Programa da disciplina Ementa



Baixar 0.81 Mb.
Página1/22
Encontro02.12.2017
Tamanho0.81 Mb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   22

1. Programa da disciplina

1.1 Ementa

Capacitação, educação e desenvolvimento, treinamento TRANSCULTURAL, no Comércio Exterior. Globalização e mundialização da cultura, implicações na postura comercial. Conceitos fundamentais em interculturalidade, cultura, dimensões, práticas, conflitos, stress, similaridade, flexibilidade, diversidade, singularidade, intersubjetividade, Raízes culturais, oriente, ocidente. Comunicação e relacionamento intercultural estratégia comercial global. Transculturalidade e competitividade. Negociação sub e intercultural, ações, reações. Choque cultural e estresse cultural no expatriamento e repatriamento. Diferenças culturais e subculturais e valores. Gestão e auto gestão transcultural, empregabilidade, sucesso executivo, imagem, competitividade.


1.2 Carga horária total

Seis Encontros. Turno: noturno.


1.3 Objetivos

Gerais

Desenvolver percepção intercultural, através do entendimento e da sensibilização quanto à diversidade das culturas que instituem o mundo das pessoas e as organizações de trabalho, onde as relações de negócios ocorrem, visando à melhoria nos desempenhos em contatos e transações comerciais nacionais e internacionais de forma produtiva e ética.



Específicos

  • Identificar as origens da educação e do treinamento intercultural e reconhecer o atual estágio do conhecimento dessa área, nos países industrializados - literatura, práticas e implicações para os brasileiros no comércio internacional/intercultural.

  • Exercitar crítica e autocrítica cultural, nacional e organizacional, a partir de leituras, discussões, experiências, vivências, e casos a fim de atualizar conhecimentos e desenvolver competência intercultural, nas atividades de Comércio Exterior, visando à competitividade mantendo postura ética.

1.4 Conteúdo programático

I Unidade

Educação e Desenvolvimento e treinamento Intercultural  origens, estado da arte, literatura, lacunas.

Conceitos básicos e postura global: tolerância, troca, compartilhamento, responsabilidade social e ética nos negócios.

A questão da Globalização e da Mundialização da Cultura, economia e sociedade, implicações para o Terceiro Mundo. Conflitos mundiais, mídia e verdade.



II Unidade

Comunicação e Relacionamento Intercultural  indissociabilidade, dinâmica, idiomas e linguagens, verbais e não verbais, impactos, possibilidades, resultados e conseqüências na negociação e no trabalho globalizado. Implicações das origens ocidentais, gregas e romanas e das raízes indígenas. Oriente e ocidente, ontem e hoje.



III Unidade

Conceitos de cultura  social, antropológico, organizacional, implicações nacionais, internacionais, atitudes diante da diversidade. Valores, crenças, tabus, tradições, discriminação, multiculturalismo.



IV Unidade

Choque cultural e estresse. Competência intercultural. Conhecimento e auto-conhecimento, percepção e auto percepção, inteligência emocional, posições e posturas, condições para contatos, nacionais e internacionais. Expatriamento, indicadores ou possibilidades de fracassos e sucesso. Adaptabilidade cultural, subculturas. Estilos gerenciais na diversidade das nações.



V Unidade

As dimensões de Hofstede e Trompenaars e suas implicações nas negociações para melhores resultados e conseqüências favoráveis à durabilidade das relações negociais. Cultura e mudança: compra, venda e fusões organizacionais implicações nos negócios: imagem, visibilidade e produtividade. Diferentes blocos culturais no mundo, desafios relacionais: religião e ideologia como manifestações culturais fortes nas relações governamentais e de negócios. Conflito e Paz.


1.5 Metodologia

Aulas expositivas, leituras e debates, exercícios de aplicação em todos os encontros a serem realizados, individualmente e/ou em grupo, estudos de caso e vivências para desenvolvimento da auto-percepção cultural e para a apreensão e compreensão de diferenças culturais do outro em contatos e negociação. Encontros temáticos sobre culturas específicas com a participação de palestrantes.


1.6 Critérios de avaliação

Presença atuante e contribuição para trabalhos realizados em sala, individualmente e em grupo. Trabalho complementar final a ser acertado com o professor.


1.7 Bibliografia recomendada

1.7.1 – Leituras básicas

Textos para estudo (item 2 deste documento).


1.7.2 – Leituras recomendadas

BOSI, A. (Org.). Cultura brasileira: temas e situações. São Paulo: Ática, 2000.

BRANNEN, Christalyn; WILEN, Tracey. Doing Business with Japanese Men. Berkeley, Ca.: Stone Bridge Press, 1993.

BRENNAN, Lynne; BLOCK, David. Etiqueta no mundo dos negócios. Raul de Sá Barbosa (Trad.). São Paulo: Futura, 2001.

CAMARGO, Aspásia. Celso Furtado entrevistado por Aspásia Camargo e Maria Andréa Loyola. Rio de Janeiro, 2002.

CARTIER-BRESSON, Jean. Economie politique de la corruption et de la gouvernance. Ethique Economique. Economie Politique. ISBN: 978-2-296-07396-8.

DRESSER, Norine. Multicultual manners. New York: John Wiley & Sons, 1999.

ELASHMAWI, Farid; HARRIS, Philp R. Multicultural Management 2000. Houston, Texas: Gulf Publishing, 1998.

FERRARO, G. P. The cultural dimension of international business. Englewood Cliffs, NJ: Prentice Hall, 1990.

FRAGA, V. F. “Resumo de relatório de pesquisa: contatos e negócios interculturais”. Ilustrações de Ines Y Habara. I Simpósio de Comercio Internacional ECEX, 14-15, dez Institutos de Economia da UFRJ e Universidade PETROBRAS. Rio de Janeiro, 2006.

_______.Um olhar estrangeiro. In: DINIZ, Daniela. (Org.) Você bem informado, Revista Você S/A, Rio de Janeiro: Editora Abril, Edição 95, p. 62, Mai/2006. Site www.vocesa.com.br.



  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   22


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal