Prefeitura municipal de cariacica



Baixar 192.54 Kb.
Página1/5
Encontro14.01.2018
Tamanho192.54 Kb.
  1   2   3   4   5

PREFEITURA MUNICIPAL DE CARIACICA


ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

fl.




CADERNO DE ENCARGOS E ESPECIFICAÇÕES ANEXO - I

OBRA DE 2ª ETAPA DA CONSTRUÇÃO DA EMEF IPIRANGA

RUA PROJETADA, BAIRRO IPIRANGA - CARIACICA/ES.
CADERNO DE ENCARGOS E ESPECIFICAÇÕES
ITEM 01 - CONSIDERAÇÕES GERAIS:
01.01 Consta a obra execução de 2ª Etapa de Construção da Escola Municipal de Ensino Fundamental – EMEF IPIRANGA, localizada à rua Projetada, bairro Ipiranga, Cariacica/ES, sendo composta do que segue abaixo:
Conclusão da obra do prédio principal da EMEF Ipiranga em 02 (dois) pavimentos, assim distribuídos:

  • Pavimento térreo: sanitários masc. e fem., vestiários masc. e fem., área de serviço, pré-preparo, depósito de merenda, cozinha, refeitório, pátio coberto, circulações, escada, biblioteca, informática, depósito de material didático, reprografia, professores, pedagogo, diretor e vice-diretor, secretaria, arquivo e acesso.

  • Pavimento superior: 09 salas de aula, multiuso, educação especial, sanitário especial coordenação e circulação. Consta ainda no projeto quadra de esportes, sala de atividades e as áreas não edificadas (pátios descobertos, jardins, caixa de areia e acessos externos).

Conclusão da obra de quadra esportiva coberta com arquibancada e edificação anexa a quadra em um pavimento destinada a Sala de Atividades para apoio pedagógico de atividades esportivas e ou extra-curriculares. Interligando o prédio da EMEF a Quadra em passarela coberta.


As áreas externas da escola deverá ser totalmente urbanizada conforme especificado em projeto, para uso de pátio descoberto e recreação, devendo ser dotada de piso pavimentado, jardins, parquinhos, etc.
Considerando a topografia do terreno e o desnível acentuado entre a cota final de piso das edificações e dos pátios cobertos em relação ao nível de ruas adjacentes serão construídos os muros de contenções e estabilização de taludes e acima destes muros e muretas /gradis no perímetro do limite do terreno conforme definido em projeto.
A seguir apresentamos o quadro de áreas da obra de Construção da EMEF:

Poligonal do Terreno: ....................................................A= 3.039,28 m²

Terreno EMEF (com recuos): ...................................... A= 2.686,18m²

Urbanização: ................................................................A= 1.678,24m²

Área total do prédio da EMEF.......................................A= 1.598,20m²

Área total de Edificação de Atividades:..........................A= 45,44m²

Quadra de Esportes Coberta:.........................................A= 501,50m²

Arquibancada Coberta: ..................................................A= 42,25m²

Passarela Coberta: ........................................................A= 12,00m²

Área total Construída......................................................A= 2.199,39m²



    1. A obra será executada obedecendo rigorosamente aos projetos executivos, caderno de encargos e especificações e planilha de orçamento.

01.03. Os materiais empregados na construção, a serem fornecidos pela Construtora, serão previamente submetidos à fiscalização para exame e aprovação e deverão ser comprovadamente de primeira qualidade, obrigando-se a construtora a retirar da obra os materiais impugnados pela fiscalização dentro do prazo máximo de 72 (setenta e duas) horas.

Os materiais deverão ser previamente aprovados pela fiscalização da PMC antes de sua aquisição. Para tanto, a firma contratada solicitará a aprovação dos mesmos por escrito, acompanhados de amostras, catálogos técnicos e especificações, cabendo a PMC definição em 05 (cinco) dias úteis após a apresentação dos referidos materiais através do protocolo da PMC.
01.04. A mão de obra a ser utilizada será também de primeira qualidade, executada com pessoal tecnicamente capaz e conhecedor de suas funções, objetivando-se com isso, obter o melhor acabamento possível.
01.05. Para execução da obra compreenderão o fornecimento e a montagem dos equipamentos, materiais , acessórios, transportes verticais, horizontais e fretes, inclusive todas as despesas diretas e indiretas, de mão-de-obra, assistência técnica, encargos sociais, seguros, ferramentas, impostos federais, estaduais, municipais.
01.06. A presente especificação de materiais, bem como todos os desenhos e memoriais respectivos, deverão ser usados em conjunto, pois se completam.

A firma construtora será responsável por qualquer serviço executado em desacordo com o projeto, correndo, por sua conta exclusiva a reconstrução do mesmo.

Destina-se ainda a dissipar quaisquer dúvidas que venham a surgir na interpretação dos desenhos, prevalecendo sempre as cotas do projeto.

À firma CONTRATADA caberá a responsabilidade integral por todos os serviços, durante o prazo previsto em lei, a contar da data de entrega definitiva da obra.

Excluir-se-ão da presente responsabilidade, defeitos, estragos, quebras ou falhas provocadas decorrentes do mau uso das instalações em questão.
01.07. Para execução da obra, necessário se faz, que a firma contratada mantenha um rigoroso controle do cronograma físico financeiro da obra, a ser apresentado juntamente com sua proposta de execução. O horário de execução da obra será de segunda a sexta feira em horário de expediente normal, porém se for necessário, a contratada colocará turnos de trabalho para o período extra expediente normal incluindo sábados domingos e feriados, para cumprir o prazo estipulado para a entrega da obra de 240 dias corridos, sem tal fato vir a gerar ônus a PMC, por motivo de atraso injustificável.
01.08. Durante a execução de todas as etapas da obra, deverá ser observada a legislação quanto a higiene, saúde e segurança do trabalho. Para tanto a firma contratada deverá manter na obra e utilizar os equipamentos de segurança necessários, incluindo ainda a utilização de andaimes tubulares com plataformas de madeira e tela de proteção com fornecimento do material necessário, para execução dos serviços na fachada da edificação e outros onde houver necessidade;
01.09. Não será permitido o início das diversas etapas sem serem observadas as recomendações previstas na legislação vigente.


    1. A CONTRATADA deverá fazer a limpeza periódica da obra com a remoção de sobras, entulhos, lixo.

01.11. A CONTRATADA deverá fornecer aos seus empregados e subcontratados uniformes, bem como todos os equipamentos de proteção individual e coletivo, necessários à execução dos serviços, de acordo com as leis, normas e portarias que regulam a segurança do trabalho, responsabilizando-se pela efetiva utilização dos mesmos.



ITEM 02 - ADMINISTRAÇÃO DA OBRA, DESPESAS GERAIS E INSTALAÇÃO DE CANTEIRO DE OBRA:
02.01 - A obra deverá ser administrada pela firma contratada através da equipe técnica e administrativa mínima, permanente e em tempo integral, abaixo discriminada cujo custo deverá estar incluso no BDI do orçamento proposto pela Contratada:

  1. Um engenheiro responsável residente

  2. Um mestre de obras permanente.

  3. Um almoxarife

  4. Um apontador

  5. Vigias noturnos e diurnos

02.02 – Deverá ainda ser considerado no valor da obra (incluso no BDI do orçamento proposto pela Contratada): medicamentos de emergência, consumo de combustíveis, consumo de energia e água, locação de equipamentos, fretes e carretos diversos, transporte de pessoal e material, locação de equipamentos diversos (betoneira, serra circular, maquina de corte e dobra de ferro, bancadas diversas, policorte, maquita, etc.), bem como colocação de placa da construtora e dos responsáveis técnicos conforme norma do CREA, para viabilizar o andamento normal da obra, e demais exigências dos órgãos competentes.


02.03 – Deverá neste item conter ainda:

  • Barracões de obras.

  • Execução de instalações de água, esgoto, luz e força, telefonia para viabilizar o funcionamento normal do canteiro de obra, devendo considerar :

- Reservatório de fibra de vidro 1000L, mínimo de 01 reservatórios, inclusive adaptadores com flanges de PVC e torneira de bóia de 3/4", elevado de 4m, em peças de madeira de 6x16cm, travadas com peças de 5x7cm.

- Rede de luz e força, inclusive padrão de entrada de energia elétrica trifásica, cabo de ligação até os barracões, chaves de força e iluminação externa, e ligação provisória de telefonia.

- Rede de água, inclusive o padrão de água com cavalete diâmetro 3/4" conforme especificação da CESAN, abrigo e alimentação para caixa d'água

- Rede de esgoto, contendo fossa e filtro, inclusive tubos e conexões de ligações entre caixas .


02.04 - Deverão ser consideradas também nesse item, as taxas de licença da obra, Anotação de Responsabilidade Técnica pela execução - ART, inscrição no INSS com CND - Certidão Negativa de Débito da obra após sua conclusão, cadastramento da obra Prefeitura, baixa na PMC e Certidão Detalhada , bem como aprovação dos projetos e licença para execução da obra, junto a PMC e seguro de responsabilidade civil, com vigência acima do prazo contratual. O seguro deverá ser efetuado logo após a assinatura do contrato de execução da obra.

Na obra deverá constar permanentemente o livro “Diário de Obra”, em 04 (quatro) vias.


02.05 - Deverá ser providenciado pela CONTRATADA, protocolo, laudo e certificado do Corpo de Bombeiros do Estado do Espírito Santo – “Habite-se”.
02.06 - Consta deste item a instalação provisória da obra com mobilização do pessoal e todos os serviços necessários a execução da obra e que atenta as exigências das Leis de Segurança do Trabalho.
02.07 - Deverão também ser consideradas a disponibilidade das cópias dos projetos excutivos e desmobilização do canteiro de obras. Correção e apresentação de projetos atualizados das instalações executadas, conforme o executado ‘AS BUILT’.

ITEM 3- PROJETOS EXECUTIVOS COMPLEMENTARES
Caberá a CONTRATADA a responsabilidade de adequação, se necessário, dos projetos executivos complementares na execução de obra de instalações elétricas, SPDA, instalações de telecomunicações/lógicas/sonorização/CFTV e alarme, instalações hidro-sanitárias e pluviais, e prevenção e combate a incêndio, utilizando como parâmetro o projeto padrão PMC que é parte integrante do referido processo de licitação (vide anexo), devendo os projetos complementares executivos conterem no mínimo o nível de detalhamento, de informação e especificação do projeto padrão, além de atenderem as exigências das normas técnicas pertinentes. Os projetos deverão ser entregues a PMC:

  • Projeto em tamanho A1 ou A0: 01 (uma) via completa no papel vegetal e mais 02 (duas) vias completas no papel sulfite;

  • Detalhes de projeto, caderno de detalhes, especificações, memórias de cálculo, textos, relatórios diversos: 02 (duas) vias completas dos cadernos de especificações.

Para análise e aprovação da PMC os referidos projetos deverão ser entregues (estudos preliminares) somente uma via em papel sulfit.

3.1 – Projeto Estrutural, inclusive Fundações
Os projetos executivos das estruturas de concreto armado, inclusive fundações diretas, bem como estrutura de muros de elevação diversos já se encontram concluídos.


3.1.2 – Fundações:
Os projetos, bem como os serviços em fundações encontram-se concluídas, desta forma, o projeto estrutural complementar será elaborado somente na eventual necessidade de adequação.
3.1.3 – Projeto Estrutural de Concreto Armado – Infra e Super Estrutura
Os projetos, bem como os serviços em estruturas encontram-se concluídas, desta forma, o projeto estrutural complementar será elaborado somente na eventual necessidade de adequação.

3.2 – Projeto Estrutura Metálica
Os projetos, bem como os serviços em estruturas metálicas encontram-se concluídas, exceto cobertura sobre sala de atividade e passagem entre bloco pedagógico e quadra, desta forma, o projeto estrutural complementar será elaborado somente na eventual necessidade de adequação.
3.3 - Projeto Hidrossanitário/Pluvial e Drenagem
Os projetos hidrossanitário encontram-se concluídas, faltando sua execução conforme projetados.

3.4 - Projeto Elétrico:
Os projetos elétrico encontram-se concluídas, inclusive instalações de eletrodutos, faltando instalação de aparelhos projetados e eventualmente reexecução de cabos e disjuntores que foram depredados.

3.5 – Projeto de SPDA – Proteção Contra Descargas Atmosféricas:
Os projetos de SPDA encontram-se concluídas, inclusive instalações de cabos de cobre nus, dos quais eventualmente deverá ser complementados.


3.6 - Projeto Telecomunicações – Telefone, Rede Lógica, Cabeamento Estruturado, CFTV, Alarme:
Elaboração e dos detalhamentos dos Projetos se encontram concluídos, entretanto, faltam toda sua execução.

3.7 - Projeto de Ar Condicionado
Projeto de ar-condicionado encontra-se concluídos, entretanto como sofreu depredação nos dutos diversos, o mesmo deverá ser reexecutados.
ITEM 4- LIMPEZA DO TERRENO E DEMOLIÇÕES
Deverão ser executadas demolições e retiradas de parte do muro executados em desacordo com o projeto, retiradas de tapumes e barracões não reaproveitados. Os materiais provenientes das demolições, limpeza do terreno deverão ser removidos para local a ser definido pela PMC, com DMT até 20Km.

ITEM 5 - MOVIMENTO DE TERRA
O terreno já sofreu os movimentos de terra necessários de forma a elevar o nível deste e atender os níveis finais do Projeto de Arquitetura, desta forma, restam apenas escavações para execução de obras complementares.


  1. Escavação manual de material de material de 1a categoria: trata-se do serviço necessário a execução de cavas de fundação ou valas em geral no terreno, cujos volumes escavados são de pequena monta só viável de execução de forma manual: Medição de praxe será o volume geométrico em m3 da cava de fundação, com apresentação de croquis da cava de fundação .




  1. Aterro com argila arenosa inclusive corte, carga e transporte e aquisição de material, espalhamento e compactação, tudo incluído: trata-se do serviço necessário para nivelamento do terreno conforme projeto.: medir o volume geométrico em m3 da área aterrada através de memorial descritivo.




  1. Aterro com areia com compactação hidráulica: este serviço inclui corte, carga e transporte e aquisição de material, espalhamento e adensamento do material pelo método de utilização de encharcamento com água e ainda utilização de placa vibratória: medir o volume geométrico em m3 da área aterrada através do memorial descritivo levantamento.




  1. Remoção do material decorrente das escavações: trata-se do serviço necessário a retirar da obra (bota fora) o excesso de material proveniente das escavações executas na obra, transportando estes até uma distancia de 20Km, cuja medição do referido serviço será o volume escavado multiplicado por 1,30 de fator de empolamento.




  1. Retirada de entulho, incluindo carga transporte e descarga, de material proveniente de capina e limpeza do terreno/demolições: trata-se do serviço necessário a retirar da obra (bota fora) o material proveniente capina e limpeza do terreno/demolições executas na obra, transportando estes até uma distancia de 20Km. A medição do referido serviço será apreciado individualmente para apuração do volume final de bota-fora.

A escavação manual para a execução da infraestrutura (sapatas/blocos, lajes de piso, cintas/vigas, pilaretes, contenções), aterros com areia e reaterros das fundações, bem como compactação de aterro, deverão ser executados de acordo com as Normas Brasileiras.

- material sem detritos vegetais;

- aterro em camadas de 25cm, convenientemente molhadas e fortemente apiloadas e/ou compactadas com equipamento mecânico;

- não será permitida a utilização de aterro com entulho, terra em decomposição ou misturada com materiais orgânicos.
Todo o serviço de aterro e reaterro deverão ser acompanhados por rigoroso controle tecnológico (ensaios e testes), conforme a ABNT e executado por firma especializada.

ITEM 6 - INFRAESTRUTURA E SUPERESTRUTURA
Maioria dos serviços em infra e superestrutura encontram-se concluídos.
- As fundações deverão ser executadas de forma a não abalar as construções existentes de modo que sejam evitadas quaisquer responsabilidades da contratada, quer sob o ponto de vista judicial, quer sob o ponto de vista criminal. Para tanto, deverá ser verificado e registrado com fotografias, a existência de trincas e danos nas referidas edificações, tomando-se assim todas as precauções necessárias antes do inicio da obra.
- O concreto deverá ser controlado por ensaios em corpos de prova, em laboratório especializado, sendo uma série de 04 (quatro) corpos, testados a 07 (sete) dias e 02 (dois) a 28 (vinte e oito) dias, para cada 30 m3 de concreto.

Deverá ser feito ensaios de determinação da resistência a traço de aço utilizado na estrutura.

O traço obedecerá a resistência mínima de 25MPa ou mais conforme indicado no projeto.
- A alvenaria estrutural, a serem executada na obra deverá ser em blocos de concreto estrutural preenchidos de concreto, na dimensão 15 x 20 x 40cm, fck=4,5Mpa, esp=15cm.

OBSERVAÇÕES GERAIS:
· Todas as cavas de fundação deverão ser convenientemente apiloadas para receber lastro de concreto FCK 130 Kgf/cm2 com 5,0cm de espessura antes da colocação de formas e ferragens.

· O concreto armado deverá ser executado com todo o cuidado, obedecendo as prescrições das normas e métodos da A.B.N.T e resistencia mínima de Fck = 25MPa. Para melhor desempenho do concreto armado e maior vida útil este deverá ter os seguintes cobrimento mínimos da armadura: lajes = 2,0cm, vigas = 3,0cm, pilares = 4cm

· Todos os elementos como brita, areia, cimento e água deverão ser da melhor qualidade.

· Na execução das formas deve-se considerar a reprodução fiel do desenho, a adoção de contra-flechas quando necessárias, nivelamento de lajes e vigas, suficiência de escoramentos, contraventamentos de painéis que possam se deslocar quanto ao lançamento do concreto, furos para passagem das tabulações, vedação, limpeza e uso de madeira de boa qualidade;

· Na execução da armadura deve-se levar em conta dobramento, número de barras e suas bitolas de acordo com o projeto, posição correta das barras, armação e recobrimento, sendo portando utilizado aço CA50.

· No amassamento, lançamento e adensamento do concreto deve-se seguir as prescrições das normas e métodos da A.B.N.T., de modo a assegurar perfeita homogeneidade e resistência, verificando-se:

1. o amassamento mecânico, sendo vedado o reamassamento;

2. o tempo máximo de 30 (trinta) minutos entre o amassamento e o lançamento do concreto;

3. a adição de impermeabilizantes à água de amassamento do concreto, destinado a caixa d'água, fossa e filtro.

4. a saturação das formas quando molhadas, antes do lançamento do concreto;

5. a posição da armadura durante o lançamento e adensamento do concreto;

6. a retirada das formas, após os prazos previstos pela A.B.N.T.;

7. o transporte e o lançamento do concreto, a fim de evitar a segregação das misturas ou perdas de seus elementos.

ITEM 7 - PAREDES E PAINÉIS:
Restam poucas alvenarias a completar.
As alvenarias serão feitas em tijolos furados de 10(dez) furos, bem molhados antes de seu uso e com suas fiadas perfeitamente alinhadas, niveladas e aprumadas, com juntas na espessura mínima de 12mm. Deve  ser utilizada argamassa mista de cal hidratada no traço 1:2:8.

Suas espessuras e elevações serão as constantes do projeto de arquitetura, sendo as últimas fiadas sob vigas ou lajes, assentes com tijolos comuns em forma de cunha, devendo para isto, o restante da alvenaria estar assente e a argamassa completamente curada 08 (oito) dias no mínimo.


Deverá ser executado ainda enchimentos em alvenaria para envelopamento de tubo de queda de água pluvial, utilizando argamassa de cimento e areia peneirada traço 1:3.
Será executado alvenaria em elemento vazado de concreto tipo cobogo cruzeta e/ou veneziano, dimensões e espessuras indicadas em projeto para vãos de ventilação permanente, a serem assentados com argamassa de cimento e areia, traço 1:4, espessura das juntas de 10mm .
As divisórias dos box dos sanitários e vestiários deverão ser em granito cinza andorinha esp. 3cm e altura de 1,80m, acabamento polido nas duas faces e fixadas com ferragens em latão cromado fabricação, IMAB, Dorma, ou equivalente.



Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal