Perfis a serem trabalhados exemplos: Adriana Esteves Sexo



Baixar 0.7 Mb.
Página2/6
Encontro29.11.2017
Tamanho0.7 Mb.
1   2   3   4   5   6


Apaixonado por cinema desde os 12 anos, quando ganhou do pai uma filmadora, Fernando Meirelles montou um filme, em vez de uma maquete, para apresentar seu projeto urbanístico na conclusão do curso de arquitetura da Universidade São Paulo. Tirou a nota mínima, conseguiu se formar, mas nunca exerceu a profissão. No final da década de 80, abriu com colegas a produtora Olhar Eletrônico, focada em videoarte. O selo de produções independentes durou quase dez anos. Em 1990, inaugurou a O2 Filmes, produtora que ganhou destaque no mercado publicitário. O cinema autoral veio com alguns curtas e com Domésticas, de 2001. Mas foi quando Cidade de Deus recebeu quatro indicações ao Oscar em 2004, incluindo a de melhor diretor, que o nome de Meirelles passou a valer ouro. Logo depois do filme, recebeu 48 roteiros para escolher quais deles queria dirigir. Seus títulos seguintes contaram com estrelas internacionais como  Julianne Moore, Danny Glover e Rachel Weisz, e com o inglês como língua oficial. O Jardineiro Fiel, que trata do uso de cobaias humanas pela indústria farmacêutica na África, e Ensaio Sobre a Cegueira, baseado no livro homônimo de José Saramago, são dois filmes de boa carreira internacional. Dirigiu o filme usado pelo Brasil quando o país concorreu à sede dos Jogos Olímpicos de 2016.


Principais trabalhos:

Cinema: Menino Maluquinho 2 – A Aventura (1998), Domésticas (2001), Cidade de Deus (2002), O Jardineiro Fiel (2005), Ensaio Sobre a Cegueira (2008), Som e Fúria – O Filme (2009)

Séries de TV na Globo: Brava Gente (2001), Cidade dos Homens (2002), Som e Fúria (2009)

Outros programas: Rá-Tim-Bum (Cultura, 1989)



Fiuk

Sexo: Masculino

Data de nascimento: 25/10/1990

Signo: Escorpião

Profissão: Cantor e Ator

Fiuk é o apelido que Felipe Kartalian Ayrosa Galvão, herdeiro de Fábio Jr., ganhou do filho do jardineiro quando ainda morava com a família em Alphaville, um condomínio da Grande São Paulo. Usou-o como nome artístico e deu sorte: o jovem ator e músico alcançou um sucesso tremendo na 17 ª temporada de Malhação, em 2010. Nesse mesmo ano, conquistou elogios por sua atuação no cinema em As Melhores Coisas do Mundo, filme dirigido pela diretora Laís Bodanzky. Ao contrário do pai cantor, que acumulou boas novelas no currículo, Fiuk esnobou a TV para tentar carreira nos palcos. Foi vocalista das bandas No Name e Hori – cujo sucesso foi catapultado por sua participação em Malhação –, e desde dezembro de 2010 canta solo. Por onde passa, arrasta uma legião histérica de fãs de seu estilo rock’n’roll supercolorido. Lançou inclusive uma linha de roupas – com peças até para mulheres. E, com tão pouco tempo de estrada, achou que já tinha assunto suficiente para uma autobiografia, lançada em 2010. O cantor namora a produtora de moda Natália Frascino há quatro anos. 

 

Principais trabalhos:

 

Novelas na TV Globo: Malhação ID (2010), Aquele Beijo (2011)



 

Outros programas: Tal Filho, Tal Pai (Globo, 2010)

 

Álbuns: Hori (2009), Sou Eu (2011)



 

Cinema: As Melhores Coisas do Mundo (2010)

 

Livros: Diário do Fiuk (2010)



Gael García Bernal

Sexo: Masculino

Data de nascimento: 30/11/1978

Signo: Sagitário

Profissão: Ator

O começo de carreira aconteceu aos 14 anos, em uma telenovela mexicana. Depois, incentivado pelos pais, que também atuavam, foi estudar na Central School of Speech and Drama, em Londres. Fluente em inglês e espanhol, também arranha o português, o francês e o italiano. Talvez essa capacidade de galantear em cinco idiomas tenha alguma influência no sucesso entre as mulheres. O fato é que o ator mexicano Gael García Bernal é um destruidor de corações. Quando filmou O Passado, em 2007, o diretor Hector Babenco disse que Bernal “namorou” quase todas as atrizes do set. Ex de Natalie Portman, casou-se e teve um filho com a também atriz Dolores Fonzi, de Plata Quemada. O talento de Bernal o tornou queridinho de diretores consagrados, como Walter Salles (que o escalou para viver o jovem Che Guevara em Diários de Motocicleta), Alexandre González Iñárritu (em Amores Brutos e Babel), Pedro Almodóvar (em Má Educação), Fernando Meirelles (em Ensaio Sobre a Cegueira), Michel Gondry (em Sonhando Acordado), entre outros.



Principais trabalhos:

Cinema: Amores Brutos (2000), E Sua Mãe Também (2001), O Crime do Padre Amaro (2002), Diários de Motocicleta (2004), Má Educação (2004), Sonhando Acordado (2006), Babel (2006), O Passado (2007), Ensaio Sobre a Cegueira (2008)

Novelas: Vovô e Eu (Televisa, 1992),

Outros programas: Fidel (2002)



Gilberto Braga
Sexo: Masculino

Data de nascimento: 01/11/1945

Signo: Escorpião

Profissão: Autor

Gilberto Braga estudou Letras na PUC-Rio, deu aulas na Aliança Francesa e foi crítico de teatro e cinema do jornal O Globo. Quando chegou à TV Globo, em 1973, ficou um ano trabalhando com adaptações de casos especiais até estrear na colaboração de telenovelas. Seu primeiro trabalho no gênero foi Corrida do Ouro, de 1974, escrita com Lauro César Muniz e Janete Clair. A diversidade de temas e formatos é uma característica importante de sua obra. Gilberto Braga fez novelas e minisséries de fundo político (O Dono do Mundo, Pátria MinhaAnos Rebeldes), de época (Escrava Isaura, exportada para 100 países) e de enredo musical (A, E, I, O... Urca). Isso sem falar de Dancin’ Days, uma história de rivalidade entre duas irmãs que acabou sendo lembrada pela febre da meia de lurex, uma das modas lançadas pela personagem de Sônia Braga na telenovela de 1978. Outra marca do trabalho de Braga são as intrigas familiares impulsionadas por questões financeiras: são inesquecíveis a filha que deixa a mãe na miséria em Vale Tudo, a gêmea má que rouba o marido rico da boa em Paraíso Tropical e os irmãos briguentos de Insensato Coração.



Principais trabalhos:

Novelas: Corrida do Ouro (1974), Escrava Isaura (1976), Dona Xepa (1977), Água Viva (1980), Brilhante (1981), Vale Tudo (1988), O Dono do Mundo (1991), Pátria Minha (1994), Força de um Desejo (1999), Celebridade (2003), Paraíso Tropical (2007), Insensato Coração (2011)

Séries de TV na Globo: Anos Dourados (1986), O Primo Basílio (1988), A, E, I, O... Urca (1990), Anos Rebeldes (1992), Labirinto (1998)

Helena Ranaldi

Sexo: Feminino

Data de nascimento: 24/05/1966

Signo: Gêmeos

Profissão: Atriz

A personagem que não se desgruda da imagem da atriz paulistana Helena Ranaldi, certamente, é a da professora de educação física Raquel, de Mulheres Apaixonadas, que se envolvia com um aluno e comia o pão que o diabo amassou nas mãos do marido violento vivido por Dan Stulbach. Coincidentemente, a atriz também estudou educação física, mas não chegou a terminar o curso. Helena chegou a São Paulo depois de vencer um concurso de modelos (ela foi classificada entre as cinco finalistas do Supermodel of the World), porém, também não seguiu carreira nas passarelas: com o dinheiro da classificação, fez um curso de teatro e se mudou para o Rio de Janeiro. O primeiro papel em novelas foi em A História de Ana Raio e Zé Trovão, na extinta TV Manchete, em 1990. Na Globo,  participou de alguns episódios de Você Decide, integrou o elenco de minisséries (Presença de Anita  e Um Só Coração) e encarou a primeira protagonista (Clara Gouveia em Coração de Estudante). Ex-mulher do diretor global Ricardo Waddington, com quem teve um filho, Helena foi casada também com o músico Max Sette, da big band Orquestra Imperial. Em dezembro de 2007, apareceu nas páginas policiais, em sinal de alerta: durante um assalto na Linha Amarela, teve o seu Pajero alvejado. Como o automóvel era blindado, Helena não se machucou. A atriz continuou morando no Rio. 


Principais trabalhos:

Novelas na TV Globo: Despedida de Solteiro (1992), Olho no Olho (1993), Quatro por Quatro (1994), Anjo de Mim (1996), Laços de Família (2000), Coração de Estudante (2002), Mulheres Apaixonadas (2003), Páginas da Vida (2006), A Favorita (2008)

Séries de TV na Globo: Um Só Coração (2004), Presença de Anita (2001)

Cinema: Bodas de Papel (2008)

Teatro: Os Sete Gatinhos (1998), Bonitinha, Mas Ordinária (2000)

Hugh Jackman

Sexo: Masculino

Data de nascimento: 12/10/1968

Signo: Libra

Profissão: Ator

Hugh Michael Jackman era quase quarentão quando começou no cinema. O ator formou-se em jornalismo na Universidade de Tecnologia de Sidney e só depois decidiu cursar teatro na Academia de Artes Dramáticas da Austrália Ocidental. Filho de pais ingleses radicados na Austrália, Jackman recebeu o diploma de ator em 1995 e logo foi escalado para o seriado local Corelli. Ainda na Oceania, fez a adaptação de A Bela e a Fera e Oklahoma!, e os filmes Herói de Folhetim e Erskineville Kings. Contudo, fama e reconhecimento mundiais vieram somente como o mutante Wolverine, de X-Men – O Filme, de 2000. Sua atuação como o herói de esqueleto indestrutível e capacidade de se regenerar de ferimentos rapidamente é considerada por críticos e fãs dos quadrinhos da Marvel como um dos pontos altos da adaptação. Tanto que no segundo filme da série, de 2003, Wolverine teve mais destaque e, seis anos depois, ganhou uma fita só dele. Na vida real, Hugh tem pouco do animalesco personagem: romântico (casou-se atriz Deborra-Lee Furness, que conheceu nos bastidores de Corelli), ele mesmo desenhou o anel de noivado e escolheu a frase em sânscrito da aliança de casamento (“Nós dedicamos nossa união a uma força maior”). Em casa, Jackman toca guitarra e piano para relaxar, pratica golfe e windsurfe, e dedica seu tempo livre aos filhos Oscar Maximiliano e Ava Eliot, ambos adotados. Em 2002, foi indicado ao Globo de Ouro por Kate & Leopold e apresentou a cerimônia do Oscar.


Principais trabalhos:

Cinema: Herói de Folhetim (1999), Erskineville Kings (1999), X-Men: O Filme (2000), A Senha: Swordfish (2001), Kate & Leopold (2001), X-Men 2 (2003), Van Helsing: O Caçador de Monstros (2004), X-Men 3 – O Confronto Final (2006), Fonte da Vida (2006), O Grande Truque (2006), Scoop – O Grande Furo (2006), Austrália (2008), X-Men Origens: Wolverine (2009), X-Men: Primeira Classe (2011)



Séries de TV: Corelli (1995)

Teatro: A Bela e a Fera (1996), Oklahoma! (1998)

Isabeli Fontana

Sexo: Feminino

Data de nascimento: 04/07/1983

Signo: Câncer

Profissão: Modelo

Finalista do Elite Model Look Contest aos 13 anos, Isabeli Fontana foi para Milão em 1997 e, dois anos depois, posou para a Victoria's Secret. Na sequência, assinou contratos com grifes de renome, como Versace, Ralph Lauren e Valentino. Nessa época, era muito comparada à modelo francesa Laetitia Casta, que hoje é atriz. Fora o corpo perfeito, os olhos azuis e a boca sensual, Isabeli chama atenção também pelos romances que movimentam sua vida pessoal: ex-mulher do também modelo Álvaro Jacomossi (com quem teve Zion em 2003) e do ator Henri Castelli (pai de Lucas, nascido em 2006), ela já se envolveu com o empresário Ricardo Mansur e Marcelo Falcão, vocalista de O Rappa. Em 2012, após noivar na Jamaica com Rohan Marley, filho de Bob Marley, marcou casamento na Etiópia para o mesmo ano. Em relação ao futuro, quando não estiver mais desfilando, Isabeli é categórica: não pensa em ser atriz. “Meu sotaque é muito forte, odeio quando falo na TV”, já declarou. Quer voltar a estudar e fazer artes plásticas. Poderá fazer o que quiser, sem preocupações financeiras. Isabeli cobra 20 mil dólares por desfile, e pelo menos 50 mil dólares por uma sessão de fotos. Em 2007, segundo a revista Forbes, a topmodel tinha um patrimônio estimado em 3 milhões de dólares. Em 2008, foi multada em 6,5 milhões de reais por sonegação de impostos.


Principais trabalhos e estreias:

Séries de TV: A Vida Alheia (Globo, 2010)

Desfiles: Versace, primeiro grande desfile (1999)

Ísis Valverde

Sexo: Feminino

Data de nascimento: 17/02/1987

Signo: Aquário

Profissão: Atriz

A mineira Ísis Valverde começou na televisão com o papel da misteriosa Ana do Véu, em Sinhá Moça. Durante os 32 capítulos iniciais da trama, a personagem aparecia sempre com um véu no rosto, por conta de uma promessa feita por sua mãe, interpretada por Gisele Fróes. Quando finalmente tirou o lenço, a moça se libertou e até acabou casando com um rapaz diferente do que lhe fora prometido. O próximo trabalho de Ísis foi quase o oposto: mostrou o rosto e também o corpo como a prostituta Telma em Paraíso Tropical, mas só por dez capítulos. Ísis recebeu quatro prêmios por sua atuação em Beleza Pura, novela de 2008 de Andrea Maltarolli, como a espevitada Rakelli: Prêmio Extra de Televisão, como melhor atriz coadjuvante; Meus Prêmios Nick 2008, como atriz favorita; Personalidade do Ano - IstoÉ Gente, na categoria Revelação; e Prêmio Minha Novela, do site M de Mulher, da Editora Abril, também como atriz coadjuvante. Depois disso, a atriz intercalou personagens provocantes e comportadas até chegar em Suelen, de Avenida Brasil. No cinema, interpretou Maria Lúcia em Faroeste Caboclo, filme de 2012 inspirado na música homônima da banda Legião Urbana. Com todo esse trabalho, o namoro de Ísis com o produtor de TV Tom Rezende chegou ao fim, depois de um ano e meio. O rapaz, que mora em São Paulo, viajava quase todo fim de semana para o Rio de Janeiro para visitar a namorada. Segundo assessoria de imprensa de Ísis, o romance chegou ao fim “por um desgaste natural”.

 

Principais trabalhos:

Cinema: Faroeste Caboclo (2012)

Televisão: Sinhá Moça (2006), Paraíso Tropical (2007), Beleza Pura (2008), Caminho das Índias (2009), Ti-Ti-Ti (2010), As Brasileiras (2012), Avenida Brasil (2012)
Ivete Sangalo

Sexo: Feminino

Data de nascimento: 27/05/1972

Signo: Gêmeos

Profissão: Cantora

Na época da Banda Eva, Ivete fazia 30 shows por mês. Todos sabiam cantar músicas como Flores e Me Abraça, e o grupo ultrapassou a marca de 3,5 milhões de discos vendidos. Toda essa experiência deu à cantora, que deixou o grupo em 1999, o know-how para ganhar o Grammy Latino de 2005, na categoria de melhor álbum brasileiro regional ou de raízes; virar recordista do Prêmio Multishow; e emplacar mais de quarenta hits, com destaque para Se Eu Não Te Amasse Tanto AssimFesta e Cadê Dalila? – todos na boca do povo. Mas a biografia de Ivete Maria Dias de Sangalo, nascida em Juazeiro, interior da Bahia, é pontuada por dificuldades e tragédias. Em 1985, perdeu o pai, Alsus. No ano seguinte, o irmão Marcos, atropelado. Antes da fama, foi modelo e vendedora. Começou a cantar em bares, um caminho natural para quem tocava violão no colégio e percussão nos saraus familiares. Em 1993, em uma festa no Morro do Chapéu, Ivete conheceu o produtor Jonga Cunha, que estava fundando a Banda Eva. Depois de seis intensos anos como a cantora de axé music mais famosa do Brasil, decidiu sair. A carreira de Ivete é recheada de números impressionantes. Vendeu mais de 750.000 DVDs de seu show no Maracanã em 2006 e, somando todos os CDs, DVDs e coletâneas que lançou, ultrapassa as doze milhões de unidades. Ivete é a única artista a ter participado de todas as quatro edições do Rock in Rio Lisboa e, na sua última participação, cantou para 80 mil pessoas. Na vida pessoal, namorou pelo menos cinco famosos: Luciano Huck, Davi Moraes, Marcus Braga, Malvino Salvador e Felipe Simão. Mas o filho Marcelo, nascido em 2009, ela teve com um ilustre desconhecido, o nutricionista Daniel Cady. 



Principais trabalhos:

Álbuns: Banda Eva (1993), Pra Abalar (1994), Hora H (1995), Beleza Rara (1996), O Melhor da Banda Eva (1997), Banda Eva Ao Vivo (1997), Eva, Você e Eu (1998), Ivete Sangalo (1999), Beat Beleza (2000), Festa (2001), Se Eu Não te Amasse Tanto Assim (2002), Clube Carnavalesco Inocentes em Progresso (2003), MTV Ao Vivo Ivete Sangalo (2004), As Supernovas (2005), A Arte de Ivete Sangalo (2005) Multishow ao Vivo – Ivete no Maracanã (2007), Perfil (2008), Sem Limite (2008), Veveta e Saulinho - A Casa Amarela (2008), Pode Entrar –  Multishow Registro (2009), Duetos (2010), Multishow Ao Vivo – Ivete Sangalo no Madison Square Garden (2010)

Séries de TV na Globo: Brava Gente (2000), As Brasileiras (2012)

Programas de TV na Globo: Planeta Xuxa (1998), Estação Globo (2004)

Novelas: Gabriela (2012)

Cinema: Simão, o Fantasma Trapalhão (1998), Xuxa Gêmeas (2006)



Javier Bardem


Sexo:
 Masculino

Data de nascimento: 01/03/1969

Signo: Peixes

Profissão: Ator

A interpretação do escritor Reinaldo Arenas em Antes do Anoitecer, de 2000, rendeu a Javier Bardem a primeira indicação de um espanhol ao Oscar de melhor ator e um elogio de Al Pacino gravado na secretária eletrônica. “Tenho a fita até hoje”, admitiu ao jornal The Guardian. Ex-jogador de rúgbi da seleção espanhola – o que lhe rendeu diversas fraturas no nariz - e pintor nas horas vagas, Javier Ángel Encinas é filho da atriz Pilar Bardem – com quem contracenou aos 11 anos em um pequeno filme espanhol e novamente aos 28, em Carne Trêmula, de Pedro Almodóvar. Conheceu sua mulher, a atriz Penélope Cruz, no terceiro filme dele, Jamón, Jamón, de 1992, e depois a encontrou novamente em Carne Trêmula, de 1997. O romance, porém, engrenou mesmo em 2008, nos bastidores de Vicky Cristina Barcelona, de Woody Allen. Quando não está em Madri, Bardem vem para o Brasil: já teve bar em Búzios em 1997, passou o réveillon de 2007 em Salvador e no ano seguinte trouxe Penélope para virar o ano em Fernando de Noronha.



Principais trabalhos:

 Jamón, Jamón (1992), Ovos de Ouro (1993), O Amante Bilíngue (1993), Dias Contados (1994), Boca a Boca (1995), Carne Trêmula (1997), A Segunda Pele (1999), Antes do Anoitecer (2000), Colateral (2004), Mar Adentro (2004), Sombras de Goya (2006), O Amor em Tempos do Cólera (2007), Onde os Fracos Não Têm Vez (2007), Vicky Cristina Barcelona (2008), Biutiful (2010)



Jennifer Aniston

Nome completo: ????
Sexo: Feminino
Data de nascimento: ????
Signo: ????
Profissão: ????
Cargo: ????

Jennifer Lopez

Nome completo: ????
Sexo: Feminino
Data de nascimento: ????
Signo: ????
Profissão: ????
Cargo: ????

Jesus Luz

Nome: Jesus Pinto da Luz

Sexo: Masculino

Data de nascimento: 15/01/1987

Signo: Capricórnio

Profissão: Modelo e DJ

No dia 15 de dezembro de 2008, a popstar Madonna já tinha feito um show da turnê Stick & Sweet no Rio de Janeiro e se preparava para o segundo, que aconteceria também no Maracanã. Aproveitou a tarde de segunda-feira para posar para o fotógrafo Steven Klein para um grande ensaio para a revista W, com a qual colabora esporadicamente. Durante as fotos, encantou-se por um modelo de olhos verdes, que estava ali por pura sorte. Jesus Pinto da Luz havia começado na carreira poucos meses antes. Posou como new face ao lado de Mayana Moura (ex-modelo da Chanel que depois foi a Melina Gouveia, de Passione) no catálogo do cabeleireiro Neandro Ferreira e só estava nas fotos de Madonna por ter sido selecionado por uma amiga, responsável pelo casting. A cantora encantou-se pelo rapaz e os dois formaram uma dupla com inegável apelo de marketing. Desfilaram pelo mundo inteiro, primeiro como melhores amigos, depois como namorados. Jesus trocou de agência, desfilou para Dolce&Gabanna, tornou-se DJ, lançou CD com seus remixes. Com o fim do romance, no segundo semestre de 2010, Jesus continuou a trabalhar como modelo e DJ, em bases modestas.



Principais trabalhos e estreias:
Publicações: Joyce Pascowitch, primeira capa brasileira (2009), L’Officiel, primeira capa estrangeira (2009)

Desfiles: Dolce & Gabbana, primeiro desfile internacional (2009)

Álbuns: From Light (2011)

Johnny Depp

Nome completo:

Sexo: Masculino

Data de nascimento:

Signo:

Profissão:

Cargo:

Julia Roberts

Nome: Julia Fiona Roberts
Sexo: Feminino

Data de nascimento: 28/10/1967

Signo: Escorpião

Profissão: Atriz

Julia Roberts tornou-se uma atriz mundialmente conhecida quando estrelou Uma Linda Mulher, em 1990. Mas ela já havia feito três filmes e sido indicada para o Oscar de melhor atriz coadjuvante por Flores de Aço, em 1989. Julia teve um início de vida difícil. Filha de uma secretária de paróquia e de um vendedor de aspiradores de pó, viu os pais se separarem quando tinha quatro anos e, em 1976, perdeu o pai vítima de câncer. Mudou-se para Nova York, vendeu sapatos e sorvetes e foi modelo da agência Click. Todo o dinheiro que ganhava era investido em cursos de interpretação. Mesmo sem ter terminado nenhum deles, Julia trilhou carreira de sucesso, e venceu o Oscar 2001 como melhor atriz por Erin Brockovich – Uma Mulher de Talento. Tem três filhos com o cinegrafista Daniel Moder: os gêmeos Hazel Patricia e Phinnaeus Walter, que nasceram em 2002, e Henry Daniel, de 2007.




Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal