Renascimento



Baixar 10.97 Kb.
Encontro07.01.2018
Tamanho10.97 Kb.

Renascimento

O Renascimento foi um movimento intelectual e artístico que ocorreu na Europa entre os séculos XIV e XV. Os renascentistas retomaram a cultura Greco-romana como fonte de inspiração e estudo para produzir uma arte condizente com as transformações que ocorriam na Europa Moderna. (Renascimento Comercial, urbano, surgimento da burguesia e formação das monarquias nacionais.)



Características:
Humanismo: Valorização do homem. Para os humanistas, o homem é capaz de criar, e ao fazê-lo se aproxima de Deus. Rejeitavam os valores medievais, e negavam a concepção do teocêntrismo.
Antropocentrismo: O homem é considerado como o centro das questões.
Individualismo: opondo-se a idéia do coletivo divulgado na idade média, com a expansão do capitalismo, o mundo europeu torna-se individualista.
Hedonismo: Busca do prazer individual.
Naturalismo: Valorização da natureza.
Racionalismo: Valorização da razão. Com o racionalismo, o homem moderno descobre a importância da observação e da experimentação para a busca do conhecimento. Através da razão, ocorreu a advento de novas descobertas científicas. Dessa maneira, surgia o renascimento cientifico.
Nicolau Copérnico: Teoria do Heliocêntrismo.

Galileu Galilei: confirmou a teoria de Copérnico. Foi condenado pela Inquisição e por isso teve que negar as suas descobertas.


Berço do renascimento:Itália.
Fatores:
1)Tradição Clássica. A Itália era herdeira da cultura grega.

2)Enriquecimento das cidades italianas com a reabertura do mar Mediterrâneo. Nas cidades italianas surgiu uma rica burguesia disposta a patrocinar artistas e cientistas: os mecenas. Assim é importante frisar que o renascimento foi um movimento cultural urbana e elitista.

3) Presença dos sábios bizantinos. Em 1453, com a tomada de Constantinopla pelos turcos otomanos, muitos intelectuais bizantinos fogem para a Itália contribuindo com o renascimento.
Posteriormente, o renascimento tomou outros países da Europa, no entanto, em cada país, o renascimento possuía as suas particularidades, isto é, a produção artística não era idêntico ao italiano.

Principais expressões do renascimento:



Itália:
Michelangelo: Decorou a Capela Sistina e projetou a cúpula da Basílica de São Pedro. Na escultura destacou com Davi.
Sandro Boticelli: Destacou-se na pintura representando os mitos Greco-romanos. A sua tela mais famosa é Nascimento da Vênus.
Leonardo da Vinci: considerado o mais completo renascentista, pois destacou-se nas artes como no renascimento cientifico. Pintou Monalisa e a Santa Ceia.
Maquiavel. Autor de O Príncipe, ensaio sobre a arte de governar, que defende a falta de escrúpulos, o uso da força e a diminuição da atuação política da Igreja.
Dante Alighieri: A Divina Comedia
Giovani Boccaccio: Decameron
França:
Montaigne: Ensaios

Rabelais: Gargântua.


Espanha
Miguel Cervantes: D. Quixote de La Mancha. O Literato satiriza acavalaria medieval.
Países Baixos (Holanda)
Erasmo de Roterdã: Elogio a Loucura.
Inglaterra
Thomas Morus: Utopia
Willian Shakespeare: Romeu e Hulieta, Hamlet, Otelo, Rei Lear, MacBeth. Sonhos de uma noite de Verão.

Portugal: Luís de Camões “Os Lusiadas”. O escritor aborda como tema, as viagens marítimas empreendidas pelos portugueses no século XV.

Compartilhe com seus amigos:


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal