Presidência da república



Baixar 2.53 Mb.
Página1/41
Encontro16.12.2017
Tamanho2.53 Mb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   41



I Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiências

Acessibilidade: Você também tem compromisso

ANAIS

Brasília
12 a 15 de maio de 2006
PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

SECRETARIA ESPECIAL DOS DIREITOS HUMANOS

CONSELHO NACIONAL DOS DIREITOS DA PESSOA PORTADORA DE DEFICIÊNCIA

ANAIS DA I CONFERÊNCIA NACIONAL DOS DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA

Brasília

2006
PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA



Luiz Inácio Lula da Silva

Presidente



SECRETARIA ESPECIAL DOS DIREITOS HUMANOS

Paulo Vannuchi

Secretário Especial



CONSELHO NACIONAL DOS DIREITOS DA PESSOA PORTADORA DE DEFICIÊNCIA

Adilson Ventura

Presidente



COORDENADORIA NACIONAL PARA INTEGRAÇÃO DA PESSOA PORTADORA

DE DEFICIÊNCIA

Izabel Maria Madeira de Loureiro Maior

Coordenadora Geral



REALIZAÇÃO

Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Portadora de Deficiência - CONADE

Coordenadoria Nacional para Integração da Pessoa Portadora de Deficiência - CORDE
EXECUÇÃO TÉCNICA

Núcleo de Atenção Social à Cidadania e Educação - NASCE


Comissão Organizadora

Cândida Maria Bittencourt Carvalheira - CONADE

Izabel Maria Madeira de Loureiro Maior - CONADE

Niusarete Margarida de Lima - CORDE/SEDH

Ritamaria Silva de Aguiar - CONADE

Presidência da República

Secretaria Especial dos Direitos Humanos

Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Portadora de Deficiência - CONADE

Esplanada dos Ministérios, bloco T – anexo II – 2º andar – sala 211 - CEP 70 064 – 900 Brasília / DF

telefones: (0XX 61) 3429.3673 e 3429.9219 - fax: (0XX 61) 3225.8457

e-mail: conade@sedh.gov.br

home page: www.presidencia.gov.br/sedh/conade
Coordenadoria Nacional para Integração da Pessoa Portadora de Deficiência - CORDE

Sistema Nacional de Informações Sobre Deficiência – SICORDE

Esplanada dos Ministérios, bloco T – anexo II – 2º andar, sala 200 - CEP 70 064 – 900 - Brasília / DF

telefones: (0XX 61) 3429.3669 - fax: (0XX 61) 3225.8806

e-mail: corde@sedh.gov.br - home page: www.presidencia.gov.br/sedh/corde


Copyright @2006 by Secretaria Especial dos Direitos Humanos
É permitida a reprodução, total ou parcial da publicação, sem fins lucrativos, devendo citar menção expressa da fonte de referência.

Os conceitos e opiniões nesta obra são de exclusiva responsabilidade dos autores
Distribuição gratuita
Impresso no Brasil/Printed in Brazil
Tiragem: 3.500 exemplares impresso

5.000 cópias em CD-ROM

500 exemplares em Braille
Revisão Ortográfica: Thiago Gonçalves da Silva

Normalização : Maria Amélia Elizabeth Carneiro Veríssimo - CRB-1- 303
Referência bibliográfica:
CONFERENCIA NACIONAL DOS DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA. 1: 2006, Brasília : Anais da I Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência:

Brasília: CONADE, 2006. 360 p.



Ficha catalográfica:
C738a Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência (1.: 2006 : Brasília)

Anais da I Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência.: Acessibilidade, você também tem compromisso _ Brasília : CONADE, 2006.

360 p. : il.; 21,0x29,7cm.
1. Direitos da Pessoa com Deficiência, Conferência, Brasil 2. Acessibilidade, Conferência, Brasil I. Brasil. Presidência da República. Secretária Especial dos Direitos Humanos. Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Portadora de Deficiência, II. Título
CDD 241.272

CONSELHEIROS DO CONADE

Em Abril de 2006



I - REPRESENTANTES DE ÓRGÃOS GOVERNAMENTAIS:

A)- Secretaria Especial dos Direitos Humanos

Titular Mário Mamede

Suplente Izabel Maria Madeira de Loureiro Maior

B)- Ministério da Ciência e Tecnologia

Titular João Carlos Martins Neto

Suplente Andréia Ingrid Michele do Nascimento

C)- Ministério das Comunicações

Titular Denise Costa Granja

Suplente Zuleide Guerra Antunes Zerlotini

D)- Ministério da Cultura

Titular Ritamaria Aguiar (Vice-presidente do Conade)

Suplente Miriam Clara Brum

E)- Ministério da Educação

Titular Cláudia Maffini Griboski

Suplente Kátia Aparecida Marangon Barbosa

F)- Ministério do Esporte

Titular Rivaldo Araújo da Silva

Suplente Francis Mary Rezende Matos

G)- Ministério da Previdência Social

Titular Ermelinda Christiane Anunciaçao de Paula

Suplente Leila Silva Cannalonga

H)- Ministério das Relações Exteriores

Titular Mariangela Rebuá

Suplente Nicola Speranza

I)- Ministério da Saúde

Titular Sheila Miranda da Silva

Suplente Érika Pisaneschi

J)- Ministério do Trabalho E Emprego

Titular Adeilson Ribeiro Telles

Suplente Lucíola Rodrigues Jaime

K)- Casa Civil da Presidência da República

Titular Mariana Bandeira M. P. Sade

Suplente Ricardo Antonio de Souza Karam

L)- Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome

Titular Ana Maria Lima Barbosa

Suplente Simone Aparecida Albuquerque

M)- Ministério dos Transportes

Titular Marcos Cordeiro de Souza Bandeira

Suplente José Veríssimo da Silva

N)- Ministério das Cidades

Titular Renato Boareto

Suplente Gilson da Silva

O)- Ministério do Turismo

Titular Maria Madalena Nobre

Suplente Doroti Lamour Silveira Collares

P)- Ministério da Justiça

Titular Silvana Nunes da Silva

Suplente Junia Marília Pimenta Lages

Q)- Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres

Titular Ione Pereira França

Suplente


R)- Conselho Estadual para a Política de Integração da Pessoa Portadora de Deficiência do Rio De Janeiro - Cepde/Rj (Titularidade)

Representante Titular Genézio Fernandes Vieira

S) - Conselho Estadual para Assuntos da Pessoa Portadora de Deficiência de São Paulo - Ceappd/Sp (Suplência)

Representante Suplente Emerson Cãnas

T) - Conselho Municipal da Pessoa Portadora de Deficiência de Uberlândia (Titularidade)

Representante Titular Idari Alves da Silva

U) - Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Portadora de Deficiência de Joinville - Comde/Sc (Suplência)

Representante Suplente Sérgio Luiz Celestino da Silva



II - REPRESENTANTES DA SOCIEDADE CIVIL

A)- Federação Nacional das Sociedades Pestalozzi

Titular Lizair de Moraes Guarino 

Suplente Zélia Maria dos Santos

B)- União Brasileira de Cegos

Titular Adilson Ventura (Presidente do Conade)

Suplente Marcos Antônio dos Santos Bertoglio

C)- Federação Nacional de Educação e Integração de Surdos

Titular Antônio Campos de Abreu

Suplente Rodrigo Rocha Malta

D)- Federação Brasileira das Associações de Síndrome de Down

Titular Antônio Carlos Sestaro 

Suplente Glória Maria Moreira Salles Amato

E)- Associação Brasileira de Ostomizados - Abraso

Titular Cândida Maria Bittencourt Carvalheira

Suplente Marcia Patrícia de Araujo  

F)- Organização Nacional de Entidades de Deficientes Físicos - Onedef

Titular Regina Lúcia Barata Pinheiro

Suplente Tarcísio Teixeira Cardoso

G)- Associação Brasileira de Autismo - Abra

Titular Maria do Carmo Tourinho Ribeiro

Suplente Maria Helena de Azeredo Roscoe

H) - Associação de Pais e Amigos de Pessoas Portadoras de Deficiência dos Funcionários do Banco do Brasil - Apabb (Titularidade)

Representante Titular Messias Tavares de Souza

I)- Federação Bras. de Inst. de Excepcionais, de Integ. Social e de Defesa da Cidadania - Febiex (Suplência)

Representante Suplente José Alcides Marton da Silva

J)- Federação Nacional das Apaes

Titular Eduardo Barbosa

Suplente José Diniewicz

K)- Ordem dos Advogados do Brasil

Titular Joelson Costa Dias

Suplente Wellington de Queiroz

L)- Confederação Nacional do Comércio

Titular Janilton Fernandes Lima

Suplente Magnus Ribas Apostólico

M)- Confederação Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia - Confea

Titular Renato de Melo Rocha

Suplente Telga Gomes de Araújo Filho

N)- Sociedade Brasileira de Medicina Física e Reabilitação

Titular Mauro Meirelles Pena

Suplente Linamara Rizzo Battistella

O)- Conselho Federal do Serviço Social – Cfess

Titular Laura Maria  Pedroso de Almeida

Suplente Neile D’Oran Pinheiro

P ) - Associação Brasileira de Educadores de Deficientes Visuais - Abedev

Titular Edivaldo da Silva Ramos

Suplente Manoel Dias Santa Rosa

Q ) - Conselho Nacional dos Centros de Vida Independente - Cvi

Titular Alexandre Carvalho Baroni

Suplente Regina Maria Melo Atalla

R) - Federação das Associações de Renais e Transplantados do Brasil - Farbra (Titularidade)

Titular Humberto Floriano Mendes

S) - Movimento de Reabilitação dos Portadores de Hanseníase - Morhan (Suplência)

Representante Suplente Artur Custódio Morais de Sousa

T) - Federação das Fraternidades Cristãs de Doentes e Deficientes do Brasil - Fcd/Br

Titular Sérgio Ricardo Sá da Silva

Suplente Salete Inês Milan

U ) - Associação Nacional do Ministério Público de Defesa dos Direitos das Pessoas Idosas e com Deficiência - Ampid

Titular Waldir Macieira da Costa Filho

Suplente Luiz Roberto Salles Souza



APOIO TÉCNICO E ADMINISTRATIVO

EQUIPE DO CONADE

José Carlos Pereira

Márcia Mendes Melo

Marlene Pinto da Silva Oliveira

Marta Alves de Souza

EQUIPE DA CORDE

Anne Giselle Santa Cavalho

Belmiro Santos Magalhães

Benicio Mendes Teixeira Junior

Carolina Angélica Moreira Sanchez

Cléber Fernandes Antunes de Oliveira

Dulce Ribeiro Canotilho

Ednardo Oliveira de Souza

Francisco Esmeraldo das Chagas Mourão

Gabriela Rodrigues Veloso Costa

Hélcio Eustáquio Rizzi

Hildebrando M de Oliveira Neto

Evanilde Tavares Silveira de Araujo

Izabel Maria Madeira de Loureiro Maior

José Rafael Miranda

Maria Olívia da Silva

Niusarete Margarida de Lima

Paulo Nogueira de Lima

Rose Mary Bainy Valente

Rose Mary Leite de Araújo

Tatianne Santos Ferreira

Tereza Cristina da Costa Pinto



SUMÁRIO

I Apresentação 11

II Introdução 13

III Solenidade de Abertura: Pronunciamentos 15

• Adilson Ventura - Presidente do CONADE 15

• Marcos Frota - Ator 17

• José Agenor Álvares da Silva - Ministro de Estado da Saúde 17

• Paulo Sergio Passos - Ministro de Estado dos Transportes 18

• Wellington Dias - Governador do Estado do Piauí 19

• Paulo Vannuchi - Secretário Especial dos Direitos Humanos 20

IV Mesas Técnicas: Exposições/Debates 25

Condições Gerais de Implementação da Acessibilidade 25

Implementação da Acessibilidade Arquitetônica, Urbanística e Transporte 30

Da acessibilidade à informação, à comunicação e ajudas técnicas 60

V Lançamento da Campanha Nacional de Acessibilidade 73

VI Deliberações 85

VII Moções 103

VIII Solenidade de Encerramento 113



ANEXOS

1. Programação 119

2. Regimento Interno – Regulamento Aprovados em Plenária 122

3. Participantes / Categorias 130

4. Painéis Temáticos – Dias 13 e 14 de maio 130

4.1 Turismo e Acessibilidade: Uma Visão de mercado 130

4.2 O Sistema Único de Assistência Social – SUAS garantindo Acessibilidade 141

4.3 O Estatuto da Pessoa com Deficiência: a elaboração e o processo de participação da Sociedade 151

4.4 Passe Livre Interestadual 180

4.5 Educação Inclusiva 192

4.6 Atuação do Ministério Público na Garantia da Acessibilidade da Pessoa com Deficiência 211

4.7 O Sistema Único de Saúde e a Pessoa com Deficiência 239

4.8 Trabalhando com as competência: Uma experiência de Inclusão escolar no ensino médio 250

4.9 Apresentação Prática e Interativa das Normas de Acessibilidade da ABNT 260

4.10 Brasil Acessível 267

4.11 Tecnologia Assistiva e a Construção da Política Pública 273

4.12 O Direito do Deficiente Auditivo de adquirir a linguagem oral de seu país 290

4.13 O advento da Convenção Internacional dos Direitos das Pessoas com Deficiência na ONU 311

4.14 Inclusão para Pessoas Portadoras de Autismo e de Transtornos Invasivos

         do Desenvolvimento 330

4.15 A Política Nacional de Juventude e as Questões Específicas dos Jovens com

         Deficiência no País 345



Apresentação

 

 “Vitória” é a palavra que pessoas com deficiência, CONADE, Conselhos Estaduais e Municipais, Movimento Social estão usando para expressar o sentimento com relação a I Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, que permitiu a discussão e deliberação dos mecanismos necessários para o fortalecimento de ações relativas à defesa de direitos da pessoa com deficiência no país. E não poderia ser outra.



 A Portaria nº 537, de 01/10/00, que cria o CONADE, resulta de uma luta de décadas, que passou por manifestações e estratégias diferenciadas para sensibilizar o Estado e a sociedade brasileira de que a defesa dos direitos da pessoa com deficiência não é um assunto da própria pessoa, mas um assunto de interesso público.

 Desde 2000, o CONADE trabalhou com determinação e de forma articulada com o movimento social e com o Poder Público para  que o Brasil despontasse como precursor da ação de cidadania, em defesa das pessoas com deficiência, realizando a I Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, convocada pelo Decreto 10/10/2005 - com etapas municipal e estadual. Durante esse período, vocês acompanharam, passo a passo, o percurso de criação de novos Conselhos e fortalecimento de Fóruns. Acompanharam as dificuldades e as disputas em torno do sonho. Mobilizaram-se para participar das etapas municipal e estadual, promoveram fóruns e enviaram Relatórios. Enfim, discutiram e abraçaram uma idéia de I Conferência que tem por finalidade criar mecanismos de defesa dos direitos que atendessem aos anseios e reivindicações do movimento e de milhares de pessoas brasileiras com deficiências  que passam (ou passaram) por situações de discriminação e violência.

 As dificuldades encontradas foram ultrapassadas pela garra  dos conselhos estaduais, CONADE e apoio incontestável da CORDE e sua equipe. A adoção do CONADE em convocar a Conferência Nacional é um importante instrumento para o enfrentamento da discriminação em relação à pessoa com deficiência. As políticas propostas no Relatório Final contribuirão para o fim da impunidade em relação aos direitos humanos das pessoas com deficiência no país.

 Acreditamos que o caminho percorrido por esse marco legal que foi a I Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência e o apoio de todos (as) delegados (as) confirmam a necessidade de sua existência e das mudanças que, com certeza, serão introduzidas em nossa sociedade, por meio de políticas públicas.

 A I Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência significa uma conquista das pessoas com deficiência e ao mesmo tempo já nos coloca frente a mais um desafio:

Concretizar e monitorar a implementação das mudanças propostas e aprovadas na I Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

 Saudações a todos (as).

 

Cândida Carvalheira



Coordenadora Geral

I Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência

Conselheira Titular pela ABRASO- Associação Brasileira de Ostomizados
Adilson Ventura

Presidente do Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Portadora de Deficiência

Conselheiro Titular pela União Brasileira de Cegos

Gestão 2004/2006

II - Introdução

A I Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, realizada em Brasília nos dias 12 e 15 de maio de 2006, oportunizou um amplo debate sobre questões relevantes para a pessoa com deficiência, especialmente quanto à sua inclusão ativa no processo de desenvolvimento do País e à avaliação da implementação das diferentes políticas públicas e de providências para a adequação destas.

O tema central do evento foi “Acessibilidade: você também tem compromisso”, e, a partir dele foram trabalhados temas correlatos, mediante mesas redondas e painéis, com a participação de expositores qualificados, entre eles pessoas envolvidas com o aperfeiçoamento das políticas para a inclusão do cidadão com deficiência, tais como gestores, prestadores de serviços, políticos e outros.

Os trabalhos em grupos estimularam os debates sobre questões diretamente ligadas ao interesse dos participantes, contribuindo de forma substantiva para o encaminhamento de propostas de ações e deliberações a serem implementadas a curto, médio e longo prazos.

Espera-se que os resultados dessas reflexões possam contribuir para impulsionar o desenvolvimento de políticas sociais integradas, envolvendo todos os níveis de governo, que estimulem o controle social voltado ao combate de todas as formas de discriminação e a acessibilidade aos bens e serviços existentes.

Este documento, que seguramente construiu mais uma etapa na história da democracia participativa brasileira, contém o registro dos principais momentos técnicos e políticos do evento, em nível nacional.



III - SOLENIDADE DE ABERTURA:

PRONUNCIAMENTOS

Adilson Ventura

Presidente do CONADE

Boa noite a todas as pessoas aqui presentes!

Solicito às autoridades que integram esta mesa e às demais aqui presentes e a todos os conferencistas para, antes de tudo, falarmos algumas palavras fora do alcance do microfone para que nossos companheiros deficientes visuais da platéia possam ter a exata localização de onde nos encontramos neste momento.

Muito obrigado!

Gostaríamos de cumprimentar o governador do Estado do Piauí, Sr. Wellington Dias, e sua esposa, a Sra. Rejane Dias, primeira dama daquele Estado. Cumprimentamos também o Ministro da Saúde, Sr. José Agenor Alvarez, e o Ministro dos Transportes, Sr.Paulo Sérgio, que também estão prestigiando nosso evento. Saudamos também o nosso Ministro dos Direitos Humanos, Sr.Paulo Vannuchi, e o nosso querido ator Marcos Frota, este grande parceiro, companheiro e amigo, que se tornou um símbolo na luta das pessoas com deficiência nesse país desde que passou a personificar o nosso grande personagem “Jatobá”.

Gostaria de cumprimentar os conselheiros titulares e suplentes do CONADE e os delegados estaduais e as demais pessoas presentes a esse evento, agradecendo a todos por terem vindo prestigiar a nossa I Conferência Nacional dos Direitos das Pessoas com Deficiência.

A I Conferência Nacional dos Direitos das Pessoas com Deficiência é o clímax de uma jornada que teve início em 02 de dezembro de 2004, quando o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, assinou o Decreto nº 5.296, considerado o Decreto da Acessibilidade. E eu me recordo muito claramente das palavras do Presidente naquele momento, em especial quando ele disse que neste país existem leis que “pegam” e outras que não “pegam”, e que caberia a nós, pessoas com deficiência, com o apoio do governo, fazer com que este Decreto “pegasse”.

A partir daí, o CONADE, com o apoio da Coordenadoria Nacional para a Integração da Pessoa Portadora de Deficiência – CORDE e da Secretaria Especial dos Direitos Humanos, iniciou essa nossa jornada, realizando em vários Estados conferências e fóruns municipais para eleger os delegados para essa Conferência. Em todas as unidades federadas também foram realizados fóruns e conferências estaduais para eleger os delegados aqui presentes, que estão todos mobilizados para contribuir para a causa das pessoas com deficiência.

Nesses quatro próximos dias vamos centrar o nosso foco de trabalho no Decreto nº 5.296, que regulamenta diversos aspectos da acessibilidade à saúde, à educação, à reabilitação, ao trabalho, ao transporte, à cultura, ao lazer, enfim a todos os bens públicos que o governo e a sociedade oferecem aos cidadãos, e aos quais nós, pessoas com algum tipo de deficiência, também temos direito como cidadãos que somos, em pleno gozo de seus direitos constitucionais e infraconstitucionais. E temos exatamente que fazer valer esse direito de cidadania plena, assim como, em contrapartida, temos todos os deveres de cidadãos que nos são impostos.

Pretendemos que este 12 de maio seja um marco importante, um marco histórico, mercê do trabalho, do empenho, da dedicação de todos nós, de toda a sociedade brasileira em prol desta nossa causa, pois todos temos compromisso com essa questão de acessibilidade, todos, indistintamente.

Pretendemos melhorar a Lei da Acessibilidade, ampliá-la, para que abranja o máximo possível de direitos das pessoas com deficiências e para que seja aplicada em sua plenitude. Num primeiro momento, ela foi chamada de “Lei Áurea das Pessoas com Deficiência”, porque é a lei que vai libertar totalmente essas pessoas desses grilhões que as prendem à exclusão, que as colocam à margem de uma vida em sociedade, negando-lhes direitos que legalmente lhes são assegurados.

O Brasil é um país riquíssimo em leis e temos que fazer valer essas leis. Temos que fazer executar essas leis e, para isso, contamos com o apoio dos diversos níveis de governo “ federal, estadual e municipal, porque - voltamos a repetir - o lema da nossa I Conferência é “Você também tem compromisso”, o que significa dizer que ninguém se exclui desse compromisso e dessa responsabilidade; absolutamente ninguém.

Quero dar as boas-vindas a todos e espero que tenhamos uma excelente Conferência.

Muito Obrigado!



Marcos Frota

Convidado Especial

Boa noite a todos! Boa noite a todas!

Falei aqui fora do microfone porque entendi a mensagem do Professor Adilson. Fui pego de surpresa, mas se eu pudesse pedir a Deus um lugar para estar hoje, sexta-feira, seria aqui em Brasília, na abertura dessa I Conferência, porque esse é um evento que eu considero histórico.

Eu queria parabenizar o Professor Adilson Ventura e toda a sua equipe, porque tenho certeza que esta é a primeira de muitas conferências. Este é um dia histórico e uma noite que, realmente, vai marcar cada um de nós que acredita que nosso país vai encontrar o seu destino de uma grande Nação.

O Jatobá iluminou minha vida, curou minha dor e definiu minha carreira. Tudo o que eu fizer em prol da inclusão efetiva, real, das pessoas com deficiência é pouco perto do que eu recebi ao interpretar o Jatobá. Essa é que é a grande verdade. O Jatobá mostrou a mim e ao Brasil inteiro que, aos olhos de Deus, todos nós somos iguais; que em essência todo ser humano é igual e que todos temos o direito divino de lutar para construir a nossa felicidade. Cabe a mim dar a minha pequena parcela, a minha pequena contribuição, nessa luta, nessa causa, que é descobrir possibilidades de inclusão por meio da arte.

Agora que estou empenhado nessa luta, cabe a mim montar uma companhia de artistas deficientes para viajar por este país afora, mobilizando pessoas e aproximando idéias. Essa missão me honra. Eu tenho feito amigos, tenho conhecido um Brasil diferente, novo, ético, responsável, amoroso e terno.

Para encerrar, eu queria dizer que, em minha opinião, esse tema da inclusão das pessoas com deficiência e o lançamento nacional da Campanha da Acessibilidade é tão ou mais importante do que a Copa do Mundo e as próximas eleições que se aproximam.

Vou ficar o final de semana todo com vocês. Quero trocar idéias, quero aprender um pouquinho mais porque segunda-feira, dia 15 de maio agora, estarei com alguns companheiros no Programa “Roda Viva”. É aquele programa da TV Educativa, aquele programa da TV Cultura que é exibido em rede nacional. É um programa revolucionário, diferente, que estará discutindo e levando o resultado dessa I Conferência. Se vocês pudessem assistir e participar, ligando para lá, passando e-mails, dando idéias, acho que seria muito bom. Depois de muita batalha, conseguimos pautar para o próximo dia 15 agora, segunda-feira, um “Roda-Viva” ao vivo, discutindo esse tema.

Um beijo a todos e obrigado!



Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   41


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal