Proposituras Moção doc



Baixar 21.71 Kb.
Encontro20.05.2018
Tamanho21.71 Kb.


MOÇÃO Nº 41, DE 2015

Apesar de ter sido fundado em 1914, a história do que viria a ser o Esporte Clube Taubaté começou dez anos antes. O futebol em Taubaté surgiu em 1904, com a realização de "ensaios", como eram chamados na época os treinos de "foot-ball" que aconteciam durante os intervalos das provas ciclistas realizadas no Velódromo Taubateense.

 

A ideia de criar a primeira equipe de futebol ocorreu exatamente no dia 10 de junho de 1904, quando os amantes do esporte José Pedro de Oliveira, Jayme Tindal e Frederico Livrero se reuniram no edifício da Associação Comercial com objetivo de estudar a melhor possibilidade de se fundar uma equipe de futebol na cidade. Nesse primeiro encontro decidiu-se que a equipe ganharia o nome de Sport Club Taubateense.



 

O esporte evoluiu na cidade e em todo o País. Com isso, no dia 1º de novembro de 1914, o Esporte Clube Taubaté foi oficialmente fundado com o intuito de disputar competições organizadas, na época, pela Associação Paulista de Esportes Atléticos (APEA) e Liga Paulista de Futebol (LPF). A partida de estreia do novo clube, que escolheu o azul e branco como cores oficiais para representar o infinito do céu e o branco da paz, foi disputada no dia 25 de dezembro do mesmo ano. Porém, a estreia não foi muito boa, com uma goleada por 6 a 1 para a Associação Atlética Palmeiras (não confundir com o antigo Palestra, atual S.E. Palmeiras).

 

Apesar do revés no primeiro jogo, o clube não esmoreceu e cinco anos depois da fundação conquistou seu primeiro título, o de Campeão Amador Paulista de Esporte Atlético de 1919. O clube ainda conquistou o que é considerado o Campeonato do Interior em mais duas oportunidades, 1926 e 1942, antes de conquistar os dois títulos mais importantes de sua história.



 

Logo no segundo ano após a Federação Paulista de Futebol ter criado a Lei de Acesso, em 1954, o E.C.Taubaté conquistou o título da Primeira Divisão, como era chamada a Série A2 do Estadual.

 

Entretanto, a permanência na Divisão Especial (Série A1) durou apenas oito anos, quando foi rebaixado. A volta por cima só veio em 1979. Após passar um longo período fora da divisão principal, inclusive afastado das competições profissionais, a equipe retornou com força máxima e foi campeã da que era conhecida como Divisão Intermediária.



 

Nos mais de 100 anos de história, o Esporte Clube Taubaté ainda venceu o Campeonato Paulista de Futebol Júnior, em 1985, e a Série A3 do Estadual, em 2003 e 2015. Em 2007, caiu para a Série A3 do Estadual e no ano seguinte foi novamente rebaixada.


A Campanha de 2015
No início do Campeonato Paulista da Série A3, com elenco renovado e com o gramado do estádio Joaquinzão reformado, a torcida esteve presente em peso nos jogos do time dentro de casa, mantendo uma média de quase 1.000 espectadores por partida na primeira fase.
No entanto, após alguns resultados ruins e a queda do treinador Edson Vieira, a torcida passou a mostrar desconfiança com o clube. Mas mesmo assim, o Esporte Clube Taubaté terminou a primeira fase na 3ª colocação.
Na segunda fase, os 8 melhores classificados dividir-se-iam em 2 grupos de 4 times, e o Esporte Clube Taubaté foi o time que mais pontuou, recebendo a vantagem de jogar por dois resultados iguais.
Entretanto, no primeiro jogo em Votuporanga, perdeu de 3 a 0 para o clube local. No último jogo do campeonato, o Taubaté tinha a chance de comemorar seu primeiro título dentro do seu estádio “Joaquim de Moraes Filho – Joaquinzão”, mas precisaria devolver a goleada sofrida uma semana antes. E assim o fez, num jogo emocionante, venceu a equipe da Votuporanguense por 4 a 0 sagrando-se Campea Paulista da Série A3.
O Mascote
Em 1954, o Esporte Clube Taubaté disputava o Campeonato Paulista da Segunda Divisão, e tinha se classificado para a fase final. A primeira partida desta etapa foi contra o Comercial, da cidade de Ribeirão Preto, no campo do Bosque, em Taubaté.
O "Gigante do Vale", como o clube era conhecido naquela época, venceu o Comercial por 6 a 3. Porém, na ocasião, o atacante Alcino entrou em campo sem estar com a sua documentação regularizada junto a FPF (Federação Paulista de Futebol). Por este motivo, o Comercial pleiteou os pontos da derrota, sendo prontamente atendido pela entidade esportiva.
Com isto, uma charge no diário esportivo Gazeta Esportiva se referiu ao Taubaté com um desenho de um burro. O animal, que seria motivo de chacota pelas torcidas adversárias, foi carinhosamente adotada pela torcida taubateana.

A denominação "Burro da Central" existe desde 1955, ano em que se encerrou o Campeonato Paulista da Segunda Divisão de 1954. Desde o início, o apelido era "Burro da Central", pelo fato de passar por Taubaté a Estrada de Ferro Central do Brasil. O apelido foi dado pelo jornalista Thomaz Mazzoni do jornal "A Gazeta Esportiva".


Os Protagonistas
Pessoas fundamentais na conquista do título de 2015:


  • Jogadores: Diego Zurlo, Ronaldo, Yuri, Fandinho, Leonardo, Léo, Paganelli, Samir, Thiago Viana, Samir, Marcelo Lanza, Marlon, Wellington, Celsinho, Jordy Guerreiro, Júh, Nildo, Pepe, Danilo, Luis Guilherme, Rodrigo Soares, Buiu, Élton Morelato, Gustavinho, Josué Lelo, Ninao e Rafael Piaui;




  • Comissao Técnica: Mário Sérgio (Roupeiro), Gisiel Resende (Preparador de Goleiros), Marcelo Barrichelo (Médico), Jonhy (Fisioterapeuta), Mário Márcio (Preparador Físico), Fabiano Barros (Fisiologista) e Klevans (Massagista);



  • Diretoria: Hélio Marcondes Neto (Presidente), Carlos Magno Bueno Santos (Vice Presidente), Luiz Carlos Garcia (Vice Presidente), Caio Mattos (Diretor de Futebol), Alexandre Danelli (Diretor Patrimonial);


Títulos
Estadual

Campeonato Paulista do Interior: (1919, 1926 e 1942)

Campeonato Paulista - Série A2: (1954 e 1979)

Campeonato Paulista - Série A3: (2003 e 2015)


Inter-estadual

Torneio Miguel Couto Filho: 1956
Regionais

Torneio do Vale do Paraíba: 1953

Copa do Vale do Paraíba: (1986 e 1987)

Campeonato Paulista Sub-20 - Segunda Divisão: 1985


São essas as razões que nos levam a propor esta moção de aplauso, nos termos seguintes:
A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SÃO PAULO aplaude a conquista, pelo Esporte Clube Taubaté, do Campeonato Paulista da Série A3 de 2015, êxito para o qual concorreram os jogadores, a comissão técnica e a diretoria daquela agremiação esportiva, e o apoio de seus fiéis torcedores.
Requeremos que da moção seja dada ciência aos nobres Vereadores da Câmara Municipal de Taubaté.





Sala das Sessões, em 3/6/2015

a) Afonso Lobato



Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal