Prefeitura municipal



Baixar 193.51 Kb.
Página1/2
Encontro15.04.2018
Tamanho193.51 Kb.
  1   2


Edital do Teste Seletivo Público Simplificado nº 001/2015-Edital 01.01/2015-Pág. /17






ESTADO DO PARANÁ

MUNICÍPIO DE RIO BONITO DO IGUAÇU

PREFEITURA MUNICIPAL





TESTE SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO Nº 001/2015

EDITAL Nº 01.01/2015

A Prefeitura Municipal de Rio Bonito do Iguaçu, por intermédio do Prefeito Municipal, da Comissão Organizadora do Processo Seletivo Público Simplificado e da Banca Examinadora, no uso de suas atribuições legais e em consonância com a Constituição Federal, Art. 37, a Lei Complementar Nº 043/2014 de 16 de Setembro de 2014, e, Inciso III do § 1º do Art. 51 e Inciso II do § 2º do Art. 51 da Lei Municipal nº 439/2003 de 1º de julho de 2003 e demais legislações pertinentes em vigor, faz saber a todos quanto o presente Edital vierem ou dele tomarem conhecimento, que fará realizar PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO DE PROVAS ESCRITAS E PROVAS DE TÍTULOS, objetivando a contratação em caráter emergencial para atendimento de serviços essenciais na administração municipal, de acordo com as condições estabelecidas neste edital e na legislação vigente.


1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1 - O Processo Seletivo Público Simplificado será realizado sob a responsabilidade da Comissão Organizadora do Processo Seletivo Público Simplificado e Banca Examinadora do Processo Seletivo Público Simplificado, designadas por meio dos Decretos nº 121/2015 e 122/2015, respectivamente, obedecidas as normas e condições deste Edital e seus anexos.

1.2 - O processo de que trata este edital se destina a selecionar candidatos para provimento temporário das funções a seguir descritas, visando suprir carências de natureza temporária no âmbito das Secretarias Municipais, com prazo determinado, em consonância com a legislação vigente.
2. DAS FUNÇÕES, NÚMEROS DE VAGAS, VENCIMENTOS, JORNADA DE TRABALHO, HABILITAÇÃO E VALOR DÂ INSCRIÇÃO
2.1 Encontram-se abertas, para preenchimento das vagas mediante Processo Seletivo Público Simplificado, as seguintes funções:

FUNÇÃO

VAGAS

REMUNERAÇÃO R$

CARGA HORÁRIA SEMANAL

ESCOLARIDADE

VALOR INSCRIÇÃO R$

Agente Comunitário de Saúde

01

1.096,84

40

Ensino fundamental completo (Residir na comunidade desde a data de expedição deste Edital conforme item 2.4 e 2.4.1)

40,00

Auxiliar de Consultório Dentário

01+CR

1.026,95

40

Ensino médio completo e curso de auxiliar de consultório dentário

50,00

Educador Físico*

01

2.820,70

40

Curso Superior em Educação Física com Bacharelado ou Licenciatura Plena com atuação Plena*

60,00

Instrutor de Banda

01

1.880,44

20

Ensino superior em licenciatura em música ou cursando licenciatura em música e conhecimentos de Teoria Musical e Instrumentação (Item 2.3)

60,00

Instrutor de Música

02

1.880,44

40

Ensino Médio completo e possuir certificados de curso específicos na modalidade (Item 2.2)

50,00

* Possuir registro no Conselho de Classe respectivo.

2.2 - Para a função Instrutor de Musica serão exigidos os seguintes documentos:

  1. Cópia de documento comprobatório de curso especifico;

  2. Cópia de documento comprobatório com experiência de no mínimo 06 (seis) meses de ensino na modalidade (declaração de empresa ou órgão).

2.3 - Para a função Instrutor de Banda serão exigidos os seguintes documentos:

  1. Cópia de documento comprobatório de curso de regência;

  2. Cópia de documento comprobatório de curso de harmonia musical;

  3. Cópia de documento comprobatório com experiência de no mínimo 5 (cinco) anos de ensino na modalidade (declaração de empresa ou órgão).

2.4 – Para os candidatos aprovados e convocados ao cargo de Agente Comunitário de Saúde - ACS, a Prefeitura Municipal de Rio Bonito do Iguaçu – PR irá fornecer o Curso introdutório de formação inicial e continuada de ACS, em local e horário a ser publicado através de Edital, sendo obrigatória a conclusão do curso, sob pena de desclassificação no processo seletivo.

  1. Os candidatos ao cargo de Agente Comunitário de Saúde deverão indicar na ficha de inscrição, a localidade em que pretendem atuar como agentes.

  2. Os candidatos ao cargo de Agente Comunitário de Saúde deverão residir, desde a publicação do presente edital, na localidade (bairro/distrito/localidade) em que pretendem atuar conforme especificado na tabela abaixo. A comprovação de residência será feita posteriormente no ato da contratação, mediante apresentação da conta de água, luz, telefone ou outro documento idôneo, conforme Lei Federal nº 11.350/2006.

  3. Quadro das subdivisões das localidades dos Agentes Comunitários de Saúde:


2.4.1 – Quadro das subdivisões das localidades dos Agentes Comunitários de Saúde:


REGIÃO

LOCALIDADE/ÁREA DE ATUAÇÃ

N.º VAGAS

CENTRO NOVO

AGUA MINERAL E PARTE DA IRMÃ DULCE

01


3. DA VALIDADE DO PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO

3.1 – O presente Processo Seletivo Público Simplificado terá validade por até 12 (doze) meses a contar da data de publicação da homologação do resultado final, prorrogável uma vez, por até igual período, a critério do Poder Executivo Municipal.

3.2 – A aprovação no Processo Seletivo Público Simplificado assegurará apenas a expectativa de direito à admissão, ficando a concretização deste ato, condicionado à observância das disposições legais pertinentes, da rigorosa ordem de classificação, do prazo de validade e a necessidade do serviço público.
4. DAS INSCRIÇÕES

4.1 – As inscrições deverão ser efetuadas pelo candidato, no período de 19 a 28 de agosto de 2015, das 8hs30min as 11hs30min e das 13hs às 17hs00min, na Sede da Prefeitura Municipal, junto ao Departamento de Recursos Humanos, sito à Rua Sete de Setembro, 720 - Centro – Rio Bonito do Iguaçu/PR.
4.2 – AS INSCRIÇÕES NO POSTO DE INSCRIÇÃO DEVERÃO SER INSTRUÍDAS COM A SEGUINTE DOCUMENTAÇÃO:

4.2.1 – Uma foto 3x4;

4.2.2 – Ficha de inscrição devidamente preenchida;

4.2.3 – Fotocópia legível de documento oficial de identidade com fotografia e fotocópia do CPF;

4.2.3.1 – Considera-se documento oficial de identificação: Registro Geral (RG), Carteira Nacional de Habilitação com foto, Carteira de Trabalho ou Carteira Profissional do Órgão de Classe.

4.2.4 – Procuração simples com firma reconhecida, anexa ao requerimento, caso a inscrição seja feita por terceiros.

4.2.5 – Comprovante de pagamento da taxa de inscrição.

4.2.6 – A taxa de inscrição deverá ser retirada no Departamento de Tributação e Fiscalização da Prefeitura Municipal e recolhida junto ao Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal ou seus respectivos correspondentes, através de GR (Guia de Recolhimento).

4.3 – O candidato deverá conferir os dados de sua inscrição antes do pagamento, observar sua disponibilidade de prestar o presente processo seletivo público e certificar-se de que preenche todos os requisitos necessários para a contratação, pois sob nenhuma hipótese, o valor pago, como taxa de inscrição será devolvido.

4.4 – Não serão admitidas, em nenhuma hipótese, duas ou mais inscrições do mesmo candidato às vagas/funções ofertados neste Edital.

4.5 – A efetivação da inscrição implica o conhecimento e a aceitação, pelo candidato, de todos os prazos e normas estabelecidos pelo presente Edital. A verificação em qualquer época de documentos falsos ou inexatos, ou falta de cumprimento às condições exigidas, acarretará no cancelamento da inscrição em qualquer momento, por decisão da Comissão Organizadora do processo seletivo, com posterior publicação. Cancelada a inscrição, serão anulados todos os atos dela decorrentes.

4.6- No ato da inscrição o candidato portador de deficiência ou não, que necessite de atendimento diferenciado no dia das provas deste teste seletivo ou prova diferenciada, deverá requerê-lo, por escrito, indicando as condições diferenciadas de que necessita para realização das provas, conforme

anexo III, devendo o mesmo ser anexado a Ficha de Inscrição.


5. DA ISENÇÃO DA INSCRIÇÃO

5.1 – Haverá isenção da taxa de inscrição, conforme decreto federal nº 6.593/2008.

5.1.1 – Conforme o Decreto Federal nº 6.593, de 02 de outubro de 2008, Art. 1º, ficam isentos do pagamento da taxa de inscrição neste Processo Seletivo Público, realizado no âmbito municipal, os candidatos que:

a) estiverem inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), de que trata o Decreto Federal n.º 6.135, de 26 de junho de 2007;

b) for membro de família de baixa renda, nos termos do Decreto n.º 6.135, de 26 de junho de 2007.

5.2 – O candidato que faz jus ao benefício deverá:

a) efetuar sua inscrição no Processo Seletivo Público Simplificado de 19 a 21 de agosto de 2015, e anexar junto a mesma os seguintes documentos:

1 - Preencher a declaração de que atende à condição estabelecida no item 5.1.1, “b”, conforme anexo III deste edital.

2- cópia autenticada do documento de identificação tipo RG.; cópia autenticada da Carteira de Trabalho – CTPS (páginas que identifiquem o candidato e caracterizem a sua situação de desemprego); declaração subscrita pelo interessado relatando sua situação de desemprego assinada por duas testemunhas ou comprovação de baixa renda, nos termos do Decreto Federal n. 6.135, de 26 de junho de 2007.



5.3 – A declaração falsa sujeitará o candidato às sanções previstas em lei, aplicando-se, ainda, o disposto no parágrafo único do art. 10 do Decreto n.º 83.936, de 6 de setembro de 1979.

5.4 – Não será aceita solicitação de isenção de pagamento de valor de inscrição via fax ou via correio eletrônico.

5.5 – A relação dos pedidos de isenção deferidos e indeferidos será divulgada, em mural na Prefeitura Municipal de Rio Bonito do Iguaçu/PR e no site deste Município www.riobonito.pr.gov.br no dia 26 de agosto de 2015.

5.6 – Os candidatos que tiverem seus pedidos de isenção indeferidos deverão efetuar o pagamento da taxa de inscrição até o dia 28 de agosto de 2015 , conforme procedimentos descritos neste edital.

5.7 – Não haverá recurso contra o indeferimento do requerimento de isenção da taxa de inscrição.

5.8 – A Comissão Organizadora deste Processo Seletivo Simplificado divulgará a homologação das inscrições, em mural na Prefeitura Municipal, no Órgão Oficial do Município, no prazo de até 2 (dois) dias úteis após o encerramento das mesmas.

5.9 – Havendo divergência nos dados cadastrais do candidato ou não encontrando o nome no Edital de Homologação das Inscrições, o candidato deverá entrar em contato com a Prefeitura Municipal - Departamento de Recursos Humanos, por meio do telefone (42) 3653-1122 ou pessoalmente, para comprovação de ter cumprido o estabelecido no item 4 e subitens e item 5 e subitens, conforme cronograma.

5.10 - O candidato que não acompanhar a homologação das inscrições e não tiver sua inscrição homologada NÃO poderá realizar a prova escrita. Caso sua inscrição seja homologada em outra função, ele somente poderá realizar a prova para a função onde constar o seu nome.

5.11 - O candidato, ao efetivar sua inscrição, assume inteira responsabilidade pelas informações constantes no Requerimento de Inscrição, sob as penas da lei, bem como assume que está ciente e de acordo com as exigências e condições previstas neste Edital, do qual o candidato não poderá alegar desconhecimento.

5.12 - É de inteira responsabilidade do candidato o acompanhamento dos Editais e demais comunicados (divulgação da homologação das inscrições, locais e datas das provas e outros) deste Processo Seletivo, que serão publicados no jornal Órgão Oficial do Município, afixado em mural no hall de entrada do Departamento de Recurso Humanos da Prefeitura Municipal de Rio Bonito do Iguaçu e no site www.riobonito.pr.gov.br.
6. DAS ETAPAS DO PROCESSO SELETIVO PÚBLICO

6.1 - O Processo de Seleção Pública para as funções de que trata este Edital terá as seguintes Etapas.

a) Primeira etapa: consistirá de Prova Escrita Objetiva, de múltipla escolha, com quatro opções (“a”, “b”, “c” e “d”) e uma única resposta correta, de caráter eliminatório e classificatório a ser aplicada para todos os candidatos.

b) Segunda etapa: consistirá de Prova de títulos de caráter apenas classificatório, para as funções de Educador físico.

c) Terceira etapa: consistirá em exame médico pré-admissional.

6.2 – As funções públicas de que trata este Edital serão providas mediante a contratação dos candidatos classificados, observada rigorosamente a ordem de classificação.
7 - DA PROVA ESCRITA

7.1 – A prova escrita objetiva será realizada no dia 13 DE SETEMBRO DE 2015, NO PERÍODO DA MANHÃ, NA ESCOLA MUNICIPAL RIO BONITO DO IGUAÇU – CERBI, SITO A AVENIDA XV DE NOVEMBRO - CENTRO – RIO BONITO DO IGUAÇU, PR, devendo os candidatos comparecer ao local da prova as 8h30min, pois os portões permanecerão abertos até as 9 horas (horário oficial de Brasília), horário após o qual não será permitido em hipótese alguma, o acesso de candidatos a sala de provas.

7.1.1– A prova escrita terá a duração improrrogável de 3 horas.

7.2 – O candidato deverá comparecer ao local da prova munido da ficha de inscrição, caneta esferográfica azul ou preta, sendo imprescindível a apresentação de documento oficial de identificação com fotografia para ingresso na sala de provas.

7.3 – Será excluído do Processo Seletivo, por ato da Comissão Organizadora do Processo Seletivo o candidato que cometer qualquer irregularidade constante do item 7.10 deste edital.

7.4 – Será de inteira responsabilidade do candidato o preenchimento correto do cartão de respostas, que será o único documento válido para efeito de correção da prova.

7.5 – Não serão computadas as questões não-assinaladas, assinaladas a lápis, assim como as questões que contenham mais de uma resposta, emenda ou rasura, ainda que legíveis.

7.6 – Ao entrar na sala o candidato receberá seu Cartão de Respostas, o qual deverá ser assinado e ter seus dados conferidos e, em hipótese alguma haverá substituição do cartão de respostas em caso de erro ou rasura do candidato.

7.7 – O candidato deverá transcrever as respostas da prova objetiva para o Cartão de Respostas, que será o único documento válido para a correção. O preenchimento do Cartão de Respostas é de inteira responsabilidade do candidato e deverá ser devidamente assinado e entregue ao fiscal de provas.

7.8 - Recomendamos aos candidatos que não levem telefones celulares ou outros equipamentos eletrônicos, bem como, livros, anotações, boné e óculos escuros, pois a Comissão Organizadora e a Prefeitura Municipal não se responsabilizam pela perda ou furto destes e outros materiais.

7.9 – Durante a realização da prova, não serão permitidas consultas de qualquer natureza, o uso de telefone celular, fones de ouvido, calculadora ou quaisquer outros aparelhos eletrônicos ou similares, bem como, tratar com descortesia os fiscais de provas ou membros da Comissão Organizadora do Processo Seletivo. Os celulares deverão ser desligados quando os candidatos adentrarem à sala de prova escrita objetiva.

7.10 – O candidato não poderá ausentar-se da sala durante a prova, a não ser momentaneamente, em casos especiais, e na companhia de um fiscal de provas.

7.11 – Não será permitida a permanência de acompanhante do candidato ou de pessoas estranhas ao Processo Seletivo nas dependências do local de aplicação da prova.

7.12 - A candidata que tiver necessidade de amamentar durante a realização das provas deverá levar um acompanhante, que ficará em sala reservada para esta finalidade e que será responsável pela guarda da criança, acompanhada de fiscal do Processo Seletivo.

7.13 – Em nenhuma hipótese haverá segunda chamada para realização da prova, seja qual for o motivo alegado pelo candidato, importando a ausência na sua eliminação do Processo Seletivo.

7.14 – Não haverá, igualmente, realização de prova fora do horário ou do local previamente marcado.

7.15 – Os dois últimos candidatos ao terminarem a prova deverão permanecer juntos na sala, sendo somente liberados após ter entregue o cartão resposta e assinar a folha ata e o lacre dos envelopes que guardarão os cartões de respostas para correção.

7.16 – O candidato que desejar interpor recurso contra alguma das questões, poderá fazê-lo em Ata no dia da prova ou conforme item 12 e subitens, deste Edital.

7.17 – A prova escrita objetiva será composta de questões inéditas ou de domínio público, cujo grau de dificuldade seja compatível com o nível de escolaridade mínima exigida para cada função.
8 – DA COMPOSIÇÃO DA PROVA ESCRITA:

8.1 – Para a função de nível superior, a prova escrita será composta de 20 questões, abrangendo as seguintes áreas de conhecimento:

Conteúdos

Quantidade de Questões

Peso Individual

Língua Portuguesa

05

4,0

Conhecimentos Gerais

05

4,0

Conhecimentos Específicos da Função

10

6,0

8.2 – Para as funções de nível fundamental e médio, a prova escrita será composta de 20 questões, abrangendo as seguintes áreas de conhecimento:

Conteúdos

Quantidade de Questões

Peso Individual

Língua Portuguesa

05

4,0

Matemática

05

4,0

Conhecimentos Específicos da Função

10

6,0


8.3 - Na prova escrita serão considerados classificados, os candidatos com Média de Classificação Final igual ou superior a 50,00 (cinqüenta) pontos.
9 – DOS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS E ATRIBUIÇÕES DA FUNÇÕES

9.1 – Os conteúdos programáticos estão descritos no Anexo I, e, as Atribuições das funções estão descritos no Anexo II deste Edital e serão disponibilizados aos candidatos no mural da Prefeitura Municipal de Rio Bonito do Iguaçu, no Jornal Folha do Xagu e no sitio www.riobonito.pr.gov.br.
10 – DA PROVA DE TÍTULOS

10.1 – Para os candidatos a função de Educador Físico, que obtiverem nota maior ou igual a 50,00 pontos na prova escrita, haverá prova de títulos conforme Item 10.4.

10.2 – A prova de títulos SERÁ REALIZADA NO DIA 13 DE SETEMBRO DE 2015, NO MESMO LOCAL E HORÁRIO DA PROVA ESCRITA.

10.3 – Os títulos poderão ser encaminhados à Banca Examinadora do Teste Seletivo, pessoalmente ou por terceiros, sem necessidade de procuração.

10.4 – O candidato que não encaminhar os títulos no prazo estipulado em edital receberá nota zero na prova de títulos.
QUADRO DE ATRIBUIÇÃO DE PONTOS PARA A AVALIAÇÃO DE TÍTULOS:

Título

Valor de cada título

Valor máximo dos títulos

a) Certificado e/ou Certidão de Conclusão de Curso de Pós Graduação (especialização, mestrado ou doutorado), com carga horária mínima de 360 horas na área da educação.

5,00

10,00

b) Certificado de conclusão de cursos de capacitação ou aperfeiçoamento profissional na área,sendo considerados a partir de 1º de janeiro de 2009 até a data da prova de títulos, com a seguinte pontuação:

Certificado com 08 horas até 20 horas: 0,5 ponto.

Certificado com 21 horas até 40 horas: 1,0 ponto.

Certificado com 41 horas até 80 horas: 2,0 pontos.



Certificado com 81 horas ou mais: 3,0 pontos.

10,00

MÁXIMO DE PONTOS A SER OBTIDO

20,00

10.5- Para computar os pontos relativos a alínea “a” o candidato deverá apresentar, obrigatoriamente, o diploma de graduação expedido por instituição de ensino superior, cujos cursos de formação, sejam devidamente credenciado/autorizado pelo MEC, sob pena de não pontuação neste quesito.

10.6 - NÃO serão aceitas DECLARAÇÕES, em hipótese alguma.

10.7NÃO apresentar certificados de capacitação anteriores a 2009 ou com carga horária inferior a 08 horas.

10.8NÃO serão aceitas conclusões de módulos de pós-graduação, apenas certificados de conclusão de pós-graduação ou diploma.

10.9 – Os certificados ou diplomas de conclusão de cursos deverão ser expedidos por instituição oficial reconhecida e credenciada pelo MEC.

10.10– Não serão aceitos certificados de informática, oratória, cursos preparatórios para concursos, monitorias, estágios remunerados ou não e outros, ministrados por entidades de cursos livres, nem tampouco títulos encaminhados fora do prazo estipulado em edital.

10.11– A apresentação dos títulos se dará por fotocópia simples acompanhada do original, ou fotocópia autenticada e não poderão apresentar rasuras, borrões, emendas ou entrelinhas.

10.12 - A validade e autenticidade dos certificados de conclusão de cursos de capacitação ou aperfeiçoamento profissional na área especifica da função pretendida, de 2009 até a data da prova de títulos, será verificada junto à entidade certificadora pelos meios por ela disponibilizados, no caso de certificados impressos de forma digital.

10.13 – Os candidatos que prestarão prova escrita e prova de títulos serão classificados em ordem decrescente, de acordo com a média final, resultante da soma algébrica obtida pela soma da nota da prova escrita com a nota da prova de títulos.
11- DO RESULTADO FINAL

11.1 – Os candidatos que somente prestarão a prova escrita, serão classificados em ordem decrescente, de acordo com a média final obtida.

11.2 – Serão considerados classificados, os candidatos com Média de Classificação Final igual ou superior a 50,00 (cinqüenta) pontos.

11.3 – Na classificação final, dentre candidatos com igual número de pontos, serão fatores de preferência, na ordem de posicionamento:

a) idade igual ou superior a 60 anos, até o último dia de inscrição neste Concurso, de acordo com o previsto no parágrafo único do artigo 27 da Lei nº 10.741, de 01/10/2003 (Estatuto do Idoso);

b) Candidato que obtiver maior nota na prova de Conhecimentos Específicos;

c) Candidato que obtiver maior nota na prova de Conhecimentos Gerais e Legislação;

d) Candidato que obtiver maior nota na prova de Língua Portuguesa;

e) Candidato mais idoso.
12. DOS PRAZOS PARA RECURSOS

12.1 – O candidato poderá interpor recurso nos seguintes casos e prazos:

12.2 – Com relação à homologação das inscrições, no prazo de 02 (dois) dias úteis, a contar do dia da publicação do edital de homologação das inscrições.

12.3 – Com relação à prova escrita (questões objetivas) e de títulos 02 (dois) dias úteis a contar da publicação.

12.4 – Com relação às incorreções ou irregularidades constatadas na execução do Processo Seletivo, no prazo de 02 (dois) dias úteis, a contar da ocorrência das mesmas.

12.5 – O recurso deverá ser individual com a indicação da questão que o candidato se julga prejudicado, e devidamente fundamentado, comprovando as alegações com citação das fontes de pesquisa, páginas de livros, nome dos autores, bibliografia específica, entre outros, juntando cópia dos comprovantes, devendo o mesmo ser dirigido à Banca Examinadora do Processo Seletivo Público Simplificado, entregue e protocolado na Prefeitura Municipal de Rio Bonito do Iguaçu, Departamento de Recursos Humanos, não havendo outra forma de envio de recursos, os quais serão analisados pela Banca examinadora.

12.6 – Será indeferido liminarmente o recurso que não estiver fundamentado ou for interposto fora do prazo, bem como os que contenham erro formal e ou material, em sua elaboração ou procedimentos que sejam contrários ao disposto nesse Edital.

12.7 – Se da análise de recursos resultar anulação de questões, essas serão consideradas como respondidas corretamente por todos os candidatos. Se resultar alteração de gabarito, as provas de todos os candidatos serão corrigidas conforme essa alteração e seu resultado final divulgado de acordo com esse novo gabarito.

12.8 – Os recursos indeferidos liminarmente não estão sujeitos à análise do mérito, mesmo que devidamente fundamentados.
13. DA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA, DO REGIME JURÍDICO E LOTAÇÃO:

13.1- O prazo de contratação dos candidatos classificados neste processo de seleção e convocados será de até 12 (Doze) meses podendo ser prorrogado por até igual período, vigendo da seguinte forma:

13.2- Os profissionais serão contratados pelo Município de Rio Bonito do Iguaçu, sob o regime CLT, e trabalharão nas Zonas determinadas pelos responsáveis pelas secretarias municipais em que estarão lotados, podendo ser em Zona Urbana ou Rural.
14. DAS VAGAS DESTINADAS A CANDIDATOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

14.1 - Conforme previsto no § 2º do art. 5º, da Lei nº. 8.112/90, não há vagas reservadas para portadores de deficiência, em virtude do número de vagas por área de atuação ser menor que o descrito no § 1º do art. 37 do Decreto nº. 3.298/99.

14.2 – As pessoas portadoras de deficiência participarão da seleção em igualdade de condições com os demais candidatos no que se refere ao conteúdo das provas, à avaliação, aos critérios de aprovação, ao horário e local de aplicação das provas e à pontuação mínima exigida.

14.3 - O candidato portador de deficiência deverá informar no requerimento de inscrição o tipo de deficiência que possui, sendo que no caso de não declarar esta condição, não poderá impetrar recurso em favor de sua situação.
15 - DOS REQUISITOS PARA ADMISSÃO

15.1 - Ser brasileiro nato, naturalizado ou gozar das prerrogativas de legislação específica;

15.2 -Ter idade mínima de 18 (dezoito) anos na data da convocação;

15.3- Não ter sido demitido por justa causa do serviço público, atestado por declaração assinada pelo candidato;

15.4- Não estar aposentado em decorrência de cargo, função ou emprego público de acordo com o previsto no inciso XVI, XVII e parágrafo 10 do art. 37 da Constituição Federal, alterado pelas Emendas Constitucionais n º 19 e 20;

15.5- Não estar em exercício de cargo público, de acordo com previsto no inciso XVI e XVII do art. 37 da Constituição Federal, alterado pelas Emendas Constitucionais nº 19 e 20;
16 – O CANDIDATO DEVERÁ APRESENTAR OS SEGUINTES DOCUMENTOS PARA ADMISSÃO:

16.1 - 1 (uma) foto 3x4 recente;

16.2 - Atestado de Saúde fornecido por médico da Secretaria Municipal de Saúde de Rio Bonito do Iguaçu;

16.3 - Comprovante de inscrição do PIS/PASEP;

16.4 - Fotocópia do Cartão de Identificação do Contribuinte - Pessoa Física - CPF;

16.5 – Fotocópia da Cédula de Identidade;

16.6 - Fotocópia do Título de Eleitor com comprovante de votação/justificativa da última eleição;

16.7 - Fotocópia do certificado de reservista ou de dispensa de incorporação militar, quando couber;

16.8 - Fotocópia da Certidão de Casamento, se casado ou declaração de união estável;

16.9 - Fotocópia da Certidão de nascimento dos filhos;

16.10 - Fotocópia da Carteira de Vacinação dos filhos menores de 6 anos;

16.11 - Fotocópia do Comprovante de conclusão da escolaridade exigida para a função pleiteada;

16.12- Fotocópia do comprovante de registrado no respectivo Conselho de Classe, bem como estar inteiramente quite com as demais exigências legais do órgão fiscalizador e regulador do exercício profissional, conforme exigências da função pleiteada;

16.13 - Carteira de Trabalho;

16.14 - Comprovante de endereço.

16.15 – Declaração assinada pelo candidato de não acúmulo de aposentadoria e/ou cargo, emprego ou função em órgão público federal, estadual ou municipal, na administração direta ou indireta, incluindo autarquias, fundações, empresas públicas, sociedades de economia mista, suas subsidiárias, e sociedades controladas, direta ou indiretamente, pelo Poder Público, na forma da lei.

16.16 - Declaração assinada pelo candidato comprovando não ter sido demitido por justa causa do serviço público;

    1. Comprovante de abertura de Conta corrente ou conta salário junto ao Banco Bradesco, contendo nº da Agencia e nº da conta


17. DIVULGAÇÃO OFICIAL

17.1 – Os atos referentes ao Processo Seletivo serão publicados no Jornal Xagu e através de avisos afixados no Mural da Prefeitura Municipal próximo ao Departamento de Recursos Humanos.
18. DA HOMOLOGAÇÃO

18.1 - O resultado final do Processo Seletivo será homologado pela autoridade competente e publicado no Mural da Prefeitura Municipal de Rio Bonito do Iguaçu, no Jornal Xagu e no site do Município www.riobonito.pr.gov.br
19. - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

19.1. Serão eliminados os candidatos que:

19.2 - Por qualquer motivo, deixar de prestar o exame.

19.3 - Não apresentar no dia da prova o documento de identificação com foto e o comprovante de inscrição.

19.4 - Não obtiverem o mínimo de 50,00 pontos na prova objetiva.

19.5 - Durante a realização da prova venham a se comunicar através de aparelhos eletrônicos, máquina de calcular, e/ou troquem informações com outros candidatos ou consultem qualquer tipo de material informativo que não seja a prova.

19.6 - Perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos;

19.7 - Lançar meios ilícitos para a execução das provas.

19.8 - Agir com descortesia em relação aos examinadores, fiscais e seus auxiliares.

19.9 - Chegar após o horário determinado para o início da prova.

19.10 - As cláusulas deste Edital poderão sofrer eventuais alterações, atualizações ou acréscimos enquanto não consumada a providência ou evento que lhes disser respeito, até a data de convocação dos candidatos para a prova correspondente.

19.11 - Os candidatos aprovados e classificados neste certame serão contratados pela ordem de classificação, respeitado o número de vagas, a conveniência e oportunidade e o limite prudencial e total de gastos com pessoal, ditados pela Lei Complementar federal nº 101, de 04 de maio de 2000 (Lei de Responsabilidade Fiscal).

19.12 - A classificação no processo seletivo não assegura ao candidato o direito à contratação automática.

19.13 - A inscrição do candidato implicará o conhecimento e a tácita aceitação das condições estabelecidas neste Edital.

19.14 - A candidata que tiver necessidade de amamentar durante a realização das provas, além de solicitar o atendimento especial para esse fim, deverá levar um (a) acompanhante, que ficará em sala reservada para essa finalidade e que será responsável pela guarda da criança.

19.15 - Este Edital estará disponível no Mural da Prefeitura Municipal de Rio Bonito do Iguaçu-PR, próximo ao Departamento de Recurso Humanos e no site www.riobonito.pr.gov.br.

19.16 - Toda documentação entregue pelo candidato não será devolvida, ficando arquivada nos autos do referido processo.

20. DA COORDENAÇÃO GERAL DO PROCESSO SELETIVO

20.1 – A Coordenação Geral do Concurso estará a cargo da Comissão Organizadora e da Banca Examinadora, a quem caberá os trabalhos de recebimento e homologação das inscrições, conferência de documentos, confecção de editais, aplicação, fiscalização, coordenação e demais atos pertinentes a aplicação das provas, durante todo o processamento deste Teste Seletivo.

20.2 - Não poderão participar do Processo Seletivo, os membros da comissão organizadora e banca examinadora e os profissionais responsáveis pela elaboração das provas escritas objetivas, assim como seus parentes consanguíneos.

20.3 - A Prova Objetiva será elaborada, distribuída, aplicada, fiscalizada e corrigida pela Banca Examinadora do Processo Seletivo.

20.3.1 – A critério da Banca Examinadora as provas poderão ser adquiridas de instituição especializada na área de processo seletivo.
21. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

21.1 – Os casos omissos neste Edital serão resolvidos pela Comissão Organizador de Concurso e Banca Examinadora com auxílio da Procuradoria Jurídica do Município.

21.2– Fazem parte deste Edital os subitens anexos os quais estarão disponíveis no sitio eletrônico www.riobonito.pr.gov.br:

21.2.1 - Anexo I – Dos Conteúdos Programáticos

21.2.2 - Anexo II - Das atribuições das Funções

21.2.3 - Anexo III – Requerimento de Isenção da Taxa de Inscrição

21.2.4 - Anexo IV – Requerimento de Recurso

21.2.5 - Anexo V – Ficha de Inscrição.

21.2.6 - Anexo VI – Requerimento de condições especiais para realização da prova para Candidatos Portadores de necessidades .

21.2.7 - Anexo VII – Cronograma.

21.3 – Este Edital entra em vigor na data de sua publicação.
Rio Bonito do Iguaçu-PR., em 18 de agosto de 2015.

IRIO ONÉLIO DE ROSSO

Prefeito Municipal


ANEXO I

(Parte integrante do Edital de Processo Seletivo Público Simplificado nº 001/2015)
DOS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS


LÍNGUA PORTUGUESA

Para as funções que exijam como escolaridade mínima o ensino fundamental completo:

Compreensão e interpretação de textos. Divisão silábica. Classificação das palavras quanto ao número de sílabas. Classificação das palavras quanto à posição da sílaba tônica. Ortografia oficial, incluindo as alterações promovidas pelo Novo Acordo Ortográfico. Flexão em gênero e número dos substantivos e adjetivos. Acentuação gráfica, incluindo as alterações promovidas pelo Novo Acordo Ortográfico. Emprego de crase. Emprego de conectivos, pronomes, numerais e advérbios. Concordância nominal e verbal. Empregos dos sinais de pontuação.


Para as funções que exijam o ensino médio ou superior:

Compreensão e interpretação de textos. Ortografia oficial, incluindo as alterações promovidas pelo Novo Acordo Ortográfico. Flexão em gênero e número dos substantivos e adjetivos. Acentuação gráfica, incluindo as alterações promovidas pelo Novo Acordo Ortográfico. Emprego de crase. Emprego de conectivos, pronomes e numerais e advérbios. Colocação pronominal. Concordância nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Emprego de sinônimos, antônimos, homônimos e parônimos. Sintaxe da oração (período simples: termos essenciais, integrantes e acessórios da oração) e do período (período composto por coordenação e por subordinação). Processos de formação de palavras. Conjugação e emprego de verbos. Empregos dos sinais de pontuação.


Obs. poderão ser cobradas questões específicas sobre as alterações promovidas pelo novo Acordo Ortográfico.


MATEMÁTICA

Para as funções que exijam como escolaridade mínima o ensino fundamental completo:

Análise e interpretação de gráficos e tabelas envolvendo dados numéricos. Sistema legal de unidades de medida de massa e comprimento no Brasil. Operações básicas com números inteiros, fracionários e decimais. Geometria plana: perímetro e área das principais figuras geométricas. Regra de três simples. Razão. Proporção. Porcentagem. Juros simples.


Para as funções que exijam o ensino médio:

Análise e interpretação de gráficos e tabelas envolvendo dados numéricos. Sistema legal de unidades de medida de massa e comprimento no Brasil. Operações básicas com números inteiros, fracionários e decimais. Geometria: perímetro, área e volume das principais figuras geométricas. Regra de três simples e composta. Razão. Proporção. Porcentagem. Juros simples. Equações: 1º grau, 2º grau e sistemas. Relações métricas e trigonométricas no triângulo retângulo.




CONHECIMENTOS GERAIS E LEGISLAÇÃO PARA TODOS OS CARGOS

História do Brasil: República Velha (1889 e 1930), Revolução de 1930 e a Era Vargas, Estado Novo (1937 a 1945), República Liberal-Conservadora (1946 a 1964), Militarismo, Nova República e Brasil Contemporâneo. Atualidades em: política, economia, sociedade, educação, tecnologia e energia nos últimos dois anos. Problemas ambientais, meio ambiente e desenvolvimento sustentável. Espaço natural brasileiro: clima, relevo, vegetação, hidrografia e recursos minerais e energéticos. Aspectos históricos e geográficos do Município. Constituição da República Federativa do Brasil, de 1988 e suas atualizações. (arts. 1º a 14 e arts. 37 a 43).




CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS


CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: EDUCADOR FÍSICO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

História da Educação Brasileira. Concepções de Educação e Escola. Função social da escola e compromisso social do educador. O atual sistema educacional brasileiro: LDB; dever do estado em relação à educação infantil. Projeto político-pedagógico: fundamentos para a orientação, planeja-mento e implementação de ações voltadas ao desenvolvimento humano pleno, tomando como foco o processo ensino-aprendizagem. Tendências educacionais na sala de aula: correntes teóricas e alternativas metodológicas. A construção do conhecimento: papel do educador. A interdisciplina-ridade e a transdisciplinaridade no processo de ensinar a aprender. O planejamento em educação. Avaliação Escolar. Avaliação na educação infantil. Inclusão escolar. Educação Étnico-racial:ensino de história e cultura afro-brasileira e africana. Gestão escolar democrática e participativa. Noções de desenvolvimento infantil. O lúdico e os jogos na educação infantil. Concepção de alfabetização, leitura e escrita. A importância da literatura infantil na infância. Adaptação da criança na creche. Direitos da criança e do adolescente. Os direitos fundamentais da criança: saúde, proteção, educação, lazer e esporte. Ética no trabalho docente. Doenças comuns no cotidiano escolar. Noções de primeiros socorros. A Educação Física e a interdisciplinaridade no contexto do Ensino Fundamental e Médio. Fundamentos da Educação Física; Histórico da Educação Física; Função Social da disciplina de Educação Física; Desenvolvimento Humano. Os elementos da pratica pedagógica na Educação física (elementos metodológicos de trabalho). Noções básicas de regras do atletismo e esportes coletivos. Constituição Federal de 1988 (arts 205 a 217).


CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: INSTRUTOR DE MÚSICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Arte: Conceito, artista e obra na história moderna e contemporânea. O papel social da Arte. O papel da Arte na Educação. Linguagens artísticas: definições e formas de expressão. Música e sociedade. História da Música Brasileira: primórdios - formação da nacionalidade em música - contemporaneidade [compositores, obras e gêneros (popular e erudito)]. Música folclórica e Músicas regionais brasileira. Música e educação: o ensino e a aprendizagem. Parâmetros Curriculares Nacionais e legislações vigentes da área de música. Lei 11.769 de 18 de agosto de 2008. Teoria, Percepção e Apreciação musical. Técnicas de ensino individual e coletivo. Instrumentos musicais e suas afinações. Principais obras e autores de períodos históricos da música. Execução e Interpretação musical. Conhecimentos de técnica vocal e técnicas de ensaio aplicadas à prática coral. Outros assuntos relacionados a área de atuação do cargo.


CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE - ACS

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Conhecimentos específicos: Competências e habilidades do Agente Comunitário de Saúde. Cadastramento de famílias. Pré-Natal. Parto e Nascimento Humanizado, Puerpério. Aleitamento materno. Vigilância epidemiológica. Conhecimentos básicos: Conceitos básicos: endemias, epidemia, pandemia, hospedeiros, reservatório, vetores de doenças, via de transmissão de doenças. Indicadores de saúde. Interpretação demográfica. Saneamento Básico Meio Ambiente (água, Solo e Saúde). Higiene pessoal (bucal). Saúde da criança, do adolescente, da mulher (exames de prevenção ao câncer de mama e cérvico-uterino), do homem (exames de prevenção ao câncer de próstata), do idoso. Prevenção a acidentes da criança e do idoso. Direitos da criança. Direito dos idosos. Alimentação e nutrição. Planejamento familiar. Prevenção e combate ao uso de drogas. Conhecimento sobre as principais doenças Infecciosas e Parasitárias: DST/AIDS, coqueluche, dengue, difteria, doença de chagas, escarlatina, esquistossomose, febre amarela, febre tifóide, hanseníase, hepatites, leptospirose, malária, meningite, parotidite, poliomielite, raiva, rubéola, sarampo, tétano, tuberculose, varicela e outras doenças do aparelho respiratório e circulatório. Biologia e controle de roedores, escorpiões e outros peçonhentos. Calendário de vacinas. PSF (programa de saúde da família). Sistema Único de Saúde (SUS): Seus princípios, Suas diretrizes, Leis (8.080/90 e 8.142/90); Normas e Portarias atuais; Norma Operacional Básica (NOB/SUS/96) e (NOAS/2001). Outros assuntos relacionados diretamente com a área de atuação do cargo.


CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: AUXILIAR DE CONSULTÓRIO DENTÁRIO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Preenchimento de fichas clinica. Prevenção. Cariologia. Placa bacteriana. Técnicas de escovação. Tipos de dentição. Anatomia dental. Esterilização, Desinfecção, Assepsia, Antiasepsia. Ergonomia (trabalho a quatro mãos). Métodos de Prevenção (selantes, flúor, palestras). Materiais e Instrumentais utilizados na clinica odontológica (seqüência, utilização). Rotina de cuidados com equipamentos da clinica. Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s). Sistema Único de Saúde (SUS): seus princípios e diretrizes. Leis (8.080/90 e 8.142/90). Normas e portarias atuais, Norma Operacional Básica (NOB/SUS/96). Programa Saúde da Família (PSF). Informática: Sistema Operacional Windows XP, 2007 e GNU/LINUX, Conhecimento sobre o pacote Microsoft Office 2003 e 2007 (Word, Excel, PowerPoint), Internet, Anti-vírus.


CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: INSTRUTOR DE BANDA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Arte: Conceito, artista e obra na história moderna e contemporânea. O papel social da Arte. O papel da Arte na Educação. Linguagens artísticas: definições e formas de expressão. Música e sociedade. História da Música Brasileira: primórdios - formação da nacionalidade em música - contemporaneidade [compositores, obras e gêneros (popular e erudito)]. Música folclórica e Músicas regionais brasileira. Música e educação: o ensino e a aprendizagem. Parâmetros Curriculares Nacionais e legislações vigentes da área de música. Lei 11.769 de 18 de agosto de 2008. Teoria, Percepção e Apreciação musical. Técnicas de ensino individual e coletivo. Instrumentos de Orquestra e Banda e suas afinações. Principais obras e autores de períodos históricos da música. Execução e Interpretação musical. Conhecimentos de técnica vocal e técnicas de ensaio aplicadas à prática coral. Expressão Musical; Repertório Musical; Música na Vida Humana; Musicalização; Regência; Vozes; Compassos; Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA – Lei  nº 8.069 de 13 de Julho de 1990.



ANEXO II

(Parte integrante do Edital de Processo Seletivo Público Simplificado nº 001/2015)
SÃO ATRIBUIÇÕES DAS FUNÇÕES


FUNÇÃO

ATRIBUIÇÕES

EDUCADOR FÍSICO

Participar de reuniões quando convocado(a), de capacitações, cursos, palestras, seminários, etc; Desenvolver atividades físicas coerentes com a idade e condições de saúde do publico a ser atendido, para melhoria da qualidade de vida;- Realizar palestras e orientação quanto ao melhoramento físico, conforme a idade e condições de saúde; Utilizar os espaços físicos, equipamentos e materiais existentes disponíveis para este fim no Município; Acompanhar e desenvolver trabalhos com técnicos do CRAS quando necessário, nas atividades realizadas pelos mesmos; Que possua facilidade, conhecimento e desenvolva atividades de danças típicas, modernas dentre outras, e, desenvolva a expressão corporal e que enriqueçam a cultura do publico a ser atendido; Que desenvolva atividades físicas, brincadeiras, dinâmicas, coerente com a idade do publico a ser atendida, inovando atividades, utilizando espaços, materiais e equipamentos disponíveis; Que seja formado bacharel em educação física; Desenvolver projetos e programas federais, estaduais e municipais; Desenvolver outras atividades afins.




FUNÇÃO

ATRIBUIÇÕES

INSTRUTOR DE MÚSICA


NA ÁREA SOCIAL: Participar de reuniões quando convocado (a), de capacitações, cursos, palestras, seminários, etc.; Instrução e orientação como executar o instrumento de corda, flauta doce, dentre outros; Que desenvolva atividades de coral e outros estilos musicais, conforme aptidão dos usuários; Instrução e orientação de musica popular, clássica, gospel e outros estilos, conforme afinidade do grupo que será atendido; Utilizar os espaços físicos, equipamentos e materiais existentes disponíveis para este fim; Acompanhar e desenvolver trabalhos com técnicos do CRAS quando necessário, nas atividades realizadas pelos mesmos; Preparar e ministrar aulas de música, aplicar lições para treino, demonstrar prática dos exercícios técnicos; Ministrar aulas práticas e teóricas de música; Desenvolver projetos e programas federais, estaduais e municipais; Desenvolver outras atividades afins. NA ÁREA DA EDUCAÇÃO: Desenvolver trabalhos nas escolas; orientar e ensinar o aluno a desenvolver habilidades musicais utilizando-se de instrumentos diversos apresentando diferentes estilos musicais; Ministrar aulas práticas e teóricas de música;; Exercer o papel de liderança, bem como ser um motivador e promover o espírito de grupo; Estimular e orientar a criação de instrumentos alternativos a partir de materiais diversos descobrindo sons; Estimular a descoberta da musicalidade corporal; Orientar a escolha musical e debater suas repercussões sociais; Sugerir e organizar apresentações públicas; Zelar pela conservação dos materiais e equipamentos utilizados na música, mantendo-os em perfeitas condições de uso, bem como do espaço físico a ser utilizado; Participar de programa de treinamento, quando convocado; Manter uma postura ética e profissional frente aos integrantes da equipe e a sociedade como um todo; Manter limpa e organizada a área de trabalho sob sua responsabilidade; Zelar pela guarda dos materiais e equipamento de trabalho sob sua responsabilidade, mantendo elevados padrões de conservação, de modo a garantir a vida útil prevista; Observar e cumprir os deveres e proibições previstas no Estatuto dos Servidores; Executar outras tarefas determinadas pelo superior imediato, compatíveis com o cargo. Promover o desenvolvimento da capacidade de aprendizagem da criança e do adolescente, visando à formação integral do cidadão, dentro de sua área com especialização em artes de atuação; participar do processo de construção coletiva do projeto político-pedagógico da unidade escolar, elaborar planos de aula, manter atualizado o diário de classe, no aspecto de freqüência e registro de desempenho e conteúdo dos alunos; participar de cursos de treinamento, aperfeiçoamento, atualização e outros promovidos pela Secretaria municipal de educação.



FUNÇÃO

ATRIBUIÇÕES

AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE


Conhecimentos específicos: Competências e habilidades do Agente Comunitário de Saúde. Cadastramento de famílias. Pré-Natal. Parto e Nascimento Humanizado, Puerpério. Aleitamento materno. Vigilância epidemiológica. Conhecimentos básicos: Conceitos básicos: endemias, epidemia, pandemia, hospedeiros, reservatório, vetores de doenças, via de transmissão de doenças. Indicadores de saúde. Interpretação demográfica. Saneamento Básico Meio Ambiente (água, Solo e Saúde). Higiene pessoal (bucal). Saúde da criança, do adolescente, da mulher (exames de prevenção ao câncer de mama e cérvico-uterino), do homem (exames de prevenção ao câncer de próstata), do idoso. Prevenção a acidentes da criança e do idoso. Direitos da criança. Direito dos idosos. Alimentação e nutrição. Planejamento familiar. Prevenção e combate ao uso de drogas. Conhecimento sobre as principais doenças Infecciosas e Parasitárias: DST/AIDS, coqueluche, dengue, difteria, doença de chagas, escarlatina, esquistossomose, febre amarela, febre tifóide, hanseníase, hepatites, leptospirose, malária, meningite, parotidite, poliomielite, raiva, rubéola, sarampo, tétano, tuberculose, varicela e outras doenças do aparelho respiratório e circulatório. Biologia e controle de roedores, escorpiões e outros peçonhentos. Calendário de vacinas. PSF (programa de saúde da família). Sistema Único de Saúde (SUS): Seus princípios, Suas diretrizes, Leis (8.080/90 e 8.142/90); Normas e Portarias atuais; Norma Operacional Básica (NOB/SUS/96) e (NOAS/2001). Outros assuntos relacionados diretamente com a área de atuação do cargo.




FUNÇÃO

ATRIBUIÇÕES

AUXILIAR DE CONSULTÓRIO DENTÁRIO


Preenchimento de fichas clinica. Prevenção. Cariologia. Placa bacteriana. Técnicas de escovação. Tipos de dentição. Anatomia dental. Esterilização, Desinfecção, Assepsia, Antiasepsia. Ergonomia (trabalho a quatro mãos). Métodos de Prevenção (selantes, flúor, palestras). Materiais e Instrumentais utilizados na clinica odontológica (seqüência, utilização). Rotina de cuidados com equipamentos da clinica. Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s). Sistema Único de Saúde (SUS): seus princípios e diretrizes. Leis (8.080/90 e 8.142/90). Normas e portarias atuais, Norma Operacional Básica (NOB/SUS/96). Programa Saúde da Família (PSF). Informática: Sistema Operacional Windows XP, 2007 e GNU/LINUX, Conhecimento sobre o pacote Microsoft Office 2003 e 2007 (Word, Excel, PowerPoint), Internet, Anti-vírus.




FUNÇÃO

ATRIBUIÇÕES

INSTRUTOR DE BANDA


Orientar atividades de Banda Musical que desenvolvam habilidades em percussão, bateria, instrumentos de cordas, metais, instrumentos de sopro e outros. Participar de programa de treinamento, quando convocado; Planejar com a Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes e executar cursos e oficinas. Ministrar as aulas de acordo com o planejamento realizado, zelando e responsabilizando-se pelo aprendizado e desenvolvimento do aluno. Zelar pela guarda dos materiais e equipamento de trabalho sob sua responsabilidade, mantendo elevados padrões de conservação, de modo a garantir a vida útil prevista; Desenvolver ações culturais (música instrumental), referente à banda, atendendo as demandas ou programas desenvolvidos pela Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes. Apresentar relatórios das atividades desenvolvidas. Realizar o controle da frequência das crianças e adolescentes que participam dos cursos e programas. Acompanhar e avaliar as atividades desenvolvidas pelos instrumentistas. Participar de reuniões avaliatórias, administrativas e de planejamento. Zelar pelo patrimônio público e pelo material que lhe for disponibilizado. Empreender todas as atividades necessárias ao bom andamento dos cursos/oficinas que desenvolver. Executar todas as demais tarefas inerentes as suas atribuições, objetivando o respectivo desenvolvimento a contento. Favorecer a construção da boa autoestima do aluno, fortalecendo o vínculo com este, e consequentemente melhorando o processo ensino-aprendizagem. Promove a execução de peças musicais pela banda municipal, dando treinamentos e ensinando aos estudantes os princípios e regras técnicas de cada instrumento musical, orientando-os na execução dos equipamentos como trompete, sax, trombone, baixo, bateria, percussão, flauta entre outros. Desenvolver teoria musical. Orienta os membros da banda no sentido do bom uso dos equipamentos musicais; Seleciona as composições musicais que poderão ser interpretadas no grupo da banda municipal. Editorar partituras, selecionar repertórios; Realizar ensaios e treinamento aos componentes da Banda; responsabilizar-se pela organização da Banda Municipal; zelar pela manutenção e conservação dos instrumentos e demais pertences da Banda Municipal; capacitar e qualificar os integrantes da Banda Municipal; Participar de eventos da área municipais, intermunicipais e interestaduais. Desenvolver outras atribuições afins.


ANEXO III

(Parte integrante do Edital de Processo Seletivo Público Simplificado nº 001/2015)
REQUERIMENTO DE ISENÇÃO DA TAXA DE INSCRIÇÃO

OBS: Para solicitar a isenção da taxa, é necessário que efetue a sua inscrição no processo seletivo


Nome do candidato:

Registro Geral (RG): Órgão expedidor: CPF:

E-mail:

Telefone: ( )

Função pretendida:

Número de Identificação Social – NIS (atribuído pelo CadÚnico):

Solicito isenção da taxa de inscrição no Processo Seletivo Público Simplificado pelo Edital nº 01.01/2015 e declaro que:



a) Estou inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), de que trata o Decreto nº 6.135, de 26 de junho de 2007.

b) Sou membro de família de baixa renda, nos termos do Decreto n.º 6.135, de 2007.

Declaro, sob as penas da lei, serem verdadeiras as informações prestadas. Estou ciente de que poderei ser responsabilizado criminalmente, caso as informações aqui prestadas não correspondam à verdade.

_________________________________, _______ de ___________________________ de 2015.

_________________________________________________

Assinatura

Para uso exclusivo da Comissão de Concurso


Rio Bonito do Iguaçu - PR, ______/ ______/ 2015 ( ) Deferido ( ) Indeferido

Assinatura do Presidente da Comissão de Concurso:____________________________



ANEXO IV

(Parte integrante do Edital de Processo Seletivo Público Simplificado nº 001/2015)
REQUERIMENTO DE RECURSO



IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO

Nome:




Inscrição:




R.G.:




Função Pretendida:




Fone:



À Comissão Organizadora do Concurso Público / Instituto Saber




O PRESENTE RECURSO REFERE-SE A :



JUSTIFICATIVA DO CANDIDATO:

_________________, _____ de ________________ de 2015.

__________________________

Assinatura do Candidato




Compartilhe com seus amigos:
  1   2


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal