dos serviços tem por finalidade a verificação por parte da licitante de todas as suas condições e avaliação das condições atuais dos equipamentos.
4.2. O Certificado de Registro Cadastral, expedido pela Prefeitura do Município de Maringá, em vigência na data da apresentação das propostas, será aceito em substituição aos documentos enumerados nos subitens 4.1.1. (alíneas a, b, c e d) e 4.1.2. (alínea a).
4.2.1. As declarações previstas na alínea “e” do subitem 4.1.1. não são substituídas pela apresentação do Certificado de Registro Cadastral.
4.3. As certidões que não apresentarem o prazo de validade em seu corpo serão consideradas válidas desde que emitidas com antecedência máxima de até 60 (sessenta) dias da data prevista para a apresentação dos Envelopes 01 e 02.
4.4. Em conformidade com a Lei Complementar n. 123/2006, a comprovação de regularidade fiscal das microempresas e empresas de pequeno porte somente será exigida para efeito de formalização do ajuste.
4.4.1. Havendo alguma restrição na comprovação da regularidade fiscal, consoante o item 4.1.2, será assegurado o prazo de 2 (dois) dias úteis, cujo termo inicial corresponderá ao momento em que o proponente for declarado vencedor do certame, prorrogáveis por igual período, a critério do Município de Maringá, para a regularização da documentação, pagamento ou parcelamento do débito, e emissão de eventuais certidões negativas ou positivas com efeito de certidão negativa.
4.4.2. A não-regularização da documentação, no prazo previsto no item 4.4.1, implicará decadência do direito à contratação, sem prejuízo das sanções previstas no artigo 7º da Lei Federal nº 10.520, de 17 de julho de 2002, sendo facultado à Administração convocar os licitantes remanescentes, na ordem de classificação, para a assinatura do contrato, ou revogar a licitação.
05. DA FORMA DE APRESENTAÇÃO DAS PROPOSTAS E DA DOCUMENTAÇÃO DE HABILITAÇÃO:
5.1. As propostas e a documentação de habilitação deverão estar acondicionadas em envelopes ou volumes separados, fechados, com as seguintes especificações e endereçamento:
RAZÃO SOCIAL DA EMPRESA, CNPJ, INSCRIÇÃO ESTADUAL, ENDEREÇO, TELEFONE E E-MAIL

EDITAL PREGÃO Nº. 167/2011-PMM

ENVELOPE Nº. 01 - PROPOSTA DE PREÇOS
RAZÃO SOCIAL DA EMPRESA, CNPJ, INSCRIÇÃO ESTADUAL, ENDEREÇO, TELEFONE E E-MAIL

EDITAL PREGÃO Nº. 167/2011-PMM

ENVELOPE Nº. 02 – DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO
5.2. DA PROPOSTA DE PREÇOS:
5.2.1. A Proposta de Preços deverá ser preenchida em língua portuguesa e estar datilografada ou digitada com clareza, em 1 (uma) via, sem emendas, rasuras, borrões, acréscimos ou entrelinhas, em papel timbrado da licitante ou impressa por processo eletrônico com indicação do número do pregão, contendo a razão social, inscrição, CNPJ e endereço completo da proponente, devidamente assinada pelo representante legal da empresa, informando:


  1. descrição detalhada dos serviços ofertados em cada item;

  2. os preços unitários e totais de cada item, cotados em moeda corrente nacional;

  3. na formulação da proposta, a licitante deverá incluir todos os custos e despesas necessários ao cumprimento integral das obrigações decorrentes da contratação, tais como, mão-de-obra, ferramentas, máquinas, equipamentos, impostos, taxas, fretes, lucro, uniformes, equipamentos de proteção (individual e coletivo), materiais de consumo, encargos sociais, combustível, despesas de instalação, estar em conformidade com o determinado na Convenção Coletiva da categoria, enfim, todos os custos diretos e indiretos necessários ao cumprimento do objeto ora licitado, etc.; obedecendo-se também às previsões dos Anexos deste Edital, ficando vedada qualquer alegação posterior que vise ressarcimento de custos não considerados nos preços cotados;

  4. Quaisquer tributos, custos e despesas diretos ou indiretos, omitidos da proposta ou incorretamente cotados, serão considerados como inclusos nos preços, não sendo aceitos pleitos de acréscimos a qualquer título.

  5. prazo de validade da proposta não inferior a 60 (sessenta) dias consecutivos da apresentação da mesma, observando a possibilidade de prorrogação do prazo por igual período.

  6. condições de pagamento, prazo de validade da proposta, prazo de entrega, garantia dos produtos/materiais/serviços ofertados (quando for o caso). A não apresentação destas condições na proposta entender-se-á que a empresa concorda com todas as cláusulas e condições contidas no Edital e em seus anexos.


5.2.2. Não serão consideradas propostas com oferta de vantagem não prevista neste edital.


      1. Serão desclassificadas de plano as propostas de preços que apresentarem percentuais de desconto inferiores ao mínimo estipulado no edital para cada LOTE.



5.2.4. Para efeito do pagamento das faturas, a proponente deverá indicar o número da conta corrente e o endereço da agência bancária onde deseja que sejam efetuados os créditos correspondentes.
06. DA ENTREGA DAS PROPOSTAS E DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO:
6.1. A licitante deverá entregar e PROTOCOLAR junto à Prefeitura do Município de Maringá, Diretoria de Licitações, a proposta de preços de que trata o item 5.2.1. deste edital, juntamente com a documentação de habilitação, em envelopes separados, conforme Item 5.1. deste Edital.
6.2. O recebimento dos envelopes não conferirá aos proponentes qualquer direito contra o órgão promotor da licitação, observadas as prescrições da legislação específica.
6.3. Após a entrega dos envelopes, não será aceita a juntada ou substituição de quaisquer documentos, nem retificação de preço ou condições.
6.4. Finalizada a fase competitiva de lances, o envelope contendo a documentação de habilitação do licitante, autor da melhor proposta, será aberto para avaliação do atendimento das exigências consignadas no edital, originalmente firmadas em declaração, sendo que, os demais envelopes contendo a documentação das empresas não vencedoras, serão devolvidos fechados e sob protocolo aos seus representantes.
6.5. DO CREDENCIAMENTO E DA PARTICIPAÇÃO
6.5.1. O documento relativo ao credenciamento (conforme modelo constante do Anexo III) deverá ser entregue ao Pregoeiro, separadamente dos envelopes previstos no subitem 5.2.1.
6.5.2. Às empresas que participarem da presente licitação, será permitido apenas 1 (um) representante legal, que será o único admitido a intervir em nome da empresa proponente e que deverá se apresentar para credenciamento junto ao pregoeiro, devidamente munido de documento que o credencie a participar deste procedimento licitatório, devendo, ainda, no ato de entrega dos envelopes, identificar-se exibindo a Carteira de Identidade ou outro documento equivalente.
6.5.3. Por credenciais entendem-se:
6.5.3.1. Habilitação do representante, mediante instrumento público de procuração ou instrumento particular com firma reconhecida, com poderes para formular ofertas e lances de preços e praticar todos os demais atos pertinentes ao certame, em nome do licitante.

6.5.3.2. Quando a proponente se fizer representar por seu diretor ou por um de seus sócios, deverá ser apresentado o contrato social ou estatuto da empresa.
6.5.3.3. Estes documentos deverão ser apresentados ao Pregoeiro no início dos trabalhos, antes da abertura dos envelopes contendo Propostas e Documentação. Poderão ser apresentados em original, por qualquer processo de cópia autenticada por Tabelião de Notas ou por publicações em Órgãos da Imprensa Oficial, e serão recebidos condicionalmente pelo Pregoeiro que, se julgar necessário, verificará a sua autenticidade e veracidade.
6.5.3.4. A não apresentação, incorreção do documento de credenciamento ou ausência de representante, não importará na desclassificação da sua proposta no presente certame. Contudo, ela não poderá apresentar lances verbais e nem fazer qualquer manifestação em nome da mesma na sessão do pregão.
6.5.3.5. O documento de credenciamento será retido pela Comissão e juntado ao processo licitatório.
6.6. Em se tratando de microempresas e empresas de pequeno porte deverá ser apresentada, por ocasião do credenciamento, declaração de que detêm tal condição, para que possam gozar dos benefícios outorgados pela Lei Complementar n. 123/06, podendo ser utilizado o modelo constante do Anexo VI.
6.6.1. A falsidade de declaração prestada, objetivando os benefícios da Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006, caracterizará o crime de que trata o art. 299 do Código Penal, sem prejuízo do enquadramento em outras figuras penais e da sanção prevista no Artigo 7º da Lei Federal nº 10.520/02.


      1. A declaração descrita no item 6.6 não deverá estar acondicionada no envelope “DOCUMENTAÇÃO”, sob pena de ser desconsiderada.


07. DOS PROCEDIMENTOS:
7.1. Concluída a fase de Aceitação de Propostas, o Pregoeiro comandará o início da “Abertura das Propostas” de cada LOTE por sua vez, selecionando os licitantes aptos a participarem da licitação na modalidade Pregão divulgando no ato a lista dos licitantes e das propostas ofertadas, classificando-as segundo a ordem decrescente dos percentuais de desconto ofertados, indicando desde logo os proponentes autorizados a participarem da fase competitiva da licitação.
7.2. Executada a fase de classificação e ordenação das propostas de que trata o subitem anterior, o Pregoeiro abrirá a fase competitiva de lances.
7.2.1. A princípio, participarão da etapa competitiva o ofertante da proposta de MAIOR PERCENTUAL ÚNICO DE DESCONTO e os titulares das ofertas com PERCENTUAIS até 10% (dez por cento) inferiores a ela, oportunizando a renovação das ofertas com o oferecimento de PERCENTUAIS MAIORES aos propostos inicialmente.
7.2.2. Não havendo pelo menos 3 (três) propostas nestas condições, será permitido aos proponentes, das 3 (três) melhores ofertas, independente de seus percentuais, a formulação de lances, até que se obtenha um percentual mais vantajoso para a Administração.
7.2.3. A desistência de apresentar lance implicará na automática exclusão da licitante da etapa e, na manutenção do último percentual apresentado pelo licitante, para efeitos de ordenação das propostas.


      1. A duração da fase de lances será de, no máximo, 30 (trinta) minutos, após o que serão julgadas as propostas de percentual, visando selecionar aquela que se apresente mais vantajosa para a Administração, segundo o critério MAIOR PERCENTUAL ÚNICO DE DESCONTO.


7.2.5. Os lances ofertados pelos participantes deverão ser formulados de forma sucessiva, em PERCENTUAIS distintos e crescentes.


      1. Em caso de resultado positivo na negociação, os novos valores ajustados serão consignados na ata da sessão e passarão a compor a proposta de preço do licitante.


7.2.7. Apurado o maior percentual e sendo este proposto por licitante não enquadrada como microempresa ou empresa de pequeno porte, o pregoeiro verificará se dentre as demais classificadas há presença de empresa que assim se enquadre.
7.2.8. Consoante o disposto no artigo 44 da Lei Complementar 123, de 14 de dezembro de 2006, é assegurado, como critério de desempate, preferência de contratação para as microempresas e empresas de pequeno porte.

7.2.8.1. Entende-se por empate aquelas situações em que as propostas apresentadas pelas microempresas e empresas de pequeno porte sejam iguais ou até 5% (cinco por cento) superiores ao melhor percentual.
7.2.9. Para efeito do disposto no item anterior, ocorrendo o empate, proceder-se-á da seguinte forma:
7.2.9.1. A microempresa ou empresa de pequeno porte melhor classificada será convocada para, querendo, apresentar nova proposta, de percentual superior àquela considerada vencedora do certame, no prazo máximo de 5 (cinco) minutos após o encerramento dos lances, sob pena de preclusão. Apresentada proposta de percentual superior, será adjudicado em seu favor o objeto licitado;
7.2.9.2. Não ocorrendo a contratação da microempresa ou empresa de pequeno porte, na forma do subitem 7.2.9.1., serão convocadas as remanescentes que porventura se enquadrem na hipótese do subitem 7.2.8.1., na ordem classificatória, para o exercício do mesmo direito;
7.2.9.3. No caso de equivalência de percentuais apresentados pelas microempresas e empresas de pequeno porte, será realizado sorteio entre elas para que se identifique aquela que primeiro poderá apresentar melhor oferta.
7.2.10. Na hipótese da não-contratação nos termos previstos no item 7.2.9, o objeto licitado será adjudicado em favor da proposta originalmente vencedora do certame.
7.2.11. Caso não se realize nenhum lance, será verificado a conformidade entre a proposta escrita de MAIOR PERCENTUAL ÚNICO DE DESCONTO e o valor estimado para a contratação.
7.2.12. Nas situações previstas nos subitens 7.2.3. e 7.2.7., deste Edital, o Pregoeiro poderá negociar diretamente com o proponente para que seja obtido melhor percentual.
7.3. Esgotada a fase competitiva de lances, serão classificadas e ordenadas as propostas, de forma decrescente dos percentuais ofertados, indicando-se desde logo, a proposta de MAIOR PERCENTUAL ÚNICO DE DESCONTO, dando-se por encerrada a fase de julgamento das propostas quanto ao percentual de desconto, procedendo-se então à análise da documentação da empresa titular da oferta de MAIOR PERCENTUAL ÚNICO DE DESCONTO.
7.4. DA ANÁLISE DAS PROPOSTAS ESCRITAS:
7.4.1. A análise da aceitabilidade das propostas, a começar pela de MAIOR PERCENTUAL ÚNICO DE DESCONTO ofertado para cada item, compreenderá, no exame do seu atendimento às condições gerais e específicas exigidas neste edital e em seus Anexos.
7.4.2. Serão consideradas desclassificadas as Propostas que não contiverem todos os dados e elementos exigidos para o envelope 01 – “Proposta de Preços” ou não atenderem aos requisitos mínimos das especificações do objeto licitado, ou ainda, ofertarem percentuais manifestamente inexequíveis ou incompatíveis com os valores de mercado.
7.4.3. Se a proposta ordenada como a de MAIOR PERCENTUAL ÚNICO DE DESCONTO for desclassificada, frente ao desatendimento às especificações técnicas mínimas exigidas neste edital e seus anexos, o Pregoeiro procederá à análise da proposta colocada em segundo lugar, e assim sucessivamente, respeitada a ordem de classificação, até que um atenda às exigências.
7.4.4. Uma vez encerrada a etapa competitiva não cabe a desistência ou pedido de retificação de percentuais ou quaisquer outras condições oferecidas.
7.4.5. Será admitido de cada licitante o recebimento de somente um envelope para cada uma das formas explicitadas no item 5 deste Edital.
7.5- CRITÉRIO DE JULGAMENTO DAS PROPOSTAS:
7.5.1. Será declarado vencedor em cada LOTE o licitante que propuser o Menor Preço Global representado pelo MAIOR PERCENTUAL ÚNICO DE DESCONTO no respectivo objeto licitado, levando-se em conta a satisfação das especificações constantes do Edital.
7.5.2. A classificação se fará pelo Menor Preço Global representado pelo MAIOR PERCENTUAL ÚNICO DE DESCONTO, pela ordem crescente de percentuais propostos.

7.5.3. Serão corrigidos, automaticamente, pelo Pregoeiro quaisquer erros de cálculo verificados nas propostas.
7.5.4. Para efeito deste Edital e a critério do Pregoeiro serão desclassificadas as propostas que:

a) não atendam às exigências de qualquer item deste Edital;

b) sejam omissas, vagas ou apresentem irregularidades, defeitos, borrões, entrelinhas ou dúbia interpretação, que dificultem o seu julgamento;

c) ofereçam percentuais manifestadamente inexequíveis;



d) forem entregues fora do prazo previsto neste Edital.
7.5.5. O Município de Maringá se reserva no direito de aceitar as propostas que lhe parecerem vantajosas no seu todo ou em parte, rejeitar as que entender omissas ou falhas, sugerir a revogação ou anulação da presente licitação, de acordo com a Lei, sem que por este motivo tenha que responder por qualquer indenização ou compensação.
7.5.6. O Prefeito do Município de Maringá poderá revogar a licitação por razões de interesse público, decorrente de fato superveniente devidamente comprovado, ou mesmo anulá-la, de ofício ou por provocação de terceiros, sem que caiba às licitantes quaisquer indenizações.
7.5.7. O Pregoeiro poderá, a seu exclusivo critério e a qualquer momento, solicitar de qualquer proponente esclarecimentos sobre documentos pertinentes a sua participação, não admitindo, contudo, às empresas concorrentes, qualquer complementação ou substituição de documento.
08. DA ANÁLISE DA QUALIFICAÇÃO DOS LICITANTES:
8.1. Verificada a conformidade das propostas com os requisitos do Edital o Pregoeiro procederá à abertura do envelope contendo a documentação de habilitação do autor da proposta classificada em primeiro lugar, para confirmação de suas condições de habilitação, com base nas exigências estabelecidas.
8.2. Caberá ao Pregoeiro inabilitar, sumariamente, o licitante que não atender às exigências previstas, omitir qualquer dos documentos solicitados ou apresentá-los fora do prazo de validade.
8.3. Poderá ser habilitado o licitante que tenha apresentado documentos com irregularidades formais, desde que tais fatos sejam irrelevantes e não causem prejuízos à Administração.
8.4. Se o autor da melhor proposta não atender aos requisitos de habilitação, o pregoeiro fará imediata convocação da empresa autora da proposta classificada em segundo lugar, e assim sucessivamente, para apresentar sua documentação de habilitação, até que seu autor atenda, integralmente, aos requisitos de habilitação exigidos no Edital e ou Aviso Específico.
8.5. Em conformidade com a Lei Complementar n. 123/2006, não há necessidade que as microempresas e empresas de pequeno porte apresentem documentação referente à regularidade fiscal válida; havendo alguma restrição, proceder-se-á na forma do item 4.4.1. Os demais documentos exigidos no item 4.1 – DA HABILITAÇÃO deverão estar regulares.
09. DO RESULTADO DA CLASSIFICAÇÃO DAS PROPOSTAS E QUALIFICAÇÃO DO LICITANTE:
9.1. Depois de avaliada a aceitabilidade das propostas e a qualificação da empresa titular da melhor oferta, constatando-se o atendimento dos requisitos, o Pregoeiro avisará os licitantes da decisão sobre a aceitação ou não aceitação das propostas e de habilitação e proclamará o resultado da licitação com a adjudicação do objeto ao ofertante da melhor proposta, mediante a inserção, na respectiva ata, das razões e fundamentos da decisão, dando aos participantes do certame a imediata intimação da decisão.
9.2. Declarado o vencedor da licitação e não havendo interposição de recurso, o pregoeiro fará a adjudicação do objeto ao vencedor, com imediata emissão da confirmação, que discriminará e documentará as condições específicas para a contratação.
10. DOS RECURSOS:
10.1. Qualquer licitante, na mesma sessão de proclamação do vencedor da licitação, poderá manifestar imediata intenção de recorrer, devendo o fato ser devidamente consignado em ata.
10.1.1. A manifestação, necessariamente, explicitará motivação consistente e esta será liminarmente avaliada pelo Pregoeiro, o qual decidirá pela sua aceitação ou não.

10.1.2. Presentes os pressupostos da admissibilidade, o pregoeiro dará por suspensa a sessão, concedendo ao interessado o prazo de 03 (três) dias corridos para a apresentação das razões recursais. Oportunidade em que serão também intimados os demais participantes, para, querendo, apresentar contrarrazões ao recurso, em igual número de dias, contados do término do prazo recursal concedido ao recorrente, disponibilizando-se, de imediato, vista do processo de licitação.

10.1.3. A inocorrência de imediata manifestação do licitante do interesse de interposição de recurso e/ou sua apresentação imotivada ou insubsistente, implicará na preclusão do seu direito de recorrer do ato decisório.
10.2. Os recursos deverão ser dirigidos à autoridade superior competente por intermédio da que praticou o ato e protocolados a Diretoria de Licitações da Prefeitura do Município de Maringá, na Avenida XV de Novembro, 701 – 2º andar, nesta cidade de Maringá/PR.
10.3. O pregoeiro poderá reconsiderar sua decisão, no prazo de 5 (cinco) dias úteis, ou, nesse mesmo prazo, fazê-lo subir, devidamente informado, devendo, neste caso, a decisão ser proferida dentro do prazo de 5 (cinco) dias úteis, contado do recebimento do recurso.
10.3. Não serão aceitos recursos interpostos através de fac-símile, e-mail ou de recursos cuja petição tenha sido apresentada fora do prazo e/ou apresentada por quem não está legalmente habilitado para representar a empresa licitante.
10.4. O acolhimento do recurso importará a invalidação apenas dos atos insuscetíveis de aproveitamento.
11. DA HOMOLOGAÇÃO:
11.1. Resolvidos os recursos eventualmente formulados, o Pregoeiro encaminhará o processo da licitação à autoridade competente, para homologação do resultado e convocação de licitante vencedor para assinatura do contrato ou retirada de documento equivalente.
11.2. O Prefeito Municipal poderá, motivadamente, revogar a licitação por interesse público, ou anulá-la, se constatada irregularidade, inobservância aos termos do edital ou ilegalidade no procedimento, sem que caiba desta decisão qualquer recurso por parte dos interessados ou de seus representantes legais.
11.3. A invalidação do procedimento de licitação induz à do contrato.
12. DAS CONDIÇÕES DA CONTRATAÇÃO:
12.1. O licitante vencedor terá o prazo de 05 (cinco) dias, a contar da intimação, para assinatura do contrato, que obedecerá às condições indicadas no Edital, na qual serão definidas as condições da execução da contratação, do pagamento, das obrigações e as penalidades em que estará sujeito pela eventual inobservância das condições ajustadas.
12.2. Quando o valor da proposta tiver sido alterado por conta de lance (s) oferecido (s), o licitante adjudicatário deverá apresentar, no prazo que lhe for notificado na ata da reunião do Pregão, nova proposta/planilha de preços, na forma do Anexo I deste Edital, constando os valores do fechamento da operação de acordo com o valor da adjudicação, a qual substituirá a proposta primitiva e fará parte integrante do contrato e/ou equivalente.
12.3. O prazo para assinatura do contrato poderá ser prorrogado por uma vez, quando a adjudicatária comprovar ter ocorrido impedimento por motivo de força maior.
12.4. No interesse da Administração, o valor do contrato decorrente desta licitação poderá ser acrescido ou reduzido em até 25% (vinte e cinco por cento), com o aumento ou supressão dos quantitativos correspondentes, sem que disso resulte para a Contratada o direito a qualquer reclamação ou indenização.
12.5. Na hipótese da ocorrência de atraso no início do fornecimento, decorrente de motivo de força maior e/ou fatores imponderáveis, os fatos deverão ser submetidos, por escrito, ao órgão licitador, com as justificativas correspondentes, para análise e decisão, desde que dentro do prazo estabelecido para a sua entrega.
12.6. Quando imotivada, a justificativa não será causa excludente da aplicação de sanções.
12.7. A recusa do adjudicatário em assinar o contrato no prazo fixado na convocação caracterizará inadimplência das obrigações contratuais, sujeitando-o às penalidades previstas neste Edital e na legislação vigente.

12.8. Ocorrendo a hipótese prevista no item anterior, o processo de licitação retornará ao Pregoeiro, para convocação dos licitantes remanescentes na apresentação da documentação de habilitação para exame, respeitada a ordem de classificação das propostas, e assim, sucessivamente, até apuração de uma que atenda aos requisitos do Edital.
12.9. Transcorridos 60 (sessenta) dias da data da entrega dos envelopes propostas, sem a convocação para a contratação, ficam os proponentes liberados dos compromissos assumidos na licitação, salvo se ratificadas as condições da proposta até o vencimento desse prazo, por igual período.
12.10. O fornecedor deverá manter, durante todo o período da execução do contrato, as condições de sua qualificação.
13. DAS PENALIDADES:
13.1. Pela inexecução total ou parcial das obrigações assumidas e garantida a prévia defesa, a Administração poderá aplicar à Contratada as seguintes sanções:


      1. Advertência;

      2. Suspensão temporária de participação em licitação e impedimento de contratar com a administração, por prazo não superior a 2 (dois) anos;

      3. Declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração Pública enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição ou até que seja promovida a reabilitação perante a prórpia autoridade que aplicou a penalidade, que será concedida sempre que o contratado ressarcir a Administração pelos prejuízos resultantes e após decorrido o prazo da sanção com base no inciso anterior;

      4. Multa diária no percentual de 0,33% (zero vírgula trinta e três por cento) – até o décimo dia de atraso, incidente sobre o valor total do serviço a ser realizado.

      5. Multa diária no percentual de 0,66% (zero vírgula sessenta e seis por cento) – do décimo primeiro até o décimo quinto dia de atraso, incidente sobre o valor total do serviço a ser realizado.

      6. A partir do décimo sexto dia de atraso na entrega do serviço, se injustificado, ficará configurada a inexecução total do serviço e a Administração poderá aplicar a contratada multa de 20% (vinte por cento) sobre o valor total do serviço não entregue, sem prejuízo das demais sanções previstas no Artigo 7º da Lei Federal 10.520/2002.




    1. O valor da multa será descontado no primeiro pagamento após a sua imposição, respondendo por ela os pagamentos futuros e pela diferença, se houver.




    1. Caso não seja efetuado o desconto previsto no item 13.2., por não haver pagamento a ser efetuado, quaisquer multas aplicadas deverão ser recolhidas no Órgão Licitador, em até 05 (cinco) dias úteis contados de sua publicação no Diário Oficial do Município de Maringá.




    1. A aplicação das sanções administrativas, inclusive as cláusulas penais, não exime a contratada da responsabilidade civil e penal a que estiver sujeita.




    1. Por infração de qualquer outra cláusula contratual não prevista nos subitens anteriores, será aplicada multa de 10% (dez por cento) sobre o valor total do serviço a ser executado, podendo ser cumulada com as demais sanções previstas no Artigo 7º da Lei Federal 10.520/2002.




    1. Pela recusa do adjudicatário em retirar e/ou assinar o instrumento que formalizar a avença, este ficará impedido de licitar e contratar com a União, Estados, Distrito Federal ou Municípios e, será descredenciado no CRC – Certificado de Registro Cadastral do Município de Maringá.




    1. As penalidades previstas no item anterior não se aplicarão aos licitantes remanescentes convocados em virtude da não aceitação da primeira colocada, ressalvado o caso de inadimplemento contratual, após a contratação de qualquer das empresas.


14. CRITÉRIO DE REAJUSTE
14.1. Será concedido reajuste de preços com periodicidade mínima de 01 (um) ano utilizando para tal o "Membro" de Preços do Mercado (IGPM), publicado pela Fundação Getúlio Vargas, com base na seguinte fórmula:



Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal