Resumo abstract Enquadramento e objectivos 3



Baixar 0.67 Mb.
Página1/12
Encontro14.02.2018
Tamanho0.67 Mb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   12




Relatório Final

Optimização de acções de telecontrolo de cargas

em redes eléctricas de distribuição

Projecto 3/3.1/CEG/2610/95


Outubro 1999


Tabela de conteúdo

Resumo 1

Abstract 1

1. Enquadramento e objectivos 3

2. A gestão do projecto e o funcionamento da equipa 5

3. Produção científica resultante 6

3.1 Missões 6

3.2 Publicações / Comunicações 6

3.3. Dissertação de doutoramento 7

4. Conteúdo do trabalho desenvolvido e dos resultados obtidos 8

4.1. Formulação do Problema e enquadramento 8

4.2. Abordagem utilizada 12

4.2.1. Descrição geral 12

4.2.2. Geração de estratégias de controlo 13

4.2.3. Selecção das estratégias de controlo 15

4.2.4. Perspectivas de evolução do ambiente de experimentação 15

4.3. Modelos de carga para avaliação de acções de gestão de carga 17

4.3.1. Modelo individual fisicamente baseado de um termoacumulador 18

4.3.2. Validação do modelo individual 23

4.3.3. Agregação de termoacumuladores 27



4.4. Ferramenta computacional MODCAE 30

4.4.1. Funções gerais da ferramenta 30

4.4.2. Alguns resultados obtidos com o MODCAE 31

4.5. Modelo Multiobjectivo de Apoio à Decisão no Controlo Remoto 34

4.5.1. Notação usada 34

4.5.2. Descrição funcional do modelo 35

4.5.3. Funções objectivo 37

4.5.4. Restrições 39

4.5.5. Formulação matemática do modelo 40

4.5.6. Método interactivo 40

4.5.7. Exemplo ilustrativo da aplicação do modelo 42



4.6. Modelo de programação linear para geração de estratégias 46

4.6.1. Notação usada 47

4.6.2. Funções objectivo do modelo gerador de estratégias 47

4.6.3. Restrições do modelo gerador de estratégias 47

4.6.4. Formulação matemática do modelo 47

4.6.5. Exemplo ilustrativo da aplicação do modelo gerador 48



4.7. Aplicação das ferramentas desenvolvidas a estudo de casos 50

4.7.1. Divisão da carga sob controlo em diferentes grupos 51

4.7.2. Alteração do diagrama previsional 55

4.7.3. Variação das condições ambientais 57

4.7.4. Alteração da regulação de temperatura da água quente 58

4.8 Conclusões 60

4.8.1. Perspectivas de desenvolvimentos futuros 63



4.9. Referências 63


ANEXO A: Descrição funcional da aplicação computacional desenvolvida

ANEXO B: Caracterização do estudo de caso

ANEXO C: Notas sobre o modelo de apoio à decisão no controlo de cargas em redes de eléctricas

ANEXO D: Texto das Publicações

ANEXO E: Relatório Financeiro

Resumo


Existem muitas situações na condução de redes de distribuição de energia eléctrica em que as condições de exploração indicam ou a inevitabilidade ou a conveniência em limitar a potência máxima pedida pelas cargas, seja por critérios de economia de exploração - diminuindo as perdas nos equipamentos da rede e procurando obter um factor de carga mais elevado para reduzir os encargos com a compra da energia a distribuir - seja por limitações físicas reais à capacidade dos equipamentos da rede - nomeadamente linhas e transformadores.

As empresas da indústria da electricidade utilizam frequentemente o controlo remoto da comutação de certas cargas, conseguindo assim com bastante efectividade obter efeitos desejáveis do ponto de vista da condução da rede. Designa-se habitualmente este tipo de procedimento por "load management" (LM) ou gestão da carga, também por vezes considerado dentro do âmbito do "demand-side management" (DSM).

As cargas que habitualmente são utilizadas nestes procedimentos de controlo centralizado ao nível do despacho das redes são aquelas que prestam um serviço que não é prejudicado de modo significativo por interrupções de alimentação de duração limitada. No sector residencial, as cargas típicas são aquelas associadas a alguma forma de armazenamento de energia térmica - por exemplo, aquecimento de água ou condicionamento ambiente.

Os objectivos essenciais do trabalho que foram executados são os seguintes:



  • Desenvolver modelos de cargas eléctricas de uso final baseados nos fenómenos físicos em jogo no respectivo funcionamento - modelos fisicamente baseados (MFB) de cargas.

  • Estabelecer métodos de simulação de números grandes de cargas do mesmo tipo que permitam definir os diagramas de consumo médio de cargas sujeitas a condições ambiente semelhantes. O uso dos MFB neste processo permitirá obter entre outras uma característica essencial a reter do comportamento das cargas associadas a armazéns de energia - a reacção a cortes de alimentação de durações várias, conhecido por efeito "de restituição" associado a interrupções de alimentação. Ocorre a seguir a um período de corte de um certo número da cargas, uma solicitação de potência à rede que é superior à que ocorreria no mesmo período se não tivesse havido telecontrolo. O efeito de restituição tem forçosamente que ser tido em conta quanto ao objectivo de limitação da ponta do diagrama de cargas da rede porque pode originar consequências contraditórias com ele.

  • Criar um modelo de apoio à decisão multiobjectivo que permita ter em linha de conta as principais preocupações em jogo num programa de telecontrolo óptimo: minimizar a ponta do diagrama de cargas visto pela distribuidora, maximizar as receitas obtidas com a venda da energia necessária para assegurar os serviços de energia fornecidos pelas cargas controladas, garantir a máxima qualidade de serviço possível.





Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   12


©ensaio.org 2017
enviar mensagem

    Página principal