O novo o novo é ousado. O novo



Baixar 1.67 Mb.
Página1/37
Encontro08.12.2017
Tamanho1.67 Mb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   37
















O NOVO
O NOVO É OUSADO.

O NOVO É ELEGANTE.

O NOVO INCOMODA. POR QUE?

POR QUE DESAFIA

MAS QUEIRAM OU NÃO, O NOVO SEMPRE VEM.

E, PARA NOSSA FELICIDADE,

O NOVO GERALMENTE VENCE.

E QUANDO O NOVO VENCE,

A MÁQUINA DO MUNDO GIRA MELHOR.

NOVOS PROJETOS DEIXAM AS TRISTEZAS

NUMA AGENDA QUE NÃO SE ABRE MAIS

NOVAS CRIANÇAS SURGEM PARA NOS DAR AS MÃOS.

NOVOS PASSOS EXIGEM DE NÓS CORAGEM.

O NOVO É BELO, POR QUE NOS MUDA.

NOS LEVA A NOVAS ESTAÇÕES.

O NOVO NOS TORNA PESSOAS MELHORES

PORQUE NOS TORNA NOVAS PESSOAS

O NOVO É LINDO.

ASSIM COMO OS SONHOS,

O NOVO NÃO ENVELHECE.



NOVO É FAZER COM QUE AS PESSOAS,

NUNCA PERCAM A VONTADE DE INVENTAR.



NOVO NÃO É TER FORÇAS PARA SEGUIR NOVOS CAMINHOS.

É SER O PRIMEIRO A ABRI-LOS.



NOVO NÃO É ALGO BONITO PARA FAZER AS PESSOAS OLHAREM,

É FAZER AS PESSOAS SE SENTIREM REALIZADAS.



NOVO NÃO É ACREDITAR QUE AS PESSOAS TÊM O DIREITO DE SONHAR.

É ACREDITAR QUE NOSSOS SONHOS PODEM SE TORNAR REALIDADE.

NÓS LÍDERES ACREDITAMOS

QUE UMA ATITUDE INOVADORA PODE MUDAR O MUNDO.

QUE POSSAMOS VIVER O NOVO A CADA DIA.





SÍMBOLOS J.A. E SEUS SIGNIFICADOS.
A bandeira abaixo é a bandeira oficial dos JA e deve ser mostrada com destaque em todas as reuniões e solenidades JA.
LOGO MARCA BANDEIRA




CORES, SÍMBOLOS E SIGNIFICADOS
Branco -- Pureza de vida na conduta, linguagem e relacionamento com os outros, refletindo os ideais do Salvador para com Seus filhos. "Ninguém despreze a tua mocidade; pelo contrário, torna-te padrão dos fiéis, na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza”. (I Tim. 4:12)

Vermelho -- A redenção através da vida de Cristo entregue em nosso favor na cruz do Calvário.

Dourado -- Excelência espiritual do caráter derivada do viver de Cristo na pessoa.

"Mas ele sabe o meu caminho; se ele me provasse, sairia eu como o ouro." (Jô 23:10).

Azul -- A firme lealdade ao Senhor produz e demonstra o triunfo de uma vida escondida em Jesus. "Graças, porém, a Deus que em Cristo sempre nos conduz em triunfo, e, por meio de nós, manifesta em todo lugar a fragrância do seu conhecimento" (2 Cor. 2:14).

Mundo -- A mensagem do advento a todo o mundo nesta geração permanece o alvo constante dos jovens adventistas. "E será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então virá o fim”.(Mateus. 24:14)

Trombetas / Anjos -- A tríplice mensagem Angélica anunciada ao mundo pelos jovens.

"Vi outro anjo... dizendo... Temei a Deus e dai-lhe glória, pois é chegada a hora do seu juízo; ... Seguiu-se outro anjo, o segundo, dizendo: Caiu, caiu a grande Babilônia... Seguiu-se a estes outro anjo, o terceiro, dizendo, em grande voz: Se alguém adora a besta ... e recebe a sua marca ... também esse beberá do vinho da cólera de Deus..." (Apocalipse. 14:6-10).



Cruz -- O sacrifício e amor pela humanidade são simbolizados na cruz de Jesus.

"Olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus, o qual em troca da alegria que lhe estava proposta, suportou a cruz, não fazendo caso da ignomínia, e está assentado à destra do trono de Deus". (Hebreus. 12:2).



JA -- Jovens Adventistas, derivando sua espiritualidade de Jesus, partilhando sua fé no companheirismo com outros.

"Com tal exército de obreiros como o que poderia fornecer a nossa juventude devidamente preparada, quão depressa a mensagem de um Salvador crucificado, ressuscitado e prestes a vir poderia ser levada ao mundo todo!" (Mensagens aos Jovens, pág. 196).










HISTÓRIA DA IGREJA ADVENTISTA DO SÉTIMO DIA



REVIVENDO NOSSA HISTÓRIA


Objetivos do Programa
Relembrar aos jovens a dedicação dos pioneiros e parte de nossa herança adventista.

Planos para o Programa
Cada pessoa deve ser caracterizada da melhor maneira possível e o texto deve ser decorado e ensaiado.
Num lado da plataforma, o cenário será de uma casa da época, tendo estante com livros, mesa pequena, cadeira de balanço. Um pouco distante, troncos de madeira grossa, já rachadas e empilhadas.
Do outro lado ou no centro, devera estar um portal, simbolizando a porta do Céu. Use a sua criatividade.

Apresentador
0 programa que vocês assistirão, foi elaborado com os fios de uma historia de coragem, fé e confiança na direção de Deus. Chegou o tempo de voltarmos nossos olhos ao passado para vermos a maneira como Jesus fez a diferença na vida de jovem-pioneiros. Esses jovens demonstraram fé e idealismo ao pregarem o evangelho. Ah se pudéssemos ao menos por uma hora ter a oportunidade de divisar o fervor de nossos pioneiros, então veríamos o entusiasmo que movia aqueles corações! Se fosse possível essa hipótese encantada, compreenderíamos sua motivação para fazerem a obra de Deus.

Apresentadora
(Apresentar o gráfico dos 2.300 anos, enquanto fala.)
No Nordeste dos Estados Unidos, homens e mulheres. dedicados ao estudo da Bíblia, se reuniam em grupos para estudar as promessas de Deus contidas nos livros de Daniel e Apocalipse. Ansiosos pela volta de Cristo, estudavam com fervor as profecias bíblicas que continham essa promessa. Seguindo os acontecimentos mencionados nas profecias de Daniel e Apocalipse e considerando os dias ali citados como sendo anos, chegou a firme convicção de que Jesus voltaria no dia 22 de outubro de 1844.

Apresentador
A mensagem de Daniel 8:14: "Ate duas mil e trezentas tardes e manhas e o santuário será purificado" - era proclamada dos púlpitos de varias igrejas protestantes. Fervorosos sermões eram pregados em todas as partes. Guilherme Muller, um prospero fazendeiro, estudou as Batas proféticas mencionadas na Bíblia e chegou a conclusão de que Jesus estava prestes a voltar.

Apresentadora
0 grande dia - 22 de outubro de 1844 - chegou afinal. Era uma terra-feira. Os fieis levantaram-se cedo e muito contentes. Afinal, chegara o grande dia da volta de Jesus! Mas, passou o meio-dia... depois a tarde... e o anoitecer. Jesus não apareceu nas nuvens, como era esperado. Lagrimas começaram a rolar pela face de milhares de pessoas em varias cidades dos Estados Unidos que, ansiosas, aguardavam o retorno de Jesus.

Apresentador

Na manhã do dia seguinte, todos se perguntavam: "Por que Jesus não veio?" Ate que um homem, Hiram Edson, teve seu pensamento iluminado e entendeu que houve um erro no evento que aquela data marcava. A data estava certa, eles haviam errado no acontecimento. Naquele dia, Jesus iniciava no Céu o juízo investigativo; Jesus entrara no lugar santíssimo do santuário celestial para julgar o caso de cada um de nos. Num sentido muito especial, a Igreja Adventista do Sétimo Dia nasceu naquele momento...



Diretor JA
Desde 1844 ate nos, os muitos pioneiros da Igreja lutaram com entusiasmo para mostrar ao mundo a verdade eterna de Deus. São alguns destes consagrados homens e mulheres que conheceremos nesta tarde. Deixaremos que eles mesmos contem sua história. Teremos agora o privilegio de ver e escutar alguns dos portadores da luz do evangelho eterno, homens e mulheres que viveram e morreram por amor a Cristo. Virão para contar-nos como fizeram para ser tochas vivas, e incendiaram a sua época.

GUILHERME MULLER: Meu nome e Guilherme Muller. Quando aprendi a ler, tornei–me amante dos livros. Logo apos a guerra de 1812, encontrei-me com Jesus. Como foi emocionante aquele momento! "Vi que as Escrituras Sagradas a p r e s e n t a v a m precisamente um Salvador como 0 que eu necessitava. Tornaram-se elas o meu deleite; e em Jesus encontrei um Amigo. Estudei profecias e outros assuntos mais. Foi difícil começar a pregar, confesso que hesitei muito, mas o chamado de Jesus para anunciar ao mundo as boas novas do Seu retorno foi irrefutável. A grande nova e que Jesus em breve vira. Muitos ainda não sabem disso. Em minha época, cumpri o propósito de Deus para a minha vida.

JOSE BATES: Eu sou Jose Bates. Acumulei uma pequena fortuna como capitão de navio, mas por causa de minha nova fé, fiquei pobre. Gastei tudo, e ainda vendi a casa para pregar que Jesus viria em 1844. Escrevi um pequeno livro, uma brochura intitulada 0 Sábado do Sétimo Dia, um Sinal Perpetuo. Foi uma obra de fé. Os livros estavam prontos na tipografia e eu expliquei ao tipógrafo que os buscaria tão logo tivesse o dinheiro.
- Seus livros estão pagos - ele disse.
- Quem os pagou? - perguntei.
- Perdão, Capitão, mas não conheço o homem.
Nunca fiquei sabendo quem pagou os livros, mas isso fez aumentar a minha confiança no cuidado de Deus. 0 Senhor cuidou de mim todo o tempo. Meu lema na vida era: "0 Senhor proves!" Eu empunhei a tocha da verdade do sábado e fui defensor da verdade entre os pioneiros.

DAVID HEWITT. Sou menos conhecido que os demais pioneiros. Meu nome e David Hewitt. 0 capitão Bates saiu pelas cidades pregando sobre a volta de Jesus e o sábado, ate que chegou a minha cidade. Ele foi aos correios e perguntou onde morava o homem mais honesto da cidade. Bem cedo pela manha ele bateu em minha porta e disse: "Born dia, Sr. Hewitt! Fui informado que o senhor e o homem mais honesto desta cidade e, se assim e, desejara ouvir a importante mensagem que eu tenho para te dar." Ele tomou a refeição da manha conosco. Em seguida, desenrolou o seu diagrama profético e começou a pregar. As cinco horas da tarde, confessei que cria na mensagem que ele pregara. Meu nome consta entre os pioneiros porque fui eu quem sugeriu o nome para a igreja que cria no advento de Cristo e O adorava no sétimo dia da semana. Eu escolhi o nome da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

ANNIE SMITH: Meus amigos mais íntimos me chamam de "Doce Poetisa". Sou Annie Smith. Eu e meu irmão Urias trabalhamos na primeira editora da igreja. Trabalhei apenas 4 anos, mas meu irmão trabalhou la por 50 anos. E que a tuberculose abreviou minha vida aos 27 anos. Chamavam-me de poetisa porque sempre expunha meus sentimentos em forma de poesia. Logo apos o desapontamento, escrevi o
poema "Não Temas, Pequeno Rebanho". Gostava de cantar e compus os hinos 359 e 488 do Cantai ao Senhor, que foram hinos de minha experiência pessoal com Deus.

(Entra Tiago White e começa ajuntar a madeira, ou simular que esta rachando a lenha.)


Voz Oculta Masculina: Recline a face e pense... e silencie... Esta e a hora da difícil prece. Bendita mão rude e calejada que toma o machado e prepara a lenha, quando a ordem chegar, não diga: "não quero, não posso", ao Senhor de tua vida. Só uma coisa teu Deus aceita: apenas um rachador de lenha, para o fogo do altar; um simples servo, para a glória de Deus.

ELLEN WHITE (Entrando em cena, como se estivesse saindo de dentro de sua casa. Traz consigo papel, pena e tinteiro): Tiago, tenho uma mensagem
para ti. Deves começar a publicar um pequeno jornal e mandá-lo ao povo. Que seja pequeno a princípio; mas, lendo-o o povo, manar-te-á meios com que imprimi-lo, e alcançara bom êxito desde o principio. Desde este pequeno começo foi-me mostrado assemelhar-se a torrentes de luz que circundam o mundo.
(Tiago recebe os materiais, assenta-se junto à mesa e começa a escrever. Ellen, por sua vez, assenta-se na cadeira de balanço e lê a Bíblia.)

TIAGO EDSON WHITE: Sou o filho mais velho desse casal. Chamo-me Tiago Edson, mas todos me chamam de Edson, para não confundir com o meu pai. Meu segundo nome foi dado em homenagem a Hiram Edson, o homem que, no dia seguinte ao desapontamento, discerniu a doutrina do santuário. Tive mais três irmãos, mas fui eu quem deu mais trabalho aos meus pais. Fui uma criança peralta e um adolescente rebelde. Mas quando meu irmão Henry, aos 16 anos, estava para morrer, disse que queria falar comigo e com meu irmão Willie. Ele pediu-nos perdão pelas vezes que nos maltratara. Pediu ainda que nos reconsagrassemos a Deus. Ele sentia sua consciência pesada por pecados cometidos. Mas mamãe o confortou, e tomando suas mãos, lhe disse: "Filho, Jesus e Amigo dos pecadores! Ele veio para salvar você”. Ele sentiu paz. Nos seus últimos momentos, ele se dirigiu a mamãe e disse: "Mamãe, eu a encontrarei no Céu, na manha da ressurreição, pois sei que você estará ali." Depois, deu um beijo de despedida em cada um de nos e, indicando o Céu, balbuciou: "0 Céu e encantador"! Estas foram suas ultimas palavras. Eu verei meu irmão outra vez.
Mais tarde, tornei-me um pastor, como meu pai, e fui o primeiro pastor adventista a pregar aos negros, descendentes dos escravos, no Sul dos Estados Unidos.

ELLEN WHITE: Ainda jovem, fui chamada pelo Senhor. Ele me susteve e preparou-me para ser Sua mensageira. Meu nome e Ellen Gold White. Recebi de Deus varias visões, sonhos, e escrevi dezenas de livros e cartas com o propósito único de orientar o povo de Deus na Terra. Alem de escritora, fui dona de casa, conselheira, pregadora, enfermeira, líder, mãe, esposa, sofredora, preocupada, pioneira e profetisa do movimento adventista e mensageira de Deus por 70 anos. 0 Senhor usou esta serva com o mesmo Espírito que orientou a divulgação das boas novas através dos séculos.
Ao recapitular a nossa historia passada, havendo revisado cada passo do progresso ate o nosso nível atual, posso dizer: louvado seja Deus! Ao ver o que Deus tem obrado, encho-me de admiração e de confiança na liderança de Cristo. Nada temos que recear quanto ao futuro, a menos que esqueçamos a maneira em que o Senhor nos tem guiado, e os ensinos que nos ministrou no passado”.

Voz Oculta Masculina: Hoje e um dia muito especial. Estarão reunidos na galeria de heróis todos os que viveram a santidade da sublimação e da fé. Estão sendo esperados famosos heróis e pioneiros do passado. Homens e mulheres tais como: Abraão, Abel, Noé, Débora, Rute, Davi, Josué, Eliseu, Isaias, Paulo, Madalena e tantos outros. Todos já confirmaram presença. Será o encontro dos séculos! 0 encontro dos pioneiros!

Passagem Musical - aumentar o volume
(0 portal se abre. Dois anjos ficam a entrada. Intercalar os personagens bíblicos com os pioneiros. Só os personagens bíblicos falam, em seguida recebem a coroa e passam. Tiago White entra e observa a cena.)

JOAO BATISTA: Abandonei o mundo para ser a "Voz que clama no deserto". Eu vi o "Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo".

ESTER: Arrisquei o trono por amor do povo de Deus. Sou Éster. Estive disposta a morrer.

ABRAAO: Confiei no amor, na bondade e na misericórdia de Deus. Sou Abraão, pioneiro da fé, o amigo de Deus.

DORCAS: Dei alimentos aos pobres, dei roupas aos esfarrapados. Fui pioneira em ajudar aos outros. Sou Dorcas.

ESTEVAO: Eu vi os Céus se abrirem e o Filho de Deus em pe ao lado do trono do Pai. Sou Estevão. Fui o primeiro cristão a ser apedrejado por amor a Cristo.
(Depois que passarem todos os personagens, o anjo acena para Tiago White como Lhe perguntando "E você, quem e?" Tiago pergunta em sinais se e com ele. Então, responde:)

TIAGO WHITE: Um dia, estendi as mãos e dediquei a minha vida ao Senhor, para fazer as tarefas humildes. Sem nome, sem titulo, sem fama, sai pelas ruas, pelos caminhos, pelos vales, pelos atalhos, em busca de homens e mulheres para o reino de Deus.

Voz oculta: Bem este servo bom e fiel. Entra no gozo de teu Senhor.

Diretor JA
Jovem, contemple a galeria dos que trilharam os caminhos de Deus sob o olhar de Jesus, a voz de Jesus, a mão estendida de Jesus. Porque, nessa galeria de heróis, ha um lugar para você também!

As trevas que cobrem nosso mundo atual são densas, mas logo irão se dissipar.


A gloria da volta de Jesus ira romper a escuridão, e entre as tristezas e ansiedades dos seres humanos brilhara o resplendor imaculado do trono do Cordeiro.


PIONEIROS BEM HUMORADOS

Objetivos do Programa


Conhecer fatos interessantes sobre os pioneiros da igreja adventista;saber que foram pessoas bem humoradas e dignas de serem imitadas.

Introdução
Muitas vezes pensamos que os pioneiros de nossa igreja foram pessoas de rosto fechado, de cenho franzido, que pregavam com entusiasmo a segunda vinda de Cristo, mas que ao mesmo tempo estavam prontos a censurar sem piedade os erros alheios.
O programa de hoje está dedicado a mostrar o outro lado desses homens e mulheres. Ao finalizar, com certeza você terá uma outra idéia deles.

BARBUDOS OU BARBEADOS?

O pastor Urias Smith durante muito tempo foi editor da revista The Aduent Reuiew and Sabboth Herald. Essa revista incluía artigos teológicos, mas também apresentava temas cotidianos, além de respostas a perguntas feitas pelos leitores. Um dos temas que foi discutido várias vezes era se o homem devia ou não usar barba.


A isso, o pastor Urias Smith respondeu: “... a argumentação que se desenvolve é que se barbear é perder a beleza divina do rosto humano como Deus o desenhou, mas devemos recordar que aos olhos de muitos um bigode saliente e uma barba abundante faz o homem parecer-se com um velho patriarca, ou muito mais que isso. Deixem que cada um forme seus próprios e corretos pontos de vista sobre o decoro e procure agir de acordo com eles; e se diante dessas circunstâncias sentem-se livres para barbearem-se, não devemos fazer nenhuma objeção.
O que o pastor Smith queria era explicar as coisas principalmente para aqueles que queriam se apegar em detalhes sobre os quais a Bíblia não diz nada.
Em outra ocasião o Pr. Smith escreveu: "não importa se um homem tem barba ou não. A Bíblia nada diz contra ou a favor dela".
Outro leitor certa vez mandou esta pergunta: "Reconheceremos uns aos outros no céu?"
O pastor respondeu: "Se as duas partes desejam reconhecer-se no céu, e ambos chegarem ali, não haverá nenhum problema. Mas se ambos não desejam reconhecer-se ou encontrar-se no céu, está bem claro que nenhum dos dois estará ali, e portanto não haverá nenhum perigo".
Em outra ocasião um leitor perguntou: "alguém está ensinando que o Espírito Santo é eletricidade. Ele será culpado do pecado imperdoável?" Urias Smith respondeu: "Seria dignificar muito essa questão chamar de pecado imperdoável. É simplesmente uma bobeira imperdoável." Algumas vezes o Pr. Smith escrevia com muito humor. Uma vez, junto com Jorge Amadon, escreveu um artigo irônico intitulado: "Um registro de algumas das soberbas e extravagâncias da igreja de Battle Creek". Concluíram dizendo: "E devemos confessar também que há alguns nesta igreja que usam `coisas artificiais' (naquela época, a pessoa que lia o artigo geralmente entendia que `coisas artificiais' referia-se a uma peruca). Três irmãos caíram nesse pecado. E o pior de tudo é que são nossos irmãos. Pensem em irmãos que usam coisas artificiais. E efetivamente, os irmãos Smith, Locwood e Byington usam pernas artificiais!”

Cabe esclarecer que esses três homens, entre os quais o próprio Pr. Smith, não tinham uma perna.



QUANDO PEDIRAM MUITO

Planejar congressos campais nunca foi fácil. E com certeza também não foi fácil planejar a campal de 1876, em Groveland, EUA, onde uma grande multidão era esperada. Mas fazer grandes planos nunca incomodou o pastor Esteban N. Haskell. Escolheram um bosque de pinheiros e carvalhos para o acampamento. Trilhos de trem que iam de Boston a Maine passavam de um lado do bosque. O local também situava-se próximo a um rio, portanto as pessoas poderiam vir de bote para as reuniões. Ao aproximar-se o evento, o Pr. Haskell elaborou uma lista de favores especiais que esperava obter da companhia ferroviária em benefício do congresso. Junto com outro jovem pastor, foram ver o Sr. Ferber, presidente da companhia ferroviária. A lista de coisas que o pr. Haskell desejava enchia duas folhas de papel ofício. Entre outras coisas, pedia passagens gratuitas para os convidados palestrantes, e que o custo da passagem fosse reduzido pela metade para os acampastes que vinham de longe. O pastor Haskell disse que precisaria de trens circulando no domingo também, como em todos os dias da semana, e precisaria de mais horários de viagens, além dos já existentes. Também disse que seria necessário construir uma estação e um encanamento extras.


O sr. Ferber deu uma olhada na lista e franziu um pouco a testa, mas poucos minutos de conversa com os pastores, o fizeram melhorar. Apertou uma campainha e chamou o encarregado da oficina. "Leve estes homens à oficina do gerente", ordenou.
O gerente leu a lista e depois disse: "Cavalheiros, por que não pedem o mundo?"
- Oh não, somos modestos! - respondeu o pastor Haskell.
No final, os dois pastores obtiveram tudo o que pediram. Apenas a estação de trem que foi construída não era tão grande como eles queriam.
E o que aconteceu na campal? Foi ali que na manhã de domingo, Ellen White falou sobre o tema da temperança cristã para mais de 2.000 pessoas, a maior multidão para a qual era já havia falado de uma vez.
Os barcos a vapor faziam o percurso duas vezes por dia, e de hora em hora no domingo. Dezoito trens faziam o percurso a cada dia, e todos paravam no local da campal. Os trens vinham com os 15 vagões literalmente repletos de pessoas. A estação ficava tão cheia que o guarda precisava subir no telhado para dar o sinal ao maquinista.
Seriam necessários 25 vagões para levar todas as pessoas que estavam esperando para o acampamento.
No fim, a modesta proposta do pastor Haskell tornou-se um verdadeiro êxito para todos.

VESTIDOS COMO ESPANTALHOS

Ellen White parecia divertir-se com a forma como algumas mulheres vestiam-se naquela época.


Uma vez escreveu: "As irmãs quando vão trabalhar não deveriam vestir-se com roupas que as deixam parecidas com espantalhos para assustar os corvos do milharal."
Certa vez Ellen White recebeu uma carta de uma amiga de infância, que estava no Japão.
Como se conheceram na juventude, a amiga não sabia que Ellen White tinha engordado com o decorrer dos anos. A amiga mandou-lhe um presente. O secretário de Ellen White, D. E. Robinson lembra-se do incidente: "O correio do meio-dia trouxe uma carta para a Sra. Ellen White vinda de sua amiga De Vinney,que estava no Japão. E como presente de aniversário, mandou um tipo de vestido para o calor. Ela experimentou e ficou pequeno.
Pediu-me que escrevesse à De Vinney dizendo que gostou muito do presente, mas que "havia muito mais peso sobre ela do que muita gente pensava". E isso era verdade em vários aspectos.
O BOM HUMOR DE ELLEN

May Lacey casou-se com Guilherme, o filho de Ellen White, na Austrália. Como era ser nora de uma profetisa? Em uma entrevista feita em 1968, ela recordou este incidente:


"Quando voltamos da Austrália para os Estados Unidos, nosso barco fez uma escala na ilha de Samoa. O pequeno bote que nos levou do barco até a terra não podia chegar até a praia, de forma que alguns habitantes da ilha se aproximaram para nos ajudar, já que nossos vestidos eram grandes e pesados.
Os nativos de Samoa eram vigorosos, e não usavam muitas roupas. Dois dos homens uniram seus braços formando uma cadeirinha e levaram Ellen White para a praia, onde ela se assentou sobre uma grande pedra.
Outro homem pegou minha filha de quatro meses, Graziela, em seus braços, colocou uma sombrinha sobre ela para protegê-la do sol e virou-se para que eu subisse em suas costas. Portanto, subi em suas costas agarrada com braços e pernas, e partimos. Quando Ellen White viu essa cena, riu sem parar. Riu tanto que até caiu da pedra onde estava sentada".

Conclusão

Felizmente alguém se deu ao trabalho de escrever esses e muitos outros incidentes que nos mostram que os pioneiros de nossa igreja eram pessoas de carne e osso, exatamente igual a nós.


Eles também sabiam rir das situações ridículas, desfrutar os prazeres inocentes e viver o dia-a-dia aproveitando as melhores partes.
Há pessoas que insistem em olhar sempre o lado ruim e escuro das coisas. Cristianismo não é isso, pelo contrário o lado bom nos ajuda a vislumbrar o melhor que está por vir, a ser otimistas e a valorizar as bênçãos presentes. Hoje conhecemos o humor de alguns dirigentes de nossa igreja. Esse humor é digno de imitação,
assim como seu zelo na pregação do evangelho e seus sacrifícios sem medida para que a obra de Deus seguisse adiante.



História do Ministério Jovem

Foi em 1852, quando Tiago White preparou as primeiras lições da Escola Sabatina para jovens, que a igreja começou a oferecer um programa mais voltado às necessidades dos jovens.


A preocupação mais efetiva, porém, surgiu em 1879 com dois garotos, Harry Fenner, de 17 anos, e Luther Warren, de 14. Eles queriam um movimento mais para jovens mais efetivo, e resolveram entrar em ação. Começaram organizando reuniões em Hazelton, Michigan, apenas para rapazes, num pequeno cômodo da casa dos pais de Luther. O objetivo deste primeiro grupo de jovens era promover o trabalho missionário, levantar fundos para a literatura missionária e promover a causa da temperança. Um pouco mais tarde, as moças também foram convidadas a participar, e as reuniões passaram a ser realizadas, então, no grande salão de uma casa, com alguns dos membros adultos da família.


A partir desta primeira sociedade de jovens, outras mais começaram a ser organizadas.


Em 1891 em Wisconsin, em 1893 em Lincoln (Nebrasca), até que em 1899 a Associação de Ohio em Mout Vernon criou oficialmente um departamento de jovens.


Pouco tempo depois, em 1901, a Associação Geral tomou as primeiras providências para a formação de uma organização de jovens oficial, aprovando o conceito da sociedade de jovens e recomendando que fosse formada uma comissão para estabelecer um plano de organização.


O Departamento de Escola Sabatina, dirigido pela Senhora Flora Plummer, passou oficialmente a coordenar a obra entre os jovens ao nível de Associação Geral. A Senhora Plummer coordenou o trabalho até 1907.


A organização definitiva de um departamento de jovens, a nível mundial ocorreu apenas no Concílio da Associação Geral realizado em Gland, Suíça, no início da primavera de 1907. Foi eleito M. E. Kern como diretor e Matilda Eridcson como secretária. No verão do mesmo, ano cerca e 200 obreiros se reuniram em Mount Vernon, Ohio, para uma convenção de jovens a fim de escolher um nome para o departamento e preparar outras recomendações.


Foram adotados, então, o Calendário da Devoção Matinal e o Clube do Livro dos Missionários Voluntários (MV), e o grupo votou observar o “Dia do MV” em cada igreja uma vez por ano. O nome finalmente escolhido para o departamento foi “Departamento dos Missionários Voluntários dos Jovens Adventistas do Sétimo Dia”. Através dos anos ele passou a ser conhecido como "Departamento MV", e a organização de jovens na igreja local foi chamada de "Sociedade MV". As reuniões públicas dos jovens passaram a ser designadas'' como "Programas MV".

A Primeira Guerra Mundial atrasou um pouco o desenvolvimento do ministério com os jovens, mas depois da guerra os líderes de jovens Adventistas usaram histórias, passeios a pé, jogos, artes, trabalhos manuais e acampamentos para atingir as necessidades dos jovens.

Em 1926, Já aconteceu o primeiro acampamento MV oficial realizado por uma Associação, em Townline Lake, Michigan, dirigido por Grover Fattic.

Já o primeiro congresso jovem MV aconteceu pouco depois, em 1928, em Chemnitz, Alemanha, na Divisão Central-Européia, e Steen Rasmussen era o líder de jovens. Depois de 41anos, em 1969, foi realizado, então, o primeiro Congresso Mundial de Jovens, em Zurich, Suíça, quando Theodore Lucas era o diretor mundial de jovens.


A mudança do nome de “Missionários Voluntários” (MV) para “Jovens Adventistas” (JA), como conhecemos hoje, aconteceu apenas em 1978.


Fonte : Pastor Erton köhler 

04 – EXERCICIO DE PSICOLOGIA

No aeroporto


Quatro amigos estão no aeroporto, esperando a hora de embarcar. Pelas informações abaixo, você seria capaz de dizer quem são esses quatro amigos, que idade cada um tem , que profissão cada um exerce e para qual Cidade cada um vai viajar?


1º César não é arquiteto e Fábio não é empresário.


2º O advogado não vai a Londres e o arquiteto não vai a Lisboa.
3º Quem vai a Nova Yorque tem 45 anos, cinco a mais de quem vai à Inglaterra.
4º O empresário não se chama César e não vai aos Estados Unidos.
5º Não é Fábio o banqueiro e também não é Fábio quem vai a Los Angeles.
6º O empresário é dois anos mais novo que o arquiteto.
7º César, que não é o banqueiro, não vai a Portugal.
8º Não é o advogado quem vai a Los Angeles.
9º Rodrigo não é o dono de banco e é três anos mais velho que Élcio.

 
Respostas:.

 

César tem 45 anos, é advogado e vai a Nova Yorque.


Fábio tem 40 anos, é arquiteto e vai a Londres.
Rodrigo tem 38 anos, é empresário e vai a Lisboa.
Élcio tem 35 anos, é banqueiro e vai a Los Angeles.


05 – TESTE DE OBSERVAÇÃO

Este é um rápido teste de inteligência, divertido e esquisito. Não há truques nesse teste.

Leia a sentença abaixo:

 
FINISHED FILES ARE THE RESULT OF YEARS OF SCIENTIFIC STUDY COMBINED



WITH THE EXPERIENCE OF YEARS.

 

 



 

Agora conte APENAS UMA VEZ os numero de letras "F" na sentença.

A SEGUNDA CONTAGEM NÃO VALERÁ!

A resposta está abaixo.

 

Resposta:

Ha seis F's na sentença. Pessoas com inteligência mediana acham três deles.

Se você achou quatro, esta acima da media.

Se você achou cinco, pode torcer o nariz na frente de quase todo mundo.

Se você achou os seis, você é um gênio!

Isto não é uma pegadinha. Muitas pessoas não vêem a preposição "OF". O cérebro

humano tem a tendência de vê-los como "V", e não como "F".

Esquisito, mas interessante. Acabou de acontecer com você! Agora, se você ler de novo

vai encontrar todos os seis!



 06 – QUÃO ELEVADO É O SEU QI?

 Como você cria um espírito inovador? Cheque seu QI – Quociente de Inovação. Há pessoas que criticam o que está errado, pessoas que sugerem caminhos melhores para a realização do trabalho e pessoas que encontram um caminho melhor para fazê-las. Em que categoria você se encontra?

Faça esse teste rápido para conferir qual é seu Quociente de Inovação. Marque 3 para "sempre"; 2 para "algumas vezes"; 1 para "de vez em quando"; e 0 para "nunca".

 

___ 1. Você é um detetive? Olha sob a superfície para ver o que está acontecendo – problemas, tendências, reação dos outros?



 

___ 2. Você é um "inovador oportunista"? Encontra oportunidades para resolver problemas, criar desejos e satisfazer necessidades?

 

___ 3. Você é um estrategista? Gasta tempo redefinindo seus alvos, corrigindo sua rota e revisando os planos para concretizá-los?



 

___ 4. Você é um desafiador? Examina as pressuposições, as tendências, as crenças preconcebidas pelas fendas e oportunidades?

 

___ 5. Você tem inclinação para espião? Monitora ativamente as mudanças em seu campo, tais como a tecnologia, política ou atitudes para reconhecer a oportunidade logo que aparece?



 

___ 6. Você é um conector? Mantém seus olhos abertos aos conceitos que podem ser aplicados de um campo para o outro?

 

___ 7. Você assume riscos? Está disposto a desenvolver e a pôr em prática suas próprias idéias.


___ 8. Você é intuitivo? Confia que seus sentimentos são verdadeiros?

 

___ 9. Você é um simplificador? Consegue reduzir as decisões complexas a poucas questões quando vê o "quadro todo"?



 

___ 10. Você supre as necessidades? Busca a necessidade humana por trás das estatísticas?

 

___ 11. Você é um visionário? Pensa mais longe do que a maioria dos seus colegas? Pensa em termos de longo prazo? Descreve sua visão para os outros?



 

___ 12. Você possui muitos conhecimentos? Busca informação e faz pesquisa para ter argumentos a seu favor? Emprega a informação criativamente?

 

___ 13. Você é ávido por ouvir a seu respeito? Anseia ouvir dos outros sobre seus pontos cegos? Você acata as "melhores idéias" dos outros?



 

___ 14. Você é um transmissor de novas idéias? Você mantém muitos contatos com quem partilha pensamentos, fica entusiasmado com uma nova abordagem ou idéia? Você busca outras pessoas inovadoras?

 

___ 15. Você é um futurista? Você se destaca na discussão, com um grupo de pessoas, sobre o futuro? Você é fascinado pelo futuro?



 

___ 16. Você aprecia a leitura? Devora livros, revistas, artigos sobre histórias de sucesso, inovações em geral, especificamente em seu campo de interesse?

 

____ Total dos Pontos



 

Uma pontuação de 41-48 mostra que você se deteve o suficiente em sua busca de uma visão para responder a essas perguntas. Algum dia veremos seu nome brilhar. 36-40 pontos mostram que você está pronto para ingressar na equipe dos "descobridores". 30-36 você é uma pessoa ciente, disposta e que dá suporte. Abaixo de 29 você mantém e conserva o passado. Seus talentos parecem estar em outras áreas.


DESAFIOS PERMANENTES


Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   37


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal